Blogs e Colunistas

Arquivo de 1 de março de 2012

01/03/2012

às 17:44 \ Pilotos de Séries

Matthew Perry estrela piloto da NBC

Na década de 1990, a NBC reinava na audiência americana, oferecendo sitcoms como Friends, Mad About You, Frasier, Will & Grace e Seinfeld, entre outras produções. Mas desde o fim de suas sitcoms de sucesso e de dramas como Lei & Ordem, Plantão Médico e The West Wing o canal americano vem lutando contra a constante queda de audiência.

Por outro lado, Matthew Perry, que ficou famoso com Friends, também não conseguiu manter o sucesso depois que a sitcom encerrou sua produção em 2004. Tendo estrelado duas séries desde então (Studio 60, da NBC, e Mr. Sunshine, da ABC), o ator vem se mantendo afastado da TV, com poucas participações especiais.

Agora ator e canal se unem novamente para apostar em uma dramédia, a qual será estrelada por Perry. Trata-se de Go On, criada por Scott Silveri, um dos produtores de Friends.

Perry será um locutor esportivo que tenta superar uma perda. Para tanto, ele encontra consolo junto aos membros de um grupo de terapia que ele é obrigado a frequentar. No elenco também estão confirmadas as presenças de Julie White, como Anne, uma mulher que recém perdeu o marido e frequenta o mesmo grupo, e Suzy Nakamura (10 Things I Hate About You), que será uma jovem que frequenta as sessões porque seus pais estão se divorciando.

O enredo lembra a série Gravity, do canal Starz, a qual acompanhava a vida de pessoas que frequentavam um grupo de apoio a sobreviventes de tentativas de suicídio.

Segundo a imprensa americana, Silveri criou o personagem para Perry, sem contudo convidá-lo para estrelar o projeto. Somente depois que a NBC encomendou a produção do episódio piloto para avaliação é que Silveri entrou em contato com Perry. Além de Go On, o ator também fará participação em The Good Wife

A produção da série Go On ainda não está garantida. O piloto precisa ser primeiro avaliado pelo canal, que só então decidirá se encomendará a primeira temporada.

Confiram aqui outros pilotos que estão sendo produzidos para o canal NBC.

01/03/2012

às 16:33 \ Falecimentos

Notas de falecimentos – Fevereiro 2012

Dick Antony Williams (1934-2012)

Ator, diretor e produtor, Dick Anthony Williams faleceu no dia 16 de fevereiro, aos 77 anos. A causa não foi divulgada.

Williams nasceu no dia 9 de agosto de 1934, em Chicago. Durante a infância, ao longo de quatro anos, ele ficou internado em um hospital recuperando-se de uma poliomelite. Tendo nascido em um bairro pobre, Williams diria mais tarde que esse período não foi tão ruim assim. Passar anos em um hospital o manteve longe das ruas e lhe garantiu comida no prato.

Na adolescência, formou o Williams Brothers Quartet, com o qual se apresentou em bares de Chicago. Nesta mesma época, começou a se aventurar em uma carreira como ator. Mais tarde, mudou-se para Nova Iorque, onde trabalhou no teatro como ator, diretor e produtor. Williams seria um dos responsáveis pela criação do New Federal Theatre, teatro off-Broadway, em 1970.

Williams em 2009

Embora tenha feito seu nome no teatro, Williams também teve alguns trabalhos na televisão e no cinema. Ele começou a trabalhar na TV no final da década de 1960, com participações em episódios de Dragnet, Nannye (e o Professor), Starsky & Hutch, O Homem do Fundo do Mar, Arquivo Confidencial, Adolescente de Blue Jeans, The Jeffersons, Lou Grant, Casal 20, Hospital, Contrato de Risco, Nos Bastidores da Lei, Arquivo X, Lei & Ordem, O Renegado, The Client, Larry Sanders Show, Rumo ao Sul, JAG, Chicago Hope e  The Shield, entre outras. Entre 1986 e 1987 ele esteve no elenco de Heart of the City; entre 1991 e 1993, Williams integrou o elenco da série Homefront.

No cinema, esteve em filmes como O Fundo do Mar, Um Dia de Cão, O Panaca, Edward Mãos de Tesoura, Mais e Melhores Blues, A Profecia III – O Conflito Final e O Golpe de John Anderson, entre outros.

Williams foi casado com a atriz Gloria Edwards, com quem teve três filhos, Mona, Mikah e Jason. Ela faleceu em 1988.

Jerome Ross (1911-2012)

Roteirista, Jerome Ross faleceu no dia 11 de fevereiro, aos 101 anos de idade, de causas naturais.

Nascido no dia 10 de fevereiro de 1911, Jerome iniciou carreira como jornalista, escrevendo matérias policiais e de celebridades para o New York Post. Com a quebra da bolsa em 1929, o jornal demitiu centenas de funcionários e reduziu os salários de quem ficou.

Jerome não perdeu o emprego, mas teve um corte abrupto de salário o que o levou a buscar trabalhos como freelancer. Foi quando seu tio lhe falou que uma rádio procurava por um roteirista para um novo programa de faroeste: Tom Mix. Com cinco episódios de 15 minutos apresentados por dia, a série radiofônica foi sua primeira experiência como roteirista.

Logo Jerome conseguia ganhar um salário melhor no rádio e assim, pediu demissão do jornal, abandonando a carreira de jornalista para se tornar roteirista em tempo integral. Com a chegada da televisão na década de 1950, Jerome começou a pegar alguns trabalhos neste veículo também. Seu primeiro trabalho nesse veículo foi a série Mama, para a qual escreveu cerca de 125 roteiros.

Ao longo de sua carreira, ele escreveu episódios para diversos teleteatros além das séries Perry Mason, Os Intocáveis, Cidade Nua, Os Defensores, Quinta Dimensão, Culpado ou Inocente?, Missão: Impossível, Mannix, Mod Squad, Havaí 5-0 e Marcus Welby, entre outros.

Tudo indica que Jerome tenha se aposentado no início da década de 1980, quando completou 70 anos.

Laurie Main (1922-2012)

Ator australiano que teve participações em dezenas de séries americanas, Laurie Main faleceu no dia 8 de fevereiro, aos 89 anos. A causa da morte não foi divulgada.

Laurence George Main nasceu no dia 29 de novembro de 1922, em Melbourne, Austrália. Aos 16 anos, sua família se mudou para a Inglaterra onde Laurie fez sua estreia como ator no filme The Yellow Balloon, de 1953. Após mais algumas tentativas de se estabelecer como ator no Reino Unido, período no qual foi visto em episódios de séries como As Aventuras de Robin Hood e As Novas Aventuras de Charlie Chan, Laurie imigrou para os EUA em 1960, onde começou a estudar arte dramática com Agnes Moorehead, a Endora da série A Feiticeira.

Nesta época, atuou no teatro em Nova Iorque, além de fazer participações em séries como A Caravana, Alfred Hitchcock Apresenta, Maverick, Hawaiian Eye, Honey West, Agente 86, Os Destemidos, A Garota da UNCLE, Cavalo de Ferro, Que Garota!, Os Monkees, Têmpera de Aço, Guerra, Sombra e Água Fresca, Nós e o Fantasma, Daniel Boone, Um Caso de Família, A Feiticeira, O Show de Doris Day, A Família Dó-Ré-Mi, Arquivo Confidencial, O Elo Perdido, Os Pioneiros, Punky – A Levada da Breca e Assassinato por Escrito, entre outras.

Nos EUA, ele também ficou conhecido como o narrador das histórias da Disney gravadas em discos.

Philip Bruns (1931-2012)

Ator convidado em dezenas de séries, Philip Bruns faleceu no dia 8 de fevereiro, aos 80 anos de idade, de causas naturais.

Philip nasceu no dia 2 de maio de 1931, em Minesota. Iniciou carreira artística na década de 1960, depois de completar seus estudos nos EUA e na Inglaterra.

Na televisão, foi visto em episódios de séries como Rota 66, Os Defensores, Inferno nos Céus, Falcão, James West, Ratos do Deserto, E As Noivas Chegaram, Judd, O Show da Lucy, Os Fora da Lei, Maude, Columbo, O Homem de Seis Milhões de Dólares, Isis, McCoy, São Francisco Urgente, Os Novatos, Kojak, Costa de São Francisco (também conhecida como Costa Brava e O Homem das Mil Faces), Bronk, Delvecchio, A Conquista do Oeste, Mash, Barney Miller, Chumbo Grosso, Águia de Fogo, Carga Dupla, Histórias Maravilhosas, nova versão de Além da Imaginação, Hospital, Profiler e Just Shoot Me, entre outras.

Em 1990, ele foi escolhido pela produção de Seinfeld para interpretar Morty, o pai de Jerry. O ator chegou a gravar um episódio, mas depois foi trocado pelo ator Barney Martin, falecido em 2005. Philip também esteve no elenco semirregular de Mary Hartman, Mary Hartman, entre 1976 e 1977.

No cinema, o ator esteve em filmes como Perdidos na Noite, Noite de Sombras, Noites de Sangue, Quando as Águias se Encontram, Um Cara Baratinado, Flashdance, A Volta dos Mortos Vivos 2, Ed – Um Macaco Muito Louco, O Chantagista e Inferno, entre outros.

Philip foi casado com a atriz Laurie Franks, com quem teve dois filhos, Henry e Margie.

Russell Arms (1920-2012)

Ator e cantor, Russell Arms faleceu no dia 13 de fevereiro, aos 92 anos de idade, de causas naturais.

Russell Lee Arms nasceu no dia 3 de fevereiro de 1920, em Berkeley, California. Iniciou sua carreira artística ainda na adolescência, participando de programas de rádio em São Francisco. Após alguns trabalhos no teatro, ele estreou no cinema na década de 1940. Durante a 2ª Guerra, Russell produziu filmes de treinamento militar.

O ator chegou na TV na década de 1950. Foi visto em episódios de séries como Gunsmoke, Surfside 6, O Paladino da Justiça, Dragnet, Rawhide, Perry Mason, Marcus Welby, Banacek, Mod Squad, O Sexto Sentido, Adam 12, Harry O, Gibsville, O Homem do Fundo do Mar, O Incrível Hulk e Cara ou Coroa, entre outras.

Mas é pelo seu trabalho como cantor que ele é mais lembrado pelo público americano. Convidado a fazer uma participação no rádio onde acabou cantando uma música, Russell recebeu o convite para estrelar seu próprio programa. Além do rádio, ele também apresentou o programa Your Hit Parade na TV, entre 1952 e 1957, no qual interpretava as sete músicas de maior sucesso da semana.

Russell foi casado três vezes: Liza Palmer, Mary Lynne e Barbara McGinnis.

01/03/2012

às 12:10 \ Séries Anos 2010-2019, Séries Inglaterra

Downton Abbey estreia no Brasil em maio

Sucesso na Inglaterra e nos EUA, Downton Abbey já tem data marcada para ser exibida na TV brasileira.

A série britânica estreia na Globosat HD no dia 19 de maio. A primeira temporada tem sete episódios produzidos.

Criada por Julian Fellowes, a série, situada na década de 1910, acompanha os altos e baixos da família Crawley e sua relação com os empregados da casa em que vivem.

Na Inglaterra, a série deu ao canal ITV uma audiência de 33.7% durante a primeira exibição dos episódios produzidos para a primeira temporada. Em sua audiência ao vivo, a série registrou cerca de 8.76 milhões de telespectadores, chegando a 12 milhões com as reprises.

A segunda temporada elevou ainda mais a audiência da série, conquistando cerca de 10.5 milhões de telespectadores, chegando a 10.7 milhões com a reprise na mesma noite. Segundo a imprensa britânica, os números equivalem a 35% da audiência em seu horário.

Tendo ganho o Emmy de melhor minissérie, categoria na qual as produções britânicas costumam concorrer ao prêmio, Downton Abbey já está renovada para sua terceira temporada, a qual contará com dez episódios e a presença da americana Shirley MacLaine. A estreia está prevista para setembro na Inglaterra.

A primeira temporada da série também será lançada em DVD no Brasil pela Universal, ainda no primeiro semestre de 2012.

01/03/2012

às 11:00 \ Atores Convidados, Séries Anos 2010-2019

Sheldon ouvirá a voz de Nimoy, em ‘The Big Bang Theory’

Leonard Nimoy

Quem acompanha a sitcom The Big Bang Theory sabe que para Sheldon (Jim Parsons) Deus é Nimoy e Nimoy é Deus. Então nada mais justo que o personagem entre em contato com seu ídolo através de um sonho, no qual ele ouvirá a voz de Deus, quer dizer, de Nimoy, mas como Spock.

Após diversas tentativas de conseguir a participação de Leonard Nimoy (Jornada nas Estrelas) na série, os produtores de The Big Bang Theory conseguiram garantir ao menos sua voz. Isto é o que garante o site TV Line, que divulgou originalmente a notícia.

Tendo anunciado sua aposentadoria, Nimoy afastou-se da carreira de ator em 2011. Mas nada o impede de emprestar sua voz aqui e ali.

O episódio com a participação de Nimoy está previsto para ir ao ar nos EUA no dia 29 de março.

01/03/2012

às 10:45 \ Séries Anos 2010-2019, Séries Austrália

Austrália prepara a sitcom ‘The Strange Calls’

Toby Truslove

O canal ABC2 da Austrália iniciou a produção da sitcom The Strange Calls, produção que tem seis episódios encomendados para sua primeira temporada.

Criada por Daley Pearson, a série estará presente em diversas plataformas. Além da TV, serão disponibilizados websodes e video blogs, e os personagens terão perfis no Twitter e no Facebook, onde convidarão o telespectador a registrar todo e qualquer evento paranormal que tiverem testemunhado.

Barry Crocker

Filmada em Queensland, a história acompanha a vida de Toby Banks (Toby Truslove, de Outland), um policial que foi rebaixado e agora faz suas rondas no período da noite na pequena e pacata cidade costeira de Coolum. Mas logo ele descobre que é à noite que a cidade desperta.

Com a função de atender todo e qualquer chamado dos moradores, por mais estranhos que sejam, Toby encontra no zelador que trabalha à noite na delegacia um parceiro para seu trabalho. Gregor (Barry Crocker), um colecionador de jogos de caixa, é uma ‘autoridade’ em paranormalidade e está determinado a expor os segredos de Coolum.

No elenco também estão Nick Simpson-Deeks, Patrick Brammal, Katherine HicksDamon Herriman. A produção é da Hoodlum Entertainment, com previsão de estreia para o final do ano.

Cartazes e vídeo promo de ‘The Client List’ – 1ª temporada

A série surgiu de um telefilme produzido e exibido pelo canal Lifetime nos EUA. Com dez episódios encomendados para sua primeira temporada, The Client List estreia no dia 8 de abril.

Estrelada por Jennifer Love Hewitt (Ghost Whisperer) e Cybill Shepherd (A Gata e o Rato), a série apresenta a vida de Riley, uma dona de casa do Texas que, abandonada pelo marido, vai trabalhar em uma casa de massagem conhecida como The Rub.

Esta, no entanto, é apenas uma fachada para as atividades de prostitutas de luxo. Cybill interpretará Lynette, a mãe da protagonista.

No elenco também estão Colin Egglesfield, como Evan, cunhado de Riley; Rebecca Field, como  Lacey, amiga de Riley;  Loretta Devine, como Georgia, proprietária do local; Naturi Naughton, como Kendra, e Kathleen York, como Jolene, duas massagistas.

Com base em um escândalo ocorrido em 2004, nos EUA, a série foi escrita por Jordan Budde, que adaptou a trama apresentada no telefilme. Mas o tema da série já gerou polêmica.

O Licensed Massage Therapists criou uma campanha para tentar impedir a estreia da série. Alegando que a produção perpetua um conceito errado sobre a profissão de massagista, eles pedem que a série seja descartada pelo canal.

Cliquem nas fotos para ampliar.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados