Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Belém registra 27 assassinatos após morte de policial

Governo do Pará considera número 'muito além da média' e instalou grupo de investigação

A região metropolitana de Belém registrou 27 homicídios desde a noite de sexta-feira. O governo do Pará considera o número “muito além da média” e suspeita que a série de assassinatos – muitos com sinais de execução – pode ser uma reação à morte do policial militar Rafael da Silva, durante um tiroteio em uma perseguição a criminosos na manhã de sexta.

Segundo a secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado, um gabinete permanente de situação, envolvendo todos os órgãos da área, foi instalado investigaras intercorrências, registradas em dezesseis bairros.

“As polícias agem ostensivamente nas ruas. O empenho é máximo para que mais crimes não ocorram. As ações são norteadas pela inteligência, que tem duas testemunhas e uma filmagem para elucidar o caso”, explicou o delegado geral da Polícia Civil, Rilmar Firmino.

O governo do Pará também informou que o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, foi consultado sobre uma possível cooperação da União nas investigações.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Jose Eduardo Del Grande

    Quando estive em nova York vi inúmeros cartazes que ofereciam 10 mil dólares a quem desse informação que levasse a prisão de algum bandido que tivesse ferido ou matado um policial

    Curtir