Blogs e Colunistas

I Just Want My Pants Back

MTV cancela ‘I Just Want My Pants Back’

O canal MTV cancelou I Just Want My Pants Back, não renovando a série para sua segunda temporada. Segundo o Variety, os produtores estão oferecendo a série para outros canais.

I Just Want My Pants Back é uma adaptação de David Rosen de sua própria obra. Com uma temporada de doze episódios, a série teve pré-estreia nos EUA em agosto de 2011, logo após o MTV Music Awards, conquistando a média de 5.1 milhões de telespectadores. Ao longo da exibição de sua temporada, ela manteve a média 1.8 milhões de telespectadores ao vivo, com 1.3% entre o público alvo.

Originalmente oferecido à rede NBC, o projeto foi anunciado em agosto de 2010, mas a série somente foi encomendada em janeiro de 2011.

Na história Jason (Peter Vack) é um jovem recém formado que sonha em se tornar jornalista da área de música. Enquanto isso, trabalha em uma agência de talentos. Frequentando a vida noturna de Nova Iorque, álcool e sexo fazem parte de sua rotina. O título (Eu só quero minhas calças de volta) refere-se a uma situação vivida por Jason. Após passar uma noite com ele, Jane, uma completa desconhecida, vai embora usando suas calças favoritas. Assim, ele passa por diversas situações para tentar localizar a mulher por quem se apaixonou e as calças que ele adora. Nesse meio tempo, envolve-se com os problemas pessoais de seus amigos.

Em nota oficial, representantes da MTV disseram ter orgulho da série mas, visto que a renovação depende de vários fatores, eles decidiram cancelar a produção. Um desses fatores é a necessidade do canal de abrir espaço em sua grade de programação para a estreia de outras produções, já aprovadas pela MTV. Entre elas, a versão americana de Inbetweeners, Underemployed, Zach Stone is Gonna Be Famous e as novas temporadas de Awkward e Teen Wolf.

25/08/2011

às 17:30 \ Séries Anos 2010-2019

I Just Want My Pants Back e Whitney Terão Pré-Estreias

Peter Vack em "I Just Want My Pants Back"

I Just Want My Pants Back” terá seu episódio piloto exibido no próximo domingo, dia 28 de agosto, pela MTV americana. Originalmente oferecido à rede NBC, o projeto foi anunciado em agosto de 2010, mas a série somente foi encomendada em janeiro de 2011. Com 12 episódios produzidos para a primeira temporada, a série é uma adaptação de David Rosen do seu livro, publicado nos EUA em 2007.

Jason (Peter Vack) é um jovem recém formado que sonha em se tornar jornalista da área de música. Enquanto isso, trabalha em uma agência de talentos. Frequentando a vida noturna de Nova Iorque, álcool e sexo fazem parte de sua rotina.

O título (Eu só quero minhas calças de volta) refere-se a uma situação vivida por Jason. Após passar uma noite com ele, Jane, uma completa desconhecida, vai embora usando suas calças favoritas. Assim, ele passa por diversas situações para tentar localizar a mulher por quem se apaixonou e as calças que ele adora.

Nesse meio tempo, envolve-se com os problemas pessoais de seus amigos: Tina (Kim Shaw), sua melhor amiga; o casal Eric (Jordan Carlos) e Stacey (Elisabeth Hower); Bobby (Sunkrish Bala), proprietário de uma bodega; e J.B. (Chris Parnell, em participações especiais), o chefe maluco de Jason na agência.

A série terá a contribuição do grupo Wavves, que na pré-estreia fará o lançamento mundial de sua nova canção, “I Wanna Meet Dave Grohl”. Segundo divulgado pelo canal, o grupo lançará cerca de 20 canções originais ao longo da série. A MTV já utilizou duas músicas da banda para divulgar a série “Awkward”.

A estreia oficial de “I Just Want My Pants Back” será em janeiro de 2012.

Já “Whitney“, nova série do canal NBC, terá seu episódio piloto disponibilizado através do Video On Demand a partir do dia 15 de setembro, uma semana antes de sua estreia, prevista para o dia 22, nos EUA. Segundo o canal, o objetivo é gerar comentários em torno da sitcom criada e estrelada por Whitney Cummings.

Parece que esta é a terceira vez que o canal opta por essa ação para promover a estreia de uma série. Em 2006, o piloto de “Heroes” foi disponibilizado no Yahoo antes de sua estreia na TV; e em 2009, o primeiro episódio de “Community” podia ser assistido pelo Facebook, antes da série iniciar carreira na TV.

‘Whitney” é uma sitcom tradicional (com a presença de um público), que gira em torno do casal formado por Whitney e Alex (Chris D’Elia, de “Glory Daze”), que precisa lidar com as dificuldades que surgem no dia a dia.

Entre seus amigos estão dois outros casais que têm pontos de vista diferentes sobre como deve ser um relacionamento. Os românticos Lily (Zoe Lister-Jones) e Neal (Maulik Pancholy, de “30 Rock”) acreditam que todo mundo deveria encontrar alguém e se casar; já os divorciados Mark (Daniel G. O’Brien) e Roxanne (Rhea Seehorn, de “Head Cases”) pensam o contrário: ninguém deveria sequer cogitar esta possibilidade.

Mas um dos maiores problemas do casal é a mãe de Whitney, Patti Morris (Jane Kaczmarek, de “Malcolm” e “Raising the Bar”). Divorciada três vezes, a mulher não vê problemas em dizer o que pensa sobre o casamento.

17/01/2011

às 17:39 \ Séries Anos 2010-2019, Versão Televisiva

I Just Want My Pants Back, Nova Série da MTV

O canal americano encomendou a produção da série, que tem como base o livro de David Rosen, publicado em 2007 .

I Just Want My Pants Back” terá adaptação do próprio autor, com produção de Doug Liman (do filme “A Identidade Bourne”), Dave Bartis (The O.C.) e Gene Klein pela Hypnotic em parceria com a Universal Cable Productions. Foram encomendados 12 episódios de meia-hora para a primeira temporada.

Jason (Peter Vack) é um jovem recém formado que  trabalha em uma agência de talentos. Frequentando a vida noturna de Nova Iorque, álcool e sexo fazem parte de sua rotina.

O título (Eu só quero minhas calças de volta) refere-se a uma situação vivida por Jason. Após passar uma noite com ele, Jane, uma completa desconhecida, vai embora usando suas calças favoritas. Assim, ele passa por diversas situações para tentar localizar a mulher por quem se apaixonou e as calças que ele adora.

Nesse meio tempo, envolve-se com os problemas pessoais de seus amigos: Tina (Kim Shaw), sua melhor amiga; o casal Eric (Jordan Carlos) e Stacey (Elisabeth Hower); Bobby (Sunkrish Bala), proprietário de uma bodega; e J.B. (Chris Parnell, em participações especiais), o chefe maluco de Jason na agência.

Originalmente oferecido ao canal NBC, o projeto foi parar na MTV, que aprovou a produção do episódio piloto em agosto de 2010.

Abaixo, vídeo produzido para divulgar o lançamento do livro:

14/08/2010

às 11:32 \ Pilotos de Séries, Remakes

Novos Projetos e Pilotos

Os canais a cabo e abertos estão com novos projetos ‘entrando no forno’; tem minissérie e séries, algumas com os roteiros ou pilotos encomendados, outras são remakes.

O primeiro deles é a comédia “Brave New World“, que estava sendo disputado pelos canais NBC e Fox. Criado por Peter Tolan, de “Rescue Me”, com produção da Sony, o projeto acabou ficando com a NBC.

Nos EUA existem instituições especializadas em recriar ambientes históricos, nos quais funcionários interpretam pessoas que viveram na época retratada, submetendo-se ao estilo e qualidade de vida do período. Os ambientes retratados são uma espécie de museu vivos que podem ser do velho oeste, da Roma antiga, ou até mesmo de filmes. A proposta da série “Brave New World” é apresentar o cotidiano de um grupo de funcionários que trabalha para uma dessas instituições, retratando o estilo de vida dos pioneiros que colonizaram os EUA.

O canal também está desenvolvendo o projeto de Austin Winsberg batizado com o título de “Zombies vs. Vampires“, que deverá ter a produção da Warner Brothers em parceria com a Wonderland, empresa do produtor McG, de “Human Target”.

Poucas informações foram divulgadas sobre o projeto. O que se sabe até agora é que a história é estrelada por dois policiais, um humano e um vampiro, que mantém sua condição em segredo. A dupla faz parte de um esquadrão da polícia formado com o único objetivo de manter sob vigilância as comunidades zumbis que fazem parte da sociedade.

Alguns jornalistas americanos acreditam que a história possa seguir a linha dos filmes “MIB – Homens de Preto”. De qualquer forma, poucos acreditam (ou esperam) que o projeto chegue ‘a ver a luz do dia’.

Pela CBS, está em pré-produção o piloto de um drama médico ainda sem título, criado por Rina Mimoun, de “Privileged”. Produzido pela Warner Brothers, a história é centralizada na vida de uma mulher que se reconcilia com seus filhos, já adultos, quando começa a trabalhar na clínica da família.

Já o canal ABC tem um projeto de adaptar para a cultura americana a série inglesa “Spooks“, também conhecida como “MI-5″. Por enquanto, o projeto está na fase de adaptação de roteiro, o qual é assinado por Michael Seitzman.

Criada por David Wolstencroft, a série gira em torno de um grupo de agentes especiais que trabalham para o governo britânico, protegendo o país de ataques terroristas. A série teve início em 2002 e está atualmente em sua nona temporada, que ainda não tem previsão de estreia. O sucesso da série gerou a produção de uma spinoff, que recebeu o título de “Spooks: Code 9″. Com apenas dois episódios exibidos em 2008, a produção foi cancelada.

Outra produção que teve o piloto encomendado é “I Just Want My Pants Back“, com base no livro de David Rosen. Originalmente oferecido à rede NBC, a adaptação está a cargo de Doug Liman e Dave Bartis, pela Hypnotic em parceria com a Universal Cable Productions para a MTV.

A dramédia gira em torno de Jason Strider, um jovem de vinte e poucos anos, e a sua relação com amigos vivendo as etapas do início da vida adulta. No livro, Jason é um jovem recém formado que se muda para Nova Iorque onde trabalha como atendente no SAC de uma empresa, frequentando a vida noturna da cidade. Álcool e sexo fazem parte de sua rotina até que os problemas de seus amigos começam a tomar conta de sua vida. Patty, sua vizinha, está com câncer terminal enquanto seus amigos começam a constituir famílias, trazendo com eles os problemas inerentes dessa fase. Aos poucos, Jason passa a questionar o significado de sua vida.

Pelo canal AMC entrou o projeto de “Pushers“, de Neal Baer, de “Law & Order: SVU”, Michael Curtis e Roger Shulman. A trama gira em torno da indústria farmacêutica. Por enquanto ainda não foi encomendada produção de um piloto, mas se a série vingar, poderá cumprir a tarefa à qual Tim Robbins tinha se proposto fazer com “Possible Side Effects“, projeto oferecido ao Showtime e que foi engavetado. Sem dúvida, o AMC tem melhores condições de desenvolver esse tipo de proposta.

Pelo canal SyFy está em desenvolvimento o novo projeto de Bryan Fuller, de “Pushing Daisies” e “Dead Like Me”. Trata-se de “The Lotus Caves“, série com base no livro de John Christopher. A adaptação está a cargo de Fuller e de Jim Grey.

A história é situada no ano de 2068, época em que a humanidade vive em colônias lunares, protegidos por imensos domos que mantém um meio ambiente artificial. Vivendo sob regras rígidas, pelas quais nada pode ser desperdiçado, a humanidade parece viver uma existência tediosa.

Marty é um jovem adolescente que nasceu na Lua, sem nunca ter visto a Terra. Rebelde, Marty e seu amigo, Steve, buscam diferentes maneiras de acabar com o tédio. Uma delas é aventurarem-se para fora do domo onde existem cavernas habitadas por uma raça alienígena. Escrito em 1968, ano em que a humanidade preparava-se para chegar à lua, o livro traz uma história situada 100 anos depois.

Esta é a segunda tentativa de adaptar o livro de John Christopher. Desde 2007 a Walden Media tem um projeto de levar a história para o cinema. Com roteiro de Lee Sternthal e Brian Klugman, sobrinho de Jack Klugman e roteirista de “Tron: Legacy”, o filme ainda está em desenvolvimento com direção de Rpin Suwannath para um possível lançamento entre 2011 e 2012.

Pelo canal Starz existe o projeto criado por Neal McDonough, ator visto em “Desperate Housewives” e em “Band of Brothers”. Trata-se de “Vigilante Priest“, série dramática que deverá ser produzida e estrelada por ele. O roteiro está a cargo de Neal em parceria com Walon Green, de “Lei & Ordem”, com direção de John Avnet. A história gira em torno de um ex-policial que se torna padre, assumindo a responsabilidade de ‘limpar a cidade de Los Angeles de seus pecadores’.

Católico praticante, casado, pai de três filhos, Neal McDonough é conhecido em Hollywood por ser um ator que se recusa a fazer cenas de sexo. No início desse ano, ele foi manchete nos jornais americanos quando deixou o elenco de “Scoundrels“, série que estreou em junho pela ABC. O motivo da saída do ator foi sua recusa em fazer cenas de sexo com Virginia Madsen, atriz que interpretava sua esposa na história. Neal foi substituído por David James Elliott, de “JAG”.

Na linha remakes, a Warner Brothers Television tem um novo projeto de produzir uma versão moderna de “CHiPs“, série criada por Rick Rosner que foi um grande sucesso de audiência dos anos 70, estrelada por Erik Estrada e Larry Wilcox.

Dessa vez, a adaptação está a cargo de Nicolas Falacci e Cheryl Heuton, ambos de “Numb3rs”, com produção de Topher Grace, ator de “That 70′s Show”, em parceria com Gordon Kaywin. Por enquanto o remake é apenas um projeto, não tendo ainda canais interessados ou piloto encomendado.

Esta é a segunda vez que se fala em um remake da série. A primeira foi em 2002, quando a NBC chegou a encomendar um roteiro, escrito por Natalie Chaidez. Mas o canal não gostou do resultado, encomendando um novo roteiro, desta vez assinado por Martin Kunert e Eric Manes. O roteiro foi novamente rejeitado e o projeto engavetado. Em 2005 falava-se de uma versão para o cinema, com Wilmer Valderrama assumindo o lugar de Erik Estrada.

A produção original era uma série de aventura leve. Tratava-se do dia a dia de patrulheiros das ruas de Los Angeles que enfrentavam motoristas estressados e imprudentes, resultando em acidentes. Os patrulheiros também se deparavam com assaltos e situações bizarras que podem ocorrer no trânsito.

Na HBO estão em desenvolvimento mais dois projetos de séries. “Keys to the City” e “The Three Weissmanns of Westport“. O primeiro tem roteiro assinado por William Monahan, com base no livro de Joel Kostman, sobre um chaveiro que vive em Nova Iorque. O livro traz uma série de contos com esse personagem, desenvolvendo histórias em torno de seus clientes.

O segundo projeto tem como base o livro de  Cathleen Schine, com adaptação de Jenny Lumet, filha de Sidney Lumet.  A história gira em torno de uma mulher que se divorcia após 48 anos de casada.

Na Inglaterra, Gillian Anderson, de “Arquivo X”, Richard E. Grant, Mark Gatiss, roteirista de “Sherlock”, Romola Garai e Chris O’Dowd, de “The It Crowd”, estrelam a nova minissérie da BBC, “The Crimson Petal and the White“, com base no livro de Michael Faber. A adaptação é assinada por Lucinda Coxon, com quatro episódios encomendados.

Situada no período vitoriano, a história apresenta os irmãos Rackham, William e Henry. O primeiro é um jovem casado com Agnes, uma mulher louca e manipuladora; buscando aventuras, ele se envolve com Sugar, uma ambiciosa prostituta. O segundo é um solteiro, apaixonado por Emmeline, uma viúva que tenta ajudar as mulheres que vivem da prostituição.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados