Blogs e Colunistas

Os Pioneiros

04/05/2014

às 11:55 \ Atores, Por Onde Andam?, Séries Anos 1970-1979

O reencontro dos atores de ‘Os Pioneiros’

(E-D)

(E-D) Melissa Gilbert, Karen Grassle, Melissa Sue Anderson, Lindsay Greenbush.
Na segunda fila: Dean Butler, Alison Arngrim, Matthew Labyorteaux e Michael Landon Jr., que representou
o pai no encontro.

Em setembro, a série Os Pioneiros/Little House on the Prairie celebrará quarenta anos de sua produção. Antecipando o evento, os atores que estrelaram este clássico da TV americana se reencontraram no programa Today Show da rede NBC. Segundo Karen Grassle, que interpretou Caroline Ingalls, esta é a primeira vez que ela e suas ‘três filhas’ se encontram desde a morte de Michael Landon em 1991.

Produzida entre 1974 e 1983, Os Pioneiros é uma adaptação da obra biográfica de Laura Ingalls Wilder. Ao longo de nove temporadas, a série apresentou a luta da família Ingalls para sobreviver aos problemas econômicos, sociais e ambientais do final dos anos de 1800. Vivendo na pequena comunidade de Walnut Grove, Minnesota, Charles Ingalls (Landon), sua esposa Caroline (Grassle) e suas filhas Mary (Melissa Sue Anderson), Laura (Melissa Gilbert) e Carrie (as gêmeas Lindsay e Sidney Greenbush) conviviam com os demais moradores e seus problemas.

Na cidade viviam Nels Oleson (Richard Bull, falecido em fevereiro), o dono da mercearia, casado com a ‘língua de cobra’ Harriet (Katherine MacGregor), com quem tinha dois filhos, Nellie (Alison Arngrim), que seguia os passos da mãe, e Willie (Jonathan Gilbert, irmão adotivo de Melissa na vida real).

Durante a produção, o casal Ingalls teve mais uma filha, Grace (as gêmeas Wendi e Brenda Turnbaugh, que não compareceram ao encontro) e adotaram os órfãos Albert (Matthew Labyorteaux), James (Jason Bateman, de Arrested Development) e Cassandra (Missy Frances).

Ao longo de nove anos, as crianças cresceram, o que levou a série a mudar de rumo. Se antes ela era centrada nos problemas da infância e da pré-adolescência, a partir da sexta temporada, o público começou a acompanhar os relacionamentos de Mary e Laura. A filha mais velha de Jonathan ficou cega e precisou ser enviada a uma escola especial em outra cidade. Lá ela conheceu o professor Adam (Linwood Boomer, criador da série Malcolm in the Middle), também cego, com quem se casou. Laura conheceu o fazendeiro Almanzo (Dean Butler), com quem ela se casa mais tarde.

O contínuo sucesso da série com as reprises gerou uma versão musical para o teatro, na qual Gilbert interpretou a mãe Caroline. Atualmente, uma versão cinematográfica está sendo desenvolvida pela Sony, com roteiro de Abi Morgan (The Hour) e David Gordon Green(Eastbound & Down).

Elenco de 'Os Pioneiros' (Foto:

Parte do elenco de ‘Os Pioneiros’: (E-D) Matthew Labyorteaux, Melissa Gilbert, Michael Landon, Dean Butler, Melissa Sue Anderson, Linwood Boomer, Karen Grassle e Lindsay Greenbush (Foto: NBC/Arquivo)

Aos 72 anos de idade, Karen Grassle continua atuando. Seus trabalhos mais recentes são os filmes Tales of Everyday Magic e My Greatest Teacher, ambos de 2012. A atriz também está ativa no teatro, onde seu trabalho mais recente foi a montagem de John Grabriel Borkman, em 2010. Grassle também tem contrato com a Premier Bathrooms, com a qual divulga produtos voltados para pessoas da terceira idade.

Em 2010, Melissa Sue Anderson lançou sua autobiografia, com o título de The Way I See It – A Look Back at My Life on Little House, na qual ela descreve a época em que trabalhou na série. Casada com o roteirista e escritor Michael Sloan, com quem tem dois filhos, Piper e Griffin, Melissa está afastada da carreira, fazendo trabalhos esporádicos. Ela vive com a família em Montreal, Canadá. A atriz está com 51 anos.

Além de atuar no musical de Os Pioneiros, entre 2009 e 2010, Melissa Gilbert, atualmente com 49 anos, participou recentemente do programa Dancing With the Stars. Ex-presidente do Screen Actors Guild, por dois mandatos, Melissa revelou em sua autobiografia, Prairie Tale: a Memoir, que lutou durante anos contra a dependência do álcool e das drogas e, em 2010, ela passou por uma cirurgia na coluna. Divorciada duas vezes, a primeira do ator Bo Brikman, com quem teve o filho Dakota Paul; e a segunda do ator Bruce Boxleitner, com quem também teve um filho, batizado com o nome de Michael em homenagem a Landon, Melissa está casada com o ator Timothy Busfield. A atriz vive com a família em Howell, Michigan.

Alison como Nellie Oleson (Foto: NBC/Arquivo)

Alison como Nellie Oleson (Foto: NBC/Arquivo)

Filhas do ator Billy Green Bush, as gêmeas Lindsay e Sydney tentaram manter suas carreiras após a produção de Os Pioneiros. Mas, apesar de alguns trabalhos esporádicos em filmes, séries e comerciais, elas acabaram se afastando da profissão de atriz. Lindsay é treinadora de cavalos e Sydney participa de rodeios. Em 2009, o marido de Sydney, o veterinário William Foster, se suicidou quando ela decidiu pedir o divórcio. As gêmeas estão com 43 anos de idade.

Na época em que a série era produzida, Alison Arngrim sofreu nas mãos dos fãs, que não conseguiam separar a personagem da atriz. Interpretando a malvada e invejosa Nellie, Alison só ‘encontrou a paz’, nos últimos anos, quando o público começou a aceitar e até a amar os vilões de seriados.

Em 2010, ela revelou em sua autobiografia ter sido molestada por seu irmão, o também ator Stefan Arngrim (Terra de Gigantes), que começou a ter relações com ela quando Alison tinha seis anos de idade, terminando quando ela fez onze anos e entrou para o elenco de Os Pioneiros. Atualmente, Stefan vive no Canadá e Alison em Los Angeles, onde ela trabalha como stand-up comedian e com organizações que realizam trabalhos de conscientização da AIDS. A atriz está com 52 anos.

Aos 57 anos, Dean Butler continua trabalhando como ator. Ele é casado com a atriz Katherine Cannon (Barrados no Baile, Matlock). Já o ator Matthew Labyorteaux, que está com 47 anos de idade, atua como dublador. Ele também trabalha com sua Fundação, a Youth Rescue Fund, fundada em 1992, que ajuda adolescentes em crise.

Para aqueles que estiverem com saudades da série, ou quiserem conhecê-la, ela está sendo exibida pelo canal TCM de segunda a sexta-feira, às 12h30.

Cliquem nas duas últimas fotos para ampliar.

‘Os Pioneiros’ pode ganhar uma versão cinematográfica

(E-D) Melissa Gilbert, Matthew Laborteaux, Melissa Sue Anderson, Linwood Boomer, Michael Landon, Lindsay ou Sydney Greenbush, Karen Grassle em 'Os Pioneiros' (1980)

Na década de 1970, a série Os Pioneiros/Little House on the Prairie trouxe para a televisão a saga da família Ingalls, inspirada na obra autobiográfica de Laura Ingalls Wilder, publicada entre 1932 e 1943.

Conquistando uma geração de fãs, a série dividiu sua popularidade com a Família Walton, outra produção de sucesso da época, permanecendo até hoje na memória afetiva de uma geração. Em 2009 estreou na Broadway uma adaptação musical de Os Pioneiros, que agora pode ganhar uma versão cinematográfica.

Segundo o site Deadline, a Sony Pictures negocia os direitos da adaptação para o cinema que, se produzida, terá roteiro assinado por Abi Morgan (The Hour) e direção de David Gordon Green (Eastbound & Down).

Produzida por Ed Friendly e Michael Landon, a série surgiu de um telefilme piloto exibido nos EUA em março de 1974 pela rede NBC. Ao todo, Os Pioneiros teve um total de nove temporadas e 203 episódios, mais três telefilmes reunions.

Situada no final do Século XIX, a história apresenta a vida da família Ingalls que se estabelece em uma pequena cidade chamada Walnut Grove, em Minnesota, onde faz amizade com diversos moradores do local. Tal como os Waltons, Os Pioneiros valorizava as pequenas coisas da vida e as dificuldades que as pessoas tinham para supri-las naquela época.

Atualmente, a série está na grade do canal TCM. Mais informações sobre a produção aqui.

Cliquem na foto para ampliar.

01/04/2011

às 11:23 \ Séries Anos 1970-1979

TCM Anuncia 6ª Temporada de Os Pioneiros

Hoje, às 13h, estreia no canal TCM uma nova fase na história da família Ingalls. Produzida entre 1974 e 1983, a série “Os Pioneiros” teve nove temporadas, das quais cinco vinham sendo exibidas e reprisadas pelo canal a cabo. Com a sexta temporada, o TCM apresenta aos fãs da série as mudanças que ocorreram na família Ingalls quando Laura entra na fase adulta.

A nova fase inicia com a chegada de Eliza (Lucy Lee Flippin), uma nova professora, que tem um irmão chamado Almanzo (Dean Butler). Logo ele se torna objeto de desejo e disputa entre Laura (Melissa Gilbert) e Nellie (Alison Arngrim). Nesse meio tempo, tendo finalizado seus estudos, Nellie assume o comando de um novo negócio da família: um hotel e um restaurante.

Segundo informações do canal, os episódios serão exibidos dublados. Não tenho certeza, mas acredito que a série “Os Pioneiros” tenha sido originalmente dublada em português até a quinta temporada. Se for esse mesmo o caso, a sexta deverá ter uma dublagem atual.

Adendo (13h50): o canal anunciou a estreia da 6ª Temporada para hoje, mas o que exibiu foi o último episódio da 5ª Temporada. Os novos episódios devem estrear na segunda-feira, no mesmo horário.

17/07/2010

às 13:14 \ Por Onde Andam?

Por Onde Anda Karen Grassle?

Esta postagem é para responder a pergunta da leitora Neusa, que gostaria de saber por onde anda a atriz que interpretou Caroline Ingalls, na série “Os Pioneiros“, atualmente em exibição no canal TCM.

Depois do encerramento da série em 1982, Karen ainda fez algumas participações em séries e telefilmes. Esteve em um episódio de “Hotel” e em dois episódios de “Assassinato por Escrito”.

A atriz estrelou o telefilme “Cocaine: One Man Seduction”, ao lado de Dennis Weaver, de “McCloud”, já falecido. A atriz também esteve no telefilme “Between the Darkness and the Down”, ao lado de Elizabeth Motngomery, de “A Feiticeira”, já falecida, e de James Naughton, de “O Planeta dos Macacos”.

Em 1984 foi produzido o telefilme “Little House on the Prairie: The Last Farewell”, que é considerado o episódio final da série “Os Pioneiros”.

Um dos últimos trabalhos de Karen nas telas é uma participação no filme “Wyatt Earp”, de 1994, com Kevin Costner, no qual ela interpretou a personagem Sra. Suntherland.

Em 2001, a atriz apareceu no programa de perguntas e respostas “Weakest Link”, que reuniu as mais famosas mamães da televisão. Ao lado de Karen estavam June Lockhart (Lassie e Perdidos no Espaço), JoMarie Payton (Family Matters), Pat Crowley (Please Don’t Eat the Daisies), Janet Hubert (Um Maluco no Pedaço), Alley Mills (Anos Incríveis), Carol Potter (Barrados no Baile) e Beverly Garland (Meus Três Filhos).

Em 2002, ela também esteve em um game show, chamado “The Mother of All Game Shows”, que reuniu as mamães televisivas Shirley Jones (Família Dó-Ré-Mi), Florence Henderson (Família Brady) e Marion Ross (Happy Days). E, em 2003, esteve no game show “Street Smarts”, no qual também apareceu a atriz Allison Arngrim, que interpretou Nellie Oleson na série.

Ao longo dos anos 80 e 90 ela viveu no Kentucky onde foi co-fundadora do Santa Fe’s Resource Theatre Company. Desde o fim da série, Karen dedica-se mais ao teatro. Esteve em inúmeras peças regionais, entre elas,  “Trudy Blue”, “Middle Aged White Guys”, “Sweet Sue”, “Butterflies Are Free”, “The Gingham Dog”, entre outros.

A atriz também esteve na montagem de “Conduzindo Miss Daisy”, na qual Michael Learned, a mãe de “Os Waltons”, deveria estrelar. Mas a atriz ficou doente quando os ensaios começaram, precisando ser substituída. Em seu lugar entrou Karen Grassle, que trabalhou na peça por quatro anos.

Karen foi casada três vezes. A primeira, com o ator Leon Russom (Prison Break); depois, com o corretor imobiliário James Alan Radford; entre 1991 e 2000, ela foi casada com o psiquiatra Scott Sutherland. Karen tem uma filha adotada, Lily.

Atualmente, Karen, com 68 anos, continua atuando em teatro regional, além de ser portavoz da Premier Bathrooms, empresa que vende banheiras. Veja o comercial abaixo.
Fernanda Furquim: @Fer_Furquim

Cena de Wyatt Earp com Karen Grassle

14/07/2010

às 19:22 \ Atores

Melissa Gilbert, Atriz de Os Pioneiros, Passa por Cirurgia

A atriz conhecida no Brasil por interpretar Laura Ingalls na série “Os Pioneiros”, dos anos 70, vai passar por uma cirurgia no dia 22 de julho. O objetivo é implantar um disco de plástico em uma das vértebras da coluna vertebral.

Melissa Gilbert, hoje com 46 anos, está no elenco do musical “Os Pioneiros/Little House on the Prairie“, versão dos livros que deram origem à série de TV. A montagem está em turnê pelos EUA com a atriz interpretando a mãe de Laura, que na série era vivida por Karen Grassle. Segundo a revista People, Melissa começou a sentir dores nas costas durante as últimas apresentações. A previsão é a de que ela esteja plenamente recuperada em seis meses (por volta de dezembro); mas a atriz planeja voltar ao trabalho em setembro.

Desde o final de “Os Pioneiros”, em 1983, Melissa vem fazendo participações especiais em séries e atuando em telefilmes. Ela também já foi presidente do Sindicato dos Atores – SAG em dois mandatos: 2001 e 2003.

Na década de 90 ela dublou Barbara Gordon no desenho “Batman: The Animated Series”. Na mesma época, ela fez participações na série “Babylon 5″, interpretando Anne Sheridan, esposa de John Sheridan, personagem interpretado por seu marido na vida real, Bruce Boxleitner, da série “Caçadores de Aventuras/Bring ‘Em Back Alive”.  O casal teve um filho em 1995, batizado de Michael, em homenagem a Michael Landon, que interpretou Charles Ingalls, o pai de Laura na série.

Por curiosidade, Melissa é filha adotada do ator Paul Gilbert e sua esposa, a dançarina Barbara Crane. Mais tarde o casal adotou um menino, Jonathan, que trabalhou com Melissa na série dos anos 70 interpretando Willie, irmão de Nellie Oleson. No musical, o personagem é interpretado pelo filho de Melissa, Michael, hoje com 15 anos. O casal, Paul e Barbara, teve uma filha natural, Sara Gilbert, vista recentemente na série “The Big Bang Theory”, na qual interpretou Leslie, amiga de Leonard.

No video abaixo, Melissa fala sobre seu trabalho no musical:

24/06/2010

às 2:50 \ Atores, Livros

As Confissões de Alison Arngrim

No dia 17 de junho postei aqui a informação de que Alison Arngrim, intérprete da Nellie Oleson em “Os Pioneiros“, lançou sua autobiografia. Na época da postagem, as informações que existiam era apenas aquelas que a própria atriz divulgava em entrevistas para televisão e para os jornais. Mas hoje, uma matéria sobre o livro publicada no jornal Chicago Sun Times me fez correr atrás de maiores informações, pois não acreditei no que lera. Minhas pesquisas me levaram a encontrar trechos do livro disponíveis na Internet e conferir a informação divulgada pelo jornal.

Nas entrevistas em que divulga seu livro “Confessions of a Prairie Bitch: How I Survived Nellie Oleson and Learned to Love Being Hated”, Alison revela ter sido vítima de abuso sexual praticado por um membro de sua família. A primeira pessoa em que pensamos é no pai, ou talvez um tio. Mas, em seu livro, Alison revela que o pai, Thor Arngrim, era gay. Casado com Norma McMillan (dubladora de personagens como Gasparzinho e Gumby, nos anos 60), Thor era agente de Liberace, Debbie Reynolds, Susan Anton, Peter Jurasik e Michael Ontkean. O pai de Alison faleceu em 2009 e sua mãe em 2001. O único membro de sua família que sobrou foi o irmão Stefan Arngrim (o Barry de “Terra de Gigantes”), que hoje vive no Canadá.

Alison e o irmão Stefan por volta dos anos 80

No capitulo quatro de seu livro, intitulado “Something’s Gotta Give”, página 41, a atriz revela que foi molestada por seu irmão, Stefan, que começou a ter relações com Alison quando ela tinha seis anos de idade (na época ele tinha 13 anos). A situação se manteve até a época em que Alison fez 11 anos (e ele 20), período em que ela entrou para o elenco de “Os Pioneiros”.

Em seu livro, Alison revela que o abuso infantil até o início dos anos 70 não era considerado crime grave, sendo que a polícia dava pouca atenção para esses casos, especialmente quando praticado entre familiares. Somente em 1974, quando o Congresso Americano aprovou uma lei, Child Abuse Prevention and Treatment Act, é que a situação mudou. Nessa época, Alison já tinha 12 anos, trabalhava na série e fazia terapia. Somente quando fez 20 anos é que a atriz teve coragem de contar a verdade aos pais; agora, com 48 anos, revela sua história ao público.

19/06/2010

às 3:39 \ Atores, Livros

Atriz de Os Pioneiros Lança Autobiografia

Na foto à esquerda, vemos Alison como Nellie Oleson,
de peruca para manter o cachos perfeitos; à direita, a atriz hoje



Aqueles que estão vendo ou revendo a série “Os Pioneiros/Little House on the Prairie” no canal TCM certamente reconhecerão o nome de Alison Arngrim, a intérprete da maldosa Nellie Oleson, que vivia implicando com Laura Ingalls (Melissa Gilbert).

A atriz passou boa parte de sua infância lidando com a fama de má que adquiriu com a série; não importava que na vida real ela e Melissa Gilbert fossem grandes amigas. Por curiosidade, o irmão de Melissa Gilbert aparece na série interpretando o irmão de Alison/Nellie, que na vida real também tinha um irmão ator: Stefan Arngrim, o intérprete de Barry na série “Terra de Gigantes”.

Mas ter que lidar com a má fama de sua personagem não foi a pior situação que a jovem atriz enfrentou em sua vida. Em sua autobiografia lançada esse mês nos EUA, Alison revela ter sofrido abuso sexual infantil por parte de um dos membros de sua família.

Em “Confessions of a Prairie Bitch: How I Survived Nellie Oleson e learned to Love Being Hated”, Alison revela que interpretar a personagem a ajudou a superar o abuso sexual. O fato de ter de sair de casa todos os dias para ir trabalhar na série fez com que ela visse um outro lado da vida que ela não conhecia.

A atriz aponta a personagem que interpretou por sete anos como referência à sua transformação de uma menina tímida e assustada, para uma jovem que teve a coragem de abraçar novas amizades e confiar nas pessoas com quem ela trabalhou. A personagem ainda serviu como ponto canalizador de sua raiva e revolta.

Mas Nellie também trouxe à atriz o fardo de ser chamada de megera por outras crianças, a ponto de sofrer agressões físicas na rua e até em eventos nos quais comparecia. Alison lembra, em entrevista ao programa “The Today Show”, que durante um desfile de natal do qual o elenco da série participou, ela não só apanhou como jogaram lixo nela. Ao longo de 30 anos, Alison ficou marcada pela personagem que a salvara.

Nas três últimas décadas, Alison vem atuando como comediante em nightclubs dos EUA, Canadá, Inglaterra e França com o show “Confessions of a Prairie Bitch”, no qual utilizou muito material que agora aparece no livro. Além de curiosidades sobre os bastidores de produção da série, Alison também fala sobre os momentos difíceis que viveu em sua vida com a família, bem como o sentimento de perda que teve quando seu melhor amigo, Steve Tracy, intérprete do marido de Nellie Oleson na série, morreu vítima de AIDS; fato este que a levou a participar mais ativamente de movimentos sociais e políticos.

Abaixo, entrevista de Alison no The Today Show realizada essa semana nos EUA.



Por: Fernanda Furquim


25/03/2010

às 21:05 \ Séries Anos 1970-1979

Os Pioneiros no TCM

Em 1974, Ed Friendly havia obtido os direitos de uma série de romances publicados por Laura Ingalls Wilder, em 1932, e estava à procura de uma rede para financiar um filme baseado nos livros. Imediatamente lembrou-se de Michael Landon, que acabara de sair de Bonanza e tinha conexões com a NBC. Landon ficou encantado com o roteiro, e sua filha, com os livros.

Procurando abordar os mesmos valores familiares de Bonanza, Little House on the Prairie contava sobre uma família de pioneiros que luta para se manter nas planícies do Kansas no período pós-guerra civil. O filme termina com a família partindo de sua casa devido a uma ordem do governo e deixou o público se perguntando sobre o destino dos Ingalls. Para responder a essa pergunta, foi criada uma série com o mesmo título e o mesmo elenco.

Na série, conhecida aqui como Os Pioneiros, os Ingalls se estabelecem em uma pequena cidade chamada Walnut Grove, em Minnesota, onde fazem diversos amigos, vencem obstáculos e emocionam o público com estórias dramáticas, tocantes, românticas ou cheias de aventura. À frente do empreendimento estava Michael Landon, que serviu como produtor executivo durante todas as nove temporadas, além de escrever e dirigir diversos episódios.

Charles Ingalls



O começo foi marcado por grandes desacordos criativos entre os dois produtores, pois enquanto Landon pensava em tratar principalmente da família, Friendly preferia manter-se fiel aos livros. Eventualmente, Friendly abandonou a série. Como Landon ficou no controle, pôde abordar temas polêmicos como vícios, racismo e elitismo. Mais tarde, em um livro intitulado Conversations with Michael Landon, o ator declarou que Friendly nunca estava presente e tentara sabotar a série.

Landon, ao contrário, tentava ao máximo ser meticuloso com os detalhes. Ele queria que os cenários e as pessoas refletissem com precisão o tempo dos pioneiros do século 19. Assim, ele pesquisou na história e procurou fotos de fazendas, escolas e igrejas para transformar as locações em Simi Valley, na Califórnia, em um retrato daquela época.

Caroline Ingalls



Landon também liderava o elenco como Charles Ingalls, um fazendeiro casado com Caroline, interpretada por Karen Grassle. O casal tinha sete filhos, quatro naturais e três adotados. Eles eram Mary (Melissa Sue Anderson), Carrie (Lindsay e Sidney Greenbush), Grace (Wendi e Brenda Turnbaugh), Cassandra (Missy Francis), James (Jason Bateman), Albert (Matthew Laborteaux) e Laura (Melissa Gilbert), personagem através do qual as estórias eram relatadas.





Enquanto os pais trabalhavam para prover o sustento da família, Mary, a filha mais velha e uma das meninas mais bonitas da cidade, se dedicava ao estudo e atraía a atenção dos garotos. Laura, a filha do meio, gostava de explorar, era destemida e não tinha medo de defender suas idéias, mesmo que isto significasse enfrentar os Olesons (Scottie MacGregor e Richard Bull) e sua terrível filha, Nellie (Alison Arngrim).


A verdadeira Laura Ingalls nasceu em 1867, no Wisconsin. Em 1868, Charles e Caroline se mudaram com Laura e Mary para as planícies do Kansas, onde a vida podia ser tanto divertida quanto difícil. Quando Laura já era uma mulher madura, ela começou a escrever um diário e, após conseguir uma editora, escreveu uma série de livros infantis abordando sua juventude na fronteira.

Ao logo das nove temporadas foram vários os personagens coadjuvantes, entre eles o Dr. Hiram Baker (Kevin Hagen), o Reverendo Robert Alden (Dabbs Greer) e Isaiah Edwards (Victor French, com quem Landon voltaria a contracenar na série O Homem Que Veio do Céu/Highway to Heaven). Vocês encontram uma lista completa do elenco na Little House Memories.

Dr. Hiram e Isaiah Edwards



Nesses nove anos de produção, as crianças cresceram e seus personagens evidentemente tiveram de se adaptar. Assim, Mary perdeu a visão e foi transferida para uma escola em Dakota, onde se apaixonou por seu professor, Adam Kendal (Linwood Boomer), também cego. Eles se casaram e tiveram um filho. Laura tornou-se professora em Walnut Grove e casou-se com Almanzo Wilder (Dean Butler), professor com quem teve uma filha. Na última temporada, Leslie Landon, filha de Michael Landon, entrou para a série como a nova professora, Etta Plum.

Com a maturidade dos personagens, Michael Landon começou a perder o interesse nos habitantes de Walnut Grove e estava mais preocupado com sua nova série, Father Murphy, estrelada por Merlin Olsen e Moses Gunn, que estreara em 1981. Ele então decidiu se afastar, mas para não desapontar o público, reformulou a série e a relançou em setembro de 1982 com o título de Little House on the Prairie: A New Beginning. Laura e seu marido tornaram-se protagonistas e receberam a companhia de John e Sarah Carter (Stan Ivar e Pamela Roylance), que se mudam para a antiga casa dos Ingalls com seus filhos Jeb (Lindsay Kennedy) e Jason (David Friedman). Porém, sem a família Ingalls original, a audiência decaiu e a série foi cancelada em março de 1983.

Como ela chegara ao fim sem uma conclusão, Michael Landon convenceu a NBC a fazer mais três filmes para colocar o ponto final na saga. O primeiro, A Look Back to Yesterday, foi apresentado em dezembro de 1983 e encerrou a estória de Albert Ingals. Em fevereiro de 1984, a NBC passou The Last Farewell , que mostrou a destruição de Walnut Grove (Michael Landon decidiu destruí-la, porque não queria que outras produções reutilizassem sua cidade). Embora esse tenha sido o último filme a ser produzido, a NBC ainda tinha outro que não havia sido apresentado. Bless All the Dear Children, rodado em 1983, encerrou Os Pioneiros com uma estória girando em torno do rapto da filha de Laura.

Ao lhe perguntarem sobre os valores de Os Pioneiros, Michael Landon declarou que “os principais valores da série são as pequenas coisas com as quais ninguém mais se importa, as necessidades básicas das pessoas e a dificuldade de supri-las naqueles tempos.”


Atenção: Os Pioneiros, a partir do dia 5 de abril no TCM, de segunda à sexta, às 13h, com reprise às 8h.

Texto: Marta Machado (a convite de Fernanda Furquim)

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados