FDP e Preamar, as Novas Séries Brasileiras da HBO

As duas séries fazem parte do pacote de produções originais da HBO América Latina. Independentemente dos produtos que vêm dos EUA, o canal busca estabelecer uma identidade e indústria própria. Tudo começou com a série “Epitáfios”, produzida na Argentina em 2004. Ao longo dos anos, a HBO América Latina já produziu “Mandrake”, “Alice”, “Filhos do […]

Eucir de Souza em “FDP” (Fotos: HBO Brasil)

As duas séries fazem parte do pacote de produções originais da HBO América Latina. Independentemente dos produtos que vêm dos EUA, o canal busca estabelecer uma identidade e indústria própria. Tudo começou com a série “Epitáfios”, produzida na Argentina em 2004.

Ao longo dos anos, a HBO América Latina já produziu “Mandrake”, “Alice”, “Filhos do Carnaval” e “Mulher de Fases”, todas brasileiras, “Capadócia”, do México, e “Prófugos”, do Chile. Com a nova lei que obriga os canais da TV a cabo a oferecer uma cota de produtos nacionais, novas séries brasileiras serão produzidas por diversos canais, incluindo a HBO, que já desenvolve o projeto de “Destino SP”, sobre a vida de imigrantes na cidade de São Paulo.

Apesar de trazer o nome da HBO, todas estas séries são produzidas por empresas independentes, em parceria com o canal. “Mandrake” é da Conspiração Filmes, “Alice” foi oferecida pela Gullane Filmes, “Filhos do Carnaval” e “Destino: São Paulo” são da O2, e “Mulher de Fases” é produzida pela Casa de Cinema de Porto Alegre. As demais séries latinas são da Pol-Ka Producciones (Epitáfios), Argos (Capadocia), Eferes e Fabula (Prófugos).

A série “FDP” ou “(fdp)“, forma como o título será visto na tela, é uma produção da Pródigo Filmes com previsão de estreia para o mês de março. Foram encomendados 13 episódios para a primeira temporada.

A série acompanha a vida de um árbitro que apita os jogos da taça Libertadores da América. O título é a abreviação do nome ‘pouco singelo’ pelo qual o juiz é chamado quando o torcedor mais nervoso e frustrado reclama da forma como ele atua em campo. A paixão pelo futebol será o ponto central da trama, que tentará nos mostrar o ponto de vista do árbitro e, quem sabe, redimir esta espécie (quase) sempre condenada.

Criada por José Roberto Torero e Marcus Aurelius Pimenta, com base em argumento de Adriano Civita e Giuliano Cedroni, a série é estrelada por Eucir de Souza, ator de teatro, TV e cinema, que interpretará o juiz Juarez.

No elenco também estão Cynthia Falabella (Manuela), Maria Cecília Audi (Rosali), Vitor Moretti (Vini), Paulo Tiefenthaler (Carvalhosa, o bandeirinha), o ator e cantor Saulo Vasconcelos (Serjão), Fernanda Franceschetto (Vitória, a bandeirinha), Adrian Verdaguer (Guzmán), Domingas Person (Paloma) e Chris Couto (Gilda Marques, a comentarista).

(E-D) Roberto Bonfim e Leonardo Franco em “Preamar”

Já “Preamar” recém finalizou as filmagens do primeiro episódio. Produzida pela Pindorama Filmes, a comédia também tem 13 episódios encomendados para sua primeira temporada. A previsão de estreia é para o segundo semestre de 2012.

A história narra a vida de João Ricardo Velasco (Leonardo Franco), um executivo que, após perder o emprego em um banco, inicia um negócio informal nas praias do Rio de Janeiro, sem revelar para a família sua real situação.

Vivendo na praia, João passa a testemunhar a rotina de seus frequentadores e as situações que eles protagonizam. Entre elas, a perseguição aos gays, o tráfico e a prostituição.

Criada por Estevão Ciavatta, Patricia Andrade William Vorhees, a série também traz no elenco os atores Roberto Bonfim, Paloma Riani, Eliana Pittman, Jessika Alves, Hugo Bonemer, Thiago Amaral, Karen Junqueira, Sóstenes Vidal Mumuzinho. No elenco de apoio estão Oswaldo Mil, Paulo Reis, Allan Souza, Thaissa Carvalho Rui Rezende.

Cliquem nas fotos para ampliar.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Emilly

    Eu acho essa iniciativa essencial, pois está abrindo um espaço muito bom para a produção de séries, espaço até então desconhecido se tratando de produções nacionais. O que falta, são ideias mais envolventes! Apesar das séries ainda estarem em produção, só pela sinopse eu ja percebi que são fracas e que serão efêmeras.

    Curtir

  2. Comentado por:

    Gerson Correia Junior

    Mulher de Fases que é bom, eles não decidem se renova ou não :[

    Curtir

  3. Comentado por:

    Leonardo Santana

    Sou roteirista de hqs e criei um personagem em 2007 chamado F.D.P. (http://fotolog.terra.com.br/lsflog:81). Saiu revista e tudo mais. Este ano estou voltando com ele. Novidades aqui: http://roteiristaleo.wordpress.com/

    Curtir

  4. Comentado por:

    Eder

    Bom. Eu discordo que essas séries sejam fracas. Baixa qualidade é com as sérias da TV aberta.

    Curtir