Blogs e Colunistas

Bing

25/11/2009

às 11:43 \ busca, socialmedia

Quando a Mídia social torna-se um buscador

twitter-search

Muita gente vê a Google como um tótem inatingível e intocável, que devemos reverenciar e para quem devemos rezar, pois sem ele não viveríamos. Sinto informar aos fiéis que no mundo das plataformas sociais o sagrado não existe. A necessidade cria os caminhos e as alternativas de forma tão rápida que não dá tempo de acreditar em nada venerável.

Nos últimos meses, a popularidade desenfreada de plataformas sociais como Facebook e Twitter provou isso. No Brasil, já são 9 milhões de brasileiros inseridos a ferramenta de 140 caracteres.

As mudanças visuais que ocorreram no Facebook, no início do ano, e a produção vertiginosa de conteúdos no Twitter deixaram clara a importância de uma busca em tempo real, artifício que a Google ainda não domina e busca alcançar, de forma até desesperada. Não à toa, na última semana de outubro, o símbolo de pesquisas na web anunciou o desenvolvimento de uma ferramenta chamada Social Search, que procurará informações publicadas dentro das redes sociais em que o usuário está inscrito.

E os números provam que esta funcionalidade presente em grande parte dos serviços que se denominam mídia social vem ganhando força no braço de ferro com o Google. Segundo dados recentes do Instituto Nielsen, 18% das buscas realizadas por internautas são feitas em ambientes como Wikipedia, blogs, Facebook, MySpace e Twitter.

Números que começam a causar preocupações a Sergey Brin e Eric Schmidt. Em setembro passado, por exemplo, de acordo com a ComScore, quase 75% de todos os usuários globais de Internet visitaram  as propriedades dos sites Google, que representaram 9.4% de todo o tempo gasto on-line.

Trata-se de uma fatia – em crescimento – que aponta para a necessidade de movimentação da Google. Ela ainda detém 37% do mercado de buscas (juntamente com Yahoo, Bing e Wolfram Alpha, outros sistemas de busca).

Nada dura muito tempo, da mesma forma, nesse mundo.

Por Rafael Sbarai

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados