Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cachoeira recorre ao STF contra suspensão de ordem de soltura

Defesa do bicheiro quer restabelecer a decisão do desembargador Tourinho Neto, que havia determinado a liberdade do contraventor

Após sucessivas negativas do Poder Judiciário, que tem rejeitado seguidamente pedidos para sua liberdade, o contraventor Carlinhos Cachoeira recorreu nesta quarta-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF). A defesa do bicheiro impetrou um novo pedido habeas corpus para tentar restabelecer a única decisão favorável ao empresário de jogos: a ordem de soltura determinada pelo desembargador Tourinho Neto, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

No recurso enviado à suprema corte, a defesa do contraventor, comandada pelo ex-ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, busca cancelar liminar do ministro Gilson Dipp, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Atendendo a pedido do Ministério Público, Dipp derrubou a decisão anterior de Tourinho Neto, favorável à soltura de Cachoeira.

Conforme a defesa de Cachoeira, o ministro do STJ “de forma extravagante ressuscitou a prisão” do empresário de jogos, revogada por Tourinho Neto.