Blogs e Colunistas

Stargate SG-1

Roland Emmerich quer levar ‘Stargate’ de volta para o cinema

Elenco de 'Stargate SG-1' (Fotos: MGM/Arquivo)

Stargate é considerada a série uma das séries de ficção científica de maior duração da TV americana. Contando com dez temporadas, 214 episódios, dois telefilmes e três spinoffs (Atlantis, Universe e a animação Infinity), a ela era uma sequência do filme lançado nos cinemas em 1994. Agora a franquia pode voltar às suas origens, com uma trilogia que daria à trama um remake.

A ideia é de Roland Emmerich, que apresentou à MGM seu projeto. Segundo o que vem sendo divulgado pela imprensa internacional, o estúdio estaria avaliando o potencial de mercado desta nova versão.

Emmerich é o diretor e um dos roteiristas do filme que deu origem à série. Na época, ele já considerava desenvolver a trama ao longo de uma trilogia, mas a MGM teria preferido dar sequência à história com uma série de TV (com a qual Emmerich não se envolveu). Visto que Kurt Russell e James Spader, que estrelaram o filme de 1994, mudaram muito de lá para cá, o roteirista e diretor decidiu que, ao invés de dar sequência ao primeiro filme, reiniciaria a história, descartando tudo o que foi feito na TV ou no primeiro filme.

Cliquem nas fotos para ampliar.

Franquia de Stargate Acabou

Pelo menos é o que afirma Brad Wright, co-criador da franquia que se originou do filme de 1994. Durante a Convenção oficial de Stargate, realizada em Vancouver no último final de semana, Wright surpreendeu o público presente declarando que a MGM cancelou todos os novos projetos relacionados a “Stargate” tanto para a TV quanto para o cinema ou DVD. A mesma informação foi postada pelo roteirista e produtor Joseph Mallozzi em seu blog.

Em seu Twitter, Martin Gero, que também trabalhou com a franquia, disse que ‘depois de 354 episódios e dois filmes direto em DVD, os cenários de “Stargate” estão sendo desmontados’. Mesmo com o cancelamento, os cenários das três séries ainda estavam erguidos nas dependências do Bridge Studio, em Vancouver, Canadá, na espera da autorização da MGM para dar início à produção de mais um filme ou temporada (no caso de “Stargate Universe”).

Elenco da série original

Stargate SG-1” estreou em 1997 como uma continuação ao filme exibido nos cinemas. Com 10 temporadas, ela se transformou na série de ficção científica mais longa da história da TV americana (na Inglaterra, a honra cabe à “Doctor Who”). Seu sucesso gerou duas spinoffs: “Stargate Atlantis” e “Stargate Universe“.

A primeira foi cancelada após cinco temporadas para dar lugar à segunda que, por sua vez, foi cancelada por baixa audiência, em sua segunda temporada. A série termina com um cliffhanger (final em aberto), sendo que seus últimos episódios ainda estão sendo exibidos nos EUA.

Quando “Stargate Atlantis” foi cancelada, os produtores prometeram um filme que daria um final à trama. Esse filme não vai mais ser produzido. Os fãs de “Stargate Universe” também não devem esperar por um filme que finalize a trama da série. Até mesmo os dois filmes de “Stargate SG-1″, que seriam lançados em DVD com os títulos de “Stargate: Revolution” e “Stargate: Extinction”, não serão mais produzidos, mesmo tendo os roteiros prontos.

Segundo Wright, a situação econômica do país e da MGM, que detém os direitos de produção, teriam determinado o fim da franquia, ao menos, em um futuro próximo. Nada impede que um dia, quem sabe, quando os ‘cofres estiverem cheios novamente’, o estúdio decida ressuscitar a franquia. Vamos torcer para que não seja com remakes, mas com uma continuação.

03/11/2010

às 15:33 \ Produtores, Televisão

MGM Pede Concordata

O processo já vinha se arrastando há anos. Nos últimos 15 meses, a imprensa americana acompanhou os acertos finais entre o estúdio e seus credores para o anúncio oficial que foi feito hoje: a MGM pediu concordata, apelando para o capítulo 11 da lei de falência americana. A decisão foi tomada para que o estúdio pudesse evitar a falência (liquidação dos bens). Em 30 dias a Corte de Manhattan dará seu parecer sobre o caso. Enquanto isso, o estúdio, e cerca de 160 afiliados, estão em situação financeira, e aval de seus credores, de se manter em atividade, pagando funcionários e terceirizadas.

O plano estabelecido entre estúdio e credores estipula a reorganização de sua diretoria e de suas atividades com o objetivo de estabilizar a empresa com uma nova liderança. A aprovação do pedido de concordata permitirá o levantamento de cerca de 500 milhões de dólares em financiamento para manter a produção de filmes e séries de TV. Ao longo do tempo, seus credores poderão trocar a dívida, que ultrapassa a soma de 4 bilhões de dólares, pelo capital do estúdio.

Os problemas financeiros da MGM vêm se acumulando há anos. Em 2004, o estúdio foi oferecido por cerca de 5 bilhões de dólares, valor considerado acima do preço real. Este ano, o conglomerado indiano Sahara India Pariwar chegou a oferecer cerca de 2 bilhões de dólares e a Time Warner 1.5 bilhão, mas visto que nenhuma das duas ofertas cobririam a dívida, foram recusadas.

Ainda é cedo para determinar os efeitos que a situação da MGM terá sobre a produção de futuras séries. Atualmente, o estúdio tem apenas “Stargate Universe”, que não vem conquistando uma boa audiência. Seu custo poderá não compensar, o que leva a série a correr o risco de ser cancelada.

Histórico

Fundado em 1924, a Metro-Goldwyn-Mayer se transformou em um dos maiores estúdios de cinema de Hollywood durante as décadas de 1930 a 1950. A MGM foi um dos estúdios que melhor soube aproveitar a chegada do cinema falado, produzindo filmes apoiados em nomes que conquistavam facilmente o público, além de grandes musicais.

Mas no final da década de 50, a situação financeira do estúdio começou a se tornar crítica. As super produções começaram a se tornar dispendiosas em uma época que filmes intimistas passaram a atrair o público. Foi nesse período que o estúdio fechou o departamento de animação, acreditando que poderia se manter com o reaproveitamento do material já produzido. Com isso, perderam a dupla Hanna-Barbera, que migrou para a televisão. Em 1957, a morte de Louis B. Mayer, marcou o início do declínio do estúdio.

A MGM na TV

Ao longo desse período, o estúdio manteve uma postura contrária à chegada da televisão. Dizem que Louis B. Mayer chegou a proibir seus funcionários de comprar o aparelho ou sequer de comentar sobre programas produzidos para a televisão. Mas em 1955 o estúdio precisou de dinheiro, rendendo-se ao veículo. Nesse ano, fundou a MGM Television, com a qual produziu o programa “MGM Parade”, que exaltava as celebridades contratadas pelo estúdio e suas produções. Este foi o único produto oferecido para o veículo. Somente em 1957, com a morte de Mayer, o estúdio voltaria a investir na TV, produzindo a série “The Thin Man” (1957-1959), adaptação do filme, que teve origem em um livro.

Ao longo dos anos, outras adaptações foram feitas, como “Northwest Passage”, “National Velvet”, “The Asphalt Jungle” e “Cem Homens Marcados/Cain’s Hundred”. Mas foi com “Dr. Kildare”, em 1961, que o estúdio começou a gerar lucro com a TV.

O sucesso da série estrelada por Richard Chamberlain somente seria suplantado com a estreia de  “O Agente da UNCLE”, em 1964. Estrelada por Robert Vaughn e David McCallum, atualmente em “NCIS”, a série transformou-se em mania nacional, gerando centenas de produtos agregados e uma spinoff, “A Garota da UNCLE”, com Stefanie Powers, que não teve a mesma sorte.

Outra série de sucesso do período foi “Centro Médico/Medical Center”, produzida entre 1966 e 1976, que rompeu padrões, explorando temáticas tabus como a guerra do Vietnã e a homossexualidade. O estúdio somente emplacaria uma nova série com a produção de “CHiPs”, entre 1977 e 1983.

Em 1982 a MGM Television uniu-se à United Artists (que já tinha adquirido o acervo da antiga Ziv Television), formando a MGM/UA Television, voltando a ser MGM Television em 1993. O período dos anos de 1980 e 1990 trouxe produções seriadas que conseguiram oferecer uma certa estabilidade para o estúdio, que produziu os remakes de “Além da Imaginação/Twilight Zone” e “Quinta Dimensão/The Outer Limits”, as versões para a TV de “Fama”, “In the Heat of the Night” e ‘Poltergeist”.

Mas é a franquia de “Stargate”, iniciada em 1997 que, de fato, vem sustentando o departamento de televisão do estúdio nos últimos anos. Nesse mesmo ano, a MGM Television comprou parte do acervo da Filmways, incluindo as séries “A Família Addams” e “Mister Ed”, lançando o canal MGM.

Em 1986 o estúdio sofreu seu primeiro ‘baque’, quando parte de seu acervo foi vendido a Ted Turner, proprietário da Turner Entertainment. Em 2006, Tom Cruise e Paula Wagner assumiram o comando da United Artists. Em 2007, o estúdio entregou à 20th Century Fox os direitos de distribuição internacional de seus títulos.

Apesar das dificuldades financeiras, foi anunciada recentemente a pré-produção do filme “The Hobbit”, que terá o ator Martin Freeman, da série “Sherlock”, no papel de Bilbo Baggins.

24/06/2010

às 2:48 \ Convenções

Diário das Convenções

Barbara Eden, Elyse Levesque e June Lockhart

Adrian Pasdar, Bill Baily e Callum Keith Rennie

Jornada nas Estrelas/Star Trek (Las Vegas) – de 5 a 8 de agosto, em Las Vegas, Nevada (EUA). Entre as dezenas de convidados, William Shatner, Leonard Nimoy, Patrick Stewart, Brent Spiner, Avery Brooks, Nana Visitor, Julie Newmar e James Darren.

Jornada nas Estrelas/Star Trek (Parsippany) – de 13 a 15 de agosto, em Parsippany, New Jersey (EUA). A lista de convidados inclui George Takei, Jeri Ryan, Jennifer Lien, Ethan Philips e Max Grodenchik.

Rumo ao Sul/Due South – de 13 a 15 de agosto, em Toronto (Canadá). A lista de convidados confirma a presença de David Marciano e promete as participações de Callum Keith Rennie, Leslie Nielsen e Gordon Pinsent, entre outros. Paul Gross talvez participe.

Chicago Comic Con – de 19 a 22 de agosto, em Chicago, Illinois (EUA). Entre os convidados, William Shatner (Jornada nas Estrelas), Linda Hamilton (A Bela e a Fera/Beauty and the Beast), Claudia Christian (Babylon 5), Adam West (Batman), Kate Vernon (Battlestar Galactica) e James Marsters (Buffy, a Caça-Vampiros/Buffy, the Vampire Slayer).

Monster-Mania Con – de 20 a 22 de agosto, em Cherry Hill, New Jersey (EUA). Entre os convidados, Sean Patrick Flanery (O Vidente/The Dead Zone; O Jovem Indiana Jones/The Indiana Jones Chronicles), Dale Midkiff (Time Trax) e Denise Crosby (Jornada nas Estrelas: A Nova Geração/ST: TNG).

Stargate – de 27 a 29 de agosto, em Rosemont, Illinois (EUA). A lista de convidados inclui Michael Shanks, Robert Picardo, Joe Flanigan e Alaina Huffman.

Salute to Supernatural – de 27 a 29 de agosto, em Vancouver, BC (Canadá). Entre os convidados, Jensen Ackles, Jared Padalecki, Misha Collins, Samantha Smith, Richard Speight Jr. e Rob Benedict.

Dragon Con – de 3 a 6 de setembro, em Atlanta, Georgia (EUA). A lista, que até o momento conta com mais de 300 convidados, inclui nomes como Barbara Eden (Jeannie é um Gênio/I Dream of Jeannie), Bill Daily (Jeannie é um Gênio), Morena Baccarin (V), Jonathan Frakes (Jornada nas Estrelas: A Nova Geração), Adrian Pasdar (Heroes), Marc Singer (V – 1984), Kevin Sorbo (Hércules), Marta Kristen (Perdido no Espaço/Lost in Space), Mark Goddard (Perdidos no Espaço) e Richard Hatch (Battlestar Galactica).

Sac Sci-Fi Horror Show – dias 25 e 26 de setembro, em Sacramento, Califórnia (EUA). Entre os convidados, Jewel Staite (Stargate: Atlantis) e Kevin Sorbo (Hércules).

Salute to Supernatural – de 8 a 10 de outubro, em Rosemont, Illinois (EUA). Com as participações de Jared Padalecki, Misha Collins, Travis Wester, AJ Buckley e Richard Speight Jr.

Weekend of Horrors – de 15 a 17 de outubro, em Los Angeles, Califórnia (EUA). Até o momento, Bruce Campbell (Burn Notice) é o único convidado confirmado.

Jornada nas Estrelas/Star Trek – de 22 a 24 de outubro, em Rosemont, Illinois (EUA). Com as participações de Leonard Nimoy e Marc Alaimo, entre outros.

Farscape – de 5 a 7 de novembro, em Los Angeles, Califórnia (EUA). Na lista de convidados, Ben Browder, Kent McCord, David Franklin e Gigi Edgley, entre outros.

Stargate – de 5 a 7 de novembro, em Los Angeles, Califórnia (EUA). Entre os convidados, Michael Shanks, Elyse Levesque, Brian Smith e Andee Frizzell.

Firefly, Buffy, Angel e Dollhouse – dias 6 e 7 de novembro, em Los Angeles, Califórnia (EUA). Entre os convidados Morena Baccarin e Sean Maher.

PARTICIPAÇÕES PESSOAIS

Richard Chamberlain (Dr. Kildare) e June Lockhart (Perdidos no Espaço)

Disney Hall Concert Debut – dia 15 de julho, às 19h30, em Los Angeles, Califórnia.

Larry Hagman (Jeannie é um Gênio; Dallas)

Kidney Foundation Transplant Games – de 30 de julho a 4 de agosto, em Madison, Wisconsin.

George Takei (Jornada nas Estrelas)

One Man’s Journey: A Conversation with George Takei - dia 19 de setembro, das 14h às 15h30, no Wells Fargo Theatre do Autry National Center, em Los Angeles, Califórnia (EUA). Entrada franca.

By Any Other Name: An Evening of Shakespeare in Klingon – dia 25 de setembro, no Washington Shakespeare Company, em Arlington, Virginia.

Texto: Marta Machado (a convite de Fernanda Furquim)

21/10/2009

às 20:54 \ Convenções

Convenção de Stargate

De 6 a 8 de novembro, a Creation realiza um encontro com os astros de Stargate, em Los Angeles. Entre os convidados, os atores abaixo. Para ingressos, acessem a página do evento.




Texto: Marta Machado (a convite de Fernanda Furquim)

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados