Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cinegrafista ferido: advogado afirma ter identificado homem que disparou rojão

Jonas Tadeu Nunes, que defende o tatuador Fábio Raposo, pretende passar informação para a polícia. Em seguida, tentará atenuar situação de seu cliente

O advogado Jonas Tadeu Nunes, que defende o tatuador Fábio Raposo, afirmou esta manhã que identificou o homem que disparou o rojão que feriu o cinegrafista Santiago Andrade, da rede Bandeirantes. Nunes disse à Rádio Band News que levará a identificação à 17ª DP (São Cristóvão), que investiga o caso. O advogado afirma que a ligação entre Raposo e o responsável pela explosão é “indireta”, e que conseguiu a identificação conversando com conhecidos de seu cliente.

No domingo, Raposo, que assumiu ter passado o rojão para o homem de camisa cinza e calças jeans, momentos antes da explosão, disse que pretendia colaborar com as investigações. Em entrevista à GloboNews, Nunes afirmou que Raposo conhece o suspeito apenas por “codinome” e características físicas.

O defensor pretende agora usar a informação como atenuante para a situação de Raposo. “Num determinado momento em que fiquei sozinho com o Fábio (Raposo), ele me mandou procurar uma pessoa que passaria a identificação. Eu vou passar para a autoridade policial. Já tenho nome do rapaz e a qualificação civil dele”, afirmou o advogado, à rádio CBN.

Leia também:

Manifestante teria dito que responsável pelo rojão é ligado a Marcelo Freixo

Rapaz preso por rojão diz que vai colaborar com a polícia

Advogado tenta convencer rapaz que entregou rojão a aceitar delação premiada