Blogs e Colunistas

BBC

12/06/2013

às 10:00 \ Curiosidades, Documentários

BBC prepara documentário sobre a ficção científica na cultura popular

O canal BBC2 anunciou esta manhã a encomenda de My God, It’s Full Of Stars: A Journey To The Edge Of Science Fiction um documentário dividido em quatro episódios que pretende apresentar a história da ficção científica na cultura popular. O programa será coproduzido com a BBC America.

O documentário mostrará o impacto que o gênero teve na literatura, no cinema e na televisão. Cada episódio será dedicado a um tema. O primeiro tratará de viagens no tempo, o segundo apresentará as viagens espaciais, o terceiro apresentará o universo dos robôs, andróides e inteligência atificial, e o último episódio cobrirá as histórias sobre alienígenas.

O programa contará com entrevistas de cineastas, roteiristas, atores e artistas gráficos que ajudaram a definir o gênero.

Por curiosidade, em 1993 o Channel 4 chegou a produzir um documentário que tinha o mesmo objetivo. Com o título de Brave New Worlds: The Science Fiction Phenomenon, o programa apresentou entrevistas com diversos nomes importantes do meio.

Em  1997, a TV americana exibiu um documentário sobre a trajetória do gênero na TV produzido pela TV Guide. O programa TV Guide Looks at Science Fiction foi apresentado por William Shatner e ficou restrito às séries de ficção científica americanas.

Ao longo dos anos, outros documentários sobre o gênero foram produzidos. Entre os mais recentes está Prophets of Science Fiction, produzido e apresentado por Ridley Scott em 2011 com o objetivo de mostrar como as ideias de pessoas que definiram o gênero ultrapassaram os limites da ficção científica para se transformar em ciência.

A BBC ainda não divulgou uma previsão de estreia de My God, It’s Full Of Stars: A Journey To The Edge Of Science Fiction, mas é provável que seja em 2014.

12/06/2013

às 8:59 \ Séries Anos 2010-2019, Séries Renovadas

‘Up the Women’ ganha segunda temporada

E-D: Rebecca Front e Jessica Hynes

O canal BBC renovou a sitcom Up the Women para sua segunda temporada, que terá seis episódios com previsão de estreia para 2014.  A notícia foi divulgada no Twitter pelo ator Ryan Sampson, que interpreta Thomas, e posteriormente confirmada pela BBC.

A série também passará a ser transmitida pelo canal BBC2. Atualmente, Up the Women está na grade do canal BBC4, que tem uma audiência menor.

A mudança de canal de uma série já ocorreu antes. Ela ajuda produções com boa receptividade crítica a serem descobertas pela audiência. Foi o que aconteceu no passado com The Thick of It e Twenty Twelve.

Criada e estrelada por Jessica Hynes, Up the Women é situada em 1910. A história gira em torno de Margaret que, ao visitar Londres, entra em contato com o movimento sufragista (que exigia o direito de voto às mulheres).

Assim, ao retornar para sua cidade, ela decide criar o Banbury Intricate Craft Circle, movimento que tem como base os ensinos religiosos, o qual, educadamente, pede ao governo o direito de voto às mulheres. Mas Helen, uma das mulheres do grupo, assume a posição de se opor a tudo que Margaret inventa. Assim, ela cria um movimento antissufragista.

Originalmente desenvolvida para ser um filme, a ideia da série surgiu quando Hynes leu sobre os documentos liberados pelo governo britânico em 2006, os quais revelavam o receio de que o Primeiro Ministro Herbert Asquith pudesse ser assassinado pelo movimento sufragista, visto que ele era ostensivamente contra o voto feminino.

A primeira temporada teve um total de três episódios, exibidos entre maio e junho na Inglaterra. A série é produzida pela Baby Cow em parceria com a BBC.

Clique na foto para ampliar.

07/06/2013

às 17:38 \ Séries Anos 2010-2019

Trailer de ‘Luther’ – 3ª Temporada

A temporada tem previsão de estreia na Inglaterra para o mês de julho.

07/06/2013

às 11:47 \ Séries Anos 2010-2019, Trailers

Preview de ‘The Wrong Mans’

Anunciada em outubro de 2012, a série The Wrong Mans é uma comédia de ação e suspense criada e estrelada por Matthew Baynton (Spy) e James Corden, que dizem ter se inspirado no filme Fargo e no humor dos irmãos Coen para desenvolver a trama. A primeira temporada tem seis episódios produzidos. Trata-se de uma co-produção da BBC2 com o site americano Hulu.

A história narra a trajetória de Sam (Baynton) e Phil (Corden), dois homens modestos que seguem uma rotina monótona em um escritório. A vida dos dois sofre uma reviravolta quando, na cena de um terrível acidente de carro, o celular de uma das vítimas toca. Sam decide atender, o que os leva a se envolverem em uma conspiração criminosa.

Ao longo do caminho, a dupla conhece os misteriosos Scarlett (Emilia Fox, de Silent Witness, Merlin) e Stevens (Nick Moran), bem como Cox (Rebecca Front, de The Thick of It), chefe de investigação do MI5, responsável por desvendar intrigas internacionais.

No elenco também estão Dawn French (Vicar Of Dibley, French & Saunders, Lark Rise To Candleford, Roger & Val), como Linda Bourne, a mãe de Phil; Sarah Solemani (Him and Her), como Lizzie Green, ex-namorada e chefe de Sam; Karl Roden, Stephen Campbell Moore, Dan Renton Skinner, Benedict Wong, Tom Basden e Rufus Jones (Bob Servant Independent).

A previsão de estreia é para a Fall Season, na Inglaterra e nos EUA.

O vídeo inicia com Baynton e Corden discutindo se é válido ou não de The Wrong Mans estrear em um site de streaming nos EUA ao invés de um canal de TV normal. Em seguida, é apresentada uma cena da série.

Cliquem na foto para ampliar.

‘Blandings’ terá segunda temporada

O canal BBC1 anunciou esta manhã a renovação da série Blandings, cinco meses após a exibição da primeira temporada. A segunda terá um total de sete episódios produzidos, que serão exibidos no Reino Unido no início de 2014. Blandings é uma adaptação de Guy Andrews (Lost in Austen) da série de contos escritos por PG Wodehouse (Jeeves & Wooster) publicados na década de 1930, que foram mais tarde compilados e publicados no livro Blandings Castle And Elsewhere.

Estrelada por Timothy Spall (The Syndicateh), Jennifer Saunders (Absolutely Fabulous) e Jack Farthing (Da Vinci’s Demons), a série acompanha a vida de Lord Clarence Emsworth que vive no castelo Blandings, tendo como companhia The Empress, seu porco de estimação. Para desespero de Clarence também vivem no castelo alguns membros de sua família, como sua irmã Constance, mais conhecida como Connie, cujo maior prazer é participar de eventos sociais; suas sobrinhas Angela (Alice Orr-Ewing) e Gertrude (Eve Hedderwick Turner), bem como seu filho Freddie. As vontades da família são atendidas pelo fiel mordomo Beach (Mark Williams).

Para a segunda temporada, os produtores terão que encontrar outro porco para interpretar The Empress. O animal utilizado na primeira temporada morreu logo após a exibição do último episódio.

Composta de seis episódios, a primeira temporada registrou a média de 5.4 milhões de telespectadores, ao vivo. Filmada na Irlanda, a série é uma produção da Mammoth Screen com o apoio financeiro da Northern Ireland Screen.

05/06/2013

às 16:29 \ Minisséries, Versão Televisiva

‘The White Queen’ estreia em junho na Inglaterra

O canal BBC agendou a estreia da minissérie The White Queen para o dia 16 de junho, na Inglaterra. Coproduzida pelo canal Starz, a minissérie estreia nos EUA no dia 10 de agosto. Ainda não há informações de que ela tenha sido adquirida por algum canal no Brasil.

Com roteiro de Emma Frost, a minissérie em dez episódios é uma adaptação da obra de Philippa Gregory, The Cousin’s War. 

A história é situada em 1464 durante o período da Guerra das Rosas, quando os Yorks, que representam a cor branca, e os Lancasters, que carregam a cor vermelha, travam uma guerra que dura 30 anos.

A história é apresentada sob a perspectiva feminina representada pelas personagens Elizabeth Woodville, Margaret Beaufort e Anne Neville. Mais informações sobre o enredo aqui.

02/06/2013

às 3:05 \ Séries Anos 2000-2009

Matt Smith deixa o elenco de ‘Doctor Who’

Matt Smith nos bastidores de 'Doctor Who'

E no fim, os rumores estavam certos! Matt Smith realmente deixará o elenco da série Doctor Who. Ele fará sua despedida no final deste ano. Os rumores sobre a saída do ator começaram a circular no primeiro semestre de 2012, cessando (ou diluindo) quando em agosto do ano passado o jornal The Sun divulgou a informação de que Smith teria renovado seu contrato até 2014. Mas em março deste ano o próprio jornal reiniciou os rumores.

Na ocasião, a publicação afirmou que Smith deixaria a série com o episódio natalino de 2013. O jornal chegou ao ponto de declarar que a BBC já tinha escolhido um ator para substituí-lo. Na mesma semana, a revista Radio Times divulgou que em entrevista Smith teria negado sua saída afirmando que estava comprometido com a série até o ano que vem. No entanto, quando a BBC anunciou a renovação da série para sua oitava temporada, o canal não confirmou o retorno de Smith.

(E-D) Smith, Jenna Coleman e Steven Moffat na cerimônia de entrega do Peabody Awards realizada em maio.

Neste último sábado (01/06) a BBC finalmente colocou um ponto final nos rumores. Em nota oficial, o canal anunciou a saída de Smith. Com isso, o ator deixa o elenco de Doctor Who ao final da sétima temporada, completando três ciclos interpretando o Doutor, tal qual ocorreu com David Tennant, que estrelou a série entre 2006 e 2008.

A decisão de confirmar a saída do ator teria sido tomada pelo canal depois que um e-mail enviado pela BBC Worldwide para clientes vazou para a imprensa. Nele, o canal teria informado aos interessados que a oitava temporada poderia estrear em agosto de 2014 com doze episódios produzidos, número suficiente para que ‘o novo doutor’ possa estabelecer sua relação com o público.

Horas depois da BBC confirmar a saída de Smith, o jornal The Sun divulgou uma matéria na qual diz que o novo Doutor poderá ser interpretado por uma mulher. Segundo a publicação, várias atrizes estão sendo cotadas para dar vida ao viajante do tempo.

Este ano Doctor Who completa 50 anos de existência. A data será comemorada com um telefilme, que traz o título de An Adventure in Space and Time (que narra a origem da série em 1963), e com um especial estrelado por Smith, Jenna Coleman, David Tennant, John Hurt, Billie Piper, Jemma Redgrave Joanna Page. A regeneração do personagem ocorrerá no final do episódio natalino.

Cliquem na segunda foto para ampliar.

Novos projetos e pilotos – Junho 2013 – Parte 1

ABC

Pedro & Maria – Projeto de Ben Silverman (The Office) e America Ferrera (Ugly Betty) que foi originalmente desenvolvido para o canal MTV. Na história, Pedro representa a segunda geração de imigrantes dominicanos que agem nas ruas de Washington Heights. Maria é uma jovem de Porto Rico, filha de pais que fizeram uma fortuna no ramo imobiliário. Quando os dois se conhecem, tem início uma relação proibida. O projeto adapta uma novela espanhola. Quando oferecido à MTV, o projeto previa que  o público decidisse que rumo os personagens tomariam via votação em site da internet.

BBC

In and Out of The Kitchen – Projeto de Miles Jupp que ganhou a encomenda de um episódio piloto para avaliação. Trata-se de uma adaptação do programa de mesmo nome exibido pela BBC Radio 4. A história acompanha a vida do escritor Damien Trench (Jupp), especializado em livros de culinária, que vive em Queen’s Park com seu companheiro Anthony (Justin Edwards). Os episódios apresentam sua rotina de vida, seus relacionamentos e suas receitas. No elenco também estão Brendan Dempsey, Selina Cadell, Philip Fox e Ade Oyefoso.

Sem Canal Definido

The Shining Girls – Projeto de Leonardo DiCaprio através de sua empresa, a Appian Way, e da produtora MRC (House of Cards) que adapta a obra de Lauren Beukes, que será lançada este mês nos EUA. Trata-se de mais uma história sobre assassino em série, que traz um ‘tempero extra’. Na década de 1930, Harper Curtis, um assassino em série, descobre uma casa abandonada em Chicago que tem o poder de transportá-lo no tempo. Para poder continuar viajando, ele precisa matar jovens que possuam no olhar o brilho de pessoas talentosas e com potencial para fazer algo importante na vida. Em 1992, ele encontra a jovem Kirby Mazrachi, que consegue escapar da morte. Decidida a encontrar o homem que tentou matá-la, ela se une a Dan, um ex-repórter que chegou a cobrir seu caso. Esta é a terceira tentativa de DiCaprio de produzir uma série de TV. As duas primeiras foram The Lobotomist e Beat the Reaper, ambos para a HBO.

Projeto de Foldager e Birro – Desenvolvido por Meta Foldager (produtora do filme Melancolia), com roteiro de Peter Birro, o projeto pretende oferecer para a televisão dinamarquesa uma série inspirada em The Wire. A história apresenta a vida de criminosos e de policiais que atuam no gueto de Malmö em Rosengården. A ideia é apresentar uma história que aborda os problemas sociais que ocorrem na Dinamarca, bem como o que é feito para reduzir a criminalidade no país. A trama acompanhará a criação de ações conjuntas entre a polícia e políticos, entre Dinamarca e Suécia, e a forma como elas afetam a vida de pessoas comuns. O objetivo dos envolvidos é o de iniciar a produção de uma série no segundo semestre de 2014.

The Star Wolf – Projeto de David Gerrold, Dorothy Fontana e David C. Fein, todos de Jornada nas Estrelas, que buscam levantar fundos via Kickstarter para viabilizar a produção (tal como ocorreu com o filme de Veronica Mars). Adaptada da obra de Gerrold, a história gira em torno da tripulação de uma nave que se vê envolvida em uma guerra entre os humanos e os Morthans, uma raça animalesca. No elenco está Nichelle Nichols (a Tenente Uhura de Jornada nas Estrelas, clássica), que interpreta a Almirante O’Hara em participações recorrentes. No vídeo, apresentação do projeto.

30/05/2013

às 10:13 \ Séries Anos 2010-2019, Séries Inglaterra

BBC estreia ‘Up the Women’

O canal BBC4 esreia esta noite na Inglaterra a série Up the Women, sitcom criada e estrelada por Jessica Hynes (Twenty Twelve) e que teve sua produção divulgada em fevereiro.

Situada em 1910, a história gira em torno de Margaret (Hynes) que, ao visitar Londres, entra em contato com o movimento sufragista (que exigia o direito de voto às mulheres). Assim, ao retornar para sua cidade, ela decide criar o Banbury Intricate Craft Circle, movimento que tem como base os ensinos religiosos, o qual, educadamente, pede ao governo o direito de voto às mulheres.

Entre seus membros estão Gwen (Vicki Pepperdine, de Getting On), a única que de fato aprecia as reuniões do grupo, e Helen (Rebecca Front, de The Thick Of It e The Spa), que não está interessada nos direitos femininos, já que acredita que seu marido votará em quem ela mandar que vote. Helen assume a posição de se opor a tudo que Margaret inventa. Assim, ela cria um movimento antissufragista.

No elenco da sitcom também estão Judy Parfitt (Call The Midwife), como Myrtle; Georgia Groome, como Emily; Ryan Sampson (Wire In The Blood), como Thomas; Adrian Scarborough (Gavin & Stacey, Upstairs Downstairs), como Frank; Emma Pearson, como Eva; e Sandi Toksvig.

A primeira temporada tem três episódios produzidos pela Baby Cow Productions.

Cliquem nas fotos para ampliar. 

‘The Fall’ já está no Netflix

Gillian Anderson e Simon Delaney em ‘The Fall’

Os cinco episódios produzidos para a primeira temporada de The Fall já foram disponibilizados pelo site de streaming Netflix. Produzida para a BBC2, a série conseguiu chegar ao Brasil antes que todos os episódios fossem exibidos na Inglaterra.

Criada por Allan Cubitt (Prime Suspect) a história acompanha os trabalhos de Stella Gibson (Gillian Anderson, de Arquivo X), uma detetive da polícia britânica chamada pelo departamento de Belfast para investigar crimes cometidos por um assassino em série. Em paralelo, o público acompanha Paul Spector (Jamie Dornan, de Once Upon a Time), um marido e pai amoroso que ataca diversas mulheres, o que o leva a protagonizar um jogo de gato e rato com Stella.

The Fall estreou primeiro na Irlanda e depois na Inglaterra. Em seu primeiro episódio, a série conquistou uma das maiores audiências do canal BBC2 nos últimos anos, com cerca de 3.5 milhões de telespectadores ao vivo. Somando a reprise e o acesso via outras plataformas, o episódio chegou a 4.5 milhões.

A série já foi renovada para sua segunda temporada que deverá iniciar as filmagens em janeiro, em função dos compromissos de Gillian com a produção americana Crisis, da rede NBC.

Cliquem nas fotos para ampliar.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados