Blogs e Colunistas

Poirot

+Globosat exibe as duas últimas temporadas de ‘Poirot’

PoirotNo dia 17 de janeiro o +Globosat começa a exibir as duas últimas temporadas de Poirot que recebeu do canal o título As Aventuras do Detetive Poirot (Agatha Christie’s Poirot). A série irá ao ar todos os dias à meia-noite (no dia 18 será exibido à 0h30).

A exibição pelo +Globosat inicia pela 12ª temporada, que traz os telefilmes Os Relógios, Tragédia em Três Atos, A Noite das Bruxas e Assassinato no Expresso Oriente. Na sequência, o canal exibirá a 13ª temporada, composta pelos telefilmes Os Elefantes não Esquecem, Os Quatro Grandes, A Extravagância do Morto, Os Trabalhos de Hércules e Cai o Pano, último episódio da série.

Criada na década de 1980 com o objetivo de adaptar toda a obra de Christie estrelada pelo detetive, a série teve como grande trunfo a caracterização do ator David Suchet, considerado o melhor intérprete de Hercule Poirot até hoje.

A série chegou ao Brasil pelo Multishow, sendo que as duas primeiras temporadas foram lançadas em DVD. Nos últimos anos, Poirot podia ser encontrado na grade do canal Film & Arts. Ainda não está claro se a produção migrou para o canal +Globosat ou se ela será exibida nos dois canais.

Acompanhem as estreias de séries, temporadas e minisséries pelo nosso Calendário.

Cliquem na foto para ampliar. 

‘Poirot’ chega ao fim

FinalCurtain14

Na última quarta-feira, dia 13 de novembro, o canal ITV da Inglaterra exibiu o último episódio da série Poirot, encerrando uma jornada de 24 anos no ar. Tendo estreado em 1989, a série tinha como proposta adaptar toda a obra de Agatha Christie estrelada pelo detetive belga, que se tornou um ícone da literatura policial, apreciado por gerações.

A primeira adaptação da obra de Christie, estrelada por Poirot, que se tenha notícias, foi a peça Alibi, de 1928, adaptação de O Assassinato de Roger Ackroyd/The Murder of Roger Ackroyd, estrelada por Charles Laughton. A peça foi levada ao cinema em 1931, com Austin Trevor, como Poirot. O ator voltaria a encarnar o personagem em mais dois filmes. Em 1966, Tony Randall interpretou Poirot no filme Os Crimes do Alfabeto/The Alphabet Murders, adaptação de Os Crimes ABC/The ABC Crimes.

Poirot voltaria às telas em 1974, quando Albert Finney interpretou o personagem no filme Assassinato no Expresso Oriente. A boa receptividade de público e de crítica levou à produção de mais três filmes, desta vez estrelados por Peter Ustinov: Morte no Nilo/Death on the Nile (1978), Morte na Praia/Evil Under the Sun (1982) e Encontro com a Morte/Appointment with Death (1988), sendo que este foi o último filme para o cinema.

A primeira tentativa de levar a obra de Christie para a TV ocorreu em 1960, quando a MGM adquiriu os direitos de adaptação de todos seus livros (que ainda não tinham sido transformados em filmes). A ideia era a de produzir uma série a ser estrelada por Jose Ferrer como Poirot. Desenvolvido para estrear na Temporada de 1961-1962, o projeto foi descartada pelo estúdio que, para aproveitar os direitos adquiridos, passou a produzir filmes estrelados por Miss Marple, com Margaret Rutherford.

Uma nova tentativa de se produzir uma série com Poirot ocorreu em 1962, quando a CBS exibiu um episódio do teleteatro General Electric Theater, o qual fazia uma adaptação do conto O Desaparecimento do Sr. Davenheim/The Disappearance of Mr. Davenheim, estrelado por Martin Gabel. A intenção era a de utilizar este episódio como piloto de uma nova série, a qual não chegou a ser produzida.

Na década de 1980, com a boa receptividade dos filmes estrelados por Ustinov, a TV decidiu aproveitar a fama do personagem e do ator e produziu três telefilmes estrelados por Ustinov: Thirteen at Dinner (1985, adaptação de Treze à Mesa/Lord Edgware Dies), A Extravagância do Morto/Dead Man’s Folly (1986) e Murder in Three Acts (1986, adaptação de Tragédia em Três Atos/Three-Act Tragedy). Por curiosidade, no primeiro telefilme, o ator David Suchet (o atual Poirot) interpretou o Inspetor Japp. Em 1986, Ian Holm deu vida ao personagem no telefilme Murder By The Book, no qual o agente de Agatha Christie (Peggy Ashcroft) a convence a publicar o texto que ela escreveu há 35 anos no qual o personagem de Poirot morre.

FinalCurtain3

(E-D) Suchet e Hugh Fraser no último episódio da série.

O crescente interesse por Poirot levou o canal ITV a encomendar a primeira série estrelada pelo personagem: Agatha Christie’s Poirot. Para interpretar o detetive, os herdeiros de Christie sugeriram o nome de Suchet, que tinha sido visto por eles na sitcom Blott on the Landscape, exibida pela BBC em 1985.

Embora o ator já tivesse interpretado Japp, ele nunca tinha lido um dos livros de Christie. Em dúvida se deveria aceitar ou não interpretar o famoso detetive, Suchet pediu a opinião de seu irmão, o âncora de telejornal John Suchet. Ele tentou dissuadi-lo, dizendo que David nada tinha a ver com Poirot. Mas, a estas alturas, o ator já estava lendo os livros, fazendo anotações sobre a personalidade de Poirot, vendo os filmes já produzidos e ouvindo programas de rádio da Bélgica e da França para se acostumar ao sotaque, pois estava determinado a se tornar o personagem.

O maior trunfo da série é a caracterização de Suchet, o ator que melhor interpretou Poirot até hoje. Ele construiu o personagem de forma minuciosa, levando em consideração sua postura física, seu modo de andar, de falar e de olhar, bem como seus maneirismos e excentricidades, além dos hábitos alimentares e higiênicos. Em entrevistas ao longo dos anos, Suchet revelou que seu objetivo era tornar Poirot um sujeito charmoso, apesar de tudo, evitando que o telespectador risse dele (mas com ele), algo que era uma preocupação dos herdeiros de Christie.

Sua fidelidade à construção do personagem o levou a enfrentar a oposição de diretores e produtores que não entendiam a razão pela qual ele era tão minucioso. Em seu livro de memórias, Poirot & Me, Suchet revela que, durante as filmagens do primeiro episódio da série, The Adventure of the Clapham Cook (adaptação do conto A Aventura da Cozinheira de Clapham), o diretor Ed Bennett criticou a forma melindrosa como Suchet retratou a mania de Poirot por higiene. Na cena, ele tirou seu lenço do bolso e limpou o banco antes de sentar-se. Bennett considerou a ação ridícula. Defendendo seu ponto de vista sobre o comportamento do personagem, Suchet bateu o pé e se negou a mudar a cena. A discussão chegou ao ponto da equipe chamar o produtor Brian Eastman para que ele apartasse a briga.

A série estreou no dia 8 de janeiro de 1989, com dez episódios produzidos para a primeira temporada. Nesta primeira fase, Poirot ofereceu episódios com uma hora de duração, adaptados de contos escritos por Christie. A estreia da segunda temporada ofereceu o primeiro episódio de longa metragem, o qual adaptou A Casa do Penhasco/Peril at End House, o sétimo romance estrelado por Poirot. Para a estreia da terceira, os produtores ofereceram uma adaptação de O Misterioso Caso de Styles/The Mysterious Affair at Styles, primeiro romance com o personagem.

O formato da série começou a ser alterado em 1992, quando a quarta temporada ofereceu apenas episódios de longa metragem, totalizando três histórias. Para a quinta, a produção retomou o formato de uma hora de duração, pela última vez. A partir da sexta temporada, a série passou a oferecer apenas episódios de longa metragem, todos adaptados de romances.

Com os episódios de longa duração, a série alterou sua estética e teve mais tempo para construir situações e personagens. Em compensação, sua exibição se tornou irregular. Cada história era tratada como um filme, desde sua concepção, produção e finalização. Por isso, os fãs da série tiveram que esperar mais tempo para ver o próximo episódio. Para se ter uma ideia, a sexta temporada teve seus episódios exibidos entre 1994 e 1996. A sétima e oitava tiveram apenas duas histórias produzidas, cada. Mas, a partir da nona, a série estabilizou o número de episódios em quatro por ano.

Elenco do último episódio de 'Poirot'.

Elenco do último episódio de ‘Poirot’.

Em 2000, quando a série entrou em sua oitava temporada, ela passou a contar com a coprodução do canal americano A&E. Mas, apesar da boa audiência e receptividade crítica, o canal ITV decidiu, entre 2010 e 2011, não renovar a série. Na época, o canal exibia os episódios da décima segunda temporada. Suchet ficou arrasado, pois faltavam apenas cinco livros para serem adaptados. O motivo do cancelamento teria sido a falta de verba. Existem aqueles que acreditam que o canal teria revertido a verba de Poirot para a produção da primeira temporada de Downton Abbey, também um drama de época. Mas, segundo o jornal Express, foi justamente o sucesso conquistado com a série de Julian Fellowes que teria feito com que o ITV voltasse em sua decisão e desse a Poirot a oportunidade de adaptar o restante da obra de Agatha Christie. Os últimos episódios começaram a ser filmados em 2012, e foram levados ao ar agora, no segundo semestre de 2013, totalizando 70 episódios.

Ao longo dos anos, Poirot contou com as participações de diversos atores, muitos dos quais ainda não eram conhecidos na época, outros já eram nomes famosos. Entre vítimas, testemunhas, suspeitos e assassinos, a série contou com as participações de Damian Lewis (Homeland), Rupert Penry-Jones (Silk, Whitechapel), Russell Tovey (Being Human, Him & Her), Christopher Eccleston (Doctor Who), Peter Capaldi (The Thick of It, Doctor Who), John Noble (Fringe), Joely Richardson (The Tudors), Michael Fassbender (The Devil’s Whore), Emily Blunt, Sean Pertwee, Nathaniel Parker (Inspector Linley, Merlin), Anna Chancellor (The Hour), Jeremy Northam (The Tudors), Hermione Norris (Spooks, A Mother’s Son), Jamie Bamber (Battlestar Galactica), Rachael Stirling (Women in Love), Toby Stephens (Vexed, Black Sails), Gemma Jones (Spooks), Paul McGann (Luther, Doctor Who), David Soul (Starsky & Hutch), Elliott Gould (Friends), Mark Gatiss (Sherlock), Elizabeth McGovern (Downton Abbey), David Morrissey (The Walking Dead), Toby Jones, Hugh Bonneville (Downton Abbey), Jessica Chastain, Iain Glen (Game of Thrones, Breathless), Rebecca Front (The Thick of It), Helen Baxendale (Friends), Anna Reid (Last Tango in Halifax) e Philip Glenister (Life on Mars, Big School), entre muitos outros.

Entre os atores recorrentes, a série contou com as presenças de Hugh Fraser (Capitão Hastings), Phillip Jackson (Inspetor Japp), Pauline Moran (Miss Lemon, secretária de Poirot), David Yelland (George, o valete de Poirot) e Zoë Wanamaker (Ariadne Oliver).

Apesar de Poirot ter chegado ao fim, o interesse de Suchet no personagem não acabou. Em entrevistas, ele revelou que, no futuro, espera que sejam produzidos remakes cinematográficos de algumas das histórias retratadas na série. A favorita dele é The ABC Murders, exibida na TV em 1992.

Enquanto isto não acontece, o personagem sobrevive em outras produções. Em paralelo à série, a rede CBS produziu em 2001 um telefilme estrelado por Alfred Molina, que adapta a obra Assassinato no Expresso Oriente, no qual Poirot faz uso de computadores para ajudar sua massa cinzenta a solucionar o crime e tem um interesse romântico. Em 2004, estreou no Japão a série animada Great Detectives: Poirot & Marple, que ganharam versões mangás pelo canal NHK.

Ainda não há informações sobre se novas produções com o personagem estão sendo planejadas. Talvez demore um pouco, em função da forma como Suchet ficou ligado ao personagem. Mas com certeza Poirot não será a última adaptação do detetive.

Abaixo, fotos do elenco do último episódio. Cliquem nas imagens para ampliar. No vídeo, David Suchet fala sobre suas experiências interpretando Hercule Poirot.

Preview do último episódio de ‘Poirot’

No dia 13 de novembro o canal ITV exibe o último episódio da série Poirot, adaptação da obra de Agatha Christie estrelada pelo detetive belga. Com o título de Curtain: Poirot’s Final Case, o episódio encerra uma jornada de 24 anos.

A história é uma adaptação de Kevin Elyot do livro Cai o Pano, escrito por Christie na década de 1940, mas só publicado em 1975. Sofrendo de artrite e problemas cardíacos, preso a uma cadeira de rodas, Poirot (David Suchet) reencontra seu amigo, Capitão Hastings (Hugh Fraser), agora um viúvo. Eles chegam em  Styles, cenário do primeiro caso investigado por Poirot. Foi lá que, há 30 anos, o detetive, na época um refugiado, conheceu Hastings, um soldado ferido.

Logo depois de sua chegada, Barbara Franklin (Anna Madeley), uma mulher inválida, e Stephen Norton (Aidan McArdle), um apreciador de pássaros, são encontrados mortos em um aparente suicídio. Para Poirot, um dos convidados é um assassino em série.

A casa é de propriedade do Coronel Toby Luttrell (John Standing) e sua esposa Daisy (Anne Reid, de Last Tango in Halifax), que recebem os convidados Elizabeth Cole (Helen Baxendale, de Friends), o Major Allerton (Matthew McNulty, de The Paradise e The Mill), um homem que está romanticamente interessado em Judith (Alice Orr-Ewing,), a filha do Capitão Hastings que trabalha para o Dr John Franklin (Shaun Dingwall, de Breathless), marido de Barbara. Na casa também estão Sir William Boyd Carrington (Philip Glenister, de Life on Mars e Big School), ex-governador da província da Índia e amigo de infância de Barbara, e a enfermeira de Barbara, Srta. Craven (Claire Keelen, de Line of Duty).

No elenco também estão David Yelland (George, valete de Poirot) e Gregory Cox (legista).

A direção é de Hettie MacDonald (Hit & Miss, Wallander).

David Suchet lança o livro de memórias ‘Poirot and Me’

Poirot and MeHá 24 anos interpretando o detetive belga Hercule Poirot, David Suchet decidiu compartilhar com os fãs suas experiências e lembranças sobre a produção da série Poirot.

No dia 7 de novembro estará disponível  o donwload do ebook Poirot and Me, publicado pela Headline e oferecido pelo Amazon. O livro traz curiosidades sobre a produção e atores convidados, entre elas, a forma como Suchet foi selecionado para interpretar o personagem, com o apoio da filha de Agatha Christie. Determinado a oferecer a interpretação mais autêntica de Poirot até o momento, ele enfrentou alguns obstáculos ao discutir com diretores e produtores a forma como o personagem deveria ser construído.

Segundo Suchet, em 1988, durante as filmagens do episódio The Adventure of the Clapham Cook, da primeira temporada da série, o diretor Ed Bennett criticou a forma melindrosa como Suchet retratou a mania de Poirot por higiene. Na cena, ele tirou seu lenço do bolso e limpou o banco antes de sentar-se. Bennett considerou a ação ridícula. Defendendo seu ponto de vista sobre o comportamento do personagem, Suchet bateu o pé e se negou a mudar a cena. A discussão chegou ao ponto da equipe chamar o produtor Brian Eastman para que ele apartasse a briga.

Criada na década de 1980 com o objetivo de adaptar toda a obra de Christie estrelada pelo detetive, a série encerrará sua trajetória no dia 13 de novembro, quando irá ao ar na Inglaterra o telefilme  Curtain: Poirot’s Last Case. Antes disso, no dia 6 de novembro, o canal ITV apresenta o telefilme The Labors of Hercules. No Brasil, a série é exibida pelo Film&Arts, que ainda não programou a estreia da última temporada de Poirot.

Suchet ainda sonha em voltar a interpretar Poirot. Ele espera que, no futuro, sejam produzidos remakes cinematográfico de algumas das histórias retratadas na série. A favorita dele é The ABC Murders, exibida na TV em 1992.

Com o final da série, a editora HarperCollins anunciou a publicação de uma nova aventura de Poirot, escrita por Sophie Hannah, a ser publicada em setembro de 2014, com o apoio dos herdeiros de Christie. Embora a autora pretenda seguir o estilo narrativo da escritora, Suchet não tem interesse de estrelar qualquer adaptação que não seja um original de Christie.

No vídeo, preview de The Labors of Hercules.

Cliquem na foto para ampliar.

28/10/2013

às 11:22 \ Séries Anos 1980-1989, Séries Inglaterra

‘Poirot’: definida a exibição dos últimos episódios da série

Elenco de 'Poirot: Dead Man's Folly' (Foto: ITV)

Elenco de ‘Poirot: Dead Man’s Folly’ (Foto: ITV)

O canal ITV programou para o dia 30 de outubro a exibição de Dead Man’s Folly, mais um telefilme da última temporada de Poirot, série que adapta a obra de Agatha Christie estrelada pelo detetive belga.

Versão de Nick Dear do livro A Extravagância do Morto e direção de Tom Vaughan (Endeavour), o telefilme é estrelado por Sean Pertwee (Luther, The Musketeers), Sinead Cusack, Tom Ellis (Miranda), Martin Jarvis, Rosalind Ayres, Daniel Weyman, Emma Hamilton, James Anderson, Rebecca Frost (The Thick of It), Elliot Barnes-Worrell, Sam Kelly (Allo Allo), Stephanie Leonidas e Zoë Wanamaker, que volta a interpretar a escritora Ariadne Oliver.

Na história, Sir George Stubbs (Pertwee) e sua esposa Hattie (Leonidas) organizam uma recepção para inaugurar sua nova casa. Para entreter os convidados, eles encomendam uma ‘caça ao assassino’, preparada pela escritora de mistérios Ariadne Oliver (Wanamaker). Acreditando que um crime de verdade poderá ocorrer na festa, Ariadne pede a presença de seu velho amigo, o detetive belga Hercule Poirot (David Suchet) que chega para ajudá-la a resolver um crime que, a princípio, existe apenas na imaginação de Ariadne.

Composta de cinco telefilmes, a décima terceira temporada de Poirot encerrará com The Labours of Hercules, programado para o dia 6 de novembro, e Curtain: Poirot’s Last Case, que será exibido na Inglaterra no dia 13 de novembro. No mesmo dia, o ITV apresentará o documentário Being Poirot, apresentado por Suchet, intérprete de Poirot nos últimos 24 anos.

Poirot estreou em 1989, chegando ao Brasil pelo canal Multishow. Atualmente a série está na grade de programação do canal Film & Arts, sendo que as duas primeiras temporadas foram disponibilizadas em DVD pela Paris Filmes, que infelizmente não deu continuidade aos lançamentos.

No vídeo, trecho de Dead Man’s Folly.

Trailer de ‘Poirot: The Big Four’

O canal ITV da Inglaterra exibe no dia 23 de outubro o telefilme The Big Four, que faz parte da última temporada da série Poirot. Composta de cinco longas, a temporada adapta as obras Os Elefantes Não Esquecem, Os Quatro Grandes, Os Trabalhos de Hércules, A Extravagância do Morto e Cai o Pano, de Agatha Christie. O primeiro foi exibido em junho. Segundo o canal, os demais telefilmes serão exibidos até o mês de janeiro, mas as datas ainda não foram divulgadas.

Poirot estreou em 1989 com o objetivo de adaptar toda a obra de Christie estrelada pelo detetive belga. No Brasil, a série está na grade do canal Film & Arts, sendo que as duas primeiras temporadas foram disponibilizadas em DVD pela Paris Filmes.

Informações sobre o enredo e o elenco de The Big Four aqui.

‘Misfits’ e ‘Poirot’ retornam em outubro

Elenco de 'Misfitis' (Foto: E4)

Elenco de ‘Misfitis’ (Foto: E4)

Postagem atualizada no dia de sua publicação.

O canal E4 agendou para o dia 23 de outubro a estreia da quinta e última temporada de Misfits, série criada por Howard Overman (Atlanits).

A série acompanha as aventuras de delinquentes juvenis que, após serem atingidos por um raio, adquirem super-poderes. Ao longo de sua produção, a série sofreu mudanças em seu elenco. Atualmente, ela é estrelada por Joseph Gilgun (Rudy), Karla Crome (Jess), Nathan McMullen (Finn), Matt Stokoe (Alex) e Natasha O’Keeffe (Abby).

Com oito episódios produzidos, a quinta temporada é situada um ano após a queda do raio e aqueles que adquiriram superpoderes buscam ajuda em um grupo de apoio.

No Brasil, Misfits foi exibida pelo canal Multishow com o título de Desajustados. Atualmente, está na grade do canal Film & Arts.

Poirot retorna no mesmo dia, pelo canal britânico ITV, com a exibição do segundo telefilme produzido para a última temporada da série, composta de cinco longas, que adaptam as obras Os Elefantes Não Esquecem, Os Quatro Grandes, Os Trabalhos de Hércules, A Extravagância do Morto e Cai o Pano, de Agatha Christie. O primeiro já foi exibido em junho. Agora é a vez de Os Quatro Grandes/ The Big Four.

Na história, situada durante o período da 2ª Guerra Mundial, Poirot (David Suchet) participa de um evento no qual ele reencontra seu velho amigo Japp (Philip Jackson), ex-detetive da polícia e atual Comissário Assistente. Na festa também estão o diplomata britânico Stephen Paynter (Steven Pacey), a cientista francesa Madame Olivier (Patricia Hodge), o milionário americano Abe Ryland (James Carroll Jordan) e o mestre em xadrez, o russo Ivan Savaranoff (Michael Culkin) que, durante o evento, sofre um colapso e morre. A notícia é rapidamente divulgada pela jornalista Tysoe (Tom Brooke) que acredita que Savaranoff tenha sido vítima de um grupo político conhecido como os Quatro Grandes.

No elenco também estão Peter Symonds, como o escritor Jonathan Whalley; Sarah Parish como a atriz Flossie Monro; Hugh Fraser e Pauline Moran, que voltam a interpretar o Capitão Hastings e a Srta. Lemon.

O episódio é uma adaptação do ator, roteirista, diretor e produtor Mark Gatiss (Sherlock) e do ator Ian Hallard, que faz uma pequena participação interpretando Mercutio.

Poirot estreou em 1989 com o objetivo de adaptar toda a obra de Agatha Christie estrelada pelo detetive belga. No Brasil, a série chegou a ter as primeiras temporadas exibidas pelo canal Multishow. Atualmente ela está na grade de programação do canal Film & Arts, sendo que as duas primeiras temporadas foram disponibilizadas em DVD pela Paris Filmes, que infelizmente não deu continuidade aos lançamentos.

Acompanhem as estreias de séries, temporadas e minisséries pelo nosso Calendário.

Cliquem na primeira foto para ampliar. 

(E-D)

(E-D) Pauline Moran, Philip Jackson, David Suchet e Hugh Fraser (Foto: ITV)

Trailer de ‘Poirot’ – 13ª Temporada

A última temporada de Poirot estreia na Inglaterra no dia 9 de junho. O vídeo traz imagens do primeiro episódio: Os Elefantes Não Esquecem. Informações e fotos aqui.

‘Poirot’ retorna em junho para sua última temporada

(E-D) Ariadne, Poirot e a sra. Burton-Cox

Ao longo de 25 anos, o ator David Suchet deu vida ao célebre Hercule Poirot, personagem criado por Agatha Christie, oferecendo aos fãs da escritora o que muitos consideram a melhor caracterização que o detetive belga já teve até hoje. Mas seus dias como Poirot estão chegando ao fim, para a tristeza dos fãs. O canal ITV se prepara para estrear a 13ª e última temporada da série.

Poirot iniciou sua produção pelo canal ITV em 1989 com a missão de adaptar toda a obra de Christie protagonizada pelo detetive, tanto romances quanto contos. Nem sempre fiel ao original, a série exibiu até o momento 65 episódios, de 50 a 90 minutos de duração. Ficou de fora apenas a peça Black Coffee, sendo que alguns contos, entre eles A Maldição dos Lemesurier, tiveram suas histórias ou situações condensadas e utilizadas em outros episódios. Em 2011, a série foi ameaçada de cancelamento. Segundo o jornal Express, o sucesso de Downton Abbey, também do ITV, teria feito com que o canal decidisse dar a Poirot a oportunidade de adaptar o restante da obra de Christie.

A última temporada de Poirot estreia no dia 09 de junho, na Inglaterra. Os livros adaptados são Os Elefantes Não Esquecem, Os Quatro Grandes, Os Trabalhos de Hércules, A Extravagância do Morto e Cai o Pano.

O primeiro a ser exibido é Os Elefantes Não Esquecem/Elephants Can Remember, no qual Poirot investiga a morte de um psiquiatra. Enquanto isso, a escritora de mistérios Ariadne Oliver ( Zoë Wanamaker), amiga de Poirot, é contatada pela Sra. Burton-Cox (Greta Sacchi), que lhe pede para descobrir se a morte de duas pessoas ocorrida há duas décadas foi crime ou suicídio. Com o tempo, Poirot percebe que os dois casos estão de alguma forma ligados.

No elenco também estão Iain Glen (Game of Thrones, Downton Abbey), Vincent Regan (Strike Back, Scott & Bailey, Hit & Miss), Ferdinand Kingsley (The Hollow Crown) e Vanessa Kirby (Labyrinth, Great Expectations). O roteiro é de Nick Dear com direção de John Strickland (Mr Selfridge, Whitechapel, Bedlam). A produção é da ITV Studios.

No Brasil, a série chegou a ter alguns episódios exibidos pelo canal Multishow. Atualmente, está na grade de programação do canal Film & Arts. As duas primeiras temporadas foram disponibilizadas em DVD pela Paris Filmes, que infelizmente não deu continuidade aos lançamentos.

Cliquem nas fotos para ampliar.

Poirot é Renovada para Sua Última Temporada

(E-D) Geoffrey Palmer e David Suchet como Almirante Hamling e Hercule Poirot em "The Clocks"

O canal ITV da Inglaterra anunciou oficialmente a renovação de “Poirot” para sua última temporada.

A informação já vinha circulando pela imprensa britânica desde dezembro de 2010, mas o canal somente confirmou a renovação da série esta manhã.

A produção que adapta a obra de Agatha Christie para a TV em uma série de telefilmes tem previsão de iniciar as filmagens dos últimos cinco telefilmes em 2012.

A 13ª temporada adaptará os seguintes livros: “Os Quatro Grandes”, “A Extravagância do Morto”, “Os Elefantes não Esquecem”, “Os Trabalhos de Hércules” e “Cai o Pano”.

Desde que estreou em 1989, a série tem como objetivo adaptar toda a obra de Agatha Christie, estrelada pelo detetive belga Hercule Poirot. Ela é composta de um total de 70 livros mais a peça “Black Coffee/Café Preto” e o conto “The LeMesurier Inheritance/A Maldição dos LeMesurier”. Com o anúncio oficial do canal ITV, a série conseguirá realizar seu objetivo, ficando de fora apenas a adaptação da peça e do conto.

No dia 25 de dezembro, o canal exibe o telefilme “The Clocks/Os Relógios”, produção adaptada por Stewart Harcourt que traz no elenco os atores Phil Daniels, Jaime Winstone, Tom Burke, Lesley Sharp, Geoffrey Palmer, Beatie Edney e Anna Massey, que faleceu em julho, além de David Suchet, no papel de Poirot.

A série é produzida pela ITV Studios em parceria com a Agatha Christie Ltd., a Mammoth Screen e o canal americano WGBH.

No Brasil, “Poirot” chegou a ter alguns episódios exibidos pelo canal Multishow. Atualmente, está na grade de programação do canal Film & Arts. As duas primeiras temporadas foram lançadas em DVD pela Paris Filmes, que não tem planos de continuar disponibilizando a série nessa mídia.

Cliquem na foto para ampliar.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados