Blogs e Colunistas

Alfred Hitchcock Apresenta

18/04/2012

às 18:11 \ Filmes

Foto: Anthony Hopkins como Alfred Hitchcock

Sir Anthony Hopkins como Alfred Hitchcock (Foto via revista People)

O projeto de produzir um filme para narrar os bastidores de produção de Psicose é antigo.

Em 2009, chegou a ser divulgado que Ryan Murphy (Glee e American Horror Story) estaria envolvido com o roteiro. Mas em março desse ano, ao anunciar o elenco do filme The Making of Psycho, agora rebatizado com o título de Hitchcock, soubemos que o roteiro final ficou a cargo de John J. McLaughlin e Stephen Rebello, com base em livro de Rebello.

Estrelada por Anthony Hopkins, visto na foto caracterizado como o diretor Alfred Hitchcock, a produção também conta com as presenças de Helen Mirren (Prime Suspect), como sua esposa Alma, James D’Arcy (Secret Diary of a Call Girl) e Scarlett Johansson, como Anthony Perkins e Janet Leigh, Jessica Biel (Sétimo Céu) como Vera Miles, além de Toni Colette (United States of Tara) e Kurtwood Smith (That 70s Show).

O verdadeiro Hitchcock

Psicose é considerada uma versão cinematográfica não oficial da série antológica Alfred Hitchcock Apresenta. Os episódios desta série tinham como base histórias já publicadas, visto que Hitchcock não queria trabalhar com textos escritos especialmente para a TV.

Assim, uma equipe vasculhava o mundo literário, em especial contos e crônicas, em busca de histórias para serem adaptadas. Foi assim que encontraram uma que, ao ser apresentada à Hitchcock, este se apaixonou pela cena do chuveiro, na qual a protagonista é assassinada. Ciente de que esta cena seria censurada na TV, ele começou a imaginar um filme para o cinema.

A produção de Psicose utilizou a mesma equipe técnica que trabalhava com a série. O filme também reutilizou cenários (interior e exterior da casa de Norman Bates) e até movimentos de câmera que tinham sido utilizados em episódios que Hitchcock dirigiu.

Cliquem na foto de Hopkins para ampliar.

26/04/2008

às 14:14 \ Séries Anos 1950-1959

TCM Traz Alfred Hitchcock Apresenta

Produzida entre 1955 e 1965 “Alfred Hitchcock Apresenta” trouxe para a TV uma linguagem diferenciada da grande maioria das séries que vinham sendo exibidas até então. Nesta série sem personagens e situações fixas temos os protagonistas cometendo crimes ou envolvendo-se em situações que levam à uma atitude criminosa.

Em uma época em que o herói precisava ser honesto e representar a justiça, Alfred Hitichcock antecipou em quase 50 anos a abordagem que viria a ser explorada pelas séries de TV americanas.

Em junho o canal TCM traz para sua grade esta série que teve um total de 359 episódios. As sete primeiras temporadas tiveram episódios de meia-hora de duração. Da oitava à décima temporada, passou a uma hora de duração sob o título de “Alfred Hitchcock Hour”, no Brasil, passou a ser chamada de “Suspense”.

Hitchcock em pessoa faz a introdução e o fechamento de cada episódio. Seu texto, invariavelmente, ridiculariza os intervalos comerciais. Não se tratava, no entanto, de improvisação. O texto era especialmente escrito para ele, submentido à aprovação da emissora e dos patrocinadores e então gravados. Hitchcock gravava sua participação uma vez por mês. No primeiro ano, vê-se claramente que ele ainda está inseguro diante da câmera, bem como os roteiristas em relação aos textos. Porém, a partir do segundo ano de produção decidiram explorar o inusitado. Os roteiristas colocam Hitchcock nas mais diferentes situações que por si só, já valem pela produção.

A série serviu de inspiração para a produção de “Psicose” a qual pode ser considerada uma versão cinematográfica de “Alfred Hitchcock Apresenta”. Os episódios têm como base histórias já publicadas. Hitchcock não queria trabalhar com textos escritos especialmente para a TV. Assim, uma equipe vasculhava o mundo literário, em especial contos e crônicas, em busca de histórias para serem adaptadas. Foi assim que encontraram uma história que, ao ser apresentada à Hitchcock, este se apaixonou pela cena do chuveiro, no qual a protagonista é assassinada. Ciente de que esta cena seria censurada na TV, ele decidiu produzir a história no cinema. Utilizou para tanto, a mesma equipe técnica da série de TV, cenários e até movimentos de câmera que ele havia explorado em episódios que dirigiu.

Curiosidade: foi para “Alfred Hitchcock Apresenta” que o episódio “O Dia da Divisão/Shatterday” foi originalmente produzido e não para “Além da Imaginação”, que produziu um remake com Bruce Willis nos anos 80. No episódio original, “The Case of Mr. Pelham”, o personagem de Willis foi interpretado por Tom Ewell.

A série estréia no TCM no dia 7 de junho, sempre aos sábados e domingos às 15h com a exibição de dois episódios por dia e reprise às 4h. A exibição será em inglês com legendas em português. “Alfred Hitchcock Apresenta” entra no lugar de “Swat” que sai da programação do canal.

Abaixo, cena do episódio “One Mile to Go” que mais tarde Hitchcock refilmou com Janet Leigh para o filme “Psicose”.

09/06/2007

às 18:43 \ Séries Anos 1950-1959

Alfred Hitchcock Apresenta

Comprei em saldão um filme do Hitchcock, “Jovem e Inocente” Edição Especial, e para a minha surpresa constava entre os Extras um episódio de sua antiga série de TV, “Alfred Hitchcock Apresenta”. Fica uma dica para quem, como eu, não estava sabendo.

O episódio é “O Vaso Sinistro” (The Chaney and Vase), com Darren McGavin, o eterno “Kolchack”, e Carolyn Jones, a Mortícia Addams de “A Família Addams”, loira e de cabelo curto. O episódio está em inglês com legendas, com opção de som em português, mas é redublado pelo Estúdio de Cinema de São Paulo. Trata-se de uma produtora de filmes publicitários. Indo direto ao assunto: a dublagem não está boa mas a imagem está. No entanto, não está remasterizada, é gravação em DVD de um original em video, aparece aqueles riscos tradicionais de imagem velha. Mas está nítida e vale a pena assistir.

A série foi produzida entre 1955 e 1962 com um total de 268 episódios e este é o 13º da primeira temporada. O filme “Jovem e Inocente” foi lançado nos EUA com esse mesmo episódio como extra.

Abaixo, cena de um episódio da série. Não é o que está no DVD, mas por curiosidade, na cena aparecem Walter Koenig, de “Jornada nas Estrelas” clássica, e James Caan, de “Las Vegas”.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados