Blogs e Colunistas

Stefanie Powers

13/11/2010

às 13:00 \ Atores, Por Onde Andam?, Séries Anos 1970-1979

O Reencontro do Casal 20

Stefanie Powers e Robert Wagner

Jennifer e Jonathan Hart formaram o casal mais querido da televisão ao longo da década de 1980. Produzida entre 1979 a 1984, a série criada por Sidney Sheldon teve cinco temporadas, marcando a história da televisão e influenciando o surgimento de uma linha de produção que é explorada até hoje: séries estreladas por um casal (casados ou não) solucionando crimes em meio à tensão sexual. Os ‘filhotes’ mais recentes de Jennifer e Jonathan são “Bones”, “Castle”, ‘The Mentalist”, “Burn Notice”, a recém cancelada “Undercovers”, entre outras.

Mais importante que qualquer mistério ou crime solucionado pelo casal 20, a série teve como base a solidez de uma relação, que surgiu e se manteve pelo amor e pelo respeito entre duas pessoas. Foi esse tema, e a química entre os atores, que fez com que “Casal 20″ se tornasse um sucesso na televisão americana e brasileira.

Depois que a série terminou seus protagonistas se reuniram em oito telefilmes, produzidos entre 1993 e 1996. Ambos já lançaram suas autobiografias. A de Robert Wagner saiu em 2008 com o título de “Pieces of My Heart“, na qual revelou seu romance com a atriz Barbara Stanwick durante a produção do filme “O Naufrágio do Titanic”, de 1953. Já a biografia de Stefanie Powers foi lançada este mês com o título de “One From The Hart”, na qual revela detalhes de sua relação com William Holden, com quem viveu ao longo de nove anos.

Enquanto Robert dedica-se a participações especiais em filmes e séries, Stefanie divide seu tempo entre seus trabalhos em peças de teatro e a William Holden Wildlife Foundation, para a preservação da vida selvagem na África.

Esta semana, 26 anos após o fim de “Casal 20″ e 14 anos após a produção do último telefilme com base na série, os atores Robert Wagner, hoje com 80 anos, e Stefanie Powers, com 68 anos, reencontraram-se para bater um papo com o público que se fez presente no “Hart to Hart Reunion”, evento realizado no Paley Centre for Media, de Los Angeles. Esta é a segunda vez que os dois se reúnem para falar sobre a série. A primeira foi em 2008, no programa inglês de entrevistas “The Graham Norton Show”.

Dizem que Robert e Stefanie se conheceram em 1961, durante as filmagens do musical “Amor, Sublime Amor”, estrelado por Natalie Wood, com quem Robert estava casado. Stefanie seria uma das dançarinas. Oficialmente, os dois se encontraram em 1970, quando ela, já uma atriz conhecida por “A Garota da UNCLE”, fez participação especial na série “O Rei dos Ladrões/It Takes a Thief”, estrelada por Robert. Ficaram amigos e quando surgiu a oportunidade, Robert a convidou para estrelar “Casal 20″, série produzida por ele e Aaron Spelling.

Quem quiser rever a série, terá de se contentar com as reprises que ocorrem de tempos em tempos ou com as duas primeiras temporadas lançadas em DVD. Como acontece com muitas das séries lançadas nessa mídia pela Sony, os fãs de “Casal 20″ ainda não têm previsão de quando serão disponibilizadas as demais temporadas, que também não foram lançadas no mercado americano.

Enquanto isso, os fãs poderão matar a saudade dos atores acompanhando suas participações especiais em séries. Robert Wagner é quem está mais ativo na TV. Recentemente esteve em “Two and a Half Men” e em “NCIS”. O ator também está no elenco de dois filmes que serão lançados nos cinemas em 2011:  “The Summoning” e “Mafia: Farewell to the Godfather”, com Michael Madsen, Rutger Hauer, Lou Ferrigno, Franco Nero, Armand Assante e Bud Spencer.

Já Stefanie, foi vista no telefilme “Meet My Mom” e no musical da Broadway “O Crepúsculo dos Deuses“, no qual interpreta Norma Desmond, ex-atriz de cinema que atormenta a vida do escritor Joe Gillis, personagem que foi interpretado por William Holden no filme de Billy Wilder.

Cliquem nas imagens para ampliar.
Fernanda Furquim: @Fer_Furquim

16/07/2010

às 14:55 \ Teatro

Atores de Séries no Teatro

Em junho postei aqui a informação de que Helen Hunt estaria no elenco da montagem “Our Town” entre os dias 6 de julho e 1º de agosto. Vejam, agora, as fotos divulgadas de sua participação.

Na história, Helen interpreta a diretora de uma peça que tenta reproduzir o comportamento dos moradores de uma pequena cidade. Helen substituiu Michael McKean, que interpretou o personagem do diretor até o dia 4 de julho. A peça está em cartaz no Barrow Street Theatre em Nova Iorque.
A atriz Helen Hunt, que ficou famosa com  “Louco Por Você/Mad About You”, está na TV desde que era criança. Filha de um preparador de atores, Helen integrou o elenco de “A Família Robinson”, quando tinha por volta dos dez anos de idade, e fez participações em dezenas de séries, entre elas, “A Mulher Biônica”.

Na mesma postagem de junho, tinha divulgado a presença de David Hyde Pierce (Frasier) e Joanna Lumley (Absolutely Fabulous) na montagem La Bête”; agora, temos as fotos divulgadas. A peça, escrita por David Hirson, é uma farsa inspirada em Molière.

Na peça, David interpreta um famoso ator dramático que se vê ameaçado pela presença de um perfomista clownesco (Mark Rylance), contratado por uma princesa (Joanna) para divertir a corte. A história passa a explorar a luta de egos e os estilos de interpretações de cada ator. “La Bête” está em cartaz em Londres, Inglaterra, no Comedy Theatre até o dia 4 de setembro. Entre os dias 23 de setembro e 13 de fevereiro, será apresentada no Music Box Theatre, em Nova Iorque.

Outro que está a caminho do teatro é Tate Donovan, de “Damages”, que estará ao lado de Frances McDormand na montagem de “Good People“, peça de David Linsday-Abaire.

Na história, Frances é Marge Walsh, ex-namorada de Mike (Tate), um jovem humilde que ‘subiu na vida’. Endividada, Marge decide procurar por Mike na esperança de reascender seu interesse por ela, solucionando, assim, seus problemas financeiros.

A direção da peça é de Daniel Sullivan, com previsão de estreia para o dia 3 de março, no Samuel J. Friedman Theater, na Broadway. Esta será a primeira vez que Tate sobe aos palcos desde 1999, quando atuou ao lado de Judi Dench (As Time Goes By) e Samantha Bond na peça “Amy’s View”.

Quem também está nos palcos é Jeff Goldblum, de “Law & Order: CI”. O ator está na montagem londrina de “O Prisioneiro da Segunda Avenida“, texto de Neil Simon, que teve montagem estrelada por Peter Falk em 1971, e uma versão cinematográfica estrelada por Jack Lemmon. A crítica inglesa não gostou de Goldblum no papel de Mel Edison, publicitário que após 22 anos perde o emprego e enfrenta uma crise de nervos. Ao seu lado está a atriz Mercedes Ruehl, intérprete de Edna, sua esposa, e Linal Haft, que interpreta seu irmão mais velho.  A peça, com direção de Terry Johnson, fica em cartaz até o dia 11 de setembro no Vaudeville Theatre.

Outra peça que está para estrear é “It Must Be Him“, com Liz Torres (Gilmore Girls) e Peter Scolari (Bosom Buddies). Trata-se de uma nova comédia escrita por Kenny Solms, um dos criadores do humorístico “The Carol Burnett Show”. A peça fica em cartaz por tempo limitado entre os dias 1º e 26 de setembro no Peter J. Sharp Theatre, off-Broadway.

Na história, Peter é Louie Wexler, um escritor da época dos programas de variedades da televisão americana, que agora passa por dificuldades. Vivendo a meia idade e falido, Louie tem apenas seu agente e sua empregada como companhia.

Por fim, temos Rex Smith, lembram dele? O ator da série “Moto Laser” está atuando nos palcos americanos há algumas décadas, tendo estreado com uma montagem de “Grease”, na qual interpretou Danny Zucko. Seu mais novo trabalho é o musical “A Noviça Rebelde, no qual interpreta o papel do Capitão Von Trapp. A montagem ficará em cartaz no Ogunquit Playhouse o dia 24 de julho.Veja rápidas cenas com Rex como Capitão Von Trapp no vídeo abaixo:

No mesmo teatro será apresentada a montagem de Sunset Boulevard“, com Stefanie Powers, de “Casal 20″, entre os dias 28 de julho e 14 de agosto.  A atriz interpreta Norma Desmond, antiga estrela de cinema que tenta resgatar os momentos de glória, nessa versão teatral do filme “Crepúsculo dos Deuses”, de Billy Wilder, com músicas de Andrew Lloyd Webber.

08/05/2010

às 3:08 \ Filmes

Hallmark Homenageia as Mães

Em maio, o Hallmark Channel americano apresentará uma seleção de filmes dedicados às mães. Entre eles, a novidade é a estreia de Meet My Mom, neste sábado, no qual Lori Loughlin (90210; Três é Demais/Full House) é uma mulher divorciada que durante uma viagem pelo país conhece e se apaixona pelo soldado Johnny Messner (The Guiding Light), mentor de seu filho. Ela terá de decidir se tem a coragem para manter um relacionamento com alguém que está sempre em perigo. Também no elenco, Stefanie Powers (Casal 20/Hart to Hart).

03/08/2009

às 19:29 \ Atores, Curiosidades

Famosas em Fotos

Vejamos o que algumas atrizes estavam fazendo quando foram flagradas por fotógrafos no mês de julho.

Tori Spelling (Barrados no Baile/Beverly Hills 90210) demonstrava dicas de beleza pela vitrine da Macy’s em Nova Iorque.



Courtney Cox, famosa por Friends, estava em um intervalo de filmagem de sua nova série Cougar Town, pronta para almoçar.



Stefanie Powers, estrela da série Casal 20 (Hart to Hart), entre outras, foi fotografada quando assistia a uma competição de polo em Midhurst, Inglaterra. O evento: Veuve Cliquot Gold Cup Polo.


No mês de julho, entre 9 e 14, ela também participou de um festival de música country na cidade de Mirande, nas França.

16/05/2009

às 2:37 \ Atores

Anna Friel é uma Bonequinha de Luxo

Anna Friel em “Bonequinha de Luxo”

A atriz que ficou conhecida pelos fãs de séries como a Chuck de “Pushing Daisies” está agora no teatro de West End em Londres. Ela interpretará Holly Golightly na peça “Bonequinha de Luxo/Breakfast at Tiffany´s” de Truman Capote, personagem que Audrey Hepburn tornou famoso na versão para o cinema vencedora do Oscar de 1961.

Mas Friel não correrá o risco de ser ofuscada pela fama de Audrey já que a peça deverá ter como base o livro de Capote e não a versão suavizada do cinema. Isto significa que a trama, agora situada nos anos 40, irá retratar a vida de Holly, uma prostituta de luxo que conhece “Fred”, assim ela o chama, um homossexual aspirante a escritor com quem faz amizade. A trama se estende no período de um ano da vida destes dois personagens.

No filme, Fred foi interpretado por George Peppard e a homossexualidade do personagem foi eliminada. Capote nunca ficou satisfeito com as mudanças que a Paramount fez na adaptação de seu livro, a começar pela escolha da atriz. O autor preferia ter Marilyn Monroe no papel de Holly, mas o estúdio preferiu Audrey Hepburn.

Apesar da referência ser o livro, a produção decidiu incluir a música “Moon River” na peça. Composta para o filme, a música de Henry Mancini e Jonny Mercer chegou a ganhar o Oscar de melhor canção. Além desta, Anna Friel deverá cantar mais três músicas ao longo da peça.

Stefanie Powers

A versão cinematográfica chegou a inspirar a produção de um piloto para a TV que nunca foi transformado em série. Estrelado por Stefanie Powers, de “Casal 20″, a produção de 1969 da Fox para a ABC recebeu o título de “Holly Golightly”. No enredo da sitcom Holly (Powers) muda-se para um novo apartamento onde encontra novos amigos. Também no elenco estavam George Furth, Jack Kruschen e Jean-Pierre Aumont.

A peça “Bonequinha de Luxo” estréia no dia 9 de setembro no Theatre Royal Haymarket de Londres e fica em cartaz até o dia 9 de janeiro. O preço dos ingressos varia entre 15 e 49,50 libras.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados