Aluno arremessa porta-lápis e fere vice-diretora no rosto

O fato aconteceu na EMEF Altino Arantes, em São Paulo

Um aluno da Escola Municipal de Ensino Fundamental Altino Arantes, na Zona Leste de São Paulo, arremessou um porta-lápis que feriu a vice-diretora, Shirlei Maia, na última segunda-feira.

Nas redes sociais circula a informação de que Shirlei havia sido agredida com uma tesourada por um aluno de 8 anos. A assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Ensino, no entanto, afirma que, ao arremessar o objeto, o menino não tinha “intenção de atingir qualquer pessoa”. A pasta diz ainda que a professora foi atendida imediatamente após o ocorrido e a responsável pelo aluno foi chamada à escola onde tomou ciência do episódio”.

LEIA TAMBÉM:
Adolescente é mais uma vítima de ataque com seringa no metrô

O filho de Shirlei, o advogado Anselmo Maia, afirma que a família não vai se pronunciar sobre o caso. “Preferimos resguardar nossa mãe. Foi um acidente no âmbito escolar e não tudo isso que vem sendo dito pelas redes sociais. Minha mãe está se recuperando.”

Abaixo, post divulgado por uma página no Facebook.

corujaprof1

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Marcelo Alves

    Porta-lápis???
    Só se for revestido de metal.

    Curtir

  2. Aloisio Barros

    Essa é a herança da Pátria Educadora da Dilma, Lula e PT.

    Curtir

  3. Gian M. Bass

    Isso não é uma simples agressão, é sim uma tentativa de assassinato!……Essa diretoria tem que processar os pais do aluno e também o próprio Estado!!!!………..

    Curtir

  4. Ezequiel lima feitosa

    Qual a diferença entre a FEBEM e esta escola?kkkkkkkkk

    Curtir

  5. Renato Camargo

    Que mateira ruim heim Veja! A idade do menino foi confirmada?? Em qual contexto o objeto foi lancado?? Com essa noticia vc vai gerar um caos nas redes sociais e nem se sabe direito a historia. Daqui a pouco vao querer crucificar o menino sem nem saber direito o que aconteceu. Que desservico voces prestam.

    Curtir

  6. Vanda Muller

    Mais revoltada com a agressão a diretora, fico pasma com a postura da família dela de não fazer nada, tentando ainda por “panos quentes” no ocorrido….. Medo ??????

    Curtir

  7. George Waichert

    Na verdade isso não é herança do governo Dilma,e sim da responsabilidade dos pais educarem seus filhos em casa, escola não feita pra ensinar o que é o bem e mal ,e sim ensinar e orientar os alunos pro futuro. Educação de verdade é dever dos pais com a criança….

    Curtir

  8. André de Moraes

    Isso foi uma tentativa de homicido.

    Curtir

  9. semisericordia

    BRASIL: PÁTRIA EDUCADORA #sqn

    Curtir

  10. Essa é a maravilha da Pátria Educadora do governo petista há tantos anos no poder.Alunos agressivos e sem o mínimo respeito por quem quer que seja,.

    Curtir

  11. Kemi Woczinski

    A própria secretaria da educação tenta abafar o caso.. Uma supervisora tem ido na escola diariamente e ordenado aos funcionários que afirmem que trata se de acidente… E o menino que causou o fato não tem estrutura familiar alguma.. A mãe é drogada, pai preso, ele vive com uma avó que já não aguenta mais… Essa é a realidade das famílias brasileiras!

    Curtir

  12. Bat Masterson

    Vão transferi-lo para educação especial ? Talvez na APAE aprenda a ter convívio social

    Curtir

  13. Emerson Silva

    O ECA entrou em vigor em Marcelo Alves para de repetir conversa de boteco, oque tem o PT com isso?

    Curtir

  14. Guilherme Massao Cobayaxi

    Até entendo a família da agredida não querer expô-la, ainda mais. Mas a Secretaria de Educação dar essa declaração de q o aluno “não queria” atingir ngm ao arremessar o porta lápis é bem difícil de acreditar. Pra começar, se não queria acertar ngm, mesmo sendo uma criança, não deveria nem arremessar nenhum objeto. E se, msm arremessando, não tivesse a intenção de acertar ngm, jogaria o objeto em direção ao chão. E não na direção de uma pessoa, e muito menos de uma forma que pudesse atingir a testa dessa pessoa. Que pela gravidade do ferimento na sua testa, teve muita sorte de não ter sido atingida nos olhos. Correndo até o risco de perder a visão.

    Curtir

  15. marcos M machado

    Por isso como professor eu aviso aos meus alunos da professora vida essa sim excelente professora pois dá o teste antes da lição e muitas vezes sem segunda chamada…….e aviso: o dia em que eu o ver na beira da estrada capinando debaixo de sol escaldante eu não sinto dó alguma……

    Curtir

  16. Marcio Oliveira

    O guri usa um tijolo como porta-lapis? Olha o tamanho e profundidade desse corte, quanta força tem um menino de 8 anos?

    Curtir

  17. Faço minhas as palavres de Aloisio Barros.

    Curtir

  18. Uma criança de 8 anos não tem força pra fazer isso em um adulto. Ainda mais com porta lápis. Contem esta história direito, sem mentiras.

    Curtir

  19. Uma criança de 8 anos não tem força pra fazer isso em um adulto. Ainda mais com porta lápis. Contem a verdade pessoal.

    Curtir

  20. adson miranda de almeida

    ESTE PORTA LÁPIS ESTAVA BEM AFIADO.

    Curtir

  21. Marcio Soares Lacerda

    Um corte profundo deste feito por um porta lápis e lançado por um garoto de oito anos? Conta outra Veja.

    Curtir

  22. Isidorio Araujo da Silva

    A verdade é que os estudantes atualmente pintam e bordam com seus Professores, já que eles não podem mais nem chamá-los a atenção. Bem diferente da minha época quando um Colega meu foi transferido de um Colégio, porque disse que a Professora era gostosona. Isto ocorreu no ano de 1969, num Colégio de FORTALEZA.

    Curtir

  23. flávio norberto vetorazzi

    E os pais? Disseram o que a respeito?

    Curtir

  24. o South Park tem um episódio que cairia como uma luva para esse caso. Aborto tardio.

    Curtir

  25. Alex Thistle

    Estes demonios em forma de gente nunca tem intenção de nada, só quem trabalha nestes “hospícios” chamados escolas publicas é quem sabe, não tme gente tem animais, precisamos de militarização das escolas já.

    Curtir

  26. Pietro Muniz Giotto

    Agora é que a educação vai melhorar. Tendo como assessor do Ministro da Educação, o notável Alexandre Frota, o pornográfico.

    Curtir

  27. Porta-lapiz e conversa pra boi dormir. Isso ai se nao uma foca, perdeu a oportunidade de ser. Tesoura nao corta uma testa assim tao facil. Isso ai e a “lei da palmada,” uma das herancas malditas do molusko e da presidAnta para descontruir educacao familiar. Agora o que temos? Isso ai e cada vez mais novinho.

    Curtir

  28. *quiz dizer faca, claro!

    Curtir

  29. Francisco Machado

    Sempre aparece alguém para defender pivete malfeitor. Quero ver defender quando a vítima for ele próprio ou algum familiar.

    Curtir

  30. Vanessa Pereira

    Pelo tamanho do edema e do ferimento, isso não foi feito por um porta lápis. Mas seja o que for que tenha ferido a professora, é resultado de anos de descaso com a educação. É a “pátria educadora” de Dilma e do PT que relegaram o ensino e o atiraram às moscas. Duvido que isso aconteceria há 20 ou 30 anos quando o professor exercia autoridade dentro de sala e aluno desordeiro era expulso da escola.
    Agora, os pseudo-educadores inventaram essa estória estúpida de que “é preciso conviver” e deixaram as escolas reféns dos piores bandidos e de alunos-problema que precisam de um médico psiquiatra.

    Curtir

  31. Heitor Vianna

    Se o menor tem pouca idade, deve se responsabilizar civil e criminalmente os pais os responsaveis. A Justiça já tem precedentes de criminalizar pais, por delitos de seus filhos menores.

    Curtir

  32. Proibição já de porta lápis, eu não sabia que era uma arma letal. Uma criança pode sem querer decapitar a outra

    Curtir

  33. Silvio Roberto Vaiano Junior

    É a velha história….pais sem tempo para criar os filhos e os jogam para que a escola faça a obrigação deles. É a terceirizando da educação. Ser mãe hoje em dia é apenas parir. Esses moleques passam um final de semana inteiro em festas de funk. Agora, pergunte se eles têm coragem de criar um grupo de matemática para estudar num sábado? Somos realmente o país do futuro.

    Curtir

  34. Lúcia Cristina Bortoli

    Isto não é aluno!!! É projeto de marginal perigoso!!! Futuro matador, se não for corrigido a tempo! A mídia deveria poder mostrar o rosto de facínora mirim e dos pais dele, que não deram educação a ele, que é para desmoralizar de verdade!!! O delinquente mirim deve receber punição exemplar da Justiça e os pais devem ser punidos nos termos da lei, por não terem educado bem o filho que puseram no mundo! Fato chocante ao extremo!!! E parem de expor a vice-diretora, porque ela foi grande vítima e merece ressarcimento! Ela poderia ter morrido, mas com a graça divina, não aconteceu! Educação vem de casa! Funcionário de escola é profissional que merece respeito, acima de tudo!!! Os pais precisam ensinar os filhos a respeitar Professores e funcionários das escolas, para o bem de todos e principalmente do próprio aluno, que vai à escola para estudar e aprender o necessário para ser uma pessoa melhor.

    Curtir

  35. Lúcia Cristina Bortoli

    Antes de mandar filhos à escola, pais devem ensinar diariamente, que profissionais da Educação devem ser respeitados e tratados educadamente, acima de tudo! O problema é que muitos alunos não aceitam limites dentro da escola porque recebem apoio dentro de casa. Certos pais ensinam que filhos devem questionar, mas não ensinam que questionamentos devem ser civilizados, lógicos, coerentes e com bom senso. Injustificável o que a vice-diretora passou! Deus abençoe que nunca mais aconteça com ninguém, porque é uma vergonha para Educação brasileira…

    Curtir

  36. Lúcia Cristina Bortoli

    O que o Governo está esperando para criar legislação mais rígida para coibir efetivamente, atitudes deste tipo? Que algum funcionário da Educação morra literalmente, vítima de algum “aluno” irresponsável, com instinto assassino e mau-caráter o bastante a ponto de agredir uma senhora desta maneira??? Para evitar mais tragédias como esta ou pior, a morte de alguém, leis sérias precisam ser definidas a partir de agora…

    Curtir

  37. Eloiza Celini

    Foi um porta lápis de acrilico que estava em cima da mesa dela e é vdd pois conheço a professora

    Curtir

  38. Gabriel Santoi

    Reflexo de 13 anos da pátria educadora dos vermelhinhos

    Curtir

  39. quetsia maria rodrigues dos santos

    É absurda a postura em relação ao aluno(a) agressor, a não responsabilização faz com que surjam mais casos como esses que infelizmente na maioria das vezes nem os responsáveis pela criança respondem. Nos EUA a criança agressora teria que arcar com algum tipo de consequência. Não podemos mais aceitar esse tipo de situação. Os pais e responsáveis tem que entender que eles são os maiores modelos e fazer a parte deles em não produzir pequenos monstros e despachá-los na sociedade achando que a escola tem que esse dever. Temos que fazer um trabalho de equipe, escola e responsáveis, mais não se enganem os filhos são o reflexo dos pais, seja para o lado bom ou o ruim como vemos agora.

    Curtir

  40. Vera Silva Silva

    Se for dizer o que penso de tudo isso, com certeza serão presa

    Curtir

  41. Vera Silva Silva

    Se for dizer o que penso de tudo isso, com certeza serei presa

    Curtir

  42. Suana Ferreira

    bem, falando sobre o q li,tem alguma coisa errada por traz disso n sei o q é mais tem,ou a mulher errou e o menino si defendeu ou o menino é ruim, a familia dele é problemática,e a mulher ta cm medo de represália,vi a uns dias a mãe de uma aluna agrediu a porf isso é um absurdo apesar de ver tbm algumas prof mt folgada ak mesmo tem uma na creche q judia da criança e a direção n fez nada ainda ficou contra a denunciante.

    Curtir

  43. Enquanto a indisciplina, a baderna, o desrespeito e a violência dominarem as salas de aula sem qualquer punição severa, nenhuma reforma terá qualquer efeito sobre a melhoria na qualidade da educação. Enquanto o aluno e os pais dele não forem conscientizados de que o dinheiro público gasto na educação deve ser respeitado e o aluno deve apresentar resultados em troca do investimento nele feito pela sociedade, nada vai mudar. O estudante que não der valor ao ensino público, ao investimento público, ao dinheiro público, deve ser proibido permanentemente de frequentar a escola pública. Este tipo de aluno são as maiores causas da má qualidade no ensino, não aprendem, não deixam os outros alunos estudarem e impedem o professor de ensinar. Têm que ser expulsos do sistema público de ensino.

    Curtir

  44. Laercio Ney Nicaretta Oliani

    Para conseguir essa extensão e profundidade de lesão houve a necessidade de alta energia no arremesso : como chamar de normal atirar qualquer objeto na vice-diretora ? E (pior) nessa violência ?

    Curtir

  45. Alvaro Luis Parron

    Há muito tempo eu fiz um comentário que o Brasil estava entrando em colapso social, parece que minha “profetização” estava correta. O que vemos hoje são alunos batendo em professores, este acidente que alguns ainda defendem o aluno é revoltante, por estamos formando monstrinhos que futuramente recairá sobre nós. Sempre digo que educação vem de casa a responsabilidade do professor é ensinar o “beaba”. O que infelizmente isto não acontece porque os pais sem preparação nenhuma para educar o filho simplesmente o joga na escola para ficarem livres. A palavra educar que vem do latim “ducar” ensinar, o e é que significa tudo, a partir do conhecimento que o indivíduo tem, se são pais mal preparados que educação que este filho pode ter. Fica aqui minha mensagem ” Não temos que construir um mundo melhor para os nossos filhos, mas sim, filhos melhores para o nosso mundo”

    Curtir

  46. Letícia De Toledo Piza Rossi

    Alguns comentários infeliz aff..Como dizer que a criança precisa ir para a APAE..

    Curtir

  47. Edson Joel de Souza

    Essa tolerância leva só caos.

    Curtir