Blogs e Colunistas

Xico Sá

18/01/2014

às 20:56 \ Cultura, Politicamente Correto

Mulheres são seres superiores?

Sobre superioridade e inferioridade, creio já ter escrito meu texto definitivo aqui. O título é apenas uma provocação, com base em uma frase solta na coluna de Xico Sá na Folha de hoje. Diz ele: “Por estas e por outras é que as mulheres são mesmo seres superiores”.

Veja bem: não tenho nada contra tal afirmação. E talvez até seja verdade (acredito que não, pois acho muito mais provável haver indivíduos superiores, sejam homens ou mulheres, e não um gênero inteiro melhor). Mas meu ponto é outro.

É o eterno duplo padrão da esquerda politicamente correta. Caberia perguntar: pode isso, Arnaldo? E se fosse o contrário? E se um texto. ainda que de humor, trouxesse a afirmação de que os homens são seres superiores? Alguém tem alguma dúvida de que haveria uma reação imediata?

Quando o presidente de Harvard, Larry Summers (de quem não nutro simpatia alguma, pela arrogância), declarou que considerava possível haver diferenças naturais entre os sexos em termos cognitivos, já que os homens demonstravam melhores aptidões em matemática, foi um escarcéu total.

Muitos acham que essa declaração infeliz foi decisiva para a escolha de Janet Yellen para o Fed no lugar de Ben Bernanke, uma vez que ambos eram os mais cotados. Vejam o custo pessoal dessa afirmação!

O que eu penso disso tudo? Que o mundo está um lugar muito chato, graças aos igualitários pentelhos. Então não posso mais levantar a hipótese de que, talvez, os negros tenham mais habilidades naturais em basquete, uma vez que observo a enorme predominância de negros na NBA?

Talvez isso eu ainda possa fazer. O que não é mais permitido é sempre o contrário: se alguém colocar o grande vilão do universo em posição de destaque, aí é que fere a sensibilidade alheia. Homem, branco, ocidental, heterossexual e cristão, esse carrega o fardo dos males da humanidade nas costas.

As “minorias” podem ser melhores. Mulheres (minoria?), gays, negros, islâmicos, gente da periferia, esses podem ser colocados como superiores em algum critério qualquer. O que não pode ser feito, jamais!, é o oposto. Nem mesmo em forma de piada, viu?!

Mas, como eu não seria quem sou se aceitasse a patrulha do politicamente correto, seguem alguns aforismos de Karl Kraus para apimentar a noite de sábado:

Nada é mais insondável do que a superficialidade da mulher.

Gosto de monologar com as mulheres. Mas o diálogo comigo mesmo é mais interessante. 

Nada é mais tacanho do que o chauvinismo ou o ódio racial. Para mim, todos os seres humanos são iguais; há idiotas em toda parte e tenho o mesmo desprezo por todos. Nada de preconceitos mesquinhos!

A força mais enérgica não chega perto da energia com que alguns defendem suas fraquezas. 

O homem imagina preencher a mulher. Mas é apenas um tapa-buraco. 

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados