Blogs e Colunistas

Medium

03/01/2011

às 11:25 \ Atores, Atores Convidados

David Arquette em Clínica de Reabilitação

A virada do ano foi decisiva para o ator David Arquette que se internou voluntariamente na Clínica Betty Ford para se tratar da dependência ao álcool e da depressão.

Desde outubro, quando foi anunciada sua separação de Courtney Cox, de “Cougar Town”, David vem sendo visto em bares e festas onde tem consumido uma grande quantidade de álcool. Em entrevistas, o ator chegou a comentar sua situação, revelando certa instabilidade emocional.

Segundo o site Radar Online, o ator foi visto festejando em um clube de striptease dias antes de tomar a decisão de se internar.

Em nota oficial divulgada através da revista People, os representantes do ator disseram que “ele está de coração partido e tem dificuldades de lidar com todas as mudanças que estão ocorrendo em sua vida. Todos seus demônios vieram à tona”. A atriz Courtney Cox também se pronunciou a respeito, dizendo amar e apoiar o marido.

O ator de 39 anos, conhecido por seus trabalhos no cinema, vinha fazendo participações especiais em séries de TV nos últimos anos. A mais recente é um episódio de “Medium“, ainda inédito, no qual interpreta Michael, o irmão de Allison, que por sua vez é interpretada por sua irmã na vida real, Patricia Arquette. Segundo a descrição do episódio divulgada pela CBS, David assume o personagem que foi de Ryan Hurst, o Opie de “Sons of Anarchy”.

O episódio “Only Half Lucky” irá ao ar nos EUA no dia 7 de janeiro, também contando com a participação especial de John Glover, de “Smallville”. A série “Medium” foi cancelada pela rede CBS mas ainda tem três episódios inéditos para serem exibidos.

Atriz Afirma que Medium Está Cancelada

A atriz Patricia Arquette declarou à revista EW que a rede CBS já decidiu o futuro de “Medium”: não haverá uma oitava temporada. A série deverá encerrar sua produção com a sétima temporada, que em outubro teve a encomenda de episódios reduzida de 22 para 13.

Desde então, a imprensa americana vem especulando o cancelamento da série, tendo em vista sua baixa audiência. A rede CBS ainda não confirmou a informação. No momento, a produção está preparando as filmagens dos dois últimos episódios encomendados.

Criada por Glenn Gordon Caron, a série estreou em 2005 pelo canal NBC, que exibiu as cinco primeiras temporadas, variando na audiência. A primeira teve 13.9 milhões de telespectadores; a segunda 11.2 milhões; a terceira 8.3 milhões; a quarta 10.47 milhões e a quinta 8.45 milhões, o que determinou seu cancelamento pela rede NBC.

Produzida pela CBS Studio, a série foi resgatada pelo canal CBS, que exibiu as duas últimas temporadas. No entanto, a audiência continuou caindo. A sexta temporada registrou cerca de 7.79 milhões de telespectadores. Mesmo assim, foi renovada para mais uma temporada, provavelmente para honrar a forma como foi resgatada. Confira a história aqui e aqui.

A sétima temporada registrou, nos primeiros oito episódios exibidos, cerca de 7.1 milhões de telespectadores, o que teria determinado seu final.

Adendo – No dia 18 de novembro, a rede CBS confirmou o cancelamento da série através da página oficial de “Medium” no Facebook, com uma nota escrita por Glenn Gordon Caron.

04/09/2010

às 18:58 \ Trailers

Vídeos Promos de Glee e Medium

Glee: No vídeo aparecem Dot Jones, Charice Pempegco e John Stamos. A série estreia sua segunda temporada no dia 21 de setembro nos EUA.

Medium estreia sua nova temporada no dia 24 de setembro nos EUA

12/02/2010

às 18:45 \ Opinião, Séries Anos 2000-2009

Séries Ameaçadas de Cancelamento

O jorrnal The Hollywood Reporter publicou hoje uma matéria que traz uma lista de séries que podem ou não serem canceladas de acordo com seus especialistas. A base de análise vai desde o desempenho junto à audiência, chegando ao custo x benefício e seu potencial junto ao mercado internacional e de reprises em canais regionais. Segue então a lista e os motivos apresentados pela publicação americana (com alguns pitacos meus):

“Heroes” – A série tem 60% de chances de ser renovada em função de seu desempenho no mercado internacional. No entanto, a NBC precisa de uma boa audiência em seu próprio território, em especial junto ao público alvo para o qual a série tem feito uma média muito baixa. Assim, em função de seu custo x audiência nacional, acredita-se que a série possa ser renovada para uma produção de 12 episódios que fechariam a história proposta.

“FlashForward” – Para o THR, a nova “Lost” tem 40% de chances de ser renovada; em minha opinião, em função do carnaval que fizeram em torno da produção, visto que seu custo x audiência não está compensando. A série estreou com 12 milhões e despencou para 7 milhões.

“V” – O remake da minissérie, e depois série, dos anos 80 tem 60% de chances de ser renovada. Segundo o THR, o motivo seria o fator escolha: ou se renova “V” ou se renova “FlashForward”, tendo em vista o custo x benefício x audiência. A primeira estreou com 14 milhões de média, mas foi caindo nos episódios seguintes, chegando a 9 milhões. A expectativa é a de que se recupere com os próximos episódios. Para os especialistas consultados pelo jornal, “V” tem um desenvolvimento de roteiro mais consistente o que lhe dá melhores chances de renovação.

“Mercy” - A série médica não vai bem na audiência americana chegando a uma média de 2 milhões de telespectadores por episódio. Segundo o THR, existem 25% de ser renovada; a série estaria ainda sendo mantida no ar em função dos problemas de preenchimento de grade da NBC que precisa de episódios inéditos de séries para colocar no ar, mesmo que signifique audiência baixa.

“24 Horas” – Para o THR a série tem 40% de chances de ser renovada. Em minha opinião, divulgada aqui, a série já atingiu seu limite de vida. A audiência americana se mantém em uma média de 10 milhões, o que é aceitável, mas não para uma produção cara como “24 Horas”, a qual não tem muitas chances de ter uma “carreira” nas reprises em canais regionais em função da sua obrigatoriedade de se assistir a todos os episódios para que se possa ter a história por completo (esse é um dos grandes problemas de produções seriadas atualmente, ao menos na TV aberta). Em função disso, teria sido dada a largada para uma produção de um filme para o cinema, o qual terá que mudar seu formato para “duas horas na vida de Jack Bauer” ou algo assim.

“Friday Night Lights” - Essa tem 5% de chances de ser renovada. Segundo as revistas EW e TV Guide, a série já teria sido cancelada pela NBC, que teria avisado a produção para finalizar a trama em sua quinta temporada, a qual irá ao ar em 2011 (mas será filmada entre abril e julho de 2010). Mas, a série já tinha sido considerada pelas publicações como cancelada após a segunda temporada. Aí, a NBC fez um acordo com a DirecTV que resgatou a produção. Agora, segundo seu produtor, a NBC estaria aguardando os resultados de audiência dos primeiros episódios para oficializar seu cancelamento ou renovação. Mas, como apontado pelo THR, é improvável que ganhe uma sexta temporada, já que pela rede NBC a série tem feito uma média de 4 milhões de telespectadores por temporada. A quarta temporada será exibida por força de contrato e pelos mesmos motivos apresentados para manter “Mercy” no ar.

“Life Unexpected” – A nova série do CW foi bem junto à crítica, mas seus números junto a audiência preocupam. Estreou com 2.8 milhões de telespectadores, mas os episódios seguintes registraram queda contínua.. Dos 13 episódios encomendados, já foram ao ar 4, sendo que este conquistou uma média de 2 milhões. O canal aguarda para ver se a queda na audiência continua ou se a série se estabiliza. Segundo os especialistas consultados pelo THR, a série tem 55% de chance de ser renovada.

“Melrose Place” - A série teria 5% de ser renovada. Está na mesma situação que “Friday Night Lights”, com a diferença que não tem o apoio da crítica. Estreou com 2.2 milhões de telespectadores, sendo que o último episódio exibido até o momento registrou uma média de 1.2. Segundo rumores, o canal já considerada a série como encerrada, mas a produção ainda não recebeu nenhuma ordem oficial de preparar o final da trama.

“Community” – A série que tem Chevy Chase no elenco tem 90% de chances de ser renovada. A audiência é um desastre; chega a uma média de 2.6 milhões, de acordo com o THR, já incluída a do DVR (pessoas que deixam o programa gravando para assistir depois). Mas segundo a publicação americana, a NBC gosta da série e deverá mantê-la no ar, independente do interesse do público. Na verdade, a NBC é um dos poucos canais que tradicionalmente dá suporte a uma sitcom, na expectativa de que um dia o público a descubra. Fizeram com “30 Rock” e pelo visto “Parks and Recreation” e “Community” entraram nessa lista. Visto ser uma sitcom (que já é mais barata que um drama), sem convidados especiais que sejam muito caros, a relação de custo x benefício parece servir. Sem mencionar o fato de que a NBC precisa de programas novos para preencher sua grade com a saída do talk show diário de Jay Leno do horário nobre. 

“Trauma” - Já está cancelada, a NBC só encomendou mais episódios para preencher a grade em função da saída de Jay Leno. Ela será exibida antes de “Chuck”, que tem uma boa base de fãs, mas dificilmente ganhará uma renovação em função de seu custo x audiência. 

“Numb3rs” – O ator David Krumholtz já está liberado pela produção e pelo canal CBS para buscar novos trabalhos…e encontrou. Ele está no elenco de um novo piloto. Caso a série seja renovada, a preferência é “Numb3rs”. Mas segundo o THR, as chances de renovação são de 20%, embora sua audiência ainda esteja na casa dos 9 milhões de telespectadores. No entanto, o fato do canal ter reduzido o número de episódios encomendados para esta temporada e a presença do ator em outro piloto, podem significar o cancelamento da série.

“Medium” - Segundo o THR, a série tem 65% de chances de ser renovada. Sua base de fãs é boa, aliada ao fato de que a CBS resgatou a série do cancelamento da NBC, seria estranho que agora eles cancelem tendo apenas uma temporada produzida pela CBS. A série saiu da NBC com uma média de 7 milhões de telespectadores na quinta temporada. A sexta, até o momento, mantém uma média de 8 milhões.

“Accidentally on Purpose” - Segundo o THR, a série tem 50% de chances de ser renovada. A sitcom está mantendo uma média de 8 milhões de telespectadores até o momento. Sem ter uma grande premissa ou desenvolvimento de roteiro, nem mesmo uma grande estrela (Jenna Elfman não é  um nome tão forte assim), a série poderá ser renovada em função de seu custo x benefício e potencial junto a audiência, visto que 8 milhões está mais perto do almejado 10 milhões (a média para se manter no ar) do que estaria se fossem 6 milhões. Segundo o THR, a audiência dos próximos episódios definirá o destino da série.

“The Deep End” - Só se mantém no ar em função da falta do que colocar no lugar. A série tem 5% de chances de ser renovada.

“The New Adventures of Old Christine” - A série já entrou tantas vezes na lista de cancelamento e foi renovada que o THR não se arrisca a prever seu futuro. Apesar da trama e desenvolvimento fraco a série tem um nome forte, Julia Louis-Dreyfuss, que atrai o interesse da mídia. As 3 primeira temporadas tiveram um desempenho melhor, chegando a 10 milhões (no limite) para justificar sua renovação. Mas, a quarta temporada despencou para 7 milhões de telespectadores, e mesmo assim ganhou uma nova chance. A atual se manteve em 7 milhões até a exibição do episódio 11; o 12 e o 13 despencou para uma média de 6 milhões, mas o episódio 14 (último exibido até agora), elevou a audiência para uma média de 8 milhões. Então a CBS deve estar aguardando para ver os próximos como ficam.

“Gary Unmarried” - A série está na mesma situação que “The New Adventures of Old Christine”, foi renovada para uma segunda temporada mesmo registrando uma audiência de 7 milhões. Mas seu custo x benefício justificava a nova chance. No entanto, ela mantém a audiência média de 7 milhões. Então vai depender dos interesses internos do canal se renova ou não a série.

“Smallville” – Segundo THR a série tem 85% de ganhar uma décima temporada. As 8 primeiras temporadas teve uma audiência média de 4 milhões de telespectadores. É provável que o canal tenha jogado a série para as noites de sextas para justificar seu cancelamento, visto que este é tradicionalmente um dia de baixa audiência, mas, ocorreu o contrário. Talvez eles não tenham levado em consideração o público adulto, que fica em casa enquanto os jovens saem para a balada. O fato de terem intensificado a presença de heróis dos quadrinhos também ajudou. Segundo rumores, o canal já estaria negociando a renovação da série.

“Supernatural” – Também teria 85% de chances de ser renovada e, segundo rumores, as negociações já estariam sendo feitas. A questão é que os produtores disseram ter planejado cinco anos; se renovada para uma sexta temporada, terão que dar um novo rumo aos personagens.

“Cold Case” - Esta é uma série que durante suas seis primeiras temporadas conseguiu ultrapassar a média de audiência dos 10 milhões de telespectadores. A audiência baixou para 9 milhões (até o momento), mesmo tendo como concorrente a cancelada “Three Rivers”. A CBS deve estar aguardando para ver se a série fecha a temporada com os 10 milhões necessários. Segundo THR, ela tem 50% de chances de ser renovada.

“Human Target” - Na minha opinião, a série está sendo produzida com o intuito de substituir “24 Horas”. Mas para tanto precisa angariar público antes que Jack Bauer saia do ar. Segundo o THR, ela tem 55% de chances de ser renovada. Acredita-se que a Fox esteja esperando que a série estabilize sua audiência, mesmo porque, se é para substituir Jack, se for cancelada eles não tem outra para por no lugar, caso “24 Horas” também seja. Até o segundo episódio exibido sua média foi de 10 milhões, mas a partir do terceiro começou a baixar; sendo que o quinto teve uma leve recuperada.

“Fringe” - Segundo o THR a série tem 90% de chances de ser renovada. Sua audiência continua instável e abaixo dos 10 milhões, mas existem interesses internos que mantém a série de J. J. Abrams no ar.

“The Forgotten” - Segundo o THR, a série tem 35% de chances de ser renovada. Já foram exibidos 11 episódios até o momento. Tendo estreado com 9 milhões, foi baixando gradualmente, e agora está na faixa dos 4 milhões. Ao meu ver, apesar da baixa audiência, a série tem prestado um serviço social que pode ser interessante para o canal ABC. Segundo o noticiário americano, após a exibição de cada episódio, é feito chamadas estimulando o telespectador que tenha ou conheça alguém que tenha um parente ou amigo desaparecido, que procure os órgãos competentes para que a identificação de corpos possa ser feita. Ao que tudo indica, as chamadas têm dado resultado.

Better Off Ted”  e “Scrubs” - Segundo o THR, as duas têm 5% de chances (cada uma) de serem renovadas. A audiência de “Better Off Ted” em sua primeira temporada não justificava sua renovação, ainda assim, ganhou uma nova chance, algo que provavelmente a ABC não dará de novo. Mesmo porque, a atriz Andrea Anders foi liberada para entrar no elenco de um novo piloto. Já “Scrubs”, foi resgatada pela ABC do cancelamento da NBC, na qual estava registrando uma média de 6 milhões na audiência. Mas a série não melhorou seu desempenho na ABC, com 5 milhões em média na oitava e, até o momento, 3 milhões na nona. Dificilmente ganhará nova chance.

“Chuck” – Segundo os especialistas do THR, a série tem 75% de chances de ser renovada. Tendo sido salva pelos fãs, a produção está registrando uma das maiores audiência do canal nas noites de segunda-feira. No entanto, seu desempenho médio se mantém na casa dos 7 milhões, mesmo número que tinha quando foi cancelada pela primeira vez.

Outras séries ameaçadas de cancelamento são “Brothers”, “‘Til Death” e “90210″.


Por: Fernanda Furquim

16/10/2009

às 13:54 \ Atores Convidados

Atores Convidados de Supernatural, Medium e Numb3rs

Lembram do ator Chad Everett de “Centro Médico/Medical Center” nos anos 60? Ao longo das décadas ele ainda fez várias participações em séries e minisséries. A mais recente é esta, de “Supernatural”. Ele está no episódio “The Curious Case of Dean Winchester”, que vai ao ar nos EUA no dia 29 de outubro. Na história, uma bruxa organiza jogos de pôquer nos quais as pessoas apostam anos de suas vidas em troca de dinheiro. Everett é o primeiro na foto, à esquerda.

O ator Fisher Stevens, que ficou conhecido entre os fãs de séries por “Edição de Amanhã/Early Edition” e visto em “Lost”, é o convidado especial do episódio de “Medium” desta noite nos EUA. Na história, Allison vê misteriosos símbolos em seus sonhos. Eles poderão ser pistas para a captura de um assassino em série, ou simplesmente resultado da cirurgia à qual submeteu-se. Fisher interpreta Neal Greybridge.

Adam Goldberg, de “The Unusuals” e convidado em várias séries de TV, faz participação no episódio de “Numb3rs”, que vai ao ar esta noite nos EUA. Com o título de “Where Credit’s Due”, a história gira em torno das investigações de assassinatos que são feitos a partir de cenas de um filme que ainda não estreou nos cinemas.

Atualização de Séries e Atores

My Own Worst Enemy - James Cromwell entrou para o elenco da série estrelada por Christian Slater e Madchen Amick, com estréia prevista para a próxima temporada. Cromwell será o chefe de uma organização secreta do governo. Recentemente ele foi visto em “24 Horas” na qual interpretou o pai de Jack Bauer.

Medium – A atriz Blythe Danner fará participação na série, segundo Michael Ausiello colunista da EW. Danner é mãe da atriz Gwyneth Paltrow, e esteve em “Huff”.

Burn Notice - M.C. Gainey, o Mr. Friendly de “Lost”, faz participação em um episódio da série. Já Michael Shanks, de “Stargate SG1″, entra para o elenco regular de “Burn Notice”, interpretando Victor, um espião que encontra-se na mesma situação que Michael (Jeffrey Donavan).

The Starter Wife - A minisérie transformada em série de TV, com previsão de estréia na próxima temporada, terá Eddie Cibrian, de “Ugly Betty”, em participação de três episódios. Ele interpreta um detetive que investiga Molly (Debra Messing). A história gira em torno de uma mulher divorciada que perde sua fortuna e agora precisa dar a volta por cima.

Heroes - Dana Davis, a Mônica, não estará no elenco da terceira temporada da série. A idéia é resgatar a relação dos heróis originais com o público, criada na primeira temporada e perdida na segunda.

Cynthia Nixon - A Miranda de “Sex and the City” entrou para o elenco da produção inglesa “An Englishman in New York”, para o canal ITV1. Ela interpreta uma autora teatral chamada Penny Arcade. No elenco também estão John Hurt e Swoosie Kurtz, de “Pushing Daisies”.

Jerry Seinfeld - O comediante assinou contrato com a Microsoft para divulgar o sistema operacional da Vista. Ele deverá utilizar uma variação do slogan “Windows, not Walls” da empresa. A empresa espera repetir o sucesso da campanha American Express que o Seinfeld estrelou na época que atuava e produzida “Seinfeld”. O objetivo é criar uma relação afetiva e positiva para o público visto que o produto da Microsoft não tem sido bem recebido a ponto de ter ganho várias críticas por parte da imprensa. Tarefa difícil: dar valor a um produto cheio de problemas!

Angie Harmon - A atriz de 36 anos recentemente vista em “Women´s Murder Club” anunciou estar grávida de seu terceiro filho. Ela é casada com Jason Sehorn, ex-jogador de futebol americano. Os dois estão casados desde 2001 e já tem duas filhas: Finley, de 4 anos, e Avery, de 3 anos.

08/01/2008

às 12:26 \ Atores Convidados, Séries Anos 2000-2009

Angelica Huston em Medium


A série “Medium”, de Glenn Gordon Carol, passa por uma nova fase com suas mudanças de rumo e a inclusão de uma nova personagem a ser interpretada pela atriz Angelica Huston. Sua participação está restrita a seis episódios desta quarta temporada.

Nos últimos episódios, Allison (Patricia Arquette) tem seus poderes de médium revelados à comunidade que não reage muito bem a essa nova informação. Ela é dispensada de seu trabalho junto à promotoria, seu marido (Jake Weber) perde o emprego, e a família começa a passar por dificuldades financeiras. Seu colega de trabalho, o policial Lee Scanlon (David Cubitt) é transferido de setor e passa a dar palestras de segurança em escolas.

No episódio que introduz Huston no elenco, Allison vê flashes a respeito do seqüestro de um garoto em uma loja de brinquedos. A polícia não dá atenção a ela e, por isso, a médium entra em contato com uma detetive particular, Cynthia Keener (Angelica Huston), que, a princípio, não acredita nos poderes de Allison.

Abaixo, trecho de entrevista com a verdadeira Allison DuBois, interpretada na série por Patricia Arquette

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados