Blogs e Colunistas

19/03/2012

às 17:31 \ facebook, pesquisa, socialmedia, twitter

Empresas jornalísticas se decepcionam com redes sociais

Plataformas de redes sociais, como Twitter e Facebook, têm papel relevante na distribuição de conteúdos jornalísticos. Contudo, esse papel vinha sendo superestimado. A conclusão consta da edição 2012 do The State of The News Media, relatório divulgado nesta segunda-feira pelo instituto Pew Internet Research sobre o mercado americano.

Leia também: No Twitter, grande parte das pessoas conversa – sozinha

De acordo com o estudo, as redes sociais foram responsáveis por 9% da audiência das versões virtuais de veículos jornalísticos americanos em 2011. Em outras palavras, os leitores chegaram aos artigos e reportagens graças a links espalhados nas redes sociais.

O resultado foi recebido com desânimo pelos autores da pesquisa, que esperavam uma participação maior das redes sociais na audiência. “A mídia social se tornou uma nova vitrine, mas não substitui tradicionais trajetos virtuais para chegar a uma informação”, diz o texto.

As demais origens de tráfego de fato superam de longe as redes sociais: 36% dos entrevistados acessam sites de notícias a partir da url original ou pelo aplicativo oficial da empresa, 32% o fazem por meio de mecanismos de buscas e 29% visitam agregadores de notícia para se informar. Entre as redes para compartilhar conteúdo, o Facebook lidera. O número de usuários que seguem uma notícia publicada na rede é o dobro dos que o fazem a partir do Twitter.

Um dado importante, contudo, foi desprezado: o crescimento da distribuição de informação por sites como Twitter, Facebook e Orkut – alta de 57% nos últimos dois anos. Sinal de que tudo é uma questão de expectativa: as redes têm cooperado no compartilhamento de conteúdos. Só não se deve esperar milagre delas.

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

5 Comentários

  1. Estudantes

    -

    10/04/2012 às 16:31

    Olá! Nós estudantes da Escola Estadual Oswaldo Lucas Mendes, de Taiobeiras MG, consideramos muito interessante esta matéria, realmente as redes sociais deveriam ter uma participação maior na ” mídia social”. É uma forma de incentivar os internautas,à acessar informações importantes do dia a dia.

  2. Doug

    -

    19/03/2012 às 20:30

    Mas essa pesquisa tem um viés. Uma coisa é o que as pessoas realmente fazem (usar dados reais de sites para analisar isso) e outro é o que elas informam que fazem (entrevistados), que foi esse caso. Pode haver muita discrepância nesses dados. Mas é uma boa fonte para números gerais.

  3. Luiza Rotbart

    -

    19/03/2012 às 20:21

    Bom momento para jornalistas refletirem e compreenderem que estamos fartos de notícias manipuladas e tendenciosas.

  4. Marilena Lobato

    -

    19/03/2012 às 19:58

    Boa noite

    Concordo lenamente com a publicação acima. Os jovens, em sua maioria usuários das redes sociais há algum tempo deixaram de buscar informações nas fontes sérias, responsáveis, que tem por objetivo divulgar conteudo pautado em pesquisa isenta de qualquer influência.

    Outra coisa que tenho observado que a falta de leitura de veículos de comunicação consistente estão fazendo um verdadeiro “genocício” no nosso idioma. Eu por vezes até notifico respeitosamente a pessoa que escreve barbaridades no sentido que a mesma não repita, mas na maioria não sou bem recebida. O que é lamentável. Afinal o que esperar de uma pessoa que está fazendo sua formação acadêmica que desconhece seu própio idioma?

    Sem mais, abraço e boa noite.

  5. Daniela

    -

    19/03/2012 às 19:45

    Uso o twitter para me informar do q acontece no Brasil e no mundo.É limitado,não dá opções de bate papo como no facebook.Eu uso mais o face para divulgar eventos q organizo,converso no bate papo e ainda compartilho coisas q estão acontecendo comigo e outras coisas mais.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados