Fernanda Furquim Nova Temporada

Nova Temporada

Este é um espaço dedicado às séries e minisséries produzidas para a televisão. Traz informações, comentários e curiosidades sobre produções de todas as épocas.

sobre

Formada em Comunicação pela ULBRA, é jornalista e pesquisadora de séries de TV. Dentro deste tema, publicou o fanzine TV Land entre 1995 e 1997; a revista TV Séries entre 1997 e 2001 (que gerou um blog entre 2006 e 2010), e os livros Sitcom: Definição e História (2001) e As Maravilhosas Mulheres das Séries de TV (2008). Ministrou oficinas livres sobre a história da TV e das séries americanas.

Globo estreia a minissérie ‘Serra Pelada, a Saga do Ouro’

Por: Fernanda Furquim

Ver comentários (9)

Serra Pelada1

Hoje, dia 21 de janeiro, por volta das 21h, a Rede Globo começa a exibir Serra Pelada, minissérie em quatro episódios que já teve uma versão compacta exibida nos cinemas em 2013. Com direção de Heitor Dhalia, também responsável pelo roteiro, em parceria com Vera Egito, a minissérie faz parte do núcleo de José Alvarenga Júnior.

Situada na década de 1980, a história acompanha a trajetória de dois amigos de infância, Juliano (Juliano Cazarré) e Joaquim (Julio Andrade), que deixaram para trás suas vidas em São Paulo e foram para Serra Pelada, interior do Pará, em busca de ouro. Sonhando em mudar de vida e dar ao seu filho uma vida melhor, Joaquim deixa a esposa grávida e se une a milhares de outros garimpeiros.

Para Juliano, ex-boxeador, o garimpo de Serra Pelada é sua chance de fugir dos inimigos que ele tem em São Paulo. Logo a ganância toma conta deste homem impulsivo e de pavio curto, levando-o a se tornar um homem sem princípios e obcecado pelo dinheiro a qualquer custo. Entre os homens que desafiam seu poder está Lindo Rico (Wagner Moura), um sujeito de temperamento explosivo que promove a discórdia entre Joaquaim e Juliano para poder controlar Serra Pelada.

Neste meio tempo, Juliano conhece Tereza (Sophie Charlotte), uma prostituta que se envolve com os garimpeiros. Ela está noiva de Carvalho (Matheus Nachtergaele), um importante fazendeiro do Pará. Apaixonado pela moça, ele é capaz de fazer qualquer coisa para conquistá-la.

Cliquem nas fotos para ampliar. No vídeo, trailer da versão cinematográfica.

Voltar para a home
TAGs:

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

  1. Ramon

    Onde eu consigo o box com todos os capítulos desta minissérie?? Obrigado!

  2. Celso Gomes

    A minissérie é muita boa, pois retrata o que foi realmente o Garimpo da Serra Pelada, para muitos garimpeiros e suas famílias é um momento de lembranças(boas e ruins),para muitos outros é um momento de conhecimento sobre o que foi a Saga do Ouro – Serra Pelada, no estado do Pará,o que eu não entendi foi as escolhas dos locais(para representar a Serra Pela, foi escolhido o estado de São Paulo, e para representar a currutela assim chamada na época, foi escolhido Belém).Nos mais estão dde parabéns…

  3. wilson da silva serra

    Muito top depois d a muralha serra pelada superou muito legal

  4. emerson salles

    olha gostei muito muito criativo e massa demais muito legal amei esse filme recomendo.

  5. lulu

    Eu ainda não assistir mais falaro que e muito boa

  6. Bruno

    Muito boa essa série, finalmente a globo produzindo conteúdo que presta.

  7. janeo

    Assisti, ótima, pena éo horário que é exibida.

  8. harrison galdino farias

    essa mini serie vai ser um barato, gostaria de comprar o dvd

  9. Fernando dos Santos

    Parece promissor. Heithor Dhalia é um diretor que vem do cinema, é um dos cineastas mais interessantes que surgiram no Brasil na ultima década.Ele até já trabalhou em Hollywood também.