‘Estou arrependido’, diz suspeito de matar ambulante no metrô

Ricardo Martins do Nascimento, de 21 anos, foi preso na noite desta terça-feira, em Itupeva, na região de Campinas (SP)

Preso deste a noite desta terça-feira, Ricardo Martins do Nascimento, de 21 anos, disse nesta quarta-feira que está “arrependido”. Ele é suspeito de espancar o vendedor ambulante Luiz Carlos Ruas, de 54 anos, até a morte no último domingo, na estação Dom Pedro II, do metrô de São Paulo. O crime também teve a participação do primo de Ricardo, Alípio Rogério Belo dos Santos, de 26 anos, que segue foragido.

Questionado sobre a agressividade, Nascimento disse que “estava alterado por ter consumido “cachaça”. “O certo é a gente pagar”, disse, referindo-se a Santos.

Veja também

Ricardo foi encontrado por policiais na casa de um amigo em Itupeva, na região de Campinas (SP), e levado para o DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), na capital paulista.

A Justiça havia expedido na tarde desta terça mandado de prisão temporária contra o jovem pela acusação de envolvimento com o crime. A decisão atendeu a pedido da polícia que o identificou com um dos autores da agressão. Ele poderá ficar preso inicialmente por até 30 dias.

De acordo com o delegado Osvaldo Nico Gonçalves, diretor do Departamento de Capturas e Delegacias Especializadas (Decade), um dos suspeitos estava urinando próximo da Estação D. Pedro II quando foi repreendido por uma travesti. “Começou uma discussão e logo os dois suspeitos começaram com as agressões”, disse. Gonçalves afirmou que Ruas tentou apartar a briga, mas acabou agredido.

Nesta quarta-feira, foi publicada no Diário Oficial do Estado resolução da Secretaria da Segurança Pública que prevê o pagamento de 50.000 reais por informações que levem aos suspeitos. Como um deles já foi preso nesta noite, o pagamento deverá permanecer válido para o outro jovem considerado foragido.

Ontem, Ruas foi sepultado sob protesto da família em Diadema e um ato foi realizado na estação pedindo por mais segurança.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Geroldo Zanon

    É sempre assim o PETISTA mata depois se arrepende

    Curtir

  2. Ezequiel lima feitosa

    Pela sua cara de marginal vc está arrepentido mesmo.kkkkkkkkkkkk

    Curtir

  3. Pietro Muniz Giotto

    O sujeito esmaga com os pés a cabeça de um ser humano que ousou defender uma travesti para, em seguida, argumentar que não é uma má pessoa. Esse é o cinismo de toda uma geração moldada pelo individualismo liberal, pelo fundamentalismo evangélico e pelo fascismo da mídia.

    Curtir

  4. Estou arrependido’, diz suspeito de matar ambulante no metrô. Este título está errado. Se ele está arrependido, então não é mais suspeito e sim autor do assassinato. Réu confesso, não é isto? Por favor.

    Curtir

  5. Samuel Mayer Inglez Silva

    esse país acabou

    Curtir

  6. Samuel Mayer Inglez Silva

    tenho vontade de virar justiceiro

    Curtir

  7. Antonio Merlim

    KKK: se o cara se diz arrependido pelo crime, como pode ser denominado SUSPEITO do crime? Tenham dó!

    Curtir