‘Lula levou seis Geddéis’, diz Palocci

O ex-ministro da Fazenda, traidor do povo brasileiro, golpista e coxinha disse que o ex-presidente avalizou propina de R$ 300 milhões da Odebrecht

O ex-ministro da Fazenda, traidor do povo brasileiro, golpista, perseguidor, vendido à mídia, baba-ovo de Sergio Moro e coxinha Antonio Palocci disse que o ex-presidente Lula avalizou propina de 300 milhões de reais da Odebrecht.

Em depoimento, o ex-braço-­direito de Lula afirmou que o ex-presidente acompanhou todas as etapas do processo, que incluiu a compra de um terreno de 7 milhões de reais para o seu instituto.

Lula negou as acusações e minimizou a intimidade entre eles. Questionado sobre sua amizade com o ex-ministro, respondeu que Palocci era “amigo de um amigo”.

Publicado em VEJA de 13 de setembro de 2017, edição nº 2547

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Mas que jornalismo porco em. Credo

    Curtir