Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chuva dá trégua, mas SC registra 40.000 desabrigados

Segundo a Defesa Civil, 37 municípios foram afetados pelos temporais que começaram quarta. No RS, mais de 6.700 foram deslocadas para outras áreas

A Defesa Civil de Santa Catarina confirmou neste domingo que 37 municípios do Estado foram afetados pelas fortes chuvas. O temporal, que começou na noite de quarta-feira e só perdeu força no sábado, afetou principalmente a região oeste do Estado, com rompimentos de barragens, alagamentos, deslizamentos de terra e bloqueio de rodovias. Mais de 40.000 pessoas estão desalojadas ou desabrigadas.

Leia também

Deslizamento atinge casa e soterra três carros em Natal

Desmoronamento em Natal atinge veículo de turistas

Até o momento, 15 cidades estão com situação de emergência: Joaçaba, Palmitos, Herval do Oeste, Presidente Castelo Branco, Lageado Grande, Piratuba, Planalto Alegre, Itá, Capinzal, Itapiranga, Irani, Rio do Sul, Cordilheira Alta e Videira. O município de Rio das Antas já estava com o decreto de emergência vigente em função das chuvas do início de junho. Segundo a Defesa Civil, o nível do rio do Peixe, na região oeste, parou de subir.

Algumas rodovias estaduais e federais permaneceram com trechos interditados neste domingo. Em Laguna, no sul do Estado, um deslizamento de terra bloqueou a BR-101 no quilômetro 316. Em Palmitos e Concórdia, no oeste, o trânsito na BR-158 e na BR-153, respectivamente, o trânsito ficou totalmente interrompido também por desmoronamento das pistas. O mesmo problema aconteceu em Arvoredo, na SC-283 e em Xanxerê, na SC-155.

No Rio Grande do Sul, mais de 6.700 pessoas de 54 municípios do Estado foram deslocadas pelas autoridades para escolas, galpões e ginásios esportivos em função das fortes chuvas na região.

(Com Estadão Conteúdo)