Cármen Lúcia defende transferência de líderes presos

Nos últimos dois dias, houve registro de rebeliões em pelo menos três Estados brasileiros

A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, que também está à frente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), chamou a atenção para a crise dos presídios brasileiros em entrevista ao programa Roda Vida, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira.

A ministra defendeu, sem citar diretamente os confrontos dos últimos dias, que os líderes de facções criminosas presos sejam deslocados imediatamente para unidades prisionais específicas. Nos últimos dois dias, houve registro de rebeliões em pelo menos três Estados. Em Roraima, o governo local confirmou a morte de 10 presidiários em um confronto entre integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) e do Comando Vermelho (CV).

“Temos quatro presídios federais que acolhem essas pessoas, exatamente para retirar essa influência que irradia sobre todos os outros. Enquanto eles estiverem no comando, mesmo dentro da penitenciária, vamos ter problemas graves a serem enfrentados”, afirmou. Ela destacou que o Estado vai precisar assumir o “combate” contra o crime organizado no sistema prisional brasileiro.

Cármen Lúcia também defendeu o fim de partos dentro de presídios. “A Lei do Ventre Livre tem que valer no Brasil em 2016”, disse. A ministra afirmou que a partir desta semana vai visitar unidades prisionais.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. adson miranda de almeida

    preso não quer visita, preso quer solução dos presidios abarrotados. onde cabe 100 tem 1000. preso quer suas causas julgadas. preso quer um ambiente mais humano. preso quer trabalhar. preso não está lá porque quer. os presídios aguardam soluções imediatas.

    Curtir

  2. HUELITON FERNANDES BEZERRA

    Preso não está lá porque quer, Adson Miranda? Que nós saibamos ele cometeu algum crime para estar lá, ninguém o mandou de graça. Se ele não quer ir para lá, então não cometa suas atrocidades.

    Curtir

  3. Taliston Tavares Filho de Maria

    se ele ta no presidio de 100 e tem mil, que continue e se rebelar sou a favor na policia entrar e meter bala em todo mundo.

    Curtir

  4. Carmen Lúcia, um bom lugar para transferir os chefões seria o presídio da quarta parada, onde praticamente não existe segurança e nunca houve na estória um caso só de fuga registrado. Quem é paulista sabe.

    Curtir

  5. Ataíde Jorge de Oliveira

    Salta! — Tçhic@. O buraco é logo ali.

    Curtir

  6. housekeeping

    alô Ministra que tal agilizar o STF, produzir o dobro, a Sra. e os demais Ministros sabem como, é só querer; poderiam começar devolvendo casos de valores irrisórios e não aceitar novos. É só querer. Vontade polítca é redundante mas no caso do STF se aplica bem.

    Curtir