Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

3.732 meninos vivem em abrigos

O primeiro Censo da População Infanto-juvenil do Rio revela que 3.732 meninos com idade entre 0 e 17 anos vivem em abrigos do estado, sendo que 92,12% têm mãe ou pai vivo. O levantamento, coordenado pelo Ministério Público Estadual, foi realizado durante um ano em 235 abrigos e adiantado pela Agência Estado nesta sexta-feira. “As autoridades agora podem trabalhar com dados concretos”, afirmou a promotora de Justiça Liana Barros, que coordenou o trabalho.

De acordo com o censo, 30,71% das crianças estão nos abrigos há menos de seis meses, 54,58% há mais de um ano e 3,14% vivem longe da família há mais de dez anos. Embora 30% dos meninos não recebam visitas de nenhum parente, apenas 6,68% estão disponíveis para adoção.