Blogs e Colunistas

Arquivo da categoria Pilotos de Séries

30/05/2014

às 15:52 \ Pilotos de Séries, Versão Televisiva

Novos projetos e Pilotos – Maio 2014

TheAlienistBBC

Driven – Projeto de Chris Lunt (Prey) e Simon Crawford Collins. A história é situada no mundo da Fórmula 1, na década de 1970. O enredo não foi divulgado, sabe-se apenas que personagens fictícios contracenam com pessoas que realmente existiram e atuaram no meio. A produção é da Kudos Film and Television em parceria com a Slim Film + Television e a Lookout Point.

Fox

This Is Me – Projeto de Matthew Cole Weiss e Eric Christian Olsen (ator de NCIS: LA). Trata-se de uma comédia que gira em torno de um homem de vinte e poucos anos que ganha a custódia de seu irmão de onze anos. Para cuidar do menino, ele conta com a ajuda de seus amigos, com quem divide um apartamento.

FX

The Iron King – Projeto de Carol Polakoff que adapta a obra do escritor francês Maurice Druon (1918-2009), Les Rois Maudits/The Accursed King, publicada entre 1955 e 1977. Nos livros, Philip é um rei que governa seu país com punho de ferro, mas é incapaz de controlar os membros de sua família. Seus filhos são fracos e controlados por suas respectivas esposas, todas adúlteras. Apenas sua filha parece ser capaz de expressar suas opiniões, mas seu marido, um rei inglês, prefere a companhia dos homens à dela. Na linha de Game of Thrones, ele e sua família são cercados por uma rede de escândalos, assassinatos e intrigas. Mas seu reinado é posto em risco quando, tentando se livrar da perseguição dos Cavaleiros Templários, Philip condena à fogueira o Grão-Mestre Jacques Molay, o que faz com que ele e sua família se tornem vítimas de uma maldição. A produção é da Viewfinder Pictures.

Showtime

Control Alt Delete - Projeto criado por Simeon Goulden (Spy) e Jason Winer. A história gira em torno de quatro ambiciosos advogados viciados no trabalho que dedicam seu tempo a subir na carreira enquanto precisam evitar se tornarem vítimas do ‘serial killer do escritório’. A produção é da Fox 21, Chernin Entertainment e Samll Dog Picture Company.

Sem Canal Definido

The Alienist – A Anonymous Content, em parceria com a Paramount TV, adquiriu os direitos de adaptação da obra ficcional de Caleb Carr para a TV. Situada em Nova Iorque, no ano de 1896, a história acompanha os trabalhos do Comissário de polícia Theodore Roosevelt na investigação da morte de um imigrante adolescente que se prostituía em um bordel. Para tanto, ele conta com a ajuda do jornalista do New York Times John Schuyler Moore, do Dr. Laszlo Kreizler, um psicólogo, e Sara Howard, secretária do departamento de polícia.

28/05/2014

às 13:26 \ Pilotos de Séries, Versão Televisiva

WGN America desenvolve projeto de série sobre a ocupação da França pelos nazistas

ParisO canal WGN America continua investindo em projetos de séries com temáticas históricas. Depois das bruxas de Salém e do desenvolvimento da bomba atômica, o canal volta sua atenção para a França ocupada pelos nazistas.

Avenue of Spies, obra não ficcional ainda inédita de Alex Kershaw, será adaptada por Andrea Berloff (Justified, The Americans). O livro narra uma situação verídica que ocorreu em Paris no período da 2ª Guerra Mundial.

Poucas informações foram divulgadas sobre o enredo. O que se sabe é que a trama acompanha a vida da família de um médico americano que mora em Paris, em frente ao quartel general da Gestapo. Fato que o torna um valioso informante para a resistência francesa.

A produção do projeto é de Graham Yost (Justified), Judith Venro (Masters of Sex) pela Sony Pictures TV em parceria com a Television 360 (filial da Management 360).

Além de Salém e Manhattan, o WGN America também tem aprovada a produção da minissérie Os Dez Mandamentos.

Outros projetos em desenvolvimento pelo canal são Radiant Doors, adaptação do conto de Michael Swanwick, sobre uma mulher que ajuda refugiados vindos do futuro, fugindo de um regime totalitário; Scalped, adaptação da HQ criada por Jason Aaron, sobre uma reserva indígena que precisa aprender a lidar com o crime organizado, com a pobreza, com os viciados em drogas, com os alcoólatras e com a política local, ao mesmo tempo em que tenta manter sua identidade cultural; Ness, adaptação da obra de Douglas PerryEliot Nesss: The Rise and Fall of An American Hero, sobre o agente Eliot Ness que ficou famoso por liderar o grupo de agentes federais conhecido como os Intocáveis, responsável pela prisão de Al Capone; e American Dreamsobre um policial da homicídios que acredita que um importante empresário americano é um assassino.

27/05/2014

às 17:50 \ Pilotos de Séries, Versão Televisiva

HBO desenvolve ‘Open City’, projeto de série sobre os direitos dos gays na década de 1960

Fachada do Stonewall Inn em 1969.

Fachada do Stonewall Inn em 1969.

Atualmente exibindo Looking, dramédia sobre gays na atual São Francisco, o canal HBO começou a desenvolver um novo projeto de série que trata do mesmo tema. A diferença é que a história mostrará o início da luta dos gays por seus direitos civis.

Na história, diferentes personagens vivem a revolução cultural e política da Nova Iorque do final dos anos de 1960. Entre eles, um grupo de uma comunidade gay do Greenwich Village que, nesta época, frequentava o Stonewall Inn. Este era um night clube de propriedade da família Genovese, que fazia parte da máfia local.

Um protesto ocorrido neste bar em 1969 gerou os primeiros movimentos pelos direitos dos gays nos EUA.

No dia 28 de junho de 1969, a polícia invadiu o Stonewall Inn, com o objetivo de fechar o bar. Acredita-se que as razões que levaram a esta ação tenham sido o descontentamento dos policiais por não receberem uma parcela das chantagens que eram praticadas pelos proprietários do bar em relação aos clientes ricos que frequentavam o local.

Quando os clientes se recusaram a mostrar suas identidades a polícia decidiu levar todos à delegacia. A esta altura, uma multidão já tinha se formado na porta. Tentando evitar a prisão dos frequentadores do local, a multidão provocou um tumulto, o qual se transformaria em um símbolo da luta dos direitos dos gays.

Ronnie Lorenzo, atual proprietário do night clube, atuará como consultor da série, criada por Adam Shankman com roteiro de David Kajganich. 

A produção é da HBO em parceria com a Offspring Entertainment.

Se a série for aprovada, ela será a quarta produção ficcional recente da HBO sobre o universo gay. Em 2013, o canal exibiu o telefilme Behind the Candelabra, sobre a vida do pianista Liberace. No mesmo ano, a HBO aprovou a produção de Looking, série já renovada para sua segunda temporada. Esta semana, o canal exibiu o telefilme The Normal Heart, adaptação da peça de mesmo nome. Vale a pena lembrar que, em 2013, o canal também exibiu o documentário The Out List, produzido para celebrar o 44º aniversário do protesto ocorrido no Stonewall Inn.

27/05/2014

às 16:54 \ Pilotos de Séries, Trailers

Trailer de ‘Deliverance Creek’, piloto de série do canal Lifetime

O projeto de Deliverance Creek foi anunciado em agosto de 2013, quando recebeu do Lifetime a encomenda de um piloto para avaliação. Este piloto, que tem duas horas de duração, será exibido pelo canal no dia 13 de setembro para testar o interesse do público na história.

Criado por Melissa Carter, o projeto gira em torno de uma mulher e sua luta para reaver as terras de sua família. Dois anos após o início da Guerra Civil, Belle Gatlin (Lauren Ambrose, de A Sete Palmos/Six Feet Under), uma viúva e mãe de três filhos, se torna uma fora da lei quando tenta impedir que o banco tome suas terras.

No elenco também estão Wes Ramsey, Christopher Backus, Riley Smith, Caitlin Custer, Hattie Gatlin, Joel Johnstone, Katherine Willis, Barry Tubb, Skeet Ulrich, Jason Douglas, Kristin Miller White e Tishuan Scott entre outros.

A produção é da Nicholas Sparks Productions em parceria com a Warner Brothers.

26/05/2014

às 14:50 \ Pilotos de Séries, Versão Televisiva

Netflix quer adaptação de ‘Mais um Verão Americano’

WHASSegundo o Variety, o site de streaming Netflix estaria negociando a produção de dez episódios de uma série que adapta o filme Mais um Verão Americano/Wet Hot American Summer. O Netflix ainda não se manifestou sobre o assunto.

Lançado em 2001, o filme apresenta a história de diversos funcionários e frequentadores de um acampamento que tentam aproveitar os últimos dias de verão.

Estrelado por Paul Rudd, Bradley Cooper, Amy Poehler, Elizabeth Banks, Ken Marino, Molly Shannon, Christopher Meloni, Janeane Garofalo, David Hyde Pierce, Michael Ian Black, Joe Lo Truglio e Michael Showalter, o filme foi um fracasso de bilheteria. No entanto, conquistou um status de cult com as reprises e o home video.

Em 2011, chegaram a surgir rumores de que um prelúdio, ou uma sequência, poderia ser produzido, mas ele não se materializou.

Ainda segundo o Variety, o Netflix teria interesse de reunir os mesmos atores para estrelar a série. Uma missão quase impossível, tendo em vista a dificuldade de conciliar as agendas de cada um.

Por isso, o site estaria disposto a filmar as cenas de cada ator da versão original em separado, para depois editá-las nos episódios. Algo parecido foi feito com a quarta temporada de Arrested Development, na qual cada episódio foi estrelado por um dos personagens principais.

O projeto está a cargo de David Wain e Michael Showalter, responsáveis pelo filme original.

Cliquem na foto para ampliar.

 

22/05/2014

às 16:02 \ Pilotos de Séries, Versão Televisiva

Netflix desenvolve ‘The Crown’, projeto de série que adapta a peça ‘The Audience’

The_AudiencePostagem atualizada no dia de sua publicação.

Segundo o Hollywood Reporter, o site de streaming Netflix desenvolve The Crown, projeto de série criado por Peter Morgan (The Jury e do filme A Rainha) e Stephen Daldry (diretor do filme As Horas). Trata-se de uma adaptação da peça The Audicence, escrita por Morgan.

Na peça, a história apresenta os encontros semanais entre a Rainha Elizabeth II e os diversos Primeiros-Ministros que já passaram pelo governo durante seu reinado, desde que assumiu o trono em 1952.

Entre eles, Winston Churchill, Anthony Eden, Harold Wilson, Margaret Thatcher, James Callaghan, John Major, Gordon Brown e David Cameron.

The Audience foi montada nos palcos londrinos em 2013, tendo Helen Mirren como a Rainha Elizabeth, personagem que ela também interpretou no filme A Rainha. Na série, três atrizes deverão interpretar Elizabeth em diferentes idades.

O Netflix ainda não confirmou a informação mas, segundo o Variety, as negociações estão em andamento para a aprovação de vinte episódios que poderão estrear em 2016.

A produção do projeto é da Left Bank Pictures em parceria com a Sony Pictures Television.

Nos vídeos, cenas da peça.

TNT quer spinoff de ‘Major Crimes’

Jon Tenney e

Jon Tenney e Mary McDonnell em ‘Major Crimes’

Major Crimes pode ganhar uma série derivada. Segundo o TV Line, o canal TNT começou a desenvolver um projeto de série com o personagem de Jon Tenney.

Como devem se lembrar, Major Crimes surgiu quando Kyra Sedgwick decidiu não renovar seu contrato com The Closer. Sendo a série de maior sucesso da TNT, o canal não estava pronto a abrir mão deste filão. Assim, aprovou a produção de sua spinoff, que acompanha a vida de Sharon (Mary McDonnell) e os demais personagens de The Closer. Entre eles, Fritz Howard (Tenney), agente especial do FBI casado com Brenda (Sedgwick) que faz participações recorrentes na série.

A TNT ainda não confirmou a informação mas, segundo o TV Line, a spinoff acompanharia os trabalhos de Fritz, de Ann McGinnis, chefe do departamento de operações especiais (personagem que será introduzida no sétimo episódio da terceira temporada de Major Crimes) e do Tenente Chuck Cooper (Malcolm-Jamal Warner), visto na segunda temporada.

A pergunta é: a esposa Brenda vai aparecer? Pensando bem, a pergunta é: estão preparados para mais uma spinoff da TV americana?

20/05/2014

às 10:56 \ Pilotos de Séries

Sundace TV desenvolve ‘Crack in the Sky’

Sundance TV1O canal Sundance dos EUA continua adquirindo novos projetos de séries para desenvolver. O mais recente é Crack in the Sky, projeto de E. Max Frye, responsável pelo roteiro, Deborah Spera (Army Wives, Criminal Minds) e Maria Grasso.

Ainda não há informações detalhadas sobre o enredo. O que se sabe é que a história gira em torno de um homem que vai dormir em 1962 e acorda no ano de 2012.

Voltado para o público fã de produções independentes, o canal vem até agora investindo na produção de séries, minisséries e projetos dramáticos que giram em torno de questões sociais e políticas. Este parece ser o primeiro projeto do canal a trazer elementos de ficção e fantasia.

O Sundance TV começou a investir na produção de séries em 2010, depois de entrar como coprodutor na minissérie francesa Carlos. Ao longo dos últimos anos, o canal vem atuando como coprodutor de minisséries britânicas, além de ter lançado duas séries originais: Rectify e The Red Road.

A produção de Crack in the Sky é da Sony Pictures Television em parceria com a One-Two Punch Productions.

19/05/2014

às 17:13 \ Pilotos de Séries, Versão Televisiva

Glen Mazzara desenvolve projeto de série que adapta ‘A Profecia’

TheOmenO filme A Profecia, que gerou mais três sequências, um telefilme e um remake, pode ser transformado em série. Glen Mazzara, ex-produtor de The Walking Deadcomeçou a desenvolver um projeto de série para o Lifetime. Este é um  canal voltado para o público feminino que vem fazendo sucesso com a série Witches of East End. 

Escrito por David Seltzer e dirigido por Richard Donner, o filme A Profecia/The Omen foi lançado em 1976.

Na história, quando o filho do diplomata Robert Thorn (Gregory Peck) morre ao nascer, ele decide adotar um menino recém nascido. Sem contar para a esposa Katherine (Lee Remick) que aquele não é o bebê que ela gerou, o casal cria Damien (Harvey Spencer Stephens) como seu filho. Com o passar dos anos, ocorrem algumas tragédias todas, de alguma forma, ligadas a Damien.

Segundo o Hollywood Reporter o projeto de série traz o título de Damien. A história gira em torno de Damien Thorn, agora um adulto atormentado por seu passado. Após testemunhar uma série de eventos macabros, ele precisa enfrentar seu destino: tornar-se o anticristo.

A produção do projeto é da 44 Strong Productions em parceria com a Fox Television Studios e a Fineman Entertainment, empresa de Ross Fineman (Lights Out), que atua como produtor executivo.

14/05/2014

às 13:51 \ Pilotos de Séries, Remakes, Versão Televisiva

TNT e TBS desenvolvem novos projetos

FirestarterO canal TNT anunciou esta manhã uma lista de projetos que estão em desenvolvimento para o canal. Entre os títulos, a maioria já divulgada anteriormente, estão Kali, The Shop e uma nova versão de 87th Precinct.

Desenvolvido por Steve McPherson, Gonzague Requillart, com roteiro de Harley Peyton (Dracula, Friends with Benefits), o projeto de Kali é uma adaptação de uma websérie francesa.

A história gira em torno de uma mulher que, ao acordar em um trem sem lembrança de quem seja ou de como chegou ali, descobre que um chip foi implantado em seu cérebro, o qual a transforma em uma poderosa arma. Logo ela se torna alvo de dois grupos que tentam controlá-la.

The Shop é um projeto de James Middleton (Terminator: The Sarah Connor Chronicles), Jaime Paglia (Eureka), com roteiro de Robbie Thompson (Supernatural), que adapta personagens criados por Stephen King para o livro Firestarter, que por sua vez ganhou uma versão cinematográfica em 1984, com o título de Chamas da Vingança.

O título The Shop refere-se a uma misteriosa organização que costumava explorar as habilidades pirotécnicas de uma menina chamada Charlie McGee (vivida no filme por Drew Barrymore). Vinte anos depois de ter sido destruída por Charlie, a organização volta a operar. Henry Talbot, um de seus antigos membros, localiza Charlie e a apresenta a outras pessoas como ela. Seu objetivo é convencer Charlie e o resto do grupo a destruir a organização de uma vez por todas. Enquanto isso, os membros da The Shop realizam experiências que fazem surgir novas criaturas com novos poderes.

A produção é da Universal Cable Productions.

Elenco de '87th Precinct', versão da década de 1960. (Foto:

Elenco de ’87th Precinct’, versão da década de 1960. (Foto: NBC/Arquivo)

87th Precinct é um projeto que, se aprovado, poderá dar um remake à série produzida na década de 1960. Trata-se de uma adaptação da obra de Ed McCain publicada entre 1959 e 2005, ano em que o escritor morreu.

A história acompanha as investigações do detetive Steve Carella, um policial persistente e inteligente, que trabalha ao lado dos detetives Meyer Meyer, Bert Kling e Cotton Hawes. Carella é casado com  Theodora, mais conhecida por Terry, uma mulher surda-muda.

A obra de McCain já foi adaptada várias vezes para o cinema e para a televisão, entre as décadas de 1950 e 1990.

Entre os diversos filmes que foram produzidos, existiu uma série, exibida pela rede NBC entre 1961 e 1962, com um total de trinta episódios. Com o título de 87th Precinct, a série foi estrelada por Robert Lansing (Carella), Norman Fell (Meyer), Ron Harper (Kling), Gregory Walcoot (Havilland/Hawes) e Gena Rowlands (Terry).

Esta é a segunda tentativa de se produzir uma nova versão de 87th Precinct. Em 2010, um projeto foi desenvolvido pela Lionsgate para a NBC.

O canal TBS também divulgou uma lista de projetos em desenvolvimento. Entre eles, o único que ainda não tinha sido anunciado aqui é Good Breed, criado por Ed Helms, Mike Falbo, com roteiro de Pat O’Neill.

Trata-se de uma sitcom sobre um agente imobiliário durão, mas simpático, obrigado a se associar a uma jovem idealista que transformou sua vida em um desastre depois que decidiu mudar de rumo. Os dois costumam se encontrar no Good Bread Café, localizado em um bairro que passa por uma valorização comercial e serve de referência para representantes de diversas classes, níveis culturais e personalidades.

Os projetos estão sendo desenvolvidos para a Temporada 2014-2015.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados