Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Avanço da reforma da Previdência na Câmara nas manchetes do dia

Votação obtida em Comissão Especial é maior que a necessária para emenda passar no plenário

A aprovação da reforma da Previdência na Comissão Especial da Câmara é a manchete dos principais jornais do país nesta quinta-feira. A Folha de S.Paulo destaca que a votação obtida, 23 dos 37 membros de comissão (62%), é maior que a necessária para emenda passar no plenário. Para O Globo, o governo comemora a aprovação, mas sofrerá pressões até a votação no plenário, especialmente de servidores públicos.

O Globo
Reforma da Previdência é aprovada em comissão
Após dez horas de discussão, a reforma da Previdência passou no seu primeiro teste e foi aprovada na comissão especial da Câmara por 23 votos a favor e 14 contra. O presidente Temer, por meio de seu porta-voz, disse que o resultado demonstra o “reconhecimento da sociedade quanto à urgência de reformar o sistema previdenciário”. Mas, após a aprovação na comissão, o relator da reforma, deputado Arthur Maia (PPS-BA), afirmou que as negociações sobre a proposta continuarão até a votação em plenário. O texto ainda sofre muitas pressões, sobretudo de servidores públicos.

Reforço na segurança terá só 200 policiais
Um dia após uma guerra de traficantes aterrorizar o Rio, o Ministério da Justiça anunciou que 200 agentes da Força Nacional e da Polícia Rodoviária reforçarão a segurança no estado. Para especialistas, o contingente é insuficiente para interromper a escalada da violência. Moradores já abandonam a Cidade Alta, onde houve a guerra anteontem.

O Estado de S.Paulo
Reforma da Previdência tem 1ª vitória na Câmara
Deputados da oposição criticaram a troca de integrantes na comissão para que a proposta fosse aprovada. Integrantes da base aliada, PSB, PHS, PROS e Solidariedade orientaram suas bancadas a votar contra o parecer. Todos os deputados desses partidos atenderam à determinação, num indicativo de que as negociações do governo deverão ser ainda mais intensas nas próximas semanas.

Refis em troca de votos
Em busca de votos para aprovar a reforma da Previdência, o governo negocia com ruralistas um parcelamento (Refis) de 15 anos para dívida em atraso da contribuição ao Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural).

Folha de S.Paulo
Base de Temer faz nova Previdência avançar na Câmara
A proposta, que altera pontos centrais da original, prevê idade mínima para se aposentar de 62 anos para mulheres e 65 para homens, além de 25 anos de contribuição. Um dos pontos mais criticados no projeto, a regra de transição também foi alterada. Com as modificações, a economia esperada com a reforma será reduzida em 24%, de acordo com o governo. O placar indicou uma maioria confortável para Temer na comissão, com 62% dos votos. No plenário da Câmara, o governo precisará do apoio de 308 dos 513 deputados (60% do total).

Valor Econômico
Bolsa começa a antecipar a nova fase da economia
Os sinais de recuperação da economia começaram a aparecer lentamente no resultado financeiro das companhias no primeiro trimestre. A melhora ainda é incipiente, mas reforça as apostas de que os balanços financeiros do segundo trimestre devem mostrar um crescimento econômico mais robusto.

Estado de Minas
Solto com tornozeleira
O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu deixou o Complexo Médico Penal de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, onde estava preso desde 3 de agosto de 2015, e foi à sede da Justiça Federal colocar a tornozeleira eletrônica, antes de ganhar a liberdade. O uso do aparelho foi uma das medidas cautelares impostas pelo juiz Sérgio Moro para que Dirceu, condenado a 32 anos e um mês na Lava-Jato, aguarde fora da cadeia o julgamento de seus recursos.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Social Democrata Nem Direita Nem Esquerda

    Vamos em frente e reformar o que precisa ser reformado.

    Curtir

  2. ADRIANOVIAJANTE007

    Esta reforma é mais uma ataque aos trabalhadores honestos e levará milhões a miséria e visa apenas fazer caixa para desvios como se vê todos os dias. Tiram a esperança de milhões de um país melhor.

    Curtir