Balanço parcial do TSE diz que há 60 candidatos presos

De acordo com o boletim divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 786 urnas eletrônicas precisaram ser substituídas

O boletim parcial divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no fim da manhã (por volta das 11h54) deste domingo informa que 60 candidatos foram presos em flagrante em todo o país – nomes e partidos dos detidos não foram informados pela Justiça Eleitoral. 

LEIA MAIS:
Brasil vai às urnas hoje. Saiba o que está em jogo nas capitais

O TSE informa também que foram registradas ocorrências com outros 32 candidatos, mas sem prisão.

Outro dado do boletim indica que 1 675 urnas eletrônicas precisaram ser substituídas em todo o país. As substituições foram feitas em 25 estados e, por enquanto, só não houve nenhuma troca no Espírito Santo. Até o momento, o maior número de trocas aconteceu no Rio de Janeiro, 332 urnas.

Neste domingo, 144.088.912 eleitores vão às urnas até ás 17h para eleger 57.943 vereadores e os prefeitos de 5.568 municípios brasileiros.