Antonio Palocci é denunciado por quebra de sigilo

O procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza, denunciou o deputado petista e ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci por quebra de sigilo funcional no caso que envolveu o caseiro Francenildo dos Santos Costa.

A denúncia foi encaminhada ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes e a decisão de abrir ação penal só ocorrerá após discussão em plenário. No caso também estão envolvidos o ex-presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Mattoso, e o ex-assessor de imprensa do Ministério da Fazenda, Marcelo Netto.

Palocci deixou a Fazenda em 27 de março de 2006 depois de o caseiro Francenildo falar em depoimento à CPI dos Bingos que o ministro participava de festas, encontros com lobistas e partilha de dinheiro em uma mansão no Lago Sul de Brasília. Logo depois, o caseiro teve seu sigilo bancário foi violado.