Blogs e Colunistas

27/06/2013

às 16:02 \ Consultório

Uma dúvida quente: Antártida ou Antártica?


“Prezado Sérgio, qual o nome correto do Polo Sul? Antártica ou Antártida? Tenho notado que este último – a meu ver equivocado – aparece com mais frequência na mídia.” (Darcio Rangel)

Darcio traz uma questão que, mesmo sendo de escassa relevância, costuma provocar debates escaldantes. Vamos começar pela vaca fria: em português, o nome tradicional do continente gelado em torno do Polo Sul é Antártida (em Portugal, Antárctida). Entende-se, portanto, que seja essa a forma que o leitor encontra “com mais frequência na mídia”. No tempo em que eu lustrava os bancos escolares, era a única.

Até algum momento impreciso dos anos 1980, talvez 1990, não parecia haver dúvida sobre isso: Antártida era o nome próprio e antártico (ou antártica), o adjetivo a ele correspondente. Era comum um aluno trocar as bolas e, talvez por influência da famosa marca de cerveja – auxiliada pelo fato de serem aquelas terras chamadas de Antarctica em inglês –, referir-se ao continente antártico como “Antártica”. Nunca deixavam de corrigi-lo.

Faz anos que isso vem mudando. Não havendo o que se possa chamar de posição “oficial” sobre o assunto, hoje as duas formas, Antártida e Antártica, são empregadas no português brasileiro – consta que em Portugal, pelo menos por enquanto, os falantes conservam total fidelidade à sua “Antárctida”. Quem tiver curiosidade vai se divertir com o quebra-pau que a questão provocou entre brasileiros e portugueses numa página de discussão da Wikipedia em 2007.

Será que o uso crescente do nome próprio Antártica é apenas um daqueles erros que, de tão repetidos, acabam por se impor? É uma possibilidade, mas seus defensores mais eruditos, entre os quais há geógrafos de renome, alegam ser essa a única forma que faz sentido etimológico, uma vez que o latim antarcticus, “austral”, derivou do grego anti + arctikós, ou seja, o que se opõe ao ártico (de Árktos, a Ursa, dupla de constelações do norte). Se não chamamos o Ártico de Ártida – argumentam – por que chamar seu antípoda de Antártida?

A pergunta faz algum sentido. Há quem imagine que tudo começou com um erro de grafia e ainda os que enxergam no batismo da Antártida uma influência daquela mitológica Atlântida, o continente perdido. De todo modo, foi Antártida a forma que se consagrou em nossa língua – e da qual não vejo motivo para abrir mão. Afinal, se a simetria é tão importante, quando vai começar a campanha para mudar o nome do Ártico para Ártica?

Discussões etimológicas à parte (dificultadas pelo fato de dicionaristas não se dedicarem habitualmente a topônimos, registrando apenas os adjetivos a eles correspondentes), considero provável que a forma emergente Antártica seja (mais) um reflexo do domínio cultural do inglês. Trata-se, contudo, de uma preferência pessoal. Qualquer que seja a sua, o uso atual e o bom senso mandam admitir como corretas ambas as formas, Antártida e Antártica.

Share

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

43 Comentários

  1. Alberto nascimento

    -

    18/05/2015 às 19:54

    Caro Sergio,
    Esse artigo já rende 2 anos de comentários, e irá muito além.
    É uma interessante concentração de opiniões.
    Antártida é mais elegante.
    Antártica é decoreba (anti-ártico).

  2. ERNESTO

    -

    18/05/2015 às 15:44

    eu prefiro mesmo é ALLIANZ PARK….lol

  3. WALTER JOÃO NAUFAL

    -

    15/05/2015 às 15:26

    A discussão se encerra uma vez que se considere o termo como substantivo ou como adjetivo. O adjetivo qualifica o substantivo, portanto, o substantivo (nome do local) deve ser ANTÁRTIDA por se tratar de um continente, ao passo que, o que provém da ANTÁRTIDA deve ser ANTÁRTICO, para qualificar o masculino ou ANTÁRTICA para qualificar o feminino. Exemplo: Quem nasce na ANTÁRTIDA é um cidadão ANTÁRTICO e para o feminino seria uma cidadã ANTÁRTICA. O mesmo se diz para acidentes geográficos e tudo o mais. Ex.: Oceano Antártico, clima antártico.

  4. val

    -

    08/05/2015 às 21:33

    Eu gosto mais de pronunciar antártica !!!antártica!!!

  5. Renato de Souza Silva

    -

    05/05/2015 às 13:27

    Na minha opinião eu prefiro Antartida porque não é pelo fato de falar Antartica e lembrar de uma marca de cerveja e sim uma questão de grafia agora eu pergunto aos nossos imortais da Academia Brasileira de Letra. Porque o nosso país chama-se Brasil com S e quando nós disputamos alguma competição internacional se escreve Brazil com Z

  6. Pedro Gabriel

    -

    01/05/2015 às 17:27

    O mais certo é a palavra Antártica porque faz mais sentido etimológico. Sei que definir uma das duas como oficial será muito dificil em funçao de Portugal usar uma palavra diferente. Sobre sua pergunta no penultimo paragrafo, nao existe logica mudar para Ártica porque nao se trata de um continente. Eram dois polos, o Artico e o Antartico, porém o Antartico foi considerado continente e para seguir de acordo com os demais ( a palavra deve ser feminina ex: A Europa, a America…) foi alterado para Antartica. Antartida é apenas uma relaçao a cidade mitologica de Atlantida, pois a regiao tinha sua eexistencia conhecida mas nao se sabia nada sobre ela, por isso fizeram essa parafrase.

  7. JOAQUIM JOSE SIMOES BRAGA FILHO

    -

    26/04/2015 às 22:18

    Sou mais Antártida. A nossa líquida Portuguesa esta uma verdadeira bagunça. Vai chegar um tempo que vai ser impossível entender o dialeto brasileiro. Já não seremos mais irmãos no falar.

  8. Maria Luísa Cimino

    -

    26/04/2015 às 22:03

    Acredito que o correto seja Antártida! Foi assim que aprendi. Como estão falando muito na novela o termo que na minha opinião é errado, Antártica (que é nome de cerveja) todo mundo fala errado. É a mesma coisa que Roraima. Por que agora, cismaram de falar Roráima? Fica muito estranho, não é?

  9. Rayane

    -

    29/12/2014 às 11:08

    Ok, gostei da matéria, mas a discussão na Wikipédia tá d+!
    kkkk

  10. Rodrigo De Filippo

    -

    18/12/2014 às 22:07

    Em Espanhol também se escreve Antartida. A grafia estaria relacionada com a palavra Atlântida. A palavra antártica é adjetivo feminino, como substantivo não passa de uma aberração de transcrição do Inglês. É erro muito comum dos que não gostam de consultar dicionários. Cito outro exemplo: Zeca Camargo mencionou por duas vezes em uma matéria um país chamado Burma. Esta é a forma inglesa para Birmânia, que agora se chama Miannmar.

  11. Ricardo Cunha

    -

    28/10/2014 às 23:17

    Mesmo sendo a língua um organismo em movimento, há que se distinguir entre o que se convenciona norma culta e modificações a partir de “erros” que acabam se consagrando. Antártida é a forma correta e ponto final. Muita gente baseia-se pelo som – a busca pela eufonia -, mas a gramática é repleta de estruturas em que o correto não necessariamente soa “bonito”. Bonito ou não é subjetivo; correto ou não é objetivo. Novo ponto final.
    Cuidado para não gastar todos, Ricardo.

  12. Carlos

    -

    20/05/2014 às 9:19

    Assim como os continentes: Europeu, Asiático, Africano, Americano, Oceânico… O Polo Sul deveria se chamar (ou já é) de Antártico.
    Realmente… da mesma forma que um polo se chama Ártico, o outro deveria ser chamado de Antártico. E se levar em consideração os nomes dos oceanos em volta: Oceano Ártico e Oceano Antártico, ainda mais o Polo Sul deveria ser chamado de Antártico. Mesmo porque se “polo” é substantivo masculino, então… antártico.

    E por assim dizer… Europa, Ásia, África, América, Oceania… Portanto; Antártica.
    Agora, da mesma forma que chamamos o continente Asiático, dizemos: a Ásia.
    Estranho é não ser o mesmo: Continente Antártico – A Anta ().
    É muito estranho o nome dado ao polo Sul ou aos continentes, tendo em vista nossa gramática ser repleta de regras. Afinal parece que há um regra, ou nenhuma, para cada continente:
    Porque daí a Ásia deveria ser: A Asiática (Ásia-atica); assim como também: a Africática (África-atica), a Americática (América-atica)… seguindo o exemplo da Antártica (Anta-artica).

    Já por outro lado temos o Polo Norte, e é conhecido como o Ártico.
    Então, o Polo Sul tem esse nome “Anta-artica” ou “Anta-artico” por talvez ser oposto, antagônico ao Polo Norte. Mesmo porque o Polo Norte nem mesmo é considerado um continente, ao contrário do Polo Sul. Talvez seja por isso que nunca é tratado como “a Ártica”.

    Vai saber…
    Chamem os perítos!

  13. Pedro Rocha

    -

    29/04/2014 às 12:14

    Se mudarem para Brahma, também aceito (um copin…)

  14. Paulo Xavier

    -

    19/04/2014 às 12:04

    Alguém sabe informar porque os ursos polares não comem pinguim?
    R: Não comem porque os ursos polares vivem no pólo norte (Ártico) e os pinguins vivem no pólo sul (Antártica ou Antártida)

  15. Cotocta

    -

    30/01/2014 às 2:45

    Pra acabar com essa discussão, sugiro mudarmos para Skol…… rsrsr

  16. Elvis Harrison de Sousa

    -

    27/01/2014 às 9:20

    TExto muito bom. O autor poderia assiná-lo.
    ????, Elvis. Que assinatura o titular da coluna precisa acrescentar?

  17. Rodrigo De Filippo

    -

    26/01/2014 às 12:45

    Um detalhe: o Ártico, não é nada, senão uma enorme placa de gelo. Não é um continente, como é a Antárdida. Se não me engano, foi Américo Vesúpúcio que sacramentou dar nomes femininos aos continente.

  18. Rodrigo De Filippo

    -

    26/01/2014 às 12:42

    Desculpe-me, essa questão não é irrelevante. É uma das muitas agressões sofridas por nossa língua. Cito outra: qual o nome da província alemã em que se situa a cidade de Munique? Resposta: Baviera. Mas desde que lançaram a cerveja, agora só escrevem Bavária. Isso é resultado do encantamento do Inglês sobre o brasileiro com complexo de inferioridade. A língua portuguesa é muito mais rica, tão rica que a maioria das palavras inglesas têm origem latina. Só que ninguém entende de semântica e faz a tradução literal. Tem muito intelectual, muito jornalista e muitos tradutores de livros usando EVENTUALMENTE como tradução de EVENTUALLY.

  19. ney barbalho

    -

    21/01/2014 às 9:43

    Se o ártico é denominado por causa dos ursos, no polo sul tem Pinguim deveria ser Pinguática (no feminino)

  20. caio

    -

    14/01/2014 às 23:04

    Não seria o oposto de Ártico o Antártico?

  21. Julio

    -

    28/12/2013 às 9:24

    Nem Antártica, nem Antártida, o correto é Bohemia

  22. Maria do Carmo Nóbrega

    -

    27/12/2013 às 9:11

    Prefiro a forma “Antártica”.

  23. Mauricio Lobo

    -

    22/12/2013 às 23:16

    Sigo no “Continente Antártico” ou Como disse o amigo sobre os continentes terem nome feminino, Antártica.

    Não se inicia um movimento para mudar o Ártico para Ártica, pois não é um continente é uma região e o nome é Circulo Polar Ártico, e a região em oposição é o continente Antártico ou a Antártica.

  24. Leonardo Varuzza

    -

    06/11/2013 às 15:25

    Não se usa Antiartico porque a Antartica é um continente e todos os continentes tem nomes femininos, já o Artico se chama Artico porque não é um continente.

  25. Vera Dalmas

    -

    10/10/2013 às 15:44

    voto no Antártico o antípoda do Ártico. Para acabar com as discusões.

  26. Paulo Hora

    -

    06/07/2013 às 17:22

    Na verdade, ártico é um adjetivo também. O nome do círculo imaginário que envolve o pólo norte é “Círculo Polar Ártico”, que, ao contrário da Antártida não é um continente, pois sua camada sólida é (muito) menor que a Groelândia.

    Só não sei se existe o termo “Ártido” como sinônimo “círculo polar ártico”, como existe “Ántártida” como “Círculo Polar Antártico”.

  27. Luciano

    -

    29/06/2013 às 6:52

    Em Portugal Antárctica perdeu o c mudo com o Acordo Ortográfico.

    Neste jornal português que não respeita ainda o AO aparecem 584 casos de Antárctida e 327 de Antárctica (é claro que entre eles há alguns adjetivos, o que diminui o número de ocorrências, mas substantivos também não faltam): http://www.publico.pt/pesquisa?q=Ant%C3%A1rctica

  28. jorge

    -

    28/06/2013 às 8:58

    Simples. Ursa,ao norte. E, urso ou antiursa ao sul.

  29. LIMA

    -

    28/06/2013 às 7:42

    NO PRIMÁRIO, APRENDI QUE O NOME É “ANTARTIDA”. USO-O ATÉ HOJE.

  30. Luiz

    -

    28/06/2013 às 4:49

    Ártico é o oceano – não há continente Ártico! Por oposição, chamamos continente antártico – assim como falamos continente americano, por exemplo. Assim, sendo, Antártida me parece a forma mais appropriada ao nome do continente.
    O Ártico, mais que um oceano, é o nome de uma região.

  31. RicBraga

    -

    27/06/2013 às 22:58

    Dizem as más línguas e as teorias das conspirações que a palavra antártica passou a ser o nome do continente quando começou a primeira missão brasileira na Antártida. A fábrica de cerveja patrocinou subliminarmente o noticiário de uma emissora de tv e de seu jornal que passou a chamar de missão na antártica….

  32. João Magalhães

    -

    27/06/2013 às 22:57

    No Alaska ouvi uma outra explicação que tem por base o grego Arktus (urso). Eis que o Artico é o habitat natural dis grandes ursos brancos enquanto que no anti-artico não existe essa espécie. Daí o termo Antartica.

  33. Rodrigo Aracno

    -

    27/06/2013 às 22:40

    O nome do continente Antártico vem do oposto do Ártico: Em outras palavras Anti-Ártico é o que está no lado oposto do Planeta

  34. Vladimir

    -

    27/06/2013 às 21:48

    O texto diz que não há uma posição que se possa chamar de oficial… O que sei é que o Brasil é signatário do Tratado Antártico, e não do tratado antártido (não existe essa nomenclatura oficialmente, em nenhum documento do União). Se os documentos da União fazem referência unicamente à Antártica, esse é o nome oficial, o resto é invenção. Por acaso alguém diz “continente Antártido?.. mar Antártido??… Não! O Continente Antártico e Mar Antártico! É simples: Anti + Ártico = Antártico = oposto ao Ártico!
    Você está mal informado, Vladimir. A tradução oficial do referido tratado, de 1975, feita pelo Itamaraty, chama-o de “Tratado da AntártiDa”. Isso basta para caracterizar uma “posição oficial”? Não creio, pois de lá para cá outros documentos oficiais fizeram opção diferente: trata-se apenas do reconhecimento de uma forma que, mais do que consagrada, era então a única empregada na língua. Você também parece não ter entendido a diferença entre nome próprio e adjetivo neste caso. O adjetivo é indiscutivelmente “antártico”. Um abraço.

  35. José Hildeberto Jamacaru de Aquio

    -

    27/06/2013 às 21:31

    Nem uma nem outra. Prefiro a geladinha…

  36. Nancy

    -

    27/06/2013 às 21:24

    Antartico, claro.
    (Anti-artico), oposto.

  37. Quadros

    -

    27/06/2013 às 20:26

    O que será que os pinguins acham disso, sendo os que residem nesse habite. Vamos consulta-los, com veredito final.

  38. sergiorodrigues

    -

    27/06/2013 às 19:28

    Não há dúvida nenhuma sobre o adjetivo, Lauro. É antártico.

  39. Lauro

    -

    27/06/2013 às 19:20

    Resta uma dúvida, os pinguins são moradores do continente antártido ou do continente antártico??

  40. sergiorodrigues

    -

    27/06/2013 às 18:37

    Não procede, Rosaura.

  41. Rosaura

    -

    27/06/2013 às 17:18

    A informação que recebi, no final dos anos 80, é que Antártida se refere ao continente gelado em torno do Polo Sul, e Antártica, a toda a região polar no sul do planeta.

  42. Marco Müller

    -

    27/06/2013 às 16:38

    Caro Editor,
    Não abro mão e fico com Antártida, que desde minha infância lá pelos anos 50 me acompanha.
    Polo Sul não é sinônimo de cerveja.
    Português brasileiro diz Antártida.
    Abraço e saúde a todos.
    Marco Müller

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados