Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ataque no Texas, Pezão e Gandra Filho nas manchetes de 6/11/17

Atirador matou 26 pessoas em culto de igreja nos Estados Unidos

Ataque a tiros no Texas, repasses à campanha do governador Luiz Fernando Pezão e entrevista com presidente do Tribunal Superior do Trabalho, Ives Gandra da Silva Martins Filho, estão nas manchetes dos principais jornais do país nesta segunda-feira. Atirador deixou 26 mortos, no 35º ataque a tiros em massa, com no mínimo quatro vítimas, desde o massacre em Las Vegas. Marqueteiro Renato Pereira afirma que Pezão o informou sobre pagamentos feitos pela Andrade Gutierrez. Para Gandra Filho, reforma trabalhista, que entra em vigor nesta semana, traz segurança jurídica.

O Estado de S.Paulo
Atirador invade igreja no Texas, mata 26 e fere 20
Um homem matou 26 pessoas e feriu 20 depois de interromper a tiros o culto dominical de uma igreja batista em Sutherland Springs, no Texas. O atirador seria Devin Kelley, de 26 anos, morador da região. Este é o 35.º ataque de atiradores em massa, com pelo menos quatro vítimas, entre mortos e feridos, nos Estados Unidos desde o massacre de Las Vegas, que deixou 58 mortos há 36 dias.

Governadores se livram de investigações da Lava Jato no STJ
Desde 2015, o Superior Tribunal de Justiça recebeu 11 investigações que envolvem chefes do Executivo de nove Estados na Lava Jato. Cinco foram arquivadas a pedido da Procuradoria-Geral da República, que não encontrou provas. Uma ação, Pezão, teve o pedido de arquivamento feito pela PGR, mas ainda não foi aceito pela Corte. 

O Globo
Pezão deu aval a caixa 2 de R$ 5 milhões, diz marqueteiro
Renato Pereira contou em acordo de colaboração premiada que a Andrade Gutierrez usou duas agências de publicidade para repassar R$ 5 milhões, em caixa dois, à campanha Pezão ao governo do Rio, em 2014. Segundo Pereira, o próprio Pezão o informou que a empreiteira faria o repasse. O governador nega ter tratado de pagamentos ilícitos e diz que as doações foram legais.

Folha de S.Paulo
Emprego depende de corte de direitos, diz presidente do TST
Ao defender as novas regras que entram em vigor no sábado, Gandra Filho argumenta ser necessário reduzir alguns direitos para garantir empregos. Gandra diz que o crescimento de encargos trabalhistas colaborou com a crise, e que, se a reforma foi, de um lado, demanda das empresas insatisfeitas com a ampliação de direitos, de outro, criou garantias para terceirizados, por exemplo. 

Valor Econômico
TCU quer exigir de bancos da União devolução de R$ 39 bi
Depois de considerar ilegais os empréstimos do Tesouro Nacional ao BNDES, a área técnica do Tribunal de Contas da União considerou igualmente irregulares repasses, no total de R$ 39 bilhões, realizados à Caixa Econômica, Banco do Brasil, Banco do Nordeste e Banco da Amazônia nos governos Lula e Dilma.

Jornal do Commercio
Um Enem que direcionou o olhar para os surdos
No primeiro ano em que os deficientes auditivos tiveram acesso à videoprova, tema de redação foi: Desafios para formação educacional de surdos no Brasil. Primeiro domingo transcorreu sem atropelos.Exame termina no domingo que vem.