Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

AM tem só uma delegacia especializada em ambiente

Por Wladimir D’Andrade

São Paulo – No coração da maior floresta tropical do planeta, o Estado do Amazonas conta com apenas uma delegacia especializada de proteção ao meio ambiente em todo seu território. É o que revela o estudo Presença do Estado no Brasil: Federação, Unidades e Municipalidades, divulgado hoje pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Na mesma região, o Tocantins possui quatro municípios com esse tipo de delegacia. “Esse é um exemplo concreto de desequilíbrio nas políticas governamentais”, afirma o presidente da entidade, Marcio Pochmann.

“No caso de delegacias especializadas, observa-se que ainda é muito pequeno seu número”, afirma o estudo. Em toda a Região Norte há apenas nove delegacias especializadas em crimes ambientais, mesma quantidade existente no Centro-Oeste. O Sudeste é onde se encontram o maior número delas, 15, seguido pela Região Nordeste (12). No Sul são sete delegacias de proteção ao meio ambiente.

O estudo do Ipea mostra ainda que 17,6% dos municípios brasileiros não contam com delegacia da Polícia Civil. A Região Nordeste é onde está localizada o maior número de municípios com delegacias (1.794), seguida pelo Sudeste (1.668), Sul (1.188), Centro-Oeste (466) e Norte (449). Minas Gerais é o Estado que lidera o ranking de cidades com delegacias, 853.

De acordo com o Ipea, a segurança provoca impactos em outras políticas públicas. “Uma eventual percepção de falta de assistência pelas polícias por parte da população pode, de forma análoga, afastar o cidadão da educação, da cultura e do lazer”. O estudo busca mapear a distribuição da presença do Estado no território nacional. Na abordagem da questão da segurança, o levantamento utilizou dados do Censo de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), relativo ao ano de 2009.