Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bombeiros salvam animais após tragédia em Minas

Cães, porcos, aves e bois ficaram ilhados em Bento Rodrigues e Paracatu depois do mar de lama que destruiu os distritos da cidade mineira

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, com a ajuda de ativistas, resgataram neste fim de semana uma série de animais que estavam atolados na lama nos distritos mineiros de Bento Rodrigues e Paracatu, em Mariana. A cidade foi devastada na quinta-feira da semana passada após o rompimento de barragens da mineradora Samarco. Duas pessoas morreram e 25 estão desaparecidas.

Foram salvos, no total, cem cães, quinze gatos, dez cavalos, oito bovinos, oito suínos, além de trinta aves, de acordo com Carla Sássi, vice-presidente da ONG Associação Lafaietense de Proteção aos Animais (Alpa). Os bichos foram levados para um canil contratado pela prefeitura e para propriedades próximas de Bento Rodrigues.

Leia também:

‘Onda de lama’ pode chegar ao Espírito Santo com até 1,5 metro

Rejeito pode afetar abastecimento de água de 11 cidades da bacia do Rio Doce

MP quer fechar mina cuja barragem se rompeu em Minas Gerais

“Existe uma negligência das ações dos poderes. É logico que tem a prioridade do resgate dos desaparecidos, mas nós não podemos negligenciar que muitos animais estão ilhados e morrendo de sede e fome”, disse o deputado estadual Noraldino Júnior (PSC).

Os ativistas preparam um relatório com fotos dos animais recolhidos para ajudar no reconhecimento.