Blogs e Colunistas

Blonde – A História de Marilyn Monroe

27/09/2010

às 13:56 \ Minisséries, Séries Canadá

Estreias de Hoje no Brasil

Uma série e duas minisséries estreiam no Brasil pela TV a cabo, sendo que uma delas é reprise. O AXN estreou às 6h da manhã, com reprise às 9h, a série canadense “The Border”. O horário sugere que a produção é tapa buraco na programação do canal. Pelo Eurochannel, temos a minissérie “A Guerra Acabou” e o GNT reprisa “Blonde, a História de Marilyn Monroe”.

The Border

Criada por Jerremy Hole, Janet MacLean, Peter Raymont e Lindalee Tracy, a série foi exibida pelo canal CBC, no Canadá, entre 2008 e 2010. A história gira em torno do cotidiano do Departamento de Migração do país. A ideia surgiu do documentário “The Undefended Border”, produzido em 2002, por Raymont e sua esposa, Lindalee, já falecida, sobre o trabalho de agentes de segurança na fronteira do Canadá.

Na série, a equipe é chefiada pelo Major Mike Kessler (James McGowan), homem totalmente dedicado ao trabalho, que vive uma relação de conflito com a filha, Zoe (), uma ativista que luta contra a globalização. No trabalho, Kessler enfrenta o patriotismo da Agente Especial Bianca LaGarda (Sofia Milo), chefe da Segurança Interna dos EUA, com quem ele é obrigado a colaborar.

Entre os membros sob o comando do Major estão o Sargento Gray Jackson (Graham Abbey), que se tornou uma lenda ao prender seis traficantes utilizando um spray de pimenta; Layla Hourani (Nazneen Contractor), asiática, recém transferida para o Departamento, tenta provar seu valor constantemente; Superintendente Maggie Norton (Catherine Disher), que, apesar de ser extremamente hábil na realização de interrogatórios, é uma desgraça empunhando uma arma; o Agente Andrew Mannering (Nigel Bennett), um homem com uma visão simples da vida, na qual o mundo é dividido entre o bem e o mal; e agente Heironymous Slade (Jonas Chernick), responsável pela área eletrônica do departamento. Vigiando satélites, Slade é anti-social e obsessivo-compulsivo.

A equipe mantém constantes contatos com o Sargento Al Lepinsky (Mark Wilson), conhecido como Moose, agente de ligação entre o Departamento de Imigração e a polícia de Toronto. Trata-se de um agente obstinado, leal, incorruptível e detentor do recorde de casos solucionados da polícia de Toronto. Seu colega de trabalho é o Inspetor Darnell Williams (Jim Codrington), ex-agente do Serviço de Inteligência, com PhD em Relações Internacionais, capaz de lembrar, de memória, informações sobre todas as organizações terroristas e criminosas que já tenham sido identificadas.

Todos os trabalhos são subordinados à Ministra Suzanne Fleischer (Alberta Watson), antiga paixão de Kessler. A atriz Grace Park, de “Battlestar Galactica” e atualmente no remake de “Havaí 5-0″, entrou para o elenco da série durante a segunda temporada interpretando a agente de segurança Liz Carver.

Com histórias inspiradas em casos reais, a série aborda temáticas como o combate ao terrorismo, à imigração ilegal, tráfico de drogas, armas e pessoas, e relações internacionais, entre outras. Criticada pela forma ficcional como desenvolveu a relação entre o Departamento e as Agências de Inteligência do país, a série chegou a ser comparada a “24 Horas”.

A produção teve três temporadas com um total de 38 episódios. A série foi cancelada em 2010 para que o canal CBC pudesse abrir espaço em sua grade de programação para outras produções canadenses. Esta é uma prática comum na TV local, que sofre forte influência da programação americana. Assim sendo, sobra pouco espaço na grade para as produções nacionais. Quando surge uma nova série com maior potencial de audiência, os canais precisam cancelar aquelas que já têm um tempo maior de vida e não conseguem mais elevar sua audiência.

A Guerra Acabou

Trata-se da produção italiana “La Guerra è Finita”, de 2002. A minissérie é dividida em dois episódios narrando a história de dois homens apaixonados pela mesma mulher, que têm suas vidas alteradas pela guerra.

Situada em 1940, durante o governo de Mussolini, a história apresenta Claudio (Alessandro Gassman), Giulia (Barbora Bobulova) e Ettore (Beppe Fiorello), três amigos universitários, criados sob o regime fascista, que são obrigados a seguir rumos diferentes daqueles que planejavam quando o país envolve-se na 2ª Guerra Mundial.

Os dois jovens, ambos apaixonados por Giulia, são enviados aos campos de batalha. Mas, antes de partir, Cláudio passa uma noite com Giulia. Grávida, a jovem é enviada pela família para o interior, onde conhece um professor antifascista. Na guerra, Cláudio é ferido e perde a memória. Assumindo a identidade de outro, ele se une às tropas italianas na Rússia. Enquanto isso, Ettore, ferido em batalha, volta para casa após a assinatura do armistício. Reencontrando Giulia, os dois unem-se à guerrilha para lutar contra o fascismo, que tem como principal alvo o pai de Claudio, um dos líderes do partido.

Os dois episódios da minissérie serão exibidos como telefilme pelo Eurochannel, hoje  às 16h.

Blonde, a História de Marilyn Monroe

O canal GNT reprisa a partir de hoje, às 20h, a minissérie sobre a vida de Marilyn Monroe, interpretada por Poppy Montgomery, de “Without a Trace”, em quatro episódios.

A produção tem como base o livro “Blonde: a Novel”, de Joyce Carol Oates, de 2000, no qual a escritora apresenta, de forma ficcional, a vida da atriz Marilyn Monroe desde sua infância até sua morte. Utilizando referências como o atleta, o escritor e o presidente para se referir a Joe DiMaggio, Arthur Miller e John F. Kennedy, a autora produziu um livro considerado pela crítica da época como o mais apurado sobre os detalhes que levaram Norma Jean a se tornar um estrela solitária em Hollywood.

Estruturado como um livro de mistério e não como uma biografia, “Blonde: The Novel” tem cerca de 700 páginas, dividida em cinco partes: a infância no orfanato e em lares adotivos; o início da carreira artística quando Marilyn submeteu-se a favores sexuais agradando os chefes dos estúdios que a tratavam como uma ignorante; os casamentos de Marilyn e sua carência afetiva; os problemas de saúde que envolvem uma personalidade esquizofrênica, instabilidade emocional e dependência a drogas; e sua relação com John F. Kennedy.

Adaptado em 2001 para o formato minissérie para a CBS, a produção foi filmada na Austrália ao longo de dois meses e meio, com roteiro de Joyce Eliason e direção de Joyce Chopra. A produção é da Fireworks Entertainment em parceria com a Robert Greenwald Productions. Além de Poppy, também estão no elenco os atores Patricia Richardson, de “Gente Pra Frente”, Patrick Dempsey, de “Grey’s Anatomy”, Griffin Dunne, de “Trust Me”, Titus Welliver, de “The Good Wife”, Skye McCole Bartusiak, Ann-Margret e Kirstie Alley, de “Veronica’s Closet”, entre outros.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados