Blogs e Colunistas

Suburgatory

Atualização de elenco: ‘Episodes’, ‘Girls’, ‘Suburgatory’, ‘Undateable’, ‘Revenge’, ‘White Collar’ e ‘Twisted’

Chris Diamantopoulos

Episodes – A terceira temporada da série estrelada por Matt LeBlanc contará com as participações recorrentes de Chris Diamantopoulos (The Office, Arrested Development) e de Roger Bart (Political Animals). A história apresenta os bastidores de produção de Pucks, um remake americano de uma produção britânica. Chris interpretará Castor Soto, o novo diretor do canal que produz a série, substituindo Merc Lapidus (John Pankow); Bart será o agente de LeBlanc em quatro episódios. A temporada estreia nos EUA no início de 2014. No Brasil, a série chegou pelo canal I.Sat que não tem previsão de quando estreará os novos episódios.

Girls – O ator Michael Zegen (Boardwalk Empire) terá participações recorrentes na terceira temporada da série da HBO. Ele entra para substituir Christopher Abbott, que deixou o elenco em abril. Ainda não foi divulgado que personagem Zegen interpretará.

Suburgatory – Dois atores deixaram o elenco regular da série. Alan Tudyk e Rex Lee, que interpretam Noah e Wolfe, não retornarão para a terceira temporada. Eles ainda poderão fazer participações especiais ao longo dos episódios.

Revenge – A atriz Ashley Madekwe, que interpreta Ashley Davenport, deixou o elenco da série. Ela ainda deverá retornar para o primeiro episódio da terceira temporada. A saída da atriz foi provocada por uma reestruturação criativa da série, que perdeu audiência em sua segunda temporada, depois de ter feito sucesso com a primeira.

White CollarWarren Kole (Common Law) terá participações recorrentes na quinta temporada da série, interpretando o agente do FBI David Seigel.

Undateable – Esta é uma nova comédia anunciada pelo canal NBC durante seu Upfront deste ano. Criada por Bill Lawrence e Adam Sztykiel, a série é uma adaptação da obra de Ellen Rakieten e Anne Coyle. Na história, dois amigos de personalidades opostas têm em comum sua incapacidade de atrair mulheres. Após receber a encomenda da primeira temporada, a série  passou por uma troca de atores. Briga Heelan, que no último minuto tinha substituído Aly Michalka, terá que deixar o elenco visto que ela também está na série Ground Floor, do TBS. No episódio piloto, produzido para avaliação, ela interpretou a garçone Maddie, amiga dos protagonistas. Quem também deixará o elenco é Matthew Wilkas, que interpretou Brett, amigo gay de Justin.

Twisted – O ator Aaron Hill (Greek) terá participações recorrentes nesta série do canal ABC Family que gira em torno de um jovem suspeito de ser um assassino. Ele interpretará Eddie, um jovem policial.

Séries já renovadas pela ABC

'Modern Family'

Através de seu perfil no Twitter, a rede ABC anunciou a renovação de diversas séries que retornam com novas temporadas a partir da Fall Season americana, que tem início em setembro deste ano, nos EUA.

As séries renovadas pelo canal são Modern Family, Once Upon a Time, Revenge, Suburgatory, Castle, Grey’s Anatomy, Scandal e Nashville. Na lista divulgada pelo canal no Twitter não aparecem as séries The Middle, Last Man Standing e Neighbors, mas a imprensa americana informa que elas também já foram renovadas.

No Twitter, o canal não lista as séries canceladas. Segundo a imprensa, estas seriam Happy Endings, Body of Proof, Malibu Country, Red Widow e How To Live With Your Parents For The Rest of Your Life. Embora a imprensa também tenha anunciado o cancelamento de Family Tools ainda existem alguns veículos que dizem que a ABC só definirá o futuro desta série no final de semana.

A lista completa de renovações e cancelamentos será divulgada oficialmente pelo canal no dia 14 de maio, quando a ABC apresentará sua nova grade de programação no Upfront.

25/10/2012

às 9:50 \ Cartazes, Remakes, Séries Anos 2010-2019

Cartazes de ‘Suburgatory’ e ‘Beauty And The Beast’

Cliquem nas fotos para ampliar.

22/09/2012

às 9:23 \ Galeria de Fotos, Séries Anos 2010-2019

Fotos do elenco de ‘Suburgatory’ – 2ª Temporada

Cliquem nas fotos para ampliar.

23/08/2012

às 17:46 \ Atores Convidados, Séries Anos 2010-2019

Atualização de elenco: ‘Falling Skies’, ‘Defiance’, ‘Suburgatory’, ‘Whitney’ e ‘The Goodwin Games’

Robert Sean Leonard

Falling Skies – A nova temporada da série do canal TNT contará com as participações recorrentes de Robert Sean Leonard (House) e de Gloria Reuben (Plantão Médico/ER), que serão vistos em pelo menos cinco episódios. Segundo o site Deadline, Leonard interpretará Roger Kadar, um cientista que ganhou o apelido de Rei dos Ratos por viver nos subterrâneos tendo os ratos como companhia. No entanto, é ele quem controla a rede de energia de Charleston. Já Gloria será Mariana Perlata, líder de um dos grupos da resistência contra a invasão alienígena. Ela se tornará uma nova aliada de Tom Mason, interpretado por Noah Wyle, com quem Gloria trabalhou em Plantão Médico.

Defiance - Criada por Rockne S. O’Bannon (Farscape), com roteiros de Tim Walsh e Craig Gore, a série narra a história da Terra após a chegada de alienígenas, que gerou uma guerra. Com o fim do conflito, tem início a era da reconstrução. Defiance é o novo nome da cidade de St. Louis, a qual abriga os refugiados civis, humanos e alienígenas. A série, que estreia nos EUA no dia 15 de abril, contará com as participações recorrentes de Brittany Allen (Bomb Girls), que interpretará Tirra, jovem problemática que trabalha para Kenya (Mia Kirshner).

Suburgatory – A atriz Malin Akerman terá participação em pelo menos dois episódios da nova temporada da série, na qual interpretará Alex, a mãe de Tessa (Jane Levy). Considerada ‘um espírito livre’, Alex nunca conheceu a filha. Agora, tentando estabelecer laços de amizade com ela, Alex aparece repentinamente na vida de Tessa. Segundo o TV Line, a personagem será introduzida no episódio que celebra o dia de Ação de Graças.

Whitney – Os produtores dispensaram Maulik Pancholy, intérprete do personagem Neal, namorado de Lily (Zoe Lister Jones). Com isso, o ator está livre para voltar ao elenco de 30 Rock, na qual ele interpreta o assistente de Jack (Alec Baldwin). A série criada e estrelada por Tina Fey terá treze episódios produzidos para sua última temporada.

The Goodwin Games - A nova série do canal Fox, que tem previsão de estreia nos EUA para a midseason de 2013, terá a participação recorrente de Janina Gavankar (True Blood), que interpretará Hannah, ex-namorada de Jimmy (T.J. Miller), um trambiqueiro que tenta receber a herança deixada pelo pai. Mas, para tanto, ele e seus irmãos precisam enfrentar uma série de desafios elaborados pelo falecido pai, um professor de matemática, que espera reconectar seus filhos com seus sonhos.

14/10/2011

às 15:38 \ Opinião, Séries Anos 2010-2019

Séries da Nova Temporada Americana que Estreiam no Brasil

A temporada 2011-2012 americana estreou nos EUA em setembro, trazendo novas produções de diversos gêneros.

Para este ano foram agendadas cerca de 30 séries, das quais três já foram canceladas: “The Playboy Club”, “Free Agents” e “How to Be a Gentleman” (esta última teve sua produção suspensa, sendo que o anúncio do cancelamento ainda não é oficial).

Dessas 30 séries, 14 já têm previsão de estreia no Brasil.

Terra Nova” foi a primeira, estreando pelo canal Fox Brasil no dia 10 de outubro, às 22h. A série criada por Kelly Marcel e Craig Silverstein, com produção de Steven Spielberg, tem 13 episódios encomendados para sua primeira temporada.

Representante do gênero ficção, “Terra Nova” acompanha as aventuras de uma família que faz parte de um grupo de colonizadores, transportados do ano 2149 para o período pré-histórico. Enfrentando discórdias e dinossauros, eles tentam estabelecer uma nova sociedade.

A próxima a estrear será Enlightened, que chega pela HBO Brasil no dia 17 de outubro, às 21h. Esta é uma simpática dramédia estrelada por Laura Dern e sua mãe, a atriz Diane Ladd. Criada por Mike White, a série tem 10 episódios para sua primeira temporada. Laura é Amy, uma estressada executiva que após sofrer um colapso nervoso passa alguns meses se recuperando no Havaí. Lá ela entra em contato com um universo totalmente novo: o da espiritualidade, que lhe abre a mente para uma nova forma de encarar a vida.

Voltando à sua rotina, ela tenta convencer as pessoas que a cercam a embarcar no mesmo caminho que ela está seguindo. O problema é que, apesar de acreditar que já está transformada em outra pessoa, Amy está apenas começando sua nova jornada. Ainda egocêntrica, neste primeiro momento ela apenas utiliza um novo discurso para continuar se agarrando ao que ela sente, pensa e o que deseja alcançar.

Pelo Studio Universal chega no dia 17 de outubro, às 22h30, a série Ringer, produção que traz Sarah Michelle Gellar (Buffy) de volta à TV. O drama teen já recebeu a encomenda de uma primeira temporada completa com um total de 22 episódios.

Criada por Eric Charmelo e Nicole Snyder, “Ringer” é apresentada como um mistério noir que explora a rivalidade entre duas irmãs gêmeas e as nuances da moralidade. Fugindo da máfia e da polícia, Bridget assume a identidade de Siobhan, que ninguém sabe ter desaparecido. Vivendo a vida da irmã, ela descobre que esta também tem seus próprios problemas.

No dia 18 de outubro, às 21h, a Warner estreia Person of Interest, uma interessante trama que pode até não dar em nada, mas que promete se tornar algo mais complexo do que neste momento aparenta ser. Criada por Jonah Nolan, a série é uma produção de J. J. Abrams, que tem 13 episódios iniciais encomendados para a primeira temporada.

A história apresenta Finch (Michael Emerson), um bilionário que criou uma máquina capaz de identificar pessoas que estão prestes a cometer, ou ser vítima, de um crime. Ela foi construída para o governo prever ataques terroristas, mas Finch secretamente a utiliza para resolver problemas mais imediatos do cotidiano. Para ajudá-lo, ele convoca Reese (Jim Caviezel), um ex-agente da CIA que, como uma espécie de Hércules, realiza tarefas incumbidas por Finch.

Por enquanto trata-se de mais uma série policial com narrativa processual, na qual vemos Reese, munido da tecnologia moderna, enfrentando bandidos e salvando pessoas. No entanto, a trama pode se tornar realmente interessante de se acompanhar se e quando o governo descobrir as atividades de Finch, ou quando seu passado e seus verdadeiros motivos para construir a máquina começarem a interferir com o tempo presente, bem como a história de Reese e as razões pelas quais ele deixou o serviço secreto. Em paralelo temos uma policial que investiga o ex-agente, tentando entender quem é ele e o que faz.

2 Broke Girls estreia no dia 25 de outubro, às 20h30, no canal da Warner. Criada por Michael Patrick King e Whitney Cummings, a história gira em torno de duas garçonetes trabalhando em uma lanchonete e dividindo um apartamento enquanto tentam economizar dinheiro para montar seu próprio negócio.

Seguindo a estrutura das sitcoms tradicionais, a série oferece personalidades opostas vivendo no mesmo ambiente. Max (Kat Dennings) é uma jovem que veio de uma família pobre. Ela tem personalidade forte, crítica e prática, enquanto Caroline (Beth Behrs) é uma mulher que veio de uma família rica, mas que no momento está sem dinheiro. Sem noção da realidade, mas com uma postura positiva para a vida, ela não permite que sua situação atual interfira com a realização de seus sonhos.

A Gifted Man” estreia no canal Universal no dia 3 de novembro, às 23h. Esta é uma série com bons personagens e texto, mas que ainda não convenceu. Na história, Michael é um médico da alta sociedade que passa a receber a visita de sua ex-esposa, Anna, morta em um acidente de carro. Ela espera convencê-lo a dar continuidade ao trabalho que deixou inacabado em uma clínica que atende uma comunidade carente.

Quem pensa em assistir à série porque se interessa pelo tema do espiritismo, sinta-se avisado, ao menos em seus primeiros episódios, o tema é só uma desculpa para a TV americana oferecer mais uma série médica. Anna só aparece de vez em quando e quando o faz é para dar um jeito de convencer Michael a trocar o atendimento dos ricos pelos pobres. Aliás, este parece ser o tema da série: os contrastes da assistência médica entre pessoas com poder aquisitivo e aquele oferecido a quem não pode pagar, dando espaço para discutir os planos de reforma propostos por Barak Obama.

“The Playboy Club”, já cancelada nos EUA, chega ao Brasil no dia 6 de novembro pelo canal FX, às 22h. Criada por Chad Hodge ,a série originalmente batizada com o título de “Bunny Tales”, acompanha a vida dos funcionários de um clube da Playboy em Chicago no ano de 1963. Minha opinião sobre a série você lê aqui.

No dia 8 de novembro chega pelo canal Liv duas sitcoms: “Last Man Standing” e “How to Be a Gentleman”. A primeira estreia às 22h e a segunda às 22h30.

Last Man Standing” marca o retorno de Tim Allen à TV. Tendo feito sucesso na década de 1990 com “Gente Pra Frente/Home Improvement”, Allen passou a se dedicar ao cinema na última década.

A sitcom praticamente inverte a situação vista na série dos anos de 1990. Em “Home Improvement”, ele era o chefe de uma família composta por sua esposa e três filhos pré-adolescentes. Ela, sendo a única mulher da casa, luta para manter sua identidade e estabelecer regras, enquanto enfrenta o comportamento tipicamente masculino do marido e dos filhos. Agora, em “Last Man Standing”, é Allen que precisa estabelecer sua identidade e definir regras, enquanto enfrenta o comportamento tipicamente feminino. A visão machista continua presente, seja na forma como o personagem de Allen vê as coisas ou na forma como as mulheres da casa são retratadas.

Enquanto a série dos anos de 1990 fugia do estereótipo, dando aos personagens visões próprias, em “Last Man Standing” temos todos os tipos de caricaturas.

Se em “Home Improvement” Tim era o apresentador de um programa sobre ‘faça você mesmo’, em “Last Man Standing” ele é o diretor de marketing de uma loja de material esportivos, que passa a utilizar um Vlog para dar suas opiniões sobre a situação do homem nos dias atuais.

Em casa, ele é pai de três filhas: uma adolescente mãe solteira, que não deseja a ajuda dos homens para viver sua vida; uma ‘patricinha’ desmiolada que só pensa nas aparências e no consumo de novos produtos ‘legais’; e uma pré-adolescente que ainda não sabe como lidar com a puberdade. A esposa de Tim foi recém promovida, o que o obriga a passar mais tempo em casa, compensando a ausência dela.

A estreia da série surpreendeu a crítica americana, que tinha condenado a sitcom. Tendo apenas o primeiro episódio exibido até o momento, “Last Man Standing” conquistou cerca de 13 milhões de telespectadores, atraídos pelo nome de Tim Allen.

Criada por Jack Burditt, produtor de “Frasier” e de “30 Rock, a primeira temporada tem 13 episódios iniciais encomendados.

Embora a produção de novos episódios de “How To Be a Gentleman” tenha sido cancelada, a CBS americana ainda está exibindo a série, que teve um total de nove episódios produzidos, dos 13 encomendados.

Criada e estrelada por David Hornsby (It’s Always Sunny in Philadelphia), marido de Emily Deschanel (Bones), a série teve como base o livro “How to be a Gentleman: a Contemporary Guide to Common Courtesy”, de John Bridge. A história acompanha a relação de amizade entre um refinado escritor e um personal trainer.

Andrew Carlson (Hornsby) é um colunista que escreve sobre etiqueta. Seguindo a linha tradicional, ele rejeita maneirismos e comportamentos da sociedade moderna. Bert Lansing (Kevin Dillon, de “Entourage”) é um ex-bad boy que Andrew conheceu quando ainda estava na escola. Ameaçado por seu editor de ser despedido caso não inclua em sua coluna algo mais próximo da realidade do homem atual, Andrew recorre a Bert para que ele o ensine a ser menos educado e polido.

Também no dia 8 de outubro estreia às 23h a série “American Horror Story“, pelo canal Fox. Criada por Ryan Murphy e Brad Falchuck, ambos de “Glee”, a história apresenta a vida da família Harmon, que se muda para uma casa com um histórico de ser assombrada.

Inspirando-se em filmes como “Carrie a Estranha” e “O Bebê de Rosemary”, a série segue a linha trash, oferecendo uma boa proposta, porém com diálogos muito fracos e personagens que ainda não conseguiram estabelecer o ambiente ou até mesmo o clima do gênero. Com muita pressa, os roteiristas introduzem diversas situações e personagens como se temessem que a série seja cancelada antes de ter tempo de chegar no ponto que eles querem.

Pelo canal Warner, no dia 31 de outubro às 20h30, chega a série “Suburgatory“, criada por Emily Kapnek. Na história, George (Jeremy Sisto, de “Lei & Ordem”) e sua filha Tessa (Jane Levy, de “Shameless”) se mudam para os subúrbios. ’Infestado’ de mães ‘plastificadas’, movidas a café, que cuidam de pequenas pestinhas balofas, que se empanturram de energéticos, o lugar se transforma em um purgatório para Tessa.

A dramédia segue a linha de “Desperate Housewives”, mas voltado para o público adolescente. A intenção do canal ABC é encontrar uma substituta para as donas de casa desesperadas, que encerra sua produção em 2012. Para tanto, além de “Suburgatory”, que tem 22 episódios encomendados para a primeira temporada, o canal também oferecerá outra alternativa: “Good Christian Belles/Bitches“, que estreia em 2012.

No dia 9 de novembro, às 21h, estreia pela Warner a série teen “The Secret Circle“, adaptação da obra de L.J. Smith.

Na história, Cassie (Britt Robertson, “Life Unexpected”) se muda da Califórnia para New Salem, no Maine, para cuidar de sua avó, que está doente. Na cidade natal de sua mãe, Cassie descobre pertencer a uma longa linhagem de bruxas. Logo ela passa a fazer parte de uma sociedade secreta chamada ‘The Club’.

Pelo canal Cinemax estreia o remake de “As Panteras” no dia 15 de novembro, às 21h. Sem ser capaz de apresentar vida inteligente, esta produção consegue ser pior que a série da qual se originou.

Ao menos a série dos anos de 1970 tinha a desculpa de ser uma produção que abria caminho em um meio essencialmente masculino. Estrelada por um trio feminino, que em meio ao glamour solucionava crimes e mistérios, os roteiristas de “As Panteras” não sabiam como lidar com o tema. Mas já se passaram 30 anos, qual a desculpa do remake?

Nem a ideia de que esta é uma produção de puro entretenimento consegue dar à série o respeito que ela poderia ter.

Por fim, ao menos por hora, o canal Universal exibe a partir do dia 28 de novembro a série “Grimm“, que ainda não estreou nos EUA.

Criada por David Greenwalt e Jim Kouf, a série narra a história de Nick Burckhardt (David Giuntoli), um policial da Homicídios que, ao visitar sua tia (Kate Burton), descobre ser descendente de um um grupo de caçadores conhecido como “Grimms”. Sua missão: manter a humanidade a salvo das criaturas do mundo sobrenatural e dos Contos de Fadas.

Explorando elementos de ficção e fantasia, “Grimm” parece ser uma produção que dará continuidade ao clima proposto por séries como “Arquivo X” e “Buffy, a Caça Vampiros”.

Já “Necessary Roughness” e “Wilfred” não são produções da Fall Season 2011-2012, mas também têm estreia marcada no Brasil. A primeira começa no  dia 3 de novembro, às 23h, pelo canal A&E. Criada por Liz Kruger e Craig Shapiro, a história acompanha a vida de uma mulher divorciada (Callie Thorne, de “Rescue Me”) que arranja um trabalho como terapeuta de um time de futebol profissional. O novo emprego a leva a se tornar uma profissional reconhecida no mercado, sendo requisitada por celebridades, políticos e atletas em geral.

Pelo canal FX, no dia 20 de novembro, às 23h, estreia “Wilfred“, versão americana de série australiana, já renovada para sua segunda temporada. Criada por Adam Zwar e Jason Gann, a produção americana foi adaptada por  David Zuckerman, de “Uma Família da Pesada”.

Estrelada por Elijah Wood e Jason Gann, a história apresenta Ryan, um jovem tímido que luta para conseguir fazer parte de um ambiente social e ser feliz. No dia em que ele tenta se matar, Ryan conhece Wilfred, o cachorro da vizinha. O mundo vê o cachorro como um animal, mas Ryan o vê como um homem vestido com roupa de cachorro.

Rapidamente ele se torna seu alter ego, forçando Ryan a sair de sua ‘concha’. Manipulador, ciumento, boa-vida, Wilfred se torna parte importante da vida de Ryan e em sua busca pela autoafirmação. O enredo lembra o filme “Meu Amigo Harvey/Harvey” e a série “Mr. Ed”, ambas produções de 1950, mas sem a ingenuidade da época.

Acompanhem as estreias de séries e temporadas pelo nosso Calendário.

13/10/2011

às 18:01 \ Séries Anos 2010-2019

Revenge e Suburgatory Ganham Novos Episódios

A rede ABC encomendou a produção de novos episódios das novas séries “Revenge” e “Suburgatory”, que darão a cada sua primeira temporada completa, com um total de 22 episódios.

Criada por Mike Kelley, que se inspirou na obra “O Conde de Monte Cristo”, a série “Revenge” estreou nos EUA no dia 21 de setembro conquistando cerca de 10.02 milhões de telespectadores. Somando os três episódios seguintes, exibidos até o momento, a série mantém a média de 8.5 milhões de telespectadores e 2.8/7 de rating/share entre o público alvo, composto pela faixa etária de 18-49 anos.

Já “Suburgatory” é uma série de Emily Kapnek, que estreou em 28 de setembro conquistando cerca de 9.8 milhões de telespectadores. Com apenas mais dois episódios exibidos até o momento, a produção manteve sua audiência com a média de 9.2 milhões de telespectadores. Entre o público alvo, “Suburgatory” mantém a média de 3.2/9 de rating/share.

Ainda não há previsão de quando “Revenge” chega ao Brasil, mas “Suburgatory” estreia pelo canal Warner no dia 31 de outubro, às 20h30.

08/09/2011

às 0:12 \ Cartazes, Séries Anos 2010-2019

Cartaz de Suburgatory – 1a. Temporada

Suburgatory” segue a linha de “Desperate Housewives”.

Na história, George (Jeremy Sisto, de “Lei & Ordem”) e sua filha Tessa (Jane Levy, de “Shameless”) se mudam para os subúrbios.

Para desespero da menina, o lugar é sinônimo de purgatório (daí o título da série).

Entre seus novos vizinhos está Fred Shay (Chris Parnell), que concorda com tudo que sua esposa Sheila (Ana Gasteyer) diz. Os dois são pais de Lisa (Allie Grant, de “Weeds”), que se torna amiga de Tessa.

Tem também Noah Werner (Alan Tudyk, de “Dollhouse”), um velho amigo de George com quem frequentou a faculdade, que vive nos subúrbios há anos; Dallas Royce (Cheryl Hines, de “Segura a Onda/Curb Your Enthusiasm”), uma dona de casa que se torna confidente de George e Tessa. Ela é casada com Steven (Jay Mohr, de Gary Unmarried), um homem de negócios que mantém relações fora do casamento. Os dois são pais de Dalia (Carly Chaikin), a garota popular do colégio que, embora se considere a ‘inimiga morta’ de Tessa, é forçada a tratá-la bem.

Criada por Emily Kapnek, produtora de “Hung” e “Parks and Recration”, a série é produzida pela Warner Brothers. A estreia nos EUA será no dia 28 de setembro.

Cliquem na imagem para ampliar.

17/05/2011

às 12:01 \ Galeria de Fotos, Séries Anos 2010-2019

Primeiras Fotos de Elenco das Novas Séries da ABC

Por enquanto apenas imagens em baixa definição. Foto do elenco de “Pan Am” está aqui. Cliquem nos títulos para conhecer o enredo e o elenco.

Scandal (ex-Damage Control)

Elenco de Scandal

The River

Elenco de The River

Apartment 23

Elenco de Apartment 23

Work It

Elenco de Work It

Suburgatory

Elenco de Suburgatory

Man Up

Elenco de Man Up!

Good Christian Belles

Elenco de Good Christian Belles

Last Man Standing

Elenco de Last Man Standig

Revenge

Elenco de Revenge

As Panteras

Elenco de As Panteras, remake

Once Upon a Time

Elenco de Once Upon a Time

14/05/2011

às 0:19 \ Pilotos de Séries

Suburgatory, Penando nos Subúrbios

Jeremy Sisto

Este é um projeto criado por Emily Kapnek, produtora de “Hung” e “Parks and Recreation”, que, segundo a imprensa americana, teve sua produção aprovada pela ABC. A informação deverá ser confirmada pelo canal no dia 17 de maio, em coletiva na qual anunciará sua nova programação.

O projeto parece ter se desenvolvido para fazer companhia (ou substituir) “Desperate Housewives”. Ainda não há informações de que a série das donas de casa desesperadas tenha sido renovada. Mas, mesmo que seja, acredita-se que esteja com seu tempo de vida contado.

Na história, George (Jeremy Sisto, de “Lei & Ordem”), um homem abandonado pela esposa, é pai de Tessa (Jane Levy, de “Shameless”), uma jovem de 16 anos.

Jane Levy

Jane Levy

Cuidando sozinho da filha, esse homem super protetor se apavora quando descobre uma caixa de preservativos escondida na mesa de cabeceira de Tessa. Assim, ele toma a única decisão cabível para solucionar esse problema inesperado: muda-se com a filha para os subúrbios.

Para desespero de Tessa, que de repente se vê afastada dos amigos e da vida que levava em Nova Iorque, o subúrbio é sinônimo de purgatório (daí o título da série).

Alan Tudyk

O local está ‘infestado’ de mães ‘plastificadas’, movidas a café, que cuidam de pequenas pestinhas balofas, que se empanturram de energéticos.

Entre os novos vizinhos estão: Noah Werner (Alan Tudyk, de “Dollhouse”), um velho amigo de George, com quem frequentou a faculdade, que vive nos subúrbios há anos; Dallas Royce (Cheryl Hines, de “Segura a Onda/Curb Your Enthusiasm”), uma dona de casa que se torna confidente de George e Tessa, mas que também é mãe de Dalia (Carly Chaikin), a garota popular do colégio que decide se tornar a ‘inimiga mortal’ de Tessa.

Na escola, Tessa faz amizade com Lisa (Allie Grant, de “Weeds”), filha de Sheila (Ana Gasteyer, de “SNL”), uma garota socialmente desajustada, com quem ela se identifica.

A produção dessa sitcom não tradicional (sem a presença do público) é da Warner Brothers Television.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados