Blogs e Colunistas

09/12/2009

às 4:45 \ socialmedia

Como reunir conteúdos espalhados na web

Pare, pense e observe a quantidade de serviços que você possui para produzir conteúdo e manter relação com seus amigos. São fotos distribuídas no Flickr, vídeos em destaque no YouTube, mensagens de até 140 caracteres no Twitter, scraps no Orkut…

Enfim, de tudo um pouco. E com um simples objetivo. Tornar-se visível e ter a possibilidade que, antes, era para poucos: compartilhar informação. Segundo enquete disponibilizada na barra lateral do blog, as pessoas estão conectadas em mais de três sites de relacionamento. Logo, ubiquidade online é uma marca registrada brasileira na web.

Em maior ou menor escala, o conteúdo que você produz chama atenção. Trata-se do primeiro efeito colateral de mídia social. A superinformação e a possibilidade de distribuí-la em diversas plataformas nos leva a uma única questão.

Como acompanhar o fluxo vertiginoso de informações distribuídas entre pares em tantas redes sociais? Por isso, o conceito do que se considera como lifestreaming ganha evidência. Agora, ao invés de acompanhar uma ferramenta, acompanha-se uma pessoa. Um artifício para ressaltar o velho discurso da web de conectar pessoas e não computadores.

E não faltam bons produtos que possuem o princípio de centralizar em um único ambiente virtual todo o fluxo informacional produzido. Em destaque, três deles:

Tumblr

tumblr-newsweek

Uma linha do tempo de todas as suas atividades virtuais. Trata-se de um sistema customizável que permite, a partir do uso de mídia social, compartilhar o fluxo informacional produzido e disseminado. Uma das plataformas mais populares no segmento, o Tumblr já tornou-se um produto experimental da Newsweek.

Flavors.me

flavorsme

Um cartão de visitas virtual prático e flexível. Flavors.me possui o mesmo princípio do Tumblr de construir uma página na web em poucos minutos e com todos os seus passos em plataformas sociais participativas, como Twitter, Flickr e Facebook. Para usá-lo, é necessário enviar seu e-mail pessoal para garantir um convite de testes. É possível, por exemplo, alterar o tamanho e o tipo de fonte, além de cores do fundo.

FriendFeed

friendfeed1

A galinha dos ovos de ouro do Facebook. Adquirido pela maior rede social do mundo em agosto de 2009, o FriendFeed suporta 33 serviços e também tem a possibilidade de divulgar e acompanhar atualizações de amigos presentes em mídia social.

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

5 Comentários

  1. rafaelsbarai

    -

    10/12/2009 às 9:43

    @Artur,

    O FriendFeed é mais conhecido e também tem uma base fiel. Não à toa, o Facebook o adquiriu recentemente.

    O Flavors.me é uma surpresa agradável. Tem princípios semelhantes ao Tumblr.

    Outro que ficou fora da lista e gosto bastante é o Posterous.

  2. Artur

    -

    09/12/2009 às 7:16

    Muito legal o post. Só conhecia mesmo o Friendfeed.

    Vou testar este Flavors.me, parece ser bem legla.
    parabéns pelo blog.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados