Blogs e Colunistas

19/01/2014

às 17:32 \ Liberdade de Imprensa

Jornalistas do SBT têm vergonha de Rachel Sheherazade. Eu tenho vergonha dos jornalistas do SBT.

Segundo a colunista Fabíola Reipert, jornalistas da emissora têm comentado que sentem vergonha de trabalhar com ela. O problema seria o fato de Rachel ter uma postura muito opinativa, com pensamentos que nem todos concordam.

O jornalismo no SBT, que costumava ser mais imparcial, agora exibe as opiniões de direita da apresentadora. Recentemente, ela deu uma entrevista em que se mostrou a favor do deputado Feliciano e comentou sobre os “rolezinhos”.

É o sinal de que a direita começa a incomodar, por balançar a hegemonia de esquerda que já dura tantas décadas. Esses jornalistas não estão mais acostumados ao contraditório, a alguém com opinião firme diferente do que prega a cartilha politicamente correta do “mainstream”.

Quando aparece alguém com esse perfil, automaticamente cria-se grande desconforto entre o establishment jornalístico. Como assim, ela ousa criticar abertamente os “rolezinhos”, essa linda expressão popular dos abandonados da periferia?

Ao contrário dos jornalistas do SBT, eu tenho orgulho porque Rachel Sheherezade se tornou, recentemente, minha seguidora no Twitter:

Rachel Sheherazade

Então ficamos assim: jornalistas de esquerda do SBT têm vergonha de Rachel Sheherazade. E eu tenho vergonha dos jornalistas de esquerda do SBT (e de todos os demais canais).

Aprendam a viver com opiniões divergentes, meus caros! Coloquem em prática aquilo que sempre pregaram da boca para fora, e enalteçam a pluralidade de ideias. Ou será que todo jornalista “imparcial” precisa tomar o partido da esquerda como prova de sua “imparcialidade”?

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

355 Comentários

  1. Karollyn

    -

    23/07/2014 às 0:23

    Estes que sentem vergonha de trabalhar com ela deveriam dizer para ela mesmo dela e não pelas costas, pois ao contrario deles ela é sincera e fala a sua opinião doa a quem.E isso é admirável. É de pessoas assim que deveria ser feito o mundo. Eu não perco nenhum dia do sbt brasil, o trabalho dela é otimo. P.S EM VEZ DE VERGONHA TINHAM QUE ADMIRAR E O SE ORGULHAR POR SEREM “COLEGAS” DE TRABALHO DA MESMA.

  2. Gilnani

    -

    27/06/2014 às 9:03

    Bom eu queria começar dizendo que você é orgulho dentro do jornalismo verdadeiramente serio que também da banho nas pessoas que pregam a imparcialidade que não passa de utopia, pois só agora que vejo o que é de verdade ser imparcial o resto é só hipocrisia fico revoltado também com estas pessoas que manchão o jornalismo serio,então é comprovações que estes são os oportunistas e parasitas anêmonas que ficam na boca dos políticos tubarões pra pegar as sobras. E a você é o ícone de garantia de ser nosso porta voz e que estais ao lado do povo e não de grupos que saqueiam esse país quero aqui deixar meu apoio e meus profundos sentimento de desabafo.(Sou Policial Militar e foi a unica que defendeu quando tinha que fazer e criticar quando tinha que criticar,pois só assim podemos tomar como uma critica construtiva para que melhoramos em nossas ações obrigado por tudo, pois é de pessoas comprometido com a seriedade que precisamos e não de falsos MORALISTAS e mais uma vez OBRIGADO!

  3. Elza Maria de Brito Fernandes

    -

    06/06/2014 às 12:14

    Os jornalistas que sentem vergonha de Rachel, como vc, são hipócritas. Vocês fora dos microfones falam tudo que ela tem coragem de falar ao vivo. A maiorias dos tele jornais são de uma hipocrisia absurda, pensam que o povo brasileiro é “burro” e despreparado, mas enganam-se.Dizem que o povo brasileiro não sabe votar. Será???Será que as nossas urnas são confiáveis!!!!!! Por que será que os países desenvolvidos não possuem urna eletrônica?????

  4. Sergio

    -

    21/05/2014 às 16:50

    Algumas pessoas têm vergonha por não terem coragem de falar o que ela fala e dar opiniões fortes e verdadeiras e por não praticar o “jornalismo de cabresto”. Parabéns Raquel.

  5. Daniela

    -

    05/05/2014 às 12:41

    Vou comentar aqui com a sua frase, que destrói a sua “vergonha” dos jornalistas que sentem vergonha da Rachel: “Coloquem em prática aquilo que sempre pregaram da boca para fora, e enalteçam a pluralidade de ideias.”. É isso, antes de ensinar é preciso aprender…

  6. salomão torrres

    -

    01/05/2014 às 14:48

    Muito obrigado Rodrigo. Valeu.

    abraços

  7. Marcelo dos Santos

    -

    20/04/2014 às 19:03

    “O verbo discordar se refere ao ato de estar em discordância, ou seja, de não concordar ou não combinar. Pode significar também o ato de soar de forma desarmônica. O verbo descordar se refere ao ato de cortar a medula espinhal de um touro e é menos utilizado do que o verbo discordar. ”
    Pode descordar Clayton.

  8. Clayton

    -

    19/04/2014 às 10:49

    Eu descordo desse camarada aí,Raquel é uma das poucas jornalistas deste país chamado Brasil, que tem opinião própria e expressa as suas opiniões com firmeza e postura,se eu trabalhasse com ela teria o maior orgulho. Parabéns Raquel, siga em frente,se o Sr:Silvio te apóia, o restante é lucro….

  9. marcos

    -

    18/04/2014 às 3:32

    Muito bem Raquel Sheherazade apoio suas opiniões, temos que retomar o País democrático que este governo tenta nos tirar.

  10. Cesar

    -

    15/04/2014 às 17:19

    Rachel, siga em frente e parabéns pelos milhões de manifestos pelo país e na grande rede, foi uma lavada !

  11. Marcelo dos Santos

    -

    11/04/2014 às 8:37

    Caro João,
    Deixo claro que não sou seu. Graças aos Deuses.
    Nos EUA isso que você disse não ocorre. E em muitos outros países. Vou deixar como tarefa de casa pra você essa pesquisa de debates estrangeiros. Uma coisa é você se limitar ao mundo como ele é.
    Outra, é superar seus limites.
    Perguntas fora do contexto não são respostas diretas. Mais um “saber diferente”, e inútil para uma compreensão eficaz.

  12. João Augusto

    -

    09/04/2014 às 17:25

    Meu caro Marcelo dos santos,
    Acho que você está fora de sintonia. Respostas mais diretas do que as que eu já te dei é impossível. Mas como esperança é a última que morre, tenho fé que um dia você compreenda o que para mim é muito óbvio.
    Você sabe quantos partidos políticos existem no Brasil? Sabe o que quer dizer a palavra ideologia? Pois é amigo, acredito que a luta de todos é por dias melhores, mas no meio disso tudo existe a questão dos interesses pessoais, que na grande maioria das vezes é colocado em primeiro lugar. É essa mesma política que controla tudo, inclusive o mundo corporativo. E sabe o que acontece, na política o que pode ser uma solução para você pode ser um grande problema para mim. Você sabe como se ganha uma campanha política? A estratégia é identificar os pontos fracos e, estes pontos fracos são justamente os problemas não resolvidos pela atual gestão, mas prometidos exaustivamente em campanha. Estes pontos vão ser sempre questionados como erros. No mundo corporativo também costumamos apontar erros e qualidade, isso sempre vai existir, faz parte do jogo.

  13. EMANOELY

    -

    09/04/2014 às 15:38

    MUITO BEM RACHEL VC E UMA VERDADEIRA JORNALISTA, O BRASIL PRECISA DE PESSOA COMO VC QUE FALA A VERDADE.

  14. Sônia Maria de Paiva

    -

    07/04/2014 às 18:09

    Onde está a liberdade de expressão? O jornal do SBT com RACHEL CHEHERAZADE era o único jornal televisivo que eu assistia. Que pena!!! Rachel, repórter e âncora inteligente, competente, quantas qualidades… Rachel era a minha voz, a nossa voz… Tenho certeza que Rachel voltará, afinal, vivemos em um País democrático não é mesmo? VOLTA RACHEL, PRECISAMOS DE VOCÊ!!!

  15. Ana Paula Guidi da Silva

    -

    07/04/2014 às 17:16

    Infelizmente o que é bom dura pouco,Raquel é mulher de garra e não é covarde como vários homens por aí,fala com verdade e muita clareza o que é o certo,chega de tantos absurdos e as pessoas se acostumaram a serem cegas e não lutarem por um Brasil melhor.Pena que eu passei assistir o SBT jornal só por causa dela e agora nem tenho o trabalho de mudar o canal porque ela não aparece e fica aquele jornal copiado um do outro,sem graça e muito sem opinião.

  16. hestia

    -

    06/04/2014 às 9:19

    Só ligava no jornal do sbt para ouvir as opiniões da Rachel. Espetacular jornalista, mas não duraria muito. Jornalista só pode ser engajado senão o poder cubano liquida logo com ele. Lamento. Ninguém quer ouvir a cintia. sbt agora só quando a Rachel voltar

  17. oswaldo ruas

    -

    05/04/2014 às 11:39

    Estou maravilhado com a menina pois ela so fala a verdade.
    Pena que logo, logo o Silvio vai ser aperttado, pelo LULA
    para demiti-la.fizeram com o Boris, o pt não gosta de censura.

  18. otávio galvao

    -

    04/04/2014 às 20:50

    Vamos trazer de volta nossa pora voz. vamos às ruas. amanha 9:00 praça da Sé. VOLTA RAQUEL. Divulguem.

  19. Marcelo dos Santos

    -

    04/04/2014 às 17:12

    Caro João,
    É impressionante a sua falta de capacidade em responder perguntas diretamente. Pela terceira vez! :)
    Não é a mesma linha editorial que eu pedi, leigo em interpretação.
    A questão dos debates(mais uma pergunta que você não respondeu) é a proposição de soluções. E não simplesmente apontar os erros dos outros.

  20. João Augusto

    -

    04/04/2014 às 9:37

    Caro Rodrigo,
    Ontem dia (03/04), postei uma mensagem em resposta ao comentário de Marcelo dos Santos. Como o mesmo não foi publicado, julgo que seria no mínimo elegante você justificar a razão da censura.Visto que no meu entendimento não usei nenhum termo inadequado, muito menos ofensivo.
    Certo de sua atenção, desde já agradeço!
    João Augusto

  21. Francisco Morais

    -

    03/04/2014 às 20:56

    Sobre a Raquel uma òtima Jornalista que foi demitida porque falava a verdadeira noticia, lamentalvel…

  22. João Augusto

    -

    03/04/2014 às 12:09

    Caro Marcelo,
    Detalhe: Citei a TV Cultura apenas como exemplo de um veículo que trabalha na disseminação da informação e cultura. ( você não acredita nisso)
    “Publicidade é uma forma de manter a revista”, sensacional! Você acaba de descobrir a pólvora. (rsrs…) Se você não considera a revista Veja um instrumento importante para o nosso país, a única coisa que posso fazer é lamentar. Agora me responda uma coisa sinceramente: em que mundo você vive? Você realmente acha que todos os veículos de comunicação do país deveriam adotar a mesma linha editorial? Acha mesmo? Acorde Amigo! vivemos num sistema capitalista de alta competitividade e com muitos interesses diferentes em jogo. Isso é democracia. Vivemos em uma sociedade capitalista! Você está confundindo alhos com bugalhos……

  23. Delma

    -

    02/04/2014 às 21:39

    Eu gosto muito da Rachel ela é autentica e verdadeira isso incomoda os fracos.Quando alguém faz comentários negativos de outra pessoa e porque não consegue ser igual!!!

  24. César Santos

    -

    02/04/2014 às 18:09

    Parabéns á Rachel Sheherazade e abaixo a ditadura criminosa do totalitários de esquerda que estamos vivendo e suas patrulhas do pensamento.

  25. João Xavier

    -

    30/03/2014 às 23:16

    Raquel Sheherazade,fala bem, portuqes claro, bonito, verdades que doi à maoiria dos nossos políticos e autoridades que precsam ouvi-las. Se houvesse mais uma meia duzia com esta garra e caráter, talvez as coisas tomaraiam um rumo de un futuro bem melhor.

  26. Marcelo dos Santos

    -

    26/03/2014 às 11:55

    Caro João.
    Sua frase sobre a revista é lamentável.
    Não citei a tv cultura como meio de comunicação ruim pois concordei com sua afirmação. Obviamente.
    Atiro com palavras, pois você pela segunda vez não respondeu minha pergunta. Não é assim que se cria um debate. É uma via de mão dupla.
    Publicidade é uma forma de manter a revista, e não há a importância citada por sua pessoa. Peço gentilmente dados, exemplos e não suas verdades infundadas.
    Já assistiu um debate nos EUA e outro aqui? É o mesmo estilo de revistas como veja e carta capital.
    Antagônicas, e apontam os defeitos do governo. Justamente quando o país precisa de união para resolver o problema.
    Siga a linha do debate. Peça ajuda ao Paulo Freire

  27. saulo padilha

    -

    24/03/2014 às 20:12

    Rachel Sheherezade é um ‘oásis’ do telejornalismo, e os acomodados têm muito o que aprender com ela, ou: o limite entre o jornalismo e a militância.

  28. João Augusto

    -

    24/03/2014 às 12:09

    Caro Marcelo,
    É difícil discutir com alguém que atira para tudo que é lado. Mas debate é assim mesmo. Engraçado que você esqueceu de citar o único veículo que eu fiz questão de citar, no caso a TV Cultura. Eu posso até não gostar de algumas matérias, do excesso de publicidade da revista Veja por exemplo, mas não reconhecer o seu valor( valor da revista Veja) e a sua importância para o Brasil seria no mínimo não conhecer um pouco da nossa história recente. O importante é saber extrair as coisas boas desses veículos.

  29. Kathleen R. Scott

    -

    23/03/2014 às 12:21

    Ótimo, concordo. Atualmente, o Brasil vive atolado nessa imparcialidade da esquerda onde idéias contrárias são muito mal-vindas. Não devemos concordar na totalidade nem de um lado nem do outro, porém como nosso perfil da sociedade é democrático devemos respeitá-la. Infelizmente o governo, diga-se PT, destina 450 milhões para Globo, 150 para o SBT, para as todas demais outros tantos milhões por ano. Estranho né???

  30. Marcelo dos Santos

    -

    21/03/2014 às 9:40

    Caro João,
    “Perfeito. Quem não quer acabar com a corrupção e fazer uma nova eleição com fichas limpas? Acho que todos desejam isso. Mas, será que uma intervenção militar é a melhor forma? A história nos mostra que não, visto que o período militar ficou marcado não só por retrocesso econômico, como por muita corrupção, torturas e os horrores que todos já sabem. Aliás, sem contar que outra forte crítica à nossa atual presidente é que a sua economia é tão fechada que nos faz lembrar o período militar, então não faz sentido tirá-la do poder para colocar militares, que promoverão um país ainda mais estatista.”
    Tá no site infomoney. Ache o erro.

  31. Eliane

    -

    20/03/2014 às 3:17

    Parabéns Rachel!! Que Deus te proteja por que depois de ler tudo isso aqui, só Deus pra te guardar a partir de agora! pessoas que fazem e gostam de coisas erradas não gosta de ouvir a verdade e devido a isso gera grandes inimigos. um abraço e boa sorte!

  32. VILEIDE DOS SANTOS FARIAS

    -

    19/03/2014 às 23:01

    O POVO BRASILEIRO É BURRO, BURRO, E BURRO, COMO ASSIM FICAR CONTRA A UMA MULHER GUERREIRA QUE É RACHEL, AMO ELA, NUNCA UMA MULHER TEVE TANTA CORAGEM DE FALAR O QUE PENSA, ACORDA BRASIL, CHEIO DE CORRUPÇÃO, ELA É INTELIGENTE, E FALA POR MIM, PORQUE AS VEZES EU GOSTARIA DE EXPOR TUDO O QUE PENSO…PARABÉNS

  33. Helaine

    -

    19/03/2014 às 20:07

    A verdade e jornalistas bem informados é só isso que precisamos!

  34. Marcelo dos Santos

    -

    19/03/2014 às 16:57

    Caro João.
    Infelizmente não pude registrar aqui os maus e pobres canais de conhecimento. Veja que contradição. O mesmo blog que permitiu esse nosso “debate” moderou meu último comentário.
    Comentário que por sinal, não tinha absolutamente nenhum palavrão ou ofensa. Apenas informações. Como podemos perceber, a lógica estabelecida no meu primeiro comentário é válida.
    Acredito que um dia talvez você possa mudar seu ponto de vista. E acreditar que saber mais ou menos português não é um saber diferente. E sim uma questão de inteligência, estudo e esforço. Inclusive, pode ser decisivo em um mundo competitivo.
    Fico triste com a citação ao final do comentário. E mais ainda por não ter respondido minha pergunta (“mais um sinal de saber diferente”?).
    Confie na Rachel, e no Papai Noel.

  35. celia

    -

    18/03/2014 às 20:50

    Concordo plenamente com tudo que ela falou no jornal. Teve coragem e acerto em sua palavras. Poucos jornalistas tiveram coragem de fazer estas colocações. Parabéns, continue a fazer o jornalismo verdade.

  36. Marcelo dos Santos

    -

    16/03/2014 às 14:13

    Caro João.
    Sendo bem direto.
    Canais pobres de conhecimento: comentários generalizadores e infundados(curiosamente alguns seus), revista veja, revista caros amigos, carta capital, o globo, g1. Canais ricos de conhecimento: Livros, documentários, gramáticas, etc.
    No bom português, o saber mais ou menos influencia. Tanto influencia que você não respondeu a minha pergunta do outro comentário. Repetindo novamente: “(…)Em momento algum mencionei que você tenha dito: “opiniões constroem conhecimento”. Por quê colocar isso no segundo texto?(…)”
    Ruídos criam debates sem fundamento. Paulo Freire estaria de acordo.

  37. Jorge dos S. Rodrigues

    -

    14/03/2014 às 21:21

    ALERTA!!!… APOSTURA DA IMPRENSA BRASILEIRA HOJE, SÓ SERVE P/ DEFENDER BANDIDO.. VAMOS MUDAR DE LADO!…

  38. Jorge dos S. Rodrigues

    -

    14/03/2014 às 21:07

    Seria muito não é ?… Ter uma imprensa no nosso pais que informasse ao povo o que é realmente interessa.PARABENIZO a Sra. Rachel !…. Bravo!..

  39. Fernanda

    -

    12/03/2014 às 14:01

    A Raquel é 1000 está de Parabéns. Os jornalistas hipocritas, demagogos e comprados pela politica, apenas tenho pena… e nojo também.

  40. João Augusto

    -

    10/03/2014 às 16:09

    Caro Marcelo,
    Lamento que não tenha entendido. Acho que você vive em outro planeta…será que você poderia citar alguns exemplos dos tais “canais pobres de conhecimento”? Na verdade a maioria dos veículos de comunicação manipulam o que vai ao ar, independente da qualidade do seu conteúdo. O que vai determinar a riqueza ou pobreza é a linha editorial e a forma de como a programação é construída e pautada. (ver o ótimo exemplo da Tv Cultura). Eu não conheço nenhum tipo de inovação científica que não tenha sido construída tendo com base o conhecimento. “A mídia, em sua maioria, não vende conhecimento. Ela vende “verdades frutos de opiniões.” Quando você caracteriza Jornalismo Imparcial(sem caps lock, de forma educada pois não lhe conheço) como interpretação pessoal, livre, e não influenciada, me pergunto no que mais você acredita” Esse texto não é seu?
    Me senti no dever de pedir desculpas pelo fato de não ter sabido respeitar o seu ponto de vista, afinal o fato de discordar de você não quer dizer que eu esteja correto e você errado, é apenas uma “opinião divergente”. Quanto a Rachel Sheherazade, estou certo sim de que sua voz(voz de Rachel) representa a grande maioria do povo brasileiro.
    Não mudei a minha forma de pensar em relação ao meu primeiro comentário, apenas tentei facilitar as coisas e lhe fazer compreender melhor o meu ponto de vista.
    Fique certo de que vou levar em consideração os seus conselhos. Afinal de contas “Não há saber mais ou saber menos: Há saberes diferentes.” Paulo Freire

  41. Marcelo dos Santos

    -

    09/03/2014 às 19:27

    Caro João Augusto.
    É em canais pobres de conhecimento(mídia) que existe a manipulação. A “utopia” é composta por modelos que servem de exemplo. Assim como a Constituição é utópica(seguindo sua linha de utopia).
    A inovação científica que eu usei como argumento não foi no contexto do seu “nunca”, e sim de conhecimento. Em momento algum mencionei que você tenha dito: “opiniões constroem conhecimento”. Por quê colocar isso no segundo texto? Não entendi muito bem o que você quis com as desculpas e se você abandonou seu ponto de vista sobre a Rachel. Basta ler o primeiro texto e o segundo para notar a diferença de linha de raciocínio e argumentação. Gostaria de indicar sinceramente que pratique interpretação de textos e dissertação. Desculpe minha sinceridade, mas tenho certeza que sua argumentação desnecessária foi fundada em erros de interpretação e leitura.
    Sucesso

  42. geraldo

    -

    06/03/2014 às 11:05

    Gostaria muito que alguém dessa justiça brasileira ou desses juristas e políticos que fazem leis nesse pais; me explicasse o que é pagar pena em liberdade. Se pena é pena como pode ser paga em liberdade. No Brasil todo cidadão tem o direito de matar o primeiro, só que eles continuam matando e fica tudo bem. Tenho vergonha de ser brasileiro:pais da corrupção, do crime sem pena,dos 10% mais ricos, ser politico no Brasil virou profissionalismo.

  43. João Augusto

    -

    05/03/2014 às 16:40

    Caro Marcelo dos Santos,
    Na minha opinião a mídia é sim um canal indutor de conhecimento. Um veículo de comunicação que aborda temas das mais diferentes áreas do conhecimento é um instrumento importante para o conhecimento. O que não é o caso das opiniões pessoais deste ou daquele jornalista, afinal de contas não se pode comparar uma notícia(uma fato concreto), com uma opinião pessoal, muitas vezes fruto de crenças e preferências ideológicas. É difícil de verdade acreditar na imparcialidade tendo muitas vezes que ouvir o comercial ou mesmo outros interesses.. Que bom seria passar somente a notícia, mas você sabe que isso é uma utopia.
    É óbvio que as experiências são importantes!
    É claro que somente é possível construir um bom debate se houver alguma base no conhecimento, é fácil discordar de uma opinião, mas não é fácil discutir seja lá o que for sem embasamento. Afinal de contas opiniões mudam, enquanto o conhecimento você aprimora.
    Eu também acho que o Rodrigo Constantino, incentiva as pessoas a construirem o seu ponto de vista. E isso é muito bom!
    Não acredito sinceramente que seja possível construir uma nação melhor principalmente do ponto de vista social, se não oferecer ao seu povo uma condição mínima de acesso ao conhecimento. Portanto compartilho com aqueles que dizem que uma nação não será livre enquanto tiver que conviver com índices alarmantes de analfabetismo. Meu caro Marcelo, quando eu digo nunca, estou me referindo a mudanças nas redações, não estou falando de Inovação Científica. Afinal de contas as pesquisas estão ai justamente para inovar. Me perdoe mas em nenhum momento eu disse que opiniões constroem conhecimento, opiniões constroem debates apenas isso…Livros e professores, estes sim constroem conhecimento.
    Espero não ter sido contraditório, e antes que eu me esqueça me perdoe sinceramente por não ter sabido respeitar o seu ponto de vista.

  44. wison antonio

    -

    04/03/2014 às 21:30

    não gosto de política nem tão pouco dos políticos,pois por causa deles vivemos na miséria e num país que não se cumpre as leis,sou a favor da pena de morte e de um regime que façam cumprir as leis,pois nem um político presta nem vai prestar.

  45. Laura

    -

    04/03/2014 às 0:42

    Certamente estão indignados, porque a imprensa brasileira dos últimos 15 anos ficou caolha e enxerga com um olho só : o esquerdo! Se quer tiveram coragem de reagir à queda da obrigatoriedade do diploma, o Sindicato então, se calou. A maioria que se diz jornalista defendem o Comunismo mas desconhecem que se isso acontecer, serão eles os primeiros a serem calados. Parabéns Raquel.

  46. paulo alencar

    -

    28/02/2014 às 11:26

    Precisamos de jornalistas que falem a verdade doa a quem doer vejo uma clara decadencia da imprensa que de modo estranho nao fala mais nada de interesse do povo apenas os enunciados de noticias e so, a imprensa e a boca do povo e tem que viver para o povo ja que ‘politicos so estao preocupados com seus partidos’e o povo e o ultimo da lista como aquele cachorro que espera cair da mesa de um banquete um osso pra roer, parabens estou contigo brava REPORTER!!!

  47. tche mendes

    -

    27/02/2014 às 15:43

    se eventualmente eu puder adquirir um canal de tv, com certeza seria minha primeira contratada, o ,problema é que todas as fortes opiniões, são sempre analizadas sobre o prisma da politica, coisa de um pais com mais de 30 partidos, e 50 religiões. de toda a sorte viva a pseudo democracia;;;;;

  48. Marcelo dos Santos

    -

    27/02/2014 às 13:43

    Ao João Augusto.
    Caro João Augusto,
    Lamento que meu comentário tenha parecido “sempre” contraditório. Espero que agora possa ao menos entender minha linha de raciocínio. Vamos por partes.
    Primeiro. A mídia, em sua maioria, não vende conhecimento. Ela vende “verdades frutos de opiniões.” Quando você caracteriza Jornalismo Imparcial(sem caps lock, de forma educada pois não lhe conheço) como interpretação pessoal, livre, e não influenciada, me pergunto no que mais você acredita. Nos conceitos básicos de Processo Decisório, estudamos que o mapa mental de qualquer pessoa muda com as experiências adquiridas. É trivial que afirmar que interpretação pessoal é subjetiva e não objetiva. Justamente por ser influenciada através de experiências pessoais. Logo, de acordo com sua frase, o jornalismo nunca será imparcial.
    Felizmente, o Rodrigo Constantino incentiva as pessoas a construírem a sua própria opinião. Um processo lento e embasado. Sujeito a mudanças que devem ser acompanhadas de leituras, e não de opiniões(que podem mudar diariamente, o vulgo “de lua”)
    Segundo. Acho no mínimo infeliz sua crítica ao meu comentário. Em momento algum fui contraditório. Já você, disse que vivemos numa democracia e necessitamos conviver com a multiplicidade de opiniões e conceitos. Talvez um pouco mais de conhecimento faria você entender e quem sabe conviver com minha crítica sem ter o dispêndio de me responder e dizer que minha confusão não leva a nada. Me desculpe, mas a confusão foi sua. A não ser que você pregue a bandeira do multiculturalismo e acredite que podemos conviver com a ignorância. A ignorância é gerada pelo multipensar, ou duplipensar. Vale a pena pesquisar o segundo termo no livro do Constantino.
    Terceiro. Não é a opinião do jornalista que não deve ser influenciada(coisa impossível, segundo o Processo Decisório). Ele como agente emissor deve ter a responsabilidade e cordialidade de somente passar a notícia. Concordo que emissoras selecionam e vetam coisas que possam prejudicar a si mesma. Ninguém quer se prejudicar. Mas você não sabe a confusão de conceitos gerada quando um jornalista “opina” sobre o PIB, por exemplo.
    Quarto. Não sou esquerdista, pelo contrário. Não prego o que não faço. Gostaria de terminar com essa frase sua: “No entanto nunca será possível ter conhecimento sem ouvir o que dizem os especialistas mesmo que sejam eles posicionamentos contraditórios ou reverso ao que acreditamos”. O conhecimento é condição necessária para a realização da sua frase. Porém, mesmo tentando complementar sua argumentação, é impossível dizer nunca. Uma prova? Leia os livros de economia de Gregory Mankiw, e Freakonomics. Pesquise sobre inovações científicas. Aí talvez você entenda que opiniões não constroem conhecimento, e sim o contrário. E é essa minha verdade às grandes mídias.
    Aguardo uma resposta que não seja contraditória.

  49. João Augusto

    -

    24/02/2014 às 11:56

    Ao Marcelo dos Santos,
    Caro Marcelo,
    Como vivemos numa democracia é importante que saibamos conviver com a multiplicidade de opiniões e conceitos. Sendo assim o ideal seria saber respeitar essa diversidade típica de um país que abriga muitas culturas. Tão chato,deselegante e sem fundamento é alguém criticar a opção religiosa de outras pessoas, isso não cabe quando se vive num país de Estado Laico. Em seu comentário você fez uma grande confusão e sinceramente não entendi quase nada..Você foi sempre muito contraditório! Num determinado momento você diz ” as pessoas precisam de conhecimento, conhecer os fatos como eles são na realidade”, em outro diz que ” a interpretação deve ser livre e não influenciada”, diz que não acredita na “globo, no Datena nem na Rachel Sheherazade”, lá na frente diz que ” amanhã as pessoas podem mudar por outra pessoa que possa parecer mais convicente”. Você fez uma grande confusão que ao meu ver não leva a nada! Sua opinião é contraditória… É preciso saber viver numa democracia, é preciso principalmente saber debater. Rachel Sheherazade fez exatamente o que você sugere como correto. Ela é bem informada dos fatos, é livre de hipocrisia, tem conhecimento e coragem para expressar publicamente o seu ponto de vista sobre determinado assunto. O que não significa dizer que seja a verdade absoluta e qui ela esteja certa, mas é como ela enxerga. É uma interpretação pessoal, livre e não influenciada, isso sim é fazer JORNALISMO IMPARCIAL. Também concordo com o Rodrigo Constatino. Afinal de contas deve ser muito difícil viver dentro das redações com amordaças. Deve ser muito frustrante não poder dar a notícia como ela deveria ser dada, mais frustrante ainda não poder opinar sobre este ou aquele assunto… Quando aparece uma Rachel Sheherazade, que é livre de tudo isso, causa um grande desconforto! Ninguém é obrigado ver a programação da Globo, muito menos o Datena, tão pouco levar em consideração os comentários de Rachel Sheherazade e o posicionamento do Rodrigo Constantino. No entanto nunca será possível ter conhecimento sem ouvir o que dizem os especialistas mesmo que sejam eles posicionamentos contraditórios ou reverso ao que acreditamos. Outrossim, porque não podemos mudar de opinião? Mudar de opinião não é uma coisa terrível e negativa como alguns pensam, muito pelo contrário….Algumas mudanças fazem bem principalmente as que são provocadas pelo conhecimento.
    Mas veja que interessante, se não houvesse opiniões diferentes não estaríamos aqui nesse debate..Que bom seria se ter mais gente com a coragem de uma Rachel Sheherazade, principalmente aquelas que ocupam cargos de destaque e formam opinião.

  50. Carlos

    -

    21/02/2014 às 21:29

    Troca vergonha por inveja, ira fazer muito mais sentido, eles começaram a ver que são uns incapacitados perto dessa jornalista e estão se sentindo inferiores. São uns coitado pé rapado acostumado ao banditismo… Ta precisando do Bolsonaro ser presidente, dai sim esse país vai mudar da agua pro vinho.

  51. joao xavier

    -

    19/02/2014 às 22:59

    quero dizer que o direito humano só é valido pros que sao dishumano,porque? direito humano pra quem realmente é humano nao tem direito a nada.

  52. joao xavier

    -

    19/02/2014 às 22:53

    gosto muito das verdades que a reporter rachel sheherazade diz,porque? eu mesmo queria dizer muitas coisa mais nao tenho como dizer. nós brasileiros temos o poder nas maos e nao sabemos usar.porque aqueles politicos que nós votamos e eles nao representam o povo direito cabe agente mudar mais o que nós fazemos nada. nao sei se é porque a maioria do povo é analfabeto e nao ver um palmo na frente dos olhos.

  53. Bruno

    -

    18/02/2014 às 23:16

    Gosto dela, exceto quando a jornalista cede lugar para “a crente”, como aconteceu no caso do Feliciano.

  54. Marcelo dos Santos

    -

    18/02/2014 às 10:55

    Caro Constantino.
    Estou lendo Esquerda Caviar e fui surpreendido com o seu livro e escrita. Excelente obra. Retrata muito bem a hipocresia do país.
    Apesar disso, não acredito que a vida deva ser um debate falso e infundado de Facebook. Muito menos acredito em Datena, Globo, e na Rachel Sheherazade.
    O jornalismo ironicamente pregado por Sílvio Santos(vide youtube) deve existir. As pessoas precisam de conhecimento, conhecer os fatos como eles são na realidade. Buscar informações por si próprio. Da mesma maneira que você brilhantemente sugere (livros,filmes,documentarios) no seu livro. Sendo a interpretação livre e não influenciada. Isso se dá de forma mais fácil através de um jornalismo imparcial.
    Exemplo. Ao ler esse post, talvez 50 ou 150 dos comentários abaixo sejam de manada. Hoje acreditam no que você diz e amanhã podem mudar por outra pessoa/idéia que pareça convincente. Como se fosse o duplipensar ou até um multipensar. Porém pior. Conhecimentos infundados por parte dos leitores.
    Espero que encare isso como uma crítica construtiva. As pessoas reagem a incentivos, e incentivos a educação sempre são bem vindos. Precisamos de mais conhecimento nesse país. E nem sempre uma notícia que representa uma ou duas visões basta.
    Abraços. Aguardo sua resposta.

  55. Judson Santos

    -

    17/02/2014 às 11:07

    Fala sério. A hora que aparece uma jornalista que emite opinião contrária ao que pensa maioria dos jornalistas hipócritas, que só concordam e nunca tem coragem de contrariar, ai aparece os sem personalidade de plantão para censurar a jornalista. Parabéns a Rachel e que o SBT não invente de ceder à pressão desses jornalistas tipo Boechat que não tem opinião própria. Citei o Boechat porque ele falou que a opinião da Rachel é uma “bosta”. Só faltam os proprios jornalistas com ciumes do sucesso da Rachel a perseguirem e exigir que a censurem, fala sério né Brasil, falar a verdade agora é crime, êta paisinho hipócrita!!!

  56. Moacir Chiminazzo

    -

    15/02/2014 às 9:20

    Pobrezinha da rede globo em jornalismo, tem que aguentar quando aparece uma verdadeira repórter, sem ter que ler o que o editor na TV manda.

  57. CESAR J.HELLMEISTER

    -

    14/02/2014 às 11:43

    E nós temos vergonha do Brasil. Um país medíocre e covarde que critíca quem realmente tem interesse em combater a criminalidade. Se o poder público não resolve, sobra para quem tem coragem resolver e estes são criticados por um bando de covarde. Mas o povo esta acordando e não vamos permitir que oportunistas continuem tendo uma vida em berço esplendido.

  58. João Augusto

    -

    13/02/2014 às 12:21

    Num país onde tudo funciona mais ou menos como faz de conta..Onde a regra é a corrupção e a hipocrisia! Ver uma mulher se posicionando com a coragem e a fibra da Rachel Sheherazade é motivo de muita alegria e esperança. Ao contrário da maioria Rachel não tem se curvado, seu posicionamento firme é a sua principal característica. Num sistema onde a grande maioria defende interesses comerciais e não tem a liberdade de expressar sua opinião ou publicar a notícia sem maquiagem,não deve ser fácil ver uma mulher que além de linda, charmosa e inteligente, é âncora do principal Jornal do SBT. Não tenho dúvida que em seus comentários Rachel representa a grande maioria do povo brasileiro. Parabéns Rachel!

  59. josé luiz

    -

    11/02/2014 às 10:56

    Não é questão de concordar ou deixar de concordar, menos ainda pensar pela cabeça dos outros…ou a nossa sociedade realmente pensa com a cabeça dos outros? de esquerda ou de direita, as pessoas possuem posições politicas ideológicas, principalmente as que pensam, por si próprias, muitas vezes compartilham de um mesmo discurso, o fato é …diversidade e respeito Brasil! Certo ou errado…julgue quem tiver argumentos do porque esta julgando…o jornalismo formado sobretudo por uma elite se omite protegendo o próprio sistema, se isso é editorial, a empresa é deles, eles são funcionários! se eles possuem opinião, claro que sim…o importante fato em meio a crise politica que já é aspecto cultural é a coragem em dizer o que pensa, independente de como e quem vai atingir…respeito à opinião sociedade!

    ou por que agora é tv aberta tem que se transmitir noticia!

    notícia qualquer um faz!

  60. josé luiz

    -

    11/02/2014 às 10:49

    Não é questão de concordar ou deixar de concordar, menos ainda pensar pela cabeça dos outros…ou a nossa sociedade realmente pensa com a cabeça dos outros? de esquerda ou de direita, as pessoas possuem posições politicas ideológicas, principalmente as que pensam, por si próprias, muitas vezes compartilham de um mesmo discurso, o fato é …diversidade e respeito Brasil! Certo ou errado…julgue quem tiver argumentos do porque esta julgando…o jornalismo formado sobretudo por uma elite se omite protegendo o próprio sistema, se isso é editorial, a empresa é deles, eles são funcionários! se eles possuem opinião, claro que sim…o importante fato em meio a crise politica que já é aspecto cultural é a coragem em dizer o que pensa, independente de como e quem vai atingir…respeito à opinião sociedade!

  61. Erik Cavalcanti

    -

    10/02/2014 às 12:21

    O que mais acho engraçado são frases do tipo “Ela fala o que nós, a população, pensamos”. Então, se eu não pensar do mesmo modo, eu não faço parte da população? As pessoas têm uma mania incrível de polarizar as coisas. Parem de proteger as pessoas com se elas pensassem totalmente igual a vocês, parem de atacar as pessoas como se elas pensassem totalmente diferente de vocês. Concordo com pouquíssimas coisas que esta “jornalista” diz, são poucas, mas existem! Deixar que ela pense por vocês é sinal de retardo mental. Ademais, pessoalmente, estou interessado que o jornalista me passe apenas a notícia, e não sua opinião, me passe só a notícia que eu formo a minha opinião. Mesmo correndo o risco de parecer mecânico como o jornalismo da Globo. Antes um robô apresentando um jornal à uma caricatura de patricinha revoltada me dizendo como eu deveria pensar.

  62. Sidney

    -

    10/02/2014 às 10:29

    Mas o que tem haver direita e esquerda nos comentarios dela ?? caro jornalista, creio que vc misturou a bolas. Ela tem opinião, e é contra qualquer tipo de coisa errada, e não pq é direita ou esquerda, pois ela não se posiciona politicamente. Gosto dela, pq diz sempre o que o povo tbm acha e não faz média com ninguem. PS: Esquerda estão os ladrões do PT e direita é um braço da Ditadura Militar, onde deixaram o pais no abismo e no limbo !!!

  63. Washington

    -

    08/02/2014 às 13:22

    A Anne de 06/02
    Uma pessoa da qual você discorda torna-se por isso uma nojenta? E o que a opinião dela tem a ver com laicidade? Ademais, laico é o Estado; o jornalismo é livre pra ser o que quiser. Aliás, o jornalismo hoje é praticamente tudo, mas é só alguém dar uma opinião dissonante do senso comum que já recebe pedradas e é rotulado de conservador. Os muitos anos de censura fizeram nossa sociedade se desacostumar ao debate, parece ser proibido pensar diferente. A censura oficial acabou, mas há ainda na mente de alguns a censura do diferente, do contrário. O Brasil é um país (ainda) livre, pode-se falar o que quiser. Quem comete excessos, paga por eles. Quem não gosta de ouvir ou não sabe aceitar opiniões divergentes pode simplesmente mudar de canal. Não dói nada e é de graça!

  64. Diogenes Herculano

    -

    08/02/2014 às 12:46

    Talvez a opinião nem é dela, mas sim do editorial de jornalismo do Sbt.

  65. Paulo Arthur

    -

    08/02/2014 às 11:40

    INFELIZMENTE, SÓ ATRAVÉS DE COMENTÁRIOS CORAJOSOS, COMO ESTES E QUE SEREMOS OUVIDOS PELOS NOSSOS GOVERNANTES. CASO CONTRÁRIO, CONTINUAREMOS A SER ROUBADOS, TORTURADOS E MORTOS COMO CÃES, JÁ QUE PARA OS BANDIDOS NÃO SOMOS NADA.
    JORNALISTAS, JÁ ESQUECERAM DO DIREITO DE “ LIBERDADE DE EXPRESSÃO “
    POLÍTICOS DO PSOL, OU DE OUTRAS AGREMIAÇÕES QUE SE SENTIRAM INCOMODADOS, PORQUE ATÉ AGORA VOCêS NÃO FIZERAM LEIS, PARA DAR SEGURANÇA AO POVO, ASSIM, O POVO TALVEZ NÃO PRECISASSE SE DEFENDER COMO PUDER.
    LEMBREM-SE, A NOSSA POLICIA ENXUGA GELO, JÁ QUE A JUSTIÇA PRENDE E MANDA SOLTAR LOGO DEPOIS, DEVIDO AS LEIS, SEREM MUITO BOAS PARA BANDIDOS, E QUANDO ELES SAEM, VOLTAM A COMETER MAIS DELITOS E ASSIM A VIDA CONTINUA.
    EU FICARIA MUITO FELIZ, EM VER AS CRÍTICAS, CONTRA A JORNALISTA RACHEL, SEREM FEITAS AOS NOSSOS POLÍTICOS..

    OLHA A VIDA QUE NÓS LEVAMOS: SAÍMOS PARA TRABALHAR E NÃO SABEMOS SE VOLTAREMOS, QUANDO ESTAMOS EM CASA; FICAMOS PREOCUPADOS ENQUANTO NOSSOS FILHOS NÃO CHEGAM. ISTO É VIDA ?
    C H E G A D E H I P O C R I S I A -

    ENQUANTO, A JUSTIÇA NÃO FUNCIONAR E A IMPUNIDADE REINAR, EM NOSSO PAÍS, SÓ RESTA A POPULAÇÃO SE DEFENDER COMO PUDER.
    VOCÊS NÃO SE DEFENDERIAM COMO PUDER ? OU AGRADECERIA AOS BANDIDOS POR ESTAR EM SUAS MÃOS E PEDIRIA AO SEU PRÓXIMO QUE FOSSE LHE AJUDAR, QUE NÃO FIZESSE NADA CONTRA ELE, POIS ELE NÃO SABE O QUE FAZ.

    NOS JORNAIS, TANTO O DE PAPEL COMO O TELEVISIVO E NAS RÁDIOS A NOSSA PROGRAMAÇÃO É DE VIOLÊNCIA O DIA TODO; 24 HORAS É POUCO PARA NOTICIAR OS HOMICÍDIOS QUE ELES PRATICAM CONTRA O CIDADÃO DE BEM, O TRABALHADOR, ENFIM, CONTRA A SOCIEDADE.

    PARABÉNS RACHEL PELA SUA CORAGEM, OS QUE ESTÃO CONTRA VOCÊ NO MOMENTO, NÃO PASSARAM POR MOMENTOS TRISTES EM SUAS VIDAS E ESPERO QUE NUNCA O PASSEM.

  66. Derli

    -

    06/02/2014 às 22:52

    Vivemos numa sociedade onde culturalmente e historicamente, o ser humano sempre foi rotulado e enquadrado naquilo que é o “normal”. No vídeo ela defende Justin Bieber dizendo que sua má conduta é reflexo da fase considerada “normal” e que se chama adolescência. Já o marginalzinho parece ter escolhido ser um marginalzinho. Não há sensibilidade para com a história desta pessoa. Não aconteceu na minha família, realmente, porém: defendo um ser humano e não sua conduta inadequada.

  67. Ricardo Barbosa

    -

    06/02/2014 às 22:25

    Nova musa do Brasil.

  68. Anne

    -

    06/02/2014 às 19:23

    Por favor,ela é uma nojenta de direita.E seria igualmente nojenta se fosse de esquerda.Jornalismo deve ser LAICO.Laico! Deve informar a verdade,não a verdade sobre qualquer forma de visão;E os jornalistas tem razão.Eu tenho vergonha da Rachel Sheherazade quando vejo ela na TV.É um retrocesso do jornalismo brasileiro.

  69. jose antonio da costa

    -

    06/02/2014 às 15:32

    Acho que essa jornalista ocasionalmente opina da maneira que muita gente quer se expressar mas não tem veículo próprio. Tenho muita pena daqueles que se queixam do preconceito ao homosexualismo, por exemplo, e no final, dizem “desde que não seja na minha família, tudo bem.” Lembrem daquela música do Gonzaguinha, “É”, “a gente não tem cara de panaca, a gente não tem jeito de babaca, a gente não está com a bunda exposta na janela prá passar a mão nela…”E o Cazuza ? “Brasil, mostra a tua cara” Se perguntem (não estou mudando de assunto, não):A quem interessa os hospitais caindo aos pedaçoes ?

  70. Nestor Joanes

    -

    06/02/2014 às 13:26

    E desde quando ser contrário à tal jornalista é ser de esquerda, Constantino? Pensamento raso, não? Ou você a está protegendo pelo fato de ela te seguir no Twitter?

  71. Derli

    -

    06/02/2014 às 12:41

    https://www.youtube.com/watch?v=dI2enm6JB9g

    Justin Bieber é um garoto que está crescendo, em plena adolescência. Afinal, quem nunca passou por isso? O marginalzinho é UM MARGINALZINHO.

    https://www.youtube.com/watch?v=dI2enm6JB9g

  72. Derli

    -

    06/02/2014 às 12:33

    Opiniões diferentes não devem ser confundidas com condutas que prejudiquem outras pessoas. Sou homossexual e ouço hoje que não existe homofobia e sim expressão de liberdade. Então se eu ver um casal hetero beijando-se na rua eu posso atacá-los moralmente e fisicamente, porque é simplesmente a livre expressão de minha opinião de “não apoiar o afeto entre heteros?” Comentários desta jornalista, Feliciano e afins, não opiniões e sim condutas que denigrem o ser humano e demonstram frieza e total falta de empatia e consideração positiva incondicional para com o outro.

  73. Isa

    -

    06/02/2014 às 11:36

    Excelente, Rodrigo!

  74. Irineu

    -

    06/02/2014 às 11:33

    Esta reporter merece todo apoio dos demais jornalista que tem medo de dizer a verdade como ela é, tem muitos aí camuflando o noticiário e informando somente o que está acessível. Está na hora da imprensa mostrar que estamos em um Estado democrático de direito e que temos a livre expressão. Não dá mais e estão camuflando a Verdade com cenas indecentes em que não estão nos princípios da familia tradicional. Tenho medo de deixar minha descendência assistir televisão.Viva Rachel.

  75. Moisés

    -

    06/02/2014 às 8:46

    e tem mais, quem não gostar dos comentários da colega Rachel, existe um aparelhinho secreto chamado controle remoto, troque de canal e ponto. Mais uma vez, parabéns Rachel Sheherazade.

  76. Moisés

    -

    06/02/2014 às 8:42

    Parabéns Rachel, você fala o que o povo brasileiro gostaria de falar, mas não tem voz nem microfone, a verdade realmente dói e isso acaba refletindo nos próprios colegas de trabalho, espero que o SS não se importe com isso, deixem a Rachel opinar, além do mais, ela é linda…

  77. Francisco Ayres

    -

    05/02/2014 às 12:11

    A postura dessa mulher é patética! Ela combina com programinhas mundo-cão da tarde. Só o SBT, que é um lixo, poderia contratar essa mulher ridícula. Ela agrada porque fala “indignada” sobre problemas brasileiros como violência etc, mas esse jeitinho indignado é asqueroso. Exagerada, parcial, irritante.

  78. Michelle Silva

    -

    05/02/2014 às 10:22

    O chato é quando o debate público no Brasil vira socialismo versus conservadorismo. Como se não houvesse outras correntes políticas. Eu não sou socialista, mas tenho vergonha de quem não defende o Estado de Direito e acha legal um grupo de justiceiros que ataca quem vê pela frente. Enfim. Bjs

  79. André Ricardo

    -

    03/02/2014 às 17:12

    Esse pessoal que se dizem de esquerda são capitalistas. Não falam que realmente pensam porque tem interesses comerciais (anunciantes) estou falando de rede globo, bandeirantes etc… Esse pessoal de esquerda não aceitam opiniões diferentes e ainda assim se dizem de esquerda. Sociedade hipócrita e covarde ! A minha projeção em relação ao futuro(como historiador) é: um dia a baderna social sera tamanha (nós não estaremos mais vivos provavelmente) que a força será necessária (estou falando de exército, tortura, prisões etc…) pois estamos em uma democracia e não estamos sabendo lidar com ela…

  80. renato

    -

    01/02/2014 às 20:12

    Tambem com opinioes sinceras sem hipocresia, isso tende a acontecer.
    a verdade doi

  81. ronivon

    -

    01/02/2014 às 17:13

    o que falta no jornalismo e alguem como o ratinho que expressa suas opinioes sem medo de comentarios negativos.

  82. Marisa

    -

    31/01/2014 às 17:15

    Falta jornalismo no jornalismo brasileiro.
    A falta de inteligência, de discernimento aqui é tão grande que as pessoas alegam ~recalque~. Isso só comprova que aqui é só um facebook sem erros ortográficos – opa, tem alguns ali embaixo…

  83. thiago

    -

    31/01/2014 às 3:08

    Você é conservador.

  84. Washington

    -

    30/01/2014 às 22:40

    E eles tem que ter vergonha de trabalhar com a Rachel mesmo! Perto dela, esse é o sentimento que sobra a esses incompetentes: vergonha! Ela é uma jornalista inteligente e independente, os vendidos sentem vergonha! Vergonha do que são, vergonha da incapacidade de ser profissionais como ela é. Rachel é hoje uma das poucas que não se dobraram ao “partido”.

  85. João

    -

    30/01/2014 às 19:28

    Gosto muito desta repórter, se ela tem o aval do diretor de jornalismo da emissora porque não usar? É que a verdade incomoda a muitos; Principalmente os jornalistas que visam algo em troca do patrão. Essa moça é inteligentíssima e fala oque pensa e que o povo quer ouvir quem é pra falar não fala.

  86. Raimundo Carvalho da Silva

    -

    29/01/2014 às 22:58

    Quando alguém fala verdade, incomoda muita gente e poucas pessoas tem essa coragem que a jornalista tem, Parabéns.

  87. thiago maloney

    -

    29/01/2014 às 14:26

    Essa ai é um bom exemplo de mulher que só fala merda, as vezes. as vezes acerta em um comentário, mas gente que fala de mais sempre perde a razão, ta na hora dela ficar quieta e opinar mesmo isso sim.

  88. Marlene

    -

    28/01/2014 às 15:37

    Mulher sábia, linda, defensora da família e dos bons costumes. Te admiro Rachel Sheherazade.

  89. marco

    -

    28/01/2014 às 14:30

    Gosto de jornalistas que tem opinião própria, além desta excelente jornalista tem também o Ricardo Boechat da Band.

  90. Ana Helena

    -

    27/01/2014 às 16:23

    Não se espera uma reação racional positiva de um grupo denunciado em rede nacional todas as noites pelo trabalho de uma jornalista do sbt.
    Rachel Sheherazadee ganhou atenção, agora receba as críticas boas e não boas. Gostaria que não desanimado e siga em frente.

  91. Aldo Wagner Fernandes

    -

    27/01/2014 às 9:05

    Parabéns Rachel, falar a verdade deveria ser premissa de todo repórter, porem alguns faturam para distorcer a verdade.
    Não é a direita que esta incomodando é a esquerda que já não tem mais como sustentar suas mentiras, está velha e cansada, por outro lado o povo esta despertando do berço esplêndido ao som do mar e a luz do céu profundo…

  92. Antônio Sá

    -

    27/01/2014 às 7:44

    Rachel Sheherazade me representa! A colunista Fábiola, não passa de uma pequena fogueira desesperada.

  93. frank

    -

    25/01/2014 às 20:58

    ela é como poucas mulheres linda inteligente e corajosa fiqui durente muitos anos no sbt .

  94. Fernando Silva

    -

    25/01/2014 às 15:36

    A direita começa a incomodar? Aonde? Quando? Hehehe… #SONHOMEU

  95. Joimar

    -

    25/01/2014 às 12:27

    Parabéns Raquel, mas saiba que todo o que diz a verdade (mesmo que seja da notícia) será perseguido…prudência. Deus a abençoe.

  96. Manoel Moraes

    -

    25/01/2014 às 11:29

    Parabens Raquel, continue assim,nunca perca a coragem.

  97. Manoel Moraes

    -

    25/01/2014 às 11:29

    Parabens Raquel, continue assim.

  98. gilberto

    -

    23/01/2014 às 18:40

    Rachel, isso e inveja dos incompetentes!

  99. José Manoel

    -

    23/01/2014 às 11:42

    Por causa dessa sua postura é que você vem incomodando muita gente, portanto continue assim Rachel, você é o nosso orgulho!

  100. maria pereira da silva

    -

    23/01/2014 às 10:25

    a concorrência esta incomodada.

  101. Maria pereira da silva

    -

    23/01/2014 às 10:23

    È gente a concorrência esta incomodada..
    Que dia nossa melhor jornalista estará de volta?

  102. Leniéverson Azeredo

    -

    22/01/2014 às 20:46

    Os que são contra a Rachel são puros recalcados, só isso. Não tem argumentos, partem para agressão.

  103. Pedro da Rosa

    -

    22/01/2014 às 15:55

    Joir Eduardo, deveria ler mais, se informar mais e desligar sua TV do SBT então. Veja que a Grande Maioria dos comentários estão de acordo com a apresentadora. Quando vemos uma pessoa que tem coragem de falar abertamente que é a favor da família, da educação, da moral e bons costumes vem um para denegrir a imagem desta bela, inteligente e sábia mulher. Se tens vergonha dela, simplesmente não a veja mas não a agrida.

  104. aurea

    -

    22/01/2014 às 13:40

    ela faz mt bem seu trabalho e por ser diferente, encanta! e os outros naum gostam!

  105. Valdemar Alves

    -

    22/01/2014 às 12:52

    É isso mesmo que você disse Rodrigo Constantino. A Rachel defende o que pensa sem se preocupar com aqueles, que neste país, querem fazer descer “garganta abaixo” as suas ideias. Hoje, diferente da Rachel, não vemos outro jornalista (salvo algum engano de minha parte) da tv, dizer nada que deixe chateadinhos os da esquerda, principalmente os da turma do pt.

  106. Rafael Sotero

    -

    22/01/2014 às 9:52

    Caro Rodrigo,
    Acho que há uma confusão da sua parte no que diz respeito à convivência com opiniões divergentes. É uma falácia que é bastante corroborada nos incontáveis debates sobre liberdade de expressão. Particularmente, discordo da jornalista Sheherazade, bem como da maioria do conteúdo de sua coluna. Dessa discordância, surgem críticas, desconfortos ou qualquer manifestação de repúdio – excetuando-se a violência, claro, ilegítima sempre -, assentados, também, no direito de expressão. No entanto,essa discordância de maneira alguma põe em xeque o espaço midiático seu, de Sheherazade ou qualquer outro articulista de opinião consonante. É preciso, Rodrigo, aprender a lidar com os aplausos e admiração dos seus partidários na mesma medida que com as opiniões divergentes. É o que prego, também, com meus colegas de opinião esquerdista, que fique claro. Só assim construiremos um espaço democrático.
    Abraço,
    Rafael.

  107. fabio

    -

    22/01/2014 às 8:54

    Shererazade é a melhor jornalista da atualidade. Parabéns !!

  108. lucas

    -

    22/01/2014 às 8:41

    melhor jornalista do brasil

  109. joao

    -

    22/01/2014 às 2:25

    perto dela os outros jornalistas “são uma vergonha” como já dizia um outro erudito jornalista…é uma mulher que faz\ valer o cargo que ocupa, não se preocupando em ficar confortável com este ou aquele, mas expondo a verdade dos fatos como deve ser apresentada…de jornalistas gosto de pouquíssimos, que tem seu crédito pelo trabalho que faz…Raquel com certeza é a melhor…sem comentários…

  110. Ciro Nolasco

    -

    22/01/2014 às 1:47

    Rachel, continue a fazer o que você sabe. O Brasil agradece.

  111. Pereira - DF

    -

    22/01/2014 às 0:20

    Uma das melhores jornalista da atualidade. Fala aquilo que nós, que valorizamos familia, e liberdade individual, pensamos. Só não temos o canal para mostramos nossa indignação com a situação em que o Brasil vive atualmente

  112. nixon

    -

    22/01/2014 às 0:05

    Inteligencia e beleza incomoda!!!

  113. Abnoan Torres de Castro

    -

    21/01/2014 às 23:31

    Oxalá,tivéssemos outras mulheres jornalistas, com a mesma
    fibra dessa maravilhosa e destemida Rachel Sheherazade!!!!. O que acontece, é que atualmente, tudo coopera pro bem do que é errado, imoral e desonesto. Parece que quase todos, estamos conformado com o caos que se instalou na sociedade. É isso….

  114. Décio

    -

    21/01/2014 às 22:49

    Ainda existem jornalistas em “Berlim”!!! Viva à Rachel!!!

  115. Jefferson

    -

    21/01/2014 às 22:19

    É que no Brasil só tem espaço para opiniões de esquerda. Não estamos acostumados, ou não queremos a diversidade de opiniões. Que democracia é essa que queremos se a liberdade tão duramente conquistada está sendo limitada, ou melhor, está sendo aos poucos estreitada. Quando verdadeiramente vamos conviver com a diversidade de opiniões? Eu ainda sonho com isso!

  116. Jose Batista Lopes

    -

    21/01/2014 às 21:53

    Os jornalistas que tem vergonha da Rachel Shererazade,São aqueles que vivem do politicamente correto,ou talvez tenham um pouco de inveja dela por verem a ancora do SBT BRASIL dizer no ar aquilo que eles não tem coragem de falar; Eles devia isso sim,sentir orgulho de ter uma colega tão corajosa que diz a verdade doa em quem doer

  117. Jociel

    -

    21/01/2014 às 21:41

    Rachel Sheherazade é um exemplo de jornalista. Rachel é a prova que ainda existe jornalistas que sabem de forma adequada expor suas opiniões.

  118. Sergio

    -

    21/01/2014 às 21:13

    Eu como um apenas um humilde telespectador…tenho ligeira impressão que ela começa a incomodar a plimplim.

  119. Carlos Vieira Borges

    -

    21/01/2014 às 21:12

    No Brasil do PT e dos seus alienados é proibido: Falar a verdade, ter opinião própria, ser de direita, ser honesto, defender a família, o casamento, a educação, a pesquisa, a saúde…O PT e seus “bovinos” seguidores acabaram com o país, com a moral e os bons costumes. Por isso acredito em você Rachel,pois são poucos os jornalistas que tem coragem de falar sobre os psicopatas do poder o que gostaríamos de dizer.

  120. oliveira ramos

    -

    21/01/2014 às 20:58

    melhor jornalista do brasil. corajosa em falar o que nós (a população) realmente pensamos sobre corrupÇao e badernas,

  121. add

    -

    21/01/2014 às 19:15

    ela representa o pensamento da maioria da população do Brasil, inclusive o meu…..

  122. Luciano

    -

    21/01/2014 às 18:07

    Ela é o maior trunfo do SBT, espero que a emissora tenha visão e invista nela!

  123. lucia

    -

    21/01/2014 às 15:59

    A melhor JORNALISTA do sbt e da tv brasileira!!!

  124. lucia

    -

    21/01/2014 às 15:57

    A melhor JORNALISTA do sbt

  125. Manoel

    -

    21/01/2014 às 14:01

    É isso Rodrigo. Rachel neles!

  126. Sergio

    -

    21/01/2014 às 13:59

    A Raquel é a maior revelação jornalística dos últimos anos. Corajosa, inteligente, fluente e além disso, uma gracinha. Imagine ,se fosse possível, as coisas pertinentes que ela diz saindo da boca da Menecucci, ou da Dilma Benguell, dentre outras.

  127. sem noção

    -

    21/01/2014 às 12:38

    Mais um PTralha esquerdopata da imprensa chapa branca na área:
    RODRIGO NA CASCUDA!!!!!!!

    Flavio – 19/01/2014 às 20:32

  128. sem noção

    -

    21/01/2014 às 12:34

    Mais um PTralha esquerdopata da imprensa chapa branca na área:
    RODRIGO NA CASCUDA!!!!!!!

    Luciano – 19/01/2014 às 20:29

  129. sem noção

    -

    21/01/2014 às 12:27

    Ptralha esquerdopata da imprensa chapa branca na área:
    RODRIGO NA CASCUDA!!!!!!!
    tobias – 20/01/2014 às 22:50

  130. gilmar

    -

    21/01/2014 às 12:16

    Essa tal Fabíola só atende aos interesses da Record. Acho a Rachel uma jornalista extraordinária e penso que a maioria dos brasileiros aprovam sua opiniões.

  131. Carla Ringwald

    -

    21/01/2014 às 11:38

    Eu assisto ao telejornal no SBT só para ouvir os comentários que ela faz. Muito bom.

  132. Guilherme

    -

    21/01/2014 às 11:37

    Se tem uma coisa que você não aprendeu, essa coisa é aprender a viver com opiniões divergentes. Este texto mesmo é a prova disso.

  133. Paulo Martins

    -

    21/01/2014 às 11:10

    O preço da democracia é bem barato para se viver nela, a liberdade de expressão e a sua manifestação pública sendo como alguns dizem de esquerda, direita ou centro é o preço que se tem a pagar para o multiculturalismo que existe no Brasil. Desta forma consigo viver com opiniões contra os pobre, e com opiniões contra os ricos, para mim é algo que fascina na democracia de tudo ter dois lado e não um absolutismo de entendimento.

  134. Alex

    -

    21/01/2014 às 11:02

    Voce se diz tao inteligente e critica tantas formas de retórica falaciosas que não percebe o grande problema que se tem com a sherazade. Não é a opiniao dela que incomoda é a incoerencia e total falta de informação. Quando falou sobre a “polemica” da expressao “deus seja louvado” nas notas de real, ela atacou o que chamava de laicistas, dizendo que eles eram recionários fanaticos que queriam “mudar” o pais com a “desculpa” de laicidade, mostrando-se totalmente alheia e ignorante ao fato de que o paìs é laico por constituição. Mas quando é para defender o Feliciano, ela recorre a este argumento de laicidade para defender a ljberdade religiosa. Entao meu caro, ela tem de se decidir, ou o paìs é laico ou não e ela é a favor disso ou não, senão soa como incoerencia, burrice e hipocrisia….

  135. Lucas

    -

    21/01/2014 às 10:56

    É a Melhor jornalista do SBT!

  136. FORA BOLIVARIANOS!

    -

    21/01/2014 às 10:49

    Esquerdozóides asquerosos… se vcs estão assim TÃO incomodados com a Rachel, faça, um favor: MUDEM DE CANAL – e vão lá bajular seus protojornalistas da redi grobu e da recó! Sumam do SBT!

  137. FORA BOLIVARIANOS!

    -

    21/01/2014 às 10:46

    Assino embaixo a precisa observação de RobbieBr15 [20/01/2014 às 23:18]!

  138. hilton00neves

    -

    21/01/2014 às 10:39

    Não confio nessa mulher de jeito nenhum! Aposto que em breve ela tá lançando candidatura a algum carguinho mantido com nosso dinheiro. Rachel gosta de jogar pra platéia dela… O Feliciano que respeito é o cantor que mitou nos anos 70-80.

  139. Antonio Mazeica

    -

    21/01/2014 às 10:03

    E se não fosse a Rachél provavelmente estes jornalistas que não gostam dela estariam desempregados pois jornalismo nunca foi o forte do SBT e o Silvio Santos sempre os tirou do ar quando bem quis, porém agora é diferente pois o sucesso do informativo deve-se a ela e a suas opiniões livres e desprovidas de manipulações por chefes de redação vendidos, parabéns Rachél Sheherazade, é assim que eu e o publico que te assiste gostamos de você.

  140. Daniel

    -

    21/01/2014 às 9:51

    Onde está escrito que os tais jornalistas são de esquerda?!
    Essa geração direitista onde você está incluído, faz vergonha até para o pensamento da direita tradicional. Pense nisso…

  141. Adriano

    -

    21/01/2014 às 9:34

    A Fabiola Reipert é a Monica Bergamo do Bilhete Fidelidade da CPTM. Jornalismo “ouvi dizer que…”. Não apura nem a procedência da esfiha que almoça. Não merecia essa repercussão.

  142. Francisco Roberto

    -

    21/01/2014 às 8:38

    Achei curiosa a grande quantidade de pessoas comentando que as opiniões da Rachel Sheherazada são “absurdas”. No meu entendimento, as opiniões dela são, na verdade, conservadoras, e no melhor sentido possível deste termo. Suas opiniões conservadoras são esclarecedoras, coerentes e convergem valores cristãos de modo geral, tanto de católicos quanto de evangélicos. Claro que o sujeito que não se identifica com esses valores pode não concordar com ela e isso é saudável em uma democracia, mas isso não torna as opniões dela “absurdas”. Enfim, eu gostaria que os grandes Çábios que consideram as opniões da Rachel “absurdas” apontassem as falhas lógicas no pensamento da repórter ou a sua suposta falta de conhecimentos sobre os assuntos comentados. Obviamente, isso não vai acontecer.

  143. Joir Eduardo

    -

    21/01/2014 às 3:24

    Feliciano, Constantino? Sério que eu li isso, cara? Não dá pra engolir quem defende um crápula como aquele cara. Eu sou de direita e liberal e tenho vergonha de quem abre a boca pra defender um cara como Feliciano.

  144. Clayton Moreira

    -

    21/01/2014 às 3:13

    Não bastasse ser liberal, Rachel Sheherazade é gatésima!

  145. Luís

    -

    21/01/2014 às 1:34

    Aprendam a viver com opiniões divergentes, meus caros!

    Digo o mesmo para você: aprenda a viver com a pluralidade.

  146. Bottanelles

    -

    21/01/2014 às 0:38

    Rodrigo,
    .
    Pois eu também teria ORGULHO se ela fosse minha seguidora!
    .
    Rachel Sheherazade – MULHER LINDA E INTELIGENTE!
    .
    Manifesto toda minha ADMIRAÇÃO!
    .
    Felicidade a vocês!

  147. Ney S. Monteiro

    -

    21/01/2014 às 0:14

    Tenho sérias dúvidas de que esse pessoal seja de esquerda.
    Acredito mais que sejam preocupados com a chantagem que o governo petista faz ou pode fazer com os veículos que sobrevivem, em grande parte, devido aos gastos publicitários do governo.

    Para eles, para conservar seus empregos, acreditam que a melhor política é o puxa-saquismo.

    Quanto a dignidade, bom deixa isso pra lá.

  148. RobbieBr15

    -

    20/01/2014 às 23:24

    A próxima fofoquinha que os sub-jornalistas Fabíola Reipert e o site Brasil171 vão fazer da Rachel, vai ser de que ela não usa calcinha e que ela usou botox. Aguardem!

    ^_^

  149. RobbieBr15

    -

    20/01/2014 às 23:18

    Engraçado, quem reclama que a Rachel deveria ser imparcial, nunca reclamou da opinião PARCIAL dos jornalistas de esquerda:

    1) Anti-EUA.
    2) Anti-Israel.
    3) Defendem o socialismo.
    4) Defendem cotas raciais.
    5) Defendem o aborto.
    6) Defendem a legalização das drogas.
    7) Defendem o gayzismo.
    8) Defendem o desarmamento.
    9) Pegam leve com os corruPTos.

    Viram a “imparcialidade” da imprensa brasileira?

  150. Giane

    -

    20/01/2014 às 23:08

    Gosto muito dela, pois não tem máscara é autentica.

  151. wilson

    -

    20/01/2014 às 22:54

    Enquanto isto no Plim-Plim temos Barbies dubladas.

  152. Sílvio Sokal Lima

    -

    20/01/2014 às 22:51

    Nestes tempos de hipocrisia e falsidades em nome do “politicamente correto”, realmente é admirável ver e ouvir uma pessoa autêntica, com coragem de expor a sua opinião, via de regra, coerente e acertada. Parabéns Rachel Sheherazade!!!

  153. tobias

    -

    20/01/2014 às 22:50

    desculpe, constantino, mas você deu ibope a um texto SAFADO, que nem mereceria notícia.
    “jornalistas da emissora têm comentado”: isso é PICARETAGEM PURA. Coloca de forma indefinida “jornalistas….” Quantos são??? Dois de cinquenta já são “jornalistas”. Ou seja, usa de maneira difusa “jornalistas” pra parecer que são vários. Generaliza o que dois ou três pensam. Dizer que “jornalistas da emissora” o que quer que seja é de UMA COVARDIA sem tamanho.Qualquer pessoa INTELIGENTE pararia de ler o texto aí.
    Segundo: falta de ética em ficar tratando de FOFOCAS de colegas de profissão e da concorrência.

  154. Francisco Jose de Oliveira Cunha

    -

    20/01/2014 às 22:11

    Alguem pode me responder quando ela estara de volta no jornal.

  155. Francisco Jose de Oliveira Cunha

    -

    20/01/2014 às 21:59

    Admiro muito os comentarios da Raquel,ja estou com saudades de vela no jornal afinal de contas quando elaestara de volta,estamos sentindo falta de seus comentarios verdadeiros que sempre fala a verdade doa a quem doer.

  156. o desPTtizador

    -

    20/01/2014 às 21:53

    Espero q ela não ceda um milímetro à PaTrulha imunda paga!

  157. anonimo

    -

    20/01/2014 às 21:44

    obrigado Rachel pela sua sua coragem, já fazia 5 anos que não assitia telejornais, agora já estou assistindo porque você não foi engolida pelo PT.

  158. alberto santo andre

    -

    20/01/2014 às 21:36

    no brasil atual verdades ditas , doem como chicotadas nos ouvidos dos pinochios esquerdopatas.

  159. alberto santo andre

    -

    20/01/2014 às 21:33

    pelo visto la tambem a maioria,dos jornalistas estao como garotas de programas maduras ,e portant se incomodam quando aparece alguem mais inteligente, e portanto uma pessoa que sabe analizar e pensar ,principalmente se o dizer com analises criticas e com honestidade ,coisas raras nos ultimos anos no brasil

  160. kellen

    -

    20/01/2014 às 21:23

    Rachel é a meçlhor jornalista do Brasil, e os jornalista do Sbt, têm é inveja, do sucesso que ela faz, porque até hj, nenhum jornalista do Sbt fez tanto sucesso quanto Rachel!

  161. julia

    -

    20/01/2014 às 21:20

    Eu tenho vergonha e asno dos jornalistas de esquerda que querem ser os donos da verdade, Já de Rachel, eu tenho orgulho!!

  162. luiz

    -

    20/01/2014 às 21:07

    Não perco o Jornal do SBT de jeito nenhum. Adoro os comentários dela, aliás, não conheço estes cretinos que estão incomodados com seus comentários. Quem dera tivéssemos mais jornalistas como ela, pois o resto são um bando de OVELHAS.
    PT, PARTIDO DA ÉTICA E DA MORAL.
    FORA LULA, FORA DILMA, FORA PT.

  163. Rino

    -

    20/01/2014 às 20:46

    Constantino, a tempos já mudei, não assisto mais o bom dia Brasil e sim a Rachel, ok, a diferença e medonha, ela e uma gatinha muito simpática , fala com liberdade defende suas palavras e tem coragem de se expor, e faz questão de elogiar todas as companheiras regionais,bela sacada do Silvio, que ele não misture as coisas,sendo amigo do x9, pois jornalismo é sinceridade e audiência, quanto as companheiras que estão com ciúme, que conquistem os da direita, cambada de invejosas.

  164. José

    -

    20/01/2014 às 20:28

    Tem muita gente reclamando que âncora não deve opinar. É verdade que isso pode parecer que se está expressando a opinião da emissora. Se a emissora não contrapõe, pode ser isso mesmo. Até porque é nítido que a opinião foi elaborada antes. O que eu não tenho dúvida é que emissora, jornal, etc, tem de ter opinião sobre as coisas, tem de ter seus valores, independente do governo de plantão.

  165. Agostinho M. Cerezer

    -

    20/01/2014 às 20:04

    Rodrigo, no sábado fiz um comentário sobre essa notícia da Raquel, em um site de televisão, defendendo-a , e não demorou muito já fui atacado por dois esquerdopatas, usando palavras chulas e de baixo nível.Essa gente não suporta em ouvir o que eles não querem…Parabéns a você, a Raquel, ao Reinaldo, enfim , a todos que ainda tem CORAGEM de confrontar essa gente, pois eu sei que não é fácil.Abraços de Capivari-sp.

  166. Ronaldo

    -

    20/01/2014 às 19:56

    O que é Fabiola Reipert? Ela lendo isso deve pensar: “O que a Raquel tem opiniões de direita, como assim? Ela é destra????? Aff, vou comer um frango sozinha e inventar oura história…”

  167. filosofo

    -

    20/01/2014 às 19:27

    Além do mais, Rodrigo, a Raquel, um piteuzinho, me lembra Sheherazade, as Mil e Uma Noites…
    Isso prova que ser “trubufu” e ter opinião – como algumas esquerdopatas querem fazer crer – não têm relação necessária.
    As feias esquerdopatas que me perdoem, mas Vinicius tinha razão…

  168. Helio Dehon

    -

    20/01/2014 às 19:14

    Cara esse pensamento meio que radical que percebo atualmente socialista/ateu ou direita/cristão, é um pouco absurdo e deve ser revisto até certo ponto.sou ateu e vômito no comunismo/ socialismo .sei que muitos se tornam ateus apenas para bater ponto em uma pretensa cartilha socialista, mas não da mais para generalizar nesse pensamento dualista.

  169. Helio Dehon

    -

    20/01/2014 às 19:03

    Rodrigo como disse em meu comentário sobre o vídeo do porta dos fundos , sou ateu mas discordo dos que pregam o ateísmo como nova seita.A Raquel tem seu lado bom( anti socialista, etc) porém ela é muito, muito radical em opiniões religiosas, se portando como uma carola fundamentalista.nesse quesito ela não vai bem!!

  170. João Ronaldo

    -

    20/01/2014 às 18:35

    Rodrigo, me sinto envergonhado a Direita ser representada por uma pessoa que tem uma postura assim “Sou cristã, sou certa! você não é? então é errada”. Pra mim há jornalistas muito melhores e bem mais coerentes da direita…

    Pelo menos ela deixa a esquerdachada mordida de raiva

  171. André Fausto

    -

    20/01/2014 às 18:33

    Rachel, não dê bola para os vermelhinhos, eles são uns bostas. Têm muita gente com você.

  172. Rodrigo

    -

    20/01/2014 às 18:23

    Nos não temos vergonha dela , temos vergonha dos outros

  173. Daniel B. Silva

    -

    20/01/2014 às 18:09

    Para: André B. – 16,26 hrs. – O trabalho da Raquel é , simplesmente, positivo. Os comentários dela são excelentes e vão ao cerne da questão.E, ela não esta cometendo erro nenhum. Erro quem comete são os jornalistas chapas brancas que defendem este governo incompetente, imoral e corrupto que aí esta.- Larga de conversa mole Sr. André.

  174. Santiago

    -

    20/01/2014 às 16:33

    Rachel Sheherazade incomoda a concorrência e Fabiola, simplesmente é rasteiramente tenta derruba-la!
    E na hipótese da TV RECORD contratar Rachel, como fica a outra que mente descaradamente???

  175. Toninho Malvadeza

    -

    20/01/2014 às 16:33

    E por acaso o Silvio Santos contratou Rachel Sheherazade,por causa de seus lindos cabelos ou foi por ela ter OPINIÃO e CORAGEM de dizer.
    Sou fã dela…

  176. André B.

    -

    20/01/2014 às 16:26

    Qual jornalista do SBT, supostamente de esquerda, expõem suas opiniões ideológicas enquanto âncora? Tudo bem a pessoa concordar com a Rachel, mas não dá pra dizer que o trabalho dela é positivo. Seus comentários, muitas vezes beirando uma lição de mora, não são condizentes com o seu papel de âncora, independente da existência de um jornalismo de esquerda. Um erro não justifica outro.

  177. Charles

    -

    20/01/2014 às 15:42

    Conclui-se que eh a unica decente no jornalismo do SBT, o resto nem pra adubo organico serve.

  178. Augusto SP

    -

    20/01/2014 às 15:41

    Rachel, além de bonita é inteligente e bota o dedo na ferida. Se os jornalistas de lá estão incomodados, que se mudem. Se tirarem ela, quem vai perder é a emissora que perderá audiência.

  179. Luan

    -

    20/01/2014 às 15:27

    De onde o RC concluiu que são de esquerda os jornalistas do SBT que têm vergonha dela? Alguém declarou “sou de esquerda e tenho vergonha dela” ou “Ela é de direita e isso me dá vergonha” ??
    Quem parece que não sabe conviver com opinião divergente é o nobre blogueiro…
    R: sim, os jornalistas não gostam das posições de DIREITA dela.

  180. Rogério Ramos

    -

    20/01/2014 às 15:22

    Para criar inimigos não é necessário declarar guerra, basta dizer o que pensa. (Martin Luther King)

  181. Luiz Carlos Della Vecchia

    -

    20/01/2014 às 15:00

    É obvio que não concordo 100% com a Rachel mas seus últimos comentários têm sido corretos e no caso especifico dos “rolezinhos”( atraso cultural ) e da farra com nosso dinheiro, esta absolutamente certa. O fato é que a imprensa nacional não esta acostumada a pensar e ter autocritica, o poder econômico manda e eles só obedecem são um dos grandes responsáveis pelo estado de desgoverno do nosso pais e ignorância do povo.

  182. Rafael Antonio

    -

    20/01/2014 às 14:56

    Eu não sei muito bem como que se deu essa briga, mas eu acho o seguinte, eu li em outra reportagem que me parece que a Rachel é uma das protegidas de Silvio Santos, eu não tenho nada a ver com isso. Se ela tem a permissão pra falar publicamente a opinião dela, imagino que os outros jornalistas do SBT também tenham, independente de ser esquerda, direita ou centro. E o que eu tenho a dizer pra todo mundo, é que se não gostam dela, ora mudem de canal. Eu acho engraçado, que se é um jornalista de esquerda que dá sua opinião, e quando o atacam, daí ele é “injustamente crucificado”, mas ela não pode dar sua opinião? Estranho… Agora eu pergunto a todo mundo, e se vocês recebem por exemplo uma oferta de salário de 50 mil reais por mês pra falar durante 3 minutos na televisão que a ditadura militar foi boa, será que todo mundo iria recusar??? Pensem nisso também antes de tecer comentários sem fundamento sobre uma pessoa qualquer…

  183. Bira

    -

    20/01/2014 às 14:37

    Os jornalistas ‘isentos e imparciais’ geralmente aceitam bem opiniões de esquerda. Porém se revelam bem intolerantes para com as de direita.
    Por que será?

  184. Kimberly

    -

    20/01/2014 às 14:30

    Verdade….estamos numa ditadura, onde ter opinião própria é motivo de vergonha!!! Ela tem direito de expressar suas opiniões como qualquer outro. O fato de ela não concordar com o dito “politicamente correto” não a faz menos que outros, até porque o politicamente correto não é opinião, é massificação e nem sempre correto!!

  185. sem noção

    -

    20/01/2014 às 14:25

    Traz ela pra Veja, por favor!!!!! Só tem bloguista feio aqui…Rssssss…
    O jornalismo esquerdopata-chapa-branca está apavorado!!!!! Abraços…

  186. Cau Marques

    -

    20/01/2014 às 14:24

    Sugestão: Rachel, faça um vídeo, IMITANDO a declaração da Marilena Chauí de que odeia a classe média. Inclusive copiando detalhes estéticos, linha de raciocínio, etc., dizendo que você odeia a esquerda caviar. No estilo irônico, mesmo.
    CC Rachel Sheherazade

  187. Alexandre Sampaio Cardozo de Almeida

    -

    20/01/2014 às 14:14

    São Paulo, 20 de janeiro de 2.014

    Prezado Constantino,

    Será que os jornalista do SBT, também se envergonharam quando a emissora na qual laboram, exibiu uma novela chapa branca em homenagem a Dilma Rousseff após a compra escandalosa do Banco Panemericano pela CEF? Não ouvi na ocasião nenhum burburinho a respeito dos jornalistas da emissora…

  188. Eduardo

    -

    20/01/2014 às 14:12

    Eu a seguiria até a venezuela ! Até mesmo ao Acre!!!

  189. Fabiano

    -

    20/01/2014 às 13:46

    Só um detalhe: o site é da Fabiola Reipert, mas quem está escrevendo é um interino, pois a titular está em férias.
    Desde que li isso, deixei de acessar o blog e só o farei quando a titular voltar.

  190. marinho

    -

    20/01/2014 às 13:41

    Rachel é a nossa voz. Enfiem suas violas no saco e vão atrás do Paulo Henrique Amorim. Esse sim não nos representa.

  191. Antonio Carlos . M. Rodrigues

    -

    20/01/2014 às 12:45

    Os comentários da Rachel são ótimos. Uma agradável exceção, na imprensa dominada pela esquerda.

  192. Bianca Alencar

    -

    20/01/2014 às 12:34

    concordo com você demais! apesar de não concordar com a própria Rachel, gosto de vê-la apresentando seus pontos de vista e o modo como ela defende coisas que às vezes eu acho asburdas kkk Ótimo texto! Apoiado

  193. Ivan Ilitich

    -

    20/01/2014 às 12:15

    O ateísmo é uma religião inversa. No Brasil virou uma seita de fanáticos que odeiam o cristianismo. Eu era ateu, mas senti tanta vergonha alheia dos boçais neoateus que pululam na internet que me tornei agnóstico.
    Hoje, defendo o cristianismo contra o ataque de boçais que tentam calar inutilmente jornalistas como Sheherazade.

  194. Tuca

    -

    20/01/2014 às 12:11

    Parabéns Rachel, nos dias de hoje é preciso ter muita coragem. Eu também tenho orgulho de você.

  195. wellington

    -

    20/01/2014 às 11:57

    parabéns Rachel! pelo ótimo trabalho que vem fazendo e pela coragem que tem demonstrado. precisamos de mais pessoas como você, que mostre a verdadeira face da política ineficiente e manipuladora brasileira.

  196. José Carlos Junqueira

    -

    20/01/2014 às 11:45

    Fico admirado como alguém pode comentar no seu blog uma nota da pseudo-jornalista e fofoqueira de plantão, Fabíola Reipert, como se fosse verdade absoluta e sem, ao menos, consultar o outro lado como mandam as regras do bom jornalismo.
    E pra piorar, generalizar, dizendo no título que tem vergonha dos jornalistas do SBT, nivelando todos e desrespeitando 100% deles.
    Seria o mesmo que eu dizer que os blogueiros da Veja só escrevem idiotices. O que igualaria injustamente os que escrevem com os que não escrevem.

  197. lux

    -

    20/01/2014 às 11:45

    e eu seguindo…..você e ela, pois gente lúcida é artigo raro nesse rebanho orientado que é o jornalismo nacional!!!!

  198. agente secreto

    -

    20/01/2014 às 11:40

    Esquerdalhas não suportam ser confrontados, eles acham que são a voz que o povo deve ouvir.
    Tenho vergonha do jornalixo da Globo, outro foco canceroso de esquerdalhas canalhas.

  199. Luciano Leal

    -

    20/01/2014 às 11:30

    Gosto muito de seus comentários no jornal do SBT, corajosa e bastante coerente, faz o que muitos tem vontade , mas não tem coragem , ou não tem espaço, para se manifestar… Parabénssss sou seu fã.

  200. Cau Marques

    -

    20/01/2014 às 11:26

    Vou fazer um comentário machista, fruto de uma sociedade patriarcal: a Rachel, além de corajosa e inteligente, é LINDA!

  201. Sergio G

    -

    20/01/2014 às 11:22

    O comentário do “colunista” é falso… Ele cobre férias da titular e, como bom (?) esquerdista, usou o espaço alheio para emitir opinião pessoal… Ele nem conversou com ninguém do SBT, apenas inventou essa história… Mais uma evidência da canalhice dos esquerdistas…

  202. Cassiano

    -

    20/01/2014 às 11:19

    Parabéns Raquel, continue assim e que sua postura seja um exemplo a ser seguido pelos demais profissionais do jornalismo brasileiro.
    O verdadeiro Brasil agradece.

  203. Claudio

    -

    20/01/2014 às 11:09

    Rachel vc é demais, parabens

  204. Sonia Regina

    -

    20/01/2014 às 11:09

    Não entendi porque tanto “aue” em torno da jornalista que já assisti várias vezes e não ouvi nada de religião. Será que é porque ela declarou seus conceitos de fé? Gosto de seus comentários. Essa intolerância vem de quem não gosta de pessoas inteligentes e com idéias próprias.
    Muita energia para Rachel que não deve se intimidar com gente que não consegue entender seus recados.

  205. Leopoldo Dogher

    -

    20/01/2014 às 11:04

    Eu também tenho vergonha dos jornalistas do SBT.

  206. jose flavio

    -

    20/01/2014 às 11:04

    Ô Alex, e os jornalistas de esquerda não dizem besteiras? O que eles mais fazem é isso, até porque só repetem os clichês e e as besteiras que há muito tempo são ditas na imprensa e nas universidades!

  207. Duque

    -

    20/01/2014 às 11:04

    O jornalismo brasileiro está tão doente, quanto o país.

  208. Roberto G Lobo

    -

    20/01/2014 às 11:00

    Dos jornalistas do SBT eu sei da existência da Rachel Sheherezade e admiro muito o dedo que ela põem na cara destes comunistas imundos que estão infestando o nosso querido Brasil.
    Não sei da existência de nenhum outro, de tão pusilânimes e insignificantes que devem ser.

  209. Marcus Borelli

    -

    20/01/2014 às 10:54

    Uma definição de democracia, há outras:”Democracia é o convívio e a aceitação das diferenças”.

  210. Eliézer de Mello Silveira

    -

    20/01/2014 às 10:53

    Acho que o problema ai é de feiura mesmo. Rachel é linda! Já a repórter que não dá nome aos supostos jornalistas ‘envergonhados’…

  211. Odilon Rocha

    -

    20/01/2014 às 10:39

    É sempre assim. Quando alguém se destaca em conteúdo, forma, estilo, competência e, principalmente o que tanto falta por aí, coragem, a inveja coloca suas garras de fora.
    Rachel, continue assim e não se abale.

  212. Sergio Russo

    -

    20/01/2014 às 10:34

    Eu acho que a Rachel está no lugar errado. Quem assiste o Chaves ( o humorista mexicano , não o demo venezuelano ) , não entende lhufas do que ela diz.
    Umas poucas vezes dei sorte e assistir seus comentários e mudar de canal logo em seguida.

  213. Roberto Midlej

    -

    20/01/2014 às 10:29

    Prezado Rodrigo, acho bom que apareça alguém como Raquel, que, pelo menos, sai do lugar comum e desperta alguma indignação nas pessoas. Mas onde você tirou essa ideia de “hegemonia” da esquerda? Estado de São Paulo; Veja; Folha; O Globo; TV Band; Arnaldo Jabor; Reinaldo Azevedo, Globo News… são exemplos de esquerda? Mídia de esquerda, hoje, com alguma representatividade, somente Carta Capital. O resto são pequenos veículos marginais.

    Você tem todo o direito de concordar com Raquel, mas, por favor, use argumentos mais concretos. Abraço

  214. Israel

    -

    20/01/2014 às 10:26

    Que as mocreias morram de inveja! Forca Sheherezade!

  215. clarice campos

    -

    20/01/2014 às 10:23

    Concorde-se ou não com ela, o importante é que o jornalismo tenha profissionais que tb expressem posturas ,sociologicamente falando, diferentes da enorme maioria da mídia. Assistir aos noticiários dos canais abertos é igual a ler uma cartilha, sempre tudo muito do mesmo.

  216. Ademir

    -

    20/01/2014 às 10:08

    Parabens Sharazade, Constantino, Felipe, Olavo, etc., continuem pensando com sua própria cabeça…

  217. wal

    -

    20/01/2014 às 10:08

    KKKKKKK enquanto a maioria dos jornalistas COVARDES deste país tem medo d e opinar, Sherazade mostra a q veio e isto faz toda a diferença, Sherazade, hoje é a jornalista + conhecida do BR, enquanto os covardes vivem no ANÔNIMATO, as veses vale a pena falar a verdade.

  218. Adonias-PB

    -

    20/01/2014 às 9:57

    Rachel, lindíssima! Você é inteligente, culta, livre-pensadora….
    Continue assim incomodando esses comunistas de salão.

    Força sempre, Rachel!

  219. RobertoTM

    -

    20/01/2014 às 9:51

    Eu tenho orgulho de Rachel Sheherazade ! Melhor jornalista da TV brasileira , a UNICA que fala com imparcialidade aquilo que pensa .
    Parabens Rachel !

  220. Tiago de Souza

    -

    20/01/2014 às 9:27

    claude pasteur faria, quero ver quando for uma da sua familia a vivenciar aquilo que ela critica! E sim concordo com ela!

  221. Fernando

    -

    20/01/2014 às 9:14

    Se um jornalista fica com vergonha do belo trabalho da Raquel, é sinal de que ela está certa.

  222. Fernando

    -

    20/01/2014 às 9:09

    Que a bela estrela Raquel continue brilhando neste Brasil de trevas vermelhas.

  223. Nunes

    -

    20/01/2014 às 8:58

    Eu tenho orgulho da jornalista,Rachel Sheherezade.Tenho pena desses jornalistas esquerdopatas sem cérebro,chapa branca,que seriam os primeiros a ficarem desempregados,caso o projeto petista bolivariano desse certo.

  224. Tony

    -

    20/01/2014 às 8:50

    Na imprensa nacional praticamente não existem jornalistas, só militantes.
    Parabéns à Rachel e seu companheiro de SBT Paulo Eduardo Martins, únicos, no país todo, de falar a verdade na TV.

  225. Ricardo Moura Lopes Coelho

    -

    20/01/2014 às 8:42

    Dificilmente vejo coisas que não concordo nos comentários da Rachel. Eu não me importo se jornalista dá sua opinião, ou não, o que me importa é a notícia, mas esta, infelizmente, sempre vem editada segundo a opinião do telejornal. Sendo assim, fazer o que? Que cada um de sua opinião e eu faça minha escolha. Agora, interessante que todos têm direito de escolha menos o religioso. A militância gay e ateísta quer dar uma interpretação às palavras dos religiosos e à teologia cristã que a torne indesejável. Se falamos que ser homossexual é errado, estes logo querem convencer que a igreja odeia o homossexual – engraçado que, como pastor, sempre tive homossexuais entre minhas ovelhas e todas permaneciam na igreja, alguns recebiam ajuda da igreja.
    A lógica é simples: pensam diferente, então, não prestam. Ai, pegam casos nos quais o homossexual diz que foi mal tratado e querem dizer que essa é a verdade sobre a igreja. Mas quando fazemos o mesmo com eles, ai somos monstros mentirosos.
    A esquerda brasileira, há muito, já tomou uma das atitudes mais sórdidas que se pode tomar na construção de um pensamento: plágio! Isso mesmo, nossa esquerda pega a ideia dos outros, as lutas dos outros, dá sua interpretação, entra na frente da coisa toda e diz que está lutando por aquelas pessoas. É o caso do “relezinho”. Baderna criada por jovens da periferia que sempre tiveram acesso aos shoppings, mas agora querem dar seu toque especial, ganha uma roupagem socialista dos excluídos. Papo furado! Eu mesmo faço trabalho com favelas e todos os jovens se divertem indo ao shopping que querem. O próprio bolsa família não é uma ideia da esquerda, tendo seus moldes já publicados pelo FHC em seu governo e criticados pelo Lula, que falava que esse tipo de coisa é assistencialismo e temos de ensinar a pessoa a pescar – não fiquem me respondendo, basta procurar os vídeos no youtube que tá tudo lá.
    Já os ateus querem dar sua própria interpretação do estado laico. Para eles isso é sinônimo de estado ateu e repressor da religião. Isso é simplesmente ignorar e retirar o direito de manifestar-se de qualquer um que tem religião, o que é a maioria esmagadora. Mas não, eles são os únicos que entendem a realidade e sabem utilizar a ciência e compreender quem somos de fato e querem utilizar o estado para calar os religiosos – e a idade das trevas foi uma exclusividade católica de séculos atrás!!??? Façam-me ri! Estamos na nova idade das trevas; querem calar que não é de esquerda.

  226. Renato Alves de Andrade

    -

    20/01/2014 às 8:27

    “PATRULHAMENTO” Já vimos este filme em outros momentos da história. E os patrulhadores estão envergonhando com suas posturas presentes.

  227. Bruno Sampaio

    -

    20/01/2014 às 8:17

    Posto comentários seus e de Reinaldo Azevedo no Face e só um ou outro curte ou comenta. O medo da patrulha esquerdopata é tão arraigado que já é automático. Mas não importa. Scherazade, você, Reinaldo, Luiz Felipe Moura Brasil não iam mesmo imaginar que seriam aplaudidos pela corja, certo?

  228. Vísceras abertas

    -

    20/01/2014 às 8:10

    Ué, então você quer um jornalismo PARCIAL???? A BBC é imparcial, seja Laburistas que Conservadores que estejam no poder!!
    Comento: sei…

  229. RQ

    -

    20/01/2014 às 7:51

    Os incompetentes, ditos “jornalistas”, guiados por rédias, têm medo e vergonha da verdade. Eles não conseguem se expressar. Nem tudo que é dito podemos concordar, mas pelo fato dessa liberdade para falar já é muito importante para quem vê jornalismo.

  230. Clovis

    -

    20/01/2014 às 7:37

    Bela, inteligente e diz aquilo que o cidadão de bem “destepaiz” quer ouvir.

  231. jorge wanderley

    -

    20/01/2014 às 7:22

    Caro Rodrigo, uma sugestão de leitor costumeiro, freguês, mesmo: Vc poderia publicar seus ótimos artigos mais cedo do que tem acontecido. Explico: Acordo cedo(5h45) e saio de casa lá pelas 7, 7h15, diariamente. Contumaz nas leituras de Reinaldo Azevedo – que acorda bem mais cedo e posta um catatau de observações, crítiucas, pensamentos, denúnicias…, me sinto ainda “capenga” de informações matinais. Meu “desjejum” não é satisfatório. Poderia publicar mais cedo suas necessárias intervenções? Lá por volta de 10 ou 12h é que vou ter acesso novamente ao seu informativo necessário… Parece que o tempo passou e minhas informações vitamínicas se … O Brasil precisa acordar mais cedo, literalmente. O amigo também… Pra honra e glória do escudo da informação e do cohecimento contra as lambanças diárias a que somos submetidos. Bom dia e até mais tarde!”

  232. antonio maia

    -

    20/01/2014 às 7:17

    muito coragem, falar o que se pensa não é pra quem quer é só para os corajosos.

  233. AIRTON JOSE MENEGON

    -

    20/01/2014 às 6:42

    PARABENS RACHEL CONTINUE ASSIM

  234. Fernando Maia

    -

    20/01/2014 às 5:52

    Rachel Sheherezade é a jornalista, esses que se dizem ter vergonha dela (até pq oq essa Fabíola fala n tem a minima credibilidade para min) não passa de meros bonecos manipulados!

  235. sandra

    -

    20/01/2014 às 5:18

    Rachel é ótima! Nunca ouvi Rachel falando besteiras! Sabe o que fala e fala por todos nós brasileiros cansados de mídia financiada pelo PT (inclusive Globo que, com o alcance que tem, dá mínimo destaque ao que pode atrapalhar o PT), exceto alguns poucos jornalistas da emissora. Já troquei o jornalismo porque a Globo não é confiável, pois está indiretamente ajudando a fazer com que os planos de Foro de São Paulo se tornem realidade e o Brasil se transforme em filial comunista de Cuba e Venezuela. Quando a Globo se livrar dessa postura, poderá ser tarde e talvez eles pensem no desastre que ajudaram a promover no país! Obrigada Rachel. Espero que outros jornalistas se espelhem no seu exemplo.

  236. Lúcio

    -

    20/01/2014 às 4:46

    Rodrigo,

    O jornalismo do SBT é paradoxal: pela manhã é bem populista e com muitas matérias com conteúdo e tom que servem aos propósitos petralhas. Principalmente com ataques à PM e aos governos de oposição ao PT. À noite, temos a Rachel e o Joseval Peixoto (que é âncora da Rádio Jovem Pam de SP, que é uma das poucas rádios que tem opinião divergente do mainstream). com o SBT, todo cuidado é pouco. Não podemos nos esquecer do episódio da bolinha de papel nas últimas eleições, bem como o caso do Banco Panamericano…

  237. Rodrigo Souza

    -

    20/01/2014 às 4:05

    Nenhum problema em a Rachel das as opiniões dela ou em um canal de tv aberta ter uma jornalista que passa editoriais. Ela pode ser de direita, esquerda, moderada, o que quiser. Fico um pouco espantado, no entanto, que o Rodrigo costure essas alianças com outros setores de direita de forma tão acrítica. Até eu, que discordo de praticamente todas as posições do Rodrigo, consigo ver que há um despreparo teórico e cultural na Rachel, de direita, esquerda, religião, gramática, sintaxe, lógica etc. Estou entendendo que a direita, assim como a esquerda, não é um monobloco de ideias, e que há setores com ideias e programas distintos, pensadores que discordam entre si, intriga departamental e tudo o mais que as vidas acadêmica e jornalística acarretam. E que, da mesma forma que um esquerdista infundado cheio de granola na cabeça é uma coisa e um pensador sério e rigoroso de esquerda é outra, não dá para sair torcendo para todo mundo que levanta bandeiras parecidas com as nossas, sem fazer uma leitura crítica do que ela pensa. A título de argumento, não estou defendendo o leninismo nem nada, mas o Lênin chamava o esquerdismo de “doença infantil do comunismo”. O esquerdismo é tanto a “torcida” pela esquerda, e coloco aí José de Abreu, socialista morena e outros tantos torcedores despreparados defendendo tudo que parece ligeiramente libertário, enquanto alguém com uma visão crítica de esquerda, assim como de direita, analisa cada circunstância, e é capaz de ir contra a corrente (socialista, liberal, o que for) para manter a coerência do discurso. Por isso, de novo, meu espanto nessa defesa vazia e vaidosa (com screenshot do twitter!). Da mesma forma que há pensadores de direita cultos e ilustrados que devem rir chacoalhando a barriga quando você fala solenemente no “Aventura Mall ou no Bal Harbor”. Esses caras de direita que você admira são amantes de ópera, leitores de poesia, frequentadores de museus e cidades históricas, curiosos e ilustrados como qualquer pessoas inteligente, de direita e esquerda, sempre foi. Enquanto você ficar no pátio gritando com gente cheia de granola na cabeça e confundindo governistas, blogueiros a soldo de partidos, esquerdistas sem base para discutir com intelectuais de esquerda que têm as mesmas ambições intelectuais que falei ali acima, vai continuar patinando em círculos e gritando com as nuvens.

  238. Tadashiro

    -

    20/01/2014 às 3:47

    Quem não gosta da Rachel Sheherezade deveria apenas mudar de canal e parar de reclamar. Se ela está fazendo sucesso é porque a maioria está gostando, então, os incomodados que se mudem! O que ela comenta faz aumentar o impacto da reportagem, fazendo o telespectador pensar ao invés de apenas ouvir. O telespectador precisa parar de ser apenas um marionete nas mãos da mídia e começar a raciocinar. Ela leva até os críticos a raciocinarem, pois para se criticar primeiro é necessário raciocinar. Esse é o jornalismo que eu quero, sem robos, sem marionetes e participativo.

  239. MINO NETO

    -

    20/01/2014 às 3:15

    Os comentários dos ateus são os mais curiosos.. rs Eles ficam indignados se alguém ironiza o aspecto militante de suas manifestações kkk Já fui agnóstico, mas não consigo entender esse espírito engajado desses indivíduos quem não creem. Esquisito, viu.. rs

  240. Ricardo

    -

    20/01/2014 às 2:47

    Normal,na Esquerdolândia que é a mídia brasileira.Qualquer um que ouse ser religioso e conservador,é taxado de fanático louco.Para essa gente,jornalista bom é quem diz amém para o Padrinho Fidel.

  241. Daniel

    -

    20/01/2014 às 2:31

    Parabéns Rachel Sheherezade,continue assim, o Brasil precisa de uma voz para denunciar as mazelas do governo, coisa que a oposição rabo-preso tá devendo.

  242. Aurea

    -

    20/01/2014 às 2:30

    Parabéns, Rodrigo. Seus textos estao cada vez melhores. Em relaçao à inveja e suas consequências nefastas para o indivíduo e para o mundo, Olavo de Carvalho escreveu alguns dos textos mais brutalmente honestos e didáticos sobre o assunto. Sao verdadeiras liçoes de vida e guias para o autoexame de nossas consciências. Felicidades!

  243. Victor Nejelischi

    -

    20/01/2014 às 1:34

    De direita ou não, ela só fala besteiras. Tem liberdade de expressão e só fala abobrinhas.

  244. dorival aguiar

    -

    20/01/2014 às 1:28

    As vaquinhAS DE PRESÉPIO ESTÃO EM EXTINÇÃO, MEUS PARABÉNS.

  245. juca bala

    -

    20/01/2014 às 1:10

    Esquerdistas com vergonha ?? Ainda não conheci nenhum !!

  246. Renato C. Mesquita

    -

    20/01/2014 às 1:09

    ‘SOCORRO! PAPAI VIROU PETISTA!’
    O MILAGRE DA EDUCAÇÃO

    O pai chega em casa vestido numa novíssima camisa do PT. Entra no quarto do filho e beija o retrato de Che Guevara na parede. O rapaz espantado pergunta:

    - Que é isso paí? Ficou maluco? Logo você que é o maior “coxinha”, “reaça” de primeira vestindo a camisa do PT?

    - Que nada filho! Agora sou petista! Conversamos tanto sobre o Partido que você me convenceu! PT! PT! VIVA O PT! – grita o velho.

    O rapaz, membro do DCE da universidade onde já faz um curso de quatro anos há oito anos e fiel colaborador da JPT não se aguenta de tanta alegria!

    - Senta aí companheiro! Vamos conversar! O que foi que te levou a essa decisão?

    O pai senta-se ao lado do filho e explica:

    - Pois é… cansei de discutir contigo e passei a achar que você tem razão. Por falar nisso, lembra do Luís, aquele que te pediu dois mil reais da tua poupança emprestado para dar entrada numa moto?

    - O que tem ele? Pergunta o filho…

    - Pois é… Liguei pra casa dele e perdoei a dívida. E fiz mais! Falei que ele não precisa se preocupar com as prestações, pois vou usar oitenta por cento da sua mesada para pagar o financiamento!

    - Pai!!!!! Você ficou louco? Pirou?

    - Filho, lembre-se que agora nós somos petistas” Perdoar dívidas e financiar o que não é nosso com o que não é nosso é a nossa especialidade! Temos que dar o exemplo! E tem mais! Agora 49% do seu carro eu passei para sua irmã. Vendi pra ela quase a metade do seu carro! Dessa forma você continua majoritário mas só podendo usá-lo em 51% do tempo!

    - Mas o carro é meu, papai! Não podia fazer isso! Não pode vender o que é seu!

    - Podia sim! Nossa Presidenta fez isso com a Petrobrás e você foi o primeiro a apoiar! Só estamos seguindo o caminho dela! O garoto, incrédulo e desolado entra em desespero, mas o pai continua:

    - Outra coisa! Doei seu computador, seu notebook e seu tablet para os carentes lá do morro. Agora eles vão poder se conectar!

    - Pai! Que sacanagem é essa?

    - Não é sacanagem não, filho! Nós petistas defendemos a doação do que não é nosso, lembra? Doamos aviões, helicópteros, tanques… O que é um computador, um tablet e um note diante disso? Prestes a entrar em colapso, o garoto recebe a última notícia:

    - Filho, lembra daquele assaltante que te ameaçou de morte, te espancou e roubou teu celular? Vou agora mesmo retirar a queixa e depois para a porta da penitenciária exigir a soltura dele, dizendo que ele é inocente!

    - Pai… pelo amor de Deus… Você não pode fazer isso… O cara é perigoso!

    - Perigoso nada! É direitos Humanos que nós pregamos, filho! Somos petistas com muito orgulho!

    - Mas o cara me espancou! Me roubou, pai!

    - Alto lá! Não há provas disso! Isso é estado de exceção! O rapaz é inocente! Nós fizemos a mesma coisa com os companheiros acusados no mensalão!

    - Mas ele estava armado quando a polícia chegou!

    - E daí????? Ele estava armado mas quem prova que a arma era dele? A revista Veja? Isso é coisa de reaça, filho!

    - Papai, você ficou doido! E o pai finaliza:

    - Fiquei doido, ô seu filho da P? Na hora de defender bandido que roubou uma nação você é petista, mas se roubarem você, deixa de ser. Na hora de doar, perdoar dívidas e fazer financiamentos com o que é dos outros, você é petista. Mas se fizer o mesmo com você, deixa de ser. Na hora de dilapidar o patrimônio nacional, vendendo o que é mais precioso e não pertence ao PT e sim ao povo, você é petista, mas se vender metade do que é seu, você deixa de ser!

    Dito isso, tirou o cinto de couro grosso e mandou a cinturada no moleque!

    - TOMA ISSO SEU CRETINO PRA APRENDER A SER HOMEM E ASSUMIR SUAS IDÉIAS! VAGABUNDO ORDINÁRIO! SALAFRÁRIO! PEGA AS SUAS COISAS E SUMA DAQUI!

    - Vou pra onde, papai? Perguntou chorando…

    - F… ! Agora você é um dos sem-teto que você defende, seu moleque cagão! E vai se consultar com médico cubano, porque eu cancelei teu plano de saúde!

    Dois dias depois o moleque bateu na porta curado. Não era mais petista e não havia mais DCE ou JPT. E nem chamava o pai de “reaça”. O milagre da educação aconteceu.

    O mal do petista é falta de “choque de realidade” e cinturada no lombo!

    (por Marcelo Rates Quaranta)

  247. Rodrigo M.

    -

    20/01/2014 às 1:05

    Admiro você Raquel, continue firme, não iremos entregar o país, ficará pra história. Obrigado.

  248. Rhyan

    -

    20/01/2014 às 0:57

    Pobre país, quando a pessoa não cai no lixo esquerdista cai nas bobagens conservadoras. E ainda temos um liberal aplaudindo isso, essa é a parte mais triste.

    O lado bom é que muitos liberal/libertários já perceberam que fusionismo está morto, conservas não são aliados da liberdade, nunca serão.

  249. Obervador

    -

    20/01/2014 às 0:46

    Esses progrmas comandados por jornalistas de esquerda eu simplesmente não assisto, mudo de canal e vejo o jornal de outra emissora. Sei que muitas outras pessoas fazem o mesmo e isso enfraquece os marxistas

  250. manifestante preto e pobre do nordeste

    -

    20/01/2014 às 0:04

    No pais dos favelados de classe media os arrastoes e rolezinhos sao a expressao da realidade. O problema da republica de Banania e que ate a constituicao garante que nao funciona. Nao foi o Jobim, ex ministro da justica e ex presidente do STF que confessou que roubou alguma coisa como trote na faculdade e confessou tambem que escreveu varios trechs da constituicao se consultar ninguem? Como um pais desses pode funcionar? Isso e um asilo onde os poucos que trabalham e pagam impostos sao loucos o suficiente para continuar e nao cair fora.

  251. Cansado dessa esquerda

    -

    19/01/2014 às 23:55

    Cotas cotas cotas! Bolsa Miséria
    Em vez de promover crescimento, promove comodismo a condição miserável.
    Me cansei dessa besteira!
    Vlw Rachel vc tem incomodado! isso é bom!

  252. pedro

    -

    19/01/2014 às 23:55

    poxa Constantino, ta cada vez mais dificil de disfarcar seu conservadorismo hein? Ou seria isso pra simplesmente irritar a esquerda? Porque numa boa, essa mulher eh tudo de mais retrogrado e moralismo-inutil que esse pais ja viu, alem de preconceituosa, se trata claramente de uma fanatica religiosa… Rodrigo, Ta ficando complciado continuar acompanhando suas opinioes…

  253. Fabio BH

    -

    19/01/2014 às 23:53

    Prezados, essa pseudo-notícia demonstra que os jornalistas e articulistas com opinião própria e não-alinhados ao governo estão mesmo incomodando. Parece que foi criada e divulgada por encomenda, para tentar atingir a credibilidade da jornalista Rachel Sheherazade. E com os ingredientes da mais pura e baixa intriga: publicada por um site de fofocas, que está no portal R7, que é ligado à Rede Record, que só não é mais governista por falta de tempo e disputa audiência com o SBT.

  254. Clayton Moreira

    -

    19/01/2014 às 23:48

    Rodrigo, aqui pra nós: acho que o que tá pegando é que o baixo clero do jornalismo do SBT está se roendo de inveja da Rachel Sheherazade, que tem uma moral com o Silvio Santos que os demais não tem.

  255. Valéria

    -

    19/01/2014 às 23:47

    Boa noite Rodrigo,
    Essa jornalista Rachel tem personalidade!
    Ela por ser inteligente e corajosa acaba com a falácia que alguns(eu disse alguns)ateus e agnósticos fanáticos pregam por aí, de que cristãos são ignorantes e bitolados. A patrulha da esquerda se incomoda demais com pessoas que expressam a sua individualidade, especialmente com cristãos, porque eles não tem opinião própria, são fantoches propagandistas programados para obedecer a cegueira que os domina e dessa forma seguem o ateísmo como se fosse uma religião, são exatamente aquilo que tanto acusam os outros, fanáticos.
    Não ganha nem 10% do que outros imbecis que estão na mídia pregando asneiras, como por exemplo o ateísmo(minha opinião), gayzismo, hedonismo. Mas graças à Deus que nos deu o livre arbítrio, não precisamos concordar com as imbecilidades que eles proferem, especialmente em assuntos anti-cristãos.
    Pegaram no pé dela, principalmente por ser cristã. Estão com inveja!
    O Sílvio Santos está de parabéns, pois apesar de não ser cristão, respeita e valoriza a jornalista que contratou sem tirar-lhe o direito de opinar.
    Parabéns Rachel!

  256. Clayton Moreira

    -

    19/01/2014 às 23:46

    César Filho é jornalista?

  257. Eden V.

    -

    19/01/2014 às 23:43

    Acho que seria pior se ele tivesse certeza

    ‘Não acho que maconha seja mais perigosa do que o álcool, diz Obama

    http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/01/fumar-maconha-e-ruim-mas-nao-tao-perigoso-quanto-alcool-diz-obama.html

  258. P contra a patrulha

    -

    19/01/2014 às 23:43

    rapaz, eu trabalho numa casa de esquerda. Tive professoras no meu doutorado que sinceramente, elas precisavam eram de um banho de loja, um salão de beleza e do cartão de um michê prá serem felizes na vida, pois êita gente amarga! E os homens? Vale de lágrimas: velhos, feios, gays ou uma demoníaca combinação dessas três qualidades. E a grande unanimidade: todos sonhando em se tornar secretário de saúde de algum lugar! Por isso eu fiz apenas as obrigatórias lá e fui catar o resto dos créditos elsewhere! Minha orientadora pirou quando eu mudei a contra-gosto dela toda a abordagem teórica e simplesmente começou a gritar comigo! Ah, não suportei trabalhar marxismo, marxismo, marxismo… 25 anos de SUS e estamos na mesma m$%%¨&)(*¨e a culpa ainda é do “capital”? Me salvei, mas a patrulha ideológica é terrível, em todas as áreas! Hoje, já com título, posso ter opinião, mas a guerra é feroz. Imagino que na grande mídia também seja complicadíssimo!

  259. carlos amendola

    -

    19/01/2014 às 23:39

    Já enviei mensagem ao SBT parabenizando o trabalho da jornalista Raquel Sheherazade.

  260. Luiz

    -

    19/01/2014 às 23:21

    É um privilegio ter jornalistas do calibre da Raquel Sheherazade na televisão aberta , assisto sempre que possível e ela está de parabéns !

    Abraços Rodrigo !

  261. cristina

    -

    19/01/2014 às 23:19

    QUAL É O PROBLEMA EM SER DE ¨DIREITA¨? OU SER DE ËSQUERDA¨? CADA UM ESCOLHE O SEU LADO E OPINA CONFORME SEUS IDEIAS….ORA BOLAS…

  262. WALDO SOUZA

    -

    19/01/2014 às 23:12

    PARABENS RODRIGO CONSTANTINO EM RECONHECER OS VALORES DESTA BRILHANTE APRESENTADORA MULHER DE CORAGEM QUE SABE EXPRESSAR TODA UMA VERDADE, E O CONTRARIOS RESPEITEM A FALA DA APRESENTADORA POIS SEUS DIREITOS TERMINAM ONDE COMEÇA O DELA.

  263. Sergio Quintela

    -

    19/01/2014 às 23:07

    Rodrigo, no site diz que a Fabiola está de férias, e as matérias estão sendo assinadas por um jornalista que cobre teatro, Miguel Arcanjo Prado: http://entretenimento.r7.com/blogs/teatro/

  264. Bia

    -

    19/01/2014 às 23:04

    Essa jornalista é inteligente, isso incomoda .

  265. alexandre monassa

    -

    19/01/2014 às 23:00

  266. alexandre monassa

    -

    19/01/2014 às 23:00

    Ei man nao vais acreditar hj fiz a prova da ufsc e adivinha ??? caiu o texto do Augusto nunes e um outro da veja . E justamente um em que ele critica o Hugo Chaves… será ?????
    Veja com seus próprios olhos .

  267. Elson

    -

    19/01/2014 às 22:48

  268. jcr

    -

    19/01/2014 às 22:47

    Ela e otima fala bem e acertado.

  269. Elson

    -

    19/01/2014 às 22:47

    https://www.youtube.com/watch?v=GRGEj7rseWo

    A Subversão nos Países-alvo da Extinta URSS

    Vídeo obrigatório para começar a abrir os olhos do que é a esquerda.

  270. Gabriel Lacerda Leopoldino

    -

    19/01/2014 às 22:37

    Opiniões diferentes? Grande besteira. As ideias dela não são nada diferentes do senso comum. Senso comum que fode a sociedade brasileira elegendo políticos popularistas como Lula. Senso comum que é intolerante quanto a religião, que não respeita o estado laico. Senso comum que precisa ser mudado, pra consequentemente mudar nosso país. E não é com a divulgação e exaltação do senso comum que vai se alcançar tal mudança. E é exatamente o que a televisão brasileira faz, exaltar o senso comum para manter o cidadão ignorante e facilmente controlável.

  271. fred oliveira

    -

    19/01/2014 às 22:32

    O Claude pasteur que escreveu aí embaixo, é uma prova da intolerância: diz que respeita o direito de expressão das pessoas mas já agride a “religiosidade” da Raquel e caracteriza como imbecilidade o que ela fala. Ora, quem respeita o direito de opinião dos outros pode até nem concordar com ela, no entanto, o fato de não concordar não lhe dá o direito de ser agressivo e de tentar desqualificar o que o outro pensa. Na verdade, parece querer passar o “verniz” de aceitação do outro. Só verniz. E eles ainda vivem falando da diversidade,do multiculturalismo, etc. Desculpe, Claude, mas acho que voce foi infeliz em sua colocação.

  272. Celso

    -

    19/01/2014 às 22:32

    Esta jornalista é uma das poucas vozes que não se curvaram ao processo de implantação comunista. Desde o ínicio da semana estou tentando saber quanto a Globo News esta levando para exibir no dia 5 de fevereiro um Arquivo N completamente dedicado ao ditador da Ilha Presídio Fidel Castro. Sinceramente depois dessa a Globo News perdeu pontos comigo. Detalhe é que toda hora aparece a chamada do programa.

  273. rafael

    -

    19/01/2014 às 22:28

    Muito bom!!!
    continue a balançar a hegemonia esquerdista.

  274. Pedro

    -

    19/01/2014 às 22:25

    Esquerdistas xenófobos. Só porque a moça e paraibana eles tem vergonha dela.

  275. Dezio Ricardo Legno

    -

    19/01/2014 às 22:18

    As jornalistas que são contra devem ser burras, sem personalidade marcante e feias. Viva a Rachel.

  276. Francisco

    -

    19/01/2014 às 22:02

    Viva Rachel Sheherazade e que incomode muito os outros jornalistas, não só do SBT como de outras empresas de maneira geral.

  277. flavio

    -

    19/01/2014 às 22:02

    Caro Rodrigo concordo com você como sempre. Quando são de esquerda não há como discutir. Vejam os nossos governantes, há um deles que em algum momento deu uma entrevista aberta para a imprensa para qualquer que fosse o assunto? Não nunca jamais. Por que?

  278. Aluizio

    -

    19/01/2014 às 21:57

    Muito bom…. Eh bom saber que tem pessoas com pensamentos de direita e de liberal….
    2014 um ano muito importante porque tem eleicoes! Copa? Que copa? Antes o futuro de meus filhos que essa m….!
    Ps: sou fa de futebol!

  279. Cesar

    -

    19/01/2014 às 21:55

    É tão óbvio a ineficiência, a inutilidade da esquerda, que cansa ficar ouvindo o resto dessa cambada de jornalistas esquerdistas que, chapa branca ou não, insistem em promover o discurso socialista, jurássico que só eles promovem.Ainda bem que surgem novas mentes voltadas para o futuro, para o progresso e que tentam dar uma luz à vida das pessoas e não tentar arrastá-las para a escuridão comunista.A Raquel tem público e não precisa dos falsos colegas. Só falta divulgação.

  280. cesar coitinho

    -

    19/01/2014 às 21:48

    Pra cima deles Rachel

  281. CerradoemChamas

    -

    19/01/2014 às 21:43

    Rachel, continue com seu excelente trabalho. Muitas das opiniões que você profere são apenas do bom-senso comum de todos os cidadãos brasileiros, trabalhadores e pagadores de impostos que estão de saco cheio do “duplipensar”, do “social” e do “politicamente correto”.

  282. Diego Rodríguez

    -

    19/01/2014 às 21:41

    Fabíola Reipert, não têm credibilidade jornalística.

  283. Occam's Razor

    -

    19/01/2014 às 21:39

    Com relação a meu comentário anterior, esqueci a parte principal: será Monica Iozzi esquerda caviar?

  284. Occam's Razor

    -

    19/01/2014 às 21:37

    Constantino, vendo essa reação histérica desses jornalistas, me lembro de quando a Monica Iozzi xingou a Rachel de “imbecil reacionária” por conta da crítica que ela (Rachel) fez ao vandalismo praticado pelos manifestantes de junho.

    “Na última sexta (14/6), a apresentadora do “SBT Brasil”, Rachel Sheherazade, condenou os manifestantes de São Paulo e acabou sendo alvo de críticas nas redes sociais. A repórter do “CQC” Mônica Iozzi a definiu como uma “imbecil reacionária”.

    De acordo com o portal Na Telinha, Rachel afirmou que quem protestava perdeu seu direito quando desbancou para o vandalismo e quando quebrou inclusive os ônibus que servem para a população.

    “Por Deus todo poderoso, quem é essa IMBECIL REACIONÁRIA que apresenta o Jornal do SBT??!!!! #Medo”, escreveu Mônica Iozzi em sua conta no Twitter.”

    O que salta aos olhos é o palavreado de baixo calão que ela usou. Totalmente desproporcional à situação. Isso só pode implicar que o ódio da crítica se deve não a essa opinião em particular da Rachel, mas ao conjunto da obra que ela representa, digamos assim.

    Nunca vi essa Mônica usar palavrões, mesmo aqueles leves que são facilmente aceitos socialmente. Isso mostra que a esquerda perde totalmente a compostura quando tem suas crenças atingidas. Sem ter como contra-argumentar, eles descem do salto e partem para a ignorância mesmo. Preocupante…

    http://www.cqcblog.com/2013/06/monica-iozzi-critica-rachel-sheherazade.html

  285. Joseilton Gomes (Ikeda)

    -

    19/01/2014 às 21:33

    Gosto das opiniões da Rachel Sheherezade. Há casos em que o que vale mesmo é o que o espectador pensa. Os jornalistas que estão acostumados a estarem constantemente dentro de 4 paredes poderiam sair para ouvir o povo lá fora. Rachel Sheherezade fala o que a população queria falar mas não pode. Avante, Rachel Sheherezade! Inveja também mata.

  286. ricardo

    -

    19/01/2014 às 21:33

    Acabei de ler no Polibio Braga que um rolezinho em POA foi organizado por um…..analista de sistemas!!!! Ninguem mais “excluido” da sociedade do que um analista de sistema, ne? Da ate pena do oprimido da informatica…essepaiz eh um hospicio! Analista de sistema organizando rolezinho onde quem participa eh uma estudante de pedagogia que estuda de graca, com o dinheiro dos pobres, em uma federal…

  287. Dirceu

    -

    19/01/2014 às 21:27

    O problema não é a opinião dela, e sim as besteiras que são faladas. (2)

  288. Dau Costa

    -

    19/01/2014 às 21:27

    Não é por nada não, mas que outros jornalistas há no SBT? [...].

  289. Apolo

    -

    19/01/2014 às 21:25

    Constantino,

    No país da inversão de valores quem presta (como a Raquel) não presta e vice-versa. Eu tenho orgulho da Rachel Sheherezade. Tenho desprezo por esta turma de jornalistas que tem no Lulla e nos mensaleiros seus heróis. Quero ter a oportunidade de encontrar a Raquel pessoalmente, talvez num aeroporto, e dar-lhe um abraço respeitoso e pedir que nunca desista de ser como é.

  290. José Carlos

    -

    19/01/2014 às 21:24

    Raquel é uma fera, se contrapondo ao bando de cagões e mijões que nadam a favor da corrente, mesmo sabendo que vai dar no esgoto!

  291. Fotógrafo

    -

    19/01/2014 às 21:23

    Quem tem argumentos para defender o que acredita não precisa se preocupar com as opiniões contrárias numa disputa de idéias.

  292. Cássio Lima

    -

    19/01/2014 às 21:19

    Gostei do texto, com uma ressalva. O termos em inglês deveriam ter uma tradução entre parêntese ou em vez deles, ter sido usados termos em português. Eu e tantos brasileiros não falamos ou escrevemos em inglês. É preciso lembrar da gente. No mais, eu gostei e concordo que a Rachel seja uma jornalista diferenciada e tem o meu respeito.

  293. Memyself

    -

    19/01/2014 às 21:13

    Vejo que também entre os leitores há uma turba raivosa que não gosta de Rachel Sheherazade. Considero muitos jornalistas puro lixo e justamente por isso não leio e não ouço o que tem a dizer. Os tolerantes e amantes do bom e do belo (como costuma dizer RA) não. Eles tem que destruir tudo e todos que não caibam na sua pequena compreensão do mundo.

  294. -

    19/01/2014 às 21:05

  295. Eliana Ferreira

    -

    19/01/2014 às 21:04

    Ah ta bom tem vergonha… confessa filhinha que tu tem é inveja pura e cristalina da postura e inteligencia da Rachel…. chora recalque… Rachel estamos com vc!

  296. eremita

    -

    19/01/2014 às 21:02

    Pode contabilizar meu voto e dos meus 13 irmãos para Rachel.

  297. jose inacio

    -

    19/01/2014 às 20:59

    o comentário foi feito por um “banana” que está fazendo o blog temporáriamente no lugar da fabiola…é bom se informar antes de publicar as noticias…

  298. Policarpo

    -

    19/01/2014 às 20:53

    É a esquerda exercitando uma das suas especialidades: patrulhamento ideológico. Esses cretinos, que ferraram com a vida de Wilson Simonal, agora começam a praticar ‘bullying’ contra uma colega de profissão. A melhor maneira de ajudar a Raquel é denunciando esse comportamento vergonhoso e, principalmente, sintonizando o SBT durante os seus comentários.

  299. André

    -

    19/01/2014 às 20:50

    Ela o Paulo Martins e agora o Danilo Gentili vão me fazer voltar a assistir o SBT. Parabéns Patrão!

  300. Marcelo Dornelas

    -

    19/01/2014 às 20:50

    Carta aberta ao pastor Silas Malafaia

    Caro pastor Silas,

    Acompanho seu trabalho evangelístico e suas posições políticas há muitos anos,tive o prazer de conhece-lo pessoalmente e sempre que possível vou a palestras e conferências ministradas pelo senhor.

    Gostaria de abordar nesta carta aberta ao senhor uma questão de ordem política e que atinge diretamente os cristãos:

    O senhor sempre diz que:”Vota em pessoas não em partidos”,isso já virou até bordão,só que isso sob aspecto prático e de entendimento,acaba sendo incoerente.O senhor por exemplo já disse em vídeo amplamente divulgado nas redes sociais que não concordava com cristãos que votam em partidos socialistas/comunistas,porque estes carregam a ideologia de Marx,que prega dentre outras coisas o humanismo,o ateísmo e óbvio a ojeriza à religiões.Não seria portanto incoerência dar votos e fortalecer partidos comunistas/socialistas/marxistas,enfim,com orientação de esquerda?!

    Todos os partidos sem exceção possuem ideologia e conteúdo programático na qual se norteiam com maior ou menor intensidade,e qualquer pessoa filiada a um partido sofrerá pressão dos diretórios e da executiva em maior ou menor grau para que não se afaste das diretrizes partidárias.

    Apesar de não ser filiado a partido algum,o senhor possui bom relacionamento com vários políticos,inclusive indicou o pastor Sóstenes Cavalcante para trabalhar com o senador Lindberg Farias,além de ter um irmão,Samuel Malafaia,deputado estadual pelo PSD,na política.

    Por isso,acredito que o senhor mesmo não sendo filiado a partido algum influencia e é influenciado como todas as pessoas,em maior ou menor grau.

    É claro que devemos olhar sim o candidato,mas devemos também olhar a raiz partidária na qual ele pertence e que mostrará o que ele pensa e como se situa politicamente.

    Por exemplo,se Lindberg Farias é a favor da família e contra o PLC-122,o que ele está fazendo no PT,que possui direção partidária totalmente contraria à família tradicional,se levarmos em conta que no Brasil existem dezenas de partidos à livre escolha para filiação?!.

    Será que esta “liberdade” dada ao PT para Lindberg não seria apenas estratégica?

    Lindberg chegou a fazer um movimento para sair do PT sim,mas sua intenção era ir para o PSB que possui a mesma raiz ideológica petista,ou seja seria trocar 6 por ½ dúzia.

    Será que Lindberg Farias é realmente contra o PLC-122 ou fez o “voto de conveniência” para garantir apoio dos cristãos nestas próximas eleições?.Já vimos vários casos assim.

    Acho que o senhor deveria repensar nesta sua posição sobre “votar nas pessoas fazendo vistas grossas ao partido na qual ela pertence”,pois isso acaba gerando conflito e confusão entre os cristãos.

    Como por exemplo apoiar um candidato de partido marxista por mais que ele pareça “gente boa”?Não seria uma incoerência?.

    Se um candidato,por exemplo,é contra as doutrinas de Marx,o que ele está fazendo em partidos que carregam esta ideologia?.

    Obs:Todos os partidos de esquerda pastor Silas,sem exceção,possuem em seu DNA Karl Marx,por isso,acho que o senhor deveria rever seus conceitos.

    Abraços,

    Marcelo Hastenreiter Dornelas

  301. Dre

    -

    19/01/2014 às 20:48

    A única mulher, atualmente, q tem coragem de dizer o q pensa sem medo de ninguém… então, os q sentem a dor da verdade e da inveja, é claro q vão se incomodar.

  302. José

    -

    19/01/2014 às 20:46

    Qualquer um que seja de direita, ou apenas não siga a cartilha do que a esquerda diz que se pode ou não se pode dizer, tem apenas o direito de ser perseguido e difamado por 315 grupos militantes histéricos de todas as causas. O Brasil regrediu décadas e décadas com o PT no governo. E vai piorar muito mais ainda antes de largarem o osso, o PT e sua turma de militantes histéricos de todas as causas. Há montes de grupos de militantes fanáticos de todas as causas, todos furiosos, todos intolerantes, que chegaram ao poder com o PT. São as minorias ditadoras. O Brasil ainda vai piorar muito.

  303. MARCOS PEREIRA

    -

    19/01/2014 às 20:44

    O SBT estava com uma postura promissora no seu jornalismo. Isso é retrocesso.

  304. odair amaral

    -

    19/01/2014 às 20:43

    Boa noite a todos, esta jornalista a RACHEL Sheheresade mostra que é uma profissional competente, diferente da outra que além de incompetentes só faz média para conquistar a simpatia do povo, mas hoje todos estão vendo a realidade que o Brasil está passando, a inversão de valores está tomando conta do pais, se alguém está com pena dos vândalos dos rolezinhos, que leve para suas casas, e fique sabendo que é o povo que esta com vergonha de péssimos jornalista que aparecem nas telinhas todos os dias

  305. Romulo

    -

    19/01/2014 às 20:42

    Continue Rachel, a coragem de falar o que pensa é uma virtude de poucos. Não se deixe intimidar por aqueles que têm o rabo preso e estão no jogo dos interesses. O povo brasileiro lhe agradece.

  306. Leonardo

    -

    19/01/2014 às 20:39

    Não é vergonha, é estratégia. A “nova classe média” é o público consumidor alvo do momento, principalmente para o SBT, que sempre foi voltado para a classe média-baixa (baú da casa própria, anyone?). Colocar uma âncora de jornal “esculachando” os funkeiros do “rolezinho” pode fazer o SBT perder audiência e consequentemente dinheiro de publicidade, justamente no momento em que a nova classe média está “bombando” (ênfase nas aspas).

    Mesmo para pessoas que tem alguma ideologia, interesses estratégicos sempre pesam mais, vide Estados Unidos e seu amigo “presidente” do Paquistão.

  307. Miguel Pellicciari

    -

    19/01/2014 às 20:36

    Assim como expor opiniões divergentes numa mesma casa também é louvável e beneficia a alternância de poder numa diretoria, num sindicato e principalmente no governo de uma Nação. Somente as esquerdas não gostam da idéia…..

  308. Manoel Araújo

    -

    19/01/2014 às 20:32

    Concordo plenamente com a Raquel. Ninguém é obrigado ser de esquerda, cada um tem sua ideologia e sua visão política.

  309. Flavio

    -

    19/01/2014 às 20:32

    opinião própria não é a mesma coisa que opinião correta. Em grande escala, grandes besteiras são propagadas. E, apesar de a primeiro momento perceber uma jornalista coerente, demorei a entender que se trata de alguém retrógrado. E que ajuda a manter o status de ignorância em nosso pais.

  310. 'Bob

    -

    19/01/2014 às 20:32

    Os jornalistas que apresentam jornais água com açúcar tem mais é que ficar com inveja mesmo de uma jornalista que tem opinião e tem coragem de expressá-la.

  311. Pedro

    -

    19/01/2014 às 20:31

    Uai, mas trabalhar com ela não é aprender a conviver?

  312. Cida Abreu

    -

    19/01/2014 às 20:30

    Rodrigo eles tem vergonha dele também?

    https://www.youtube.com/watch?v=9H34MFaoegg

  313. Luciano

    -

    19/01/2014 às 20:29

    Ela pode ser o que quiser e tem o direito a isso e os colegas dela tem que entender, mas como essa moça fala bobagem, além de intolerante religiosa e sem contar que ela pede ética sem ter, funcionária pública que não vai trabalhar… Ela pode ser de direita mas que fale menos bobagem!

  314. João

    -

    19/01/2014 às 20:29

    Pra começo de conversa, não foi a fabiola que fez esse post, ela faz post de fofoca e está de ferias e não costuma pegar no pé de jornalistas e muito menos se meter em questão de direita e esquerda. Quem fez isso foi um viadinho fofoqueiro um tal de miguel arcanjo prado que está no lugar dela fazendo os post, enquanto a mesma está de ferias. E aproveitando-se disso inventou essa historia pra tentar prejudicar a apresentadora e o tiro saiu pela culatra, pois basta olhar os comentarios da materia pra perceber que 99% dos comentarios são elogios a apresentadora, que pra mim é a melhor do Brasil. Sabe como é né, esses gayzistas são nojentos, querem acabar com a reputação de gente que discorda deles…

  315. Anderson

    -

    19/01/2014 às 20:26

    Rodrigo, temo que esteja na sua luta contra a esquerda utilizando a mesma paixão, para não dizer cegueira, de dizer que a direita é a solução para todos nossos males. Não congrego, piamente, com nenhum dessas ideologias, mas te garanto que essa Rachel erra bastante em suas análises, ou opiniões. Espero um declaração, mesmo que morna do José Neumane Pinto, já que ele não é de esquerda!!!

  316. BML

    -

    19/01/2014 às 20:25

    Caro Rodrigo, falando nos esquerdopatas, a Ernest & Young revela que 77% das operações de compra de 350 empresas brasileiras foram lideradas por compradores de países da América Latina. Investidores europeus foram apenas 11% dos compradores. Outros 7% são asiáticos, 3% da África ou Oriente Médio e apenas 2% da América do Norte. Sinto cheiro de Petralhice…

  317. KLAUS R ZEIDLER

    -

    19/01/2014 às 20:22

    É isso mesmo Constantino. Sou fã incondicional da Rachel. É uma das poucas repórteres que fazem um comentário dos desmandos inequívocos que estão ocorrendo. A admiro pelo seu caráter e espírito crítico a prova de lavagem cerebral, mesmo tendo cursado em Universidade que hoje estão infestadas de doutrinadores pseudo comunistas/socialistas. A vergonha, como vc falou, é deles por não terem coragem de dizer a verdade, puxando o saco daqueles que estão acabando com nossa Pátria. Esses jornalistas são uma vergonha para a classe. Que espécie de jornalismo cego eles fazem. Porque as evidências inequívocas não tocam seus brios para informar com imparcialmente. Falta de caráter? Imbecís úteis? Interesses por favorecimentos? Jornalistas medíocres? Emprenhados pelos ouvidos? Marias vão com as outras? Ou tudo isso junto. Forte abraço

  318. Irani

    -

    19/01/2014 às 20:22

    Tomara todos os jornalistas tivessem 10% da coragem que ela tem ,o jornalismo brasileiro seria bem melhor !
    EU TENHO VERGONHA DOS JORNALISTAS DO SBT !

  319. Bottanelles

    -

    19/01/2014 às 20:17

    Rodrigo,
    .
    Pois eu também teria ORGULHO se ela fosse minha seguidora!
    .
    Rachel Sheherazade – MULHER LINDA E INTELIGENTE!
    .
    Manifesto toda minha ADMIRAÇÃO!
    .
    Felicidade a vocês!

  320. Edson Vergilio

    -

    19/01/2014 às 20:14

    O que podemos esperar de discípulos e admiradores de tipos como Clóvis
    Rossi ou Mino Carta que já estão vivendo ha muito tempo de favores das redações e de pérfidos de quem ganham para falar bem e puxar o saco? Justificado?

  321. BADERNEIRO e ARRUACEIRO do PT

    -

    19/01/2014 às 20:14

    Eu tb estou com a Rachel Sheherazade e vou continuar vendo o Jornal do SBT que ela apresenta só por causa dela.

  322. Kah Leew

    -

    19/01/2014 às 20:14

    Rodrigo
    Uma Rachel Sheherazade incomoda muita gente.
    Muitas jornalistas progressistas passam despercebidas e só conseguem alguma repercussão quando atacam opiniões independentes.
    Temos de apoiar enfaticamente Rachel, que a alguns meses é bombardeada por suas opiniões.

  323. EAC

    -

    19/01/2014 às 20:11

    Como eles não tem argumento, resta apelar para o poder corrosivo da fofoca.

  324. Paulo

    -

    19/01/2014 às 20:06

    Beleza, inteligência e personalidade forte. Combinação “nitroglicerínica”. Os esquerdopatas reacionários não gostam pois ela diz o que pensa e não é pautada pelo politicamente correto predominante nas redações. Tô contigo,Rodrigo.

  325. Mary

    -

    19/01/2014 às 19:58

    Mais uma vez concordo com você ; ontem amigas minhas me alertaram sobre o posicionamento de muitos jornalistas do SBT , entao acessei o bog da Fabiola e fiz um um comentário na mesma linha do que você escreveu . Parabéns por mais uma seguidora (twitter) .

  326. Mauro Pereira

    -

    19/01/2014 às 19:51

    Caro Rodrigo Constantino, boa noite.
    Posso estar enganado, mas se nos atentarmos com mais cuidado ao texto, podemos perceber uma vontade indisfarçável da colunista Fabíola em ver Raquel fora do SBT, ou melhor, longe dos jornais televisivos.
    Afirmar que o jornalismo do SBT costumava ser mais imparcial (antes de Raquel) é de uma desonestidade ética descomunal. O que a colunista e os “jornalistas” do SBT, que sentem vergonha da direitista Raquel, têm a dizer quando ela de forma contundente e corajosa saiu em defesa da presidente Dilma Rousseff que havia recebido uma vaia estrepitosa de prefeitos insatisfeitos? Pelo visto, a apresentadora só tem “opiniões de direita” quando revela verdades que destoam do politicamente correto que viceja no submundo das Redações ou escancara as mazelas que emergem desse mar de corrupção que está sufocando o Brasil.
    Vergonha é uma reação individual. Cada um a manisfesta à sua maneira. Eu, por exemplo, sinto vergonha da colunista e dos “jornalistas” do SBT.
    Infelizmente, para a democracia, as Redações se degeneraram ante o manual ideológico que estabelecem suas pautas. Quem perde é o direito à opinião. Quem agoniza é a lisura das informações.
    É lamentável, mas o outrora temido quarto poder transformou-se em vagabundo quarto do poder.

  327. César Galvão

    -

    19/01/2014 às 19:44

    Prezada Rachel, parabéns pela qualidade do seu jornalismo!
    Os cães ladram e a caravana passa!
    Continue com seu trabalho.

  328. Mauricio

    -

    19/01/2014 às 19:43

    Ela não tem uma causa, tem opinião…. Ainda por cima muita bonita.

  329. Fábio

    -

    19/01/2014 às 19:35

    Essa jornalista é ótima. Isso se chama INVEJA!

  330. carlos

    -

    19/01/2014 às 19:32

    muito bom continue assim Rachel Sheherezade.

  331. Rodrigo Moreira

    -

    19/01/2014 às 19:23

    Boa noite a todos!
    Além de bonita, inteligente e articulada, a Rachel é corajosa.
    Está de parabéns, precisamos de mais jornalistas assim na Rep. de Bananas.

  332. Alex

    -

    19/01/2014 às 19:20

    O problema não é a opinião dela, e sim as besteiras que são faladas.

  333. claude pasteur faria

    -

    19/01/2014 às 19:15

    Essa jornalista – pelo menos ela assim se apresenta – é uma fanática religiosa e intolerante da pior espécie, que desconsidera a humanidade dos que pensam diferente, em especial os ateus e agnósticos. Não concordo com a opinião dos seus colegas de SBT, pelo simples fato de que defendo o direito de cada um expressar suas ideias, por mais imbecis que sejam. Se o Silvio Santos quer pagar 150 mil por mês para essa moça dizer o que diz, não temos nada com isso. Mas, pelo fato de ela ser de “direita”, não temos de concordar com as imbecilidades que ela profere, especialmente em assuntos religiosos.

  334. Socialismo cheio de bandido!!

    -

    19/01/2014 às 19:13

    A Rachel tem postura independente, essa a razão dos ataques que recebe. Independência exige conhecimento do que fala ou escreve e só de pensar em ter conhecimento real sobre algo, exige auto-esforço, coragem e muito mais. Não é para vagabundos!

  335. Bruno

    -

    19/01/2014 às 19:13

    A inveja é uma merda!

  336. daniel

    -

    19/01/2014 às 19:08

    qual ê a funçao de um jornalista? unica e exclusiva ê com a VERDADE estes chapa branca oque fazem? acobertar o mais mentiroso deslavado partido no poder O PT ( CUMUNISTAS MENTIROSOS e LADROES )

  337. Goncalo Osorio

    -

    19/01/2014 às 19:02

    Rodrigo, prá quem nao conhece, Fabiola Reipert — assim como Daniel Castro, ou Flavio Ricco, ou Mauricio Stycer — sao colunistas de televisao. Ou melhor dito, espalhadores de fofocas de televisao. Nunca sabem o que realmente está acontecendo. Mas tem “fontes”, cupinchas com quem conversam frequentemente para averiguar, ou inventar, fofocas. Tenho minhas fontes no SBT e elas me dizem que o que foi publicado é bobagem. Como sempre acontece com Fabiola Reipert. Entre esses nomes citados há uma espécie de hierarquia, dos mais aos menos fofoqueiros. Essa fulustreca ocupa o lugar mais baixo nessa categoria de idiotas que usam o nome de “colunistas”.

  338. Luan

    -

    19/01/2014 às 18:50

    Rodrigo Constantino é demais, de uns tempos pra cá venho a seguir o trabalho dele e fico sem palavras lendo os livros, artigos e vendo as reportagens dele. Meu herói. Tá de parabéns e vamos constinuar acabando com a esquerda. Abraço Rodrigo.

  339. O Vampiro de Curitiba

    -

    19/01/2014 às 18:49

    Eles têm é inveja da beleza e inteligência da Rachel!
    Parabéns ao SBT pela excelente apresentadora!

  340. Saraiva

    -

    19/01/2014 às 18:48

    Apoiado 100%

  341. Emmanuel Andrade

    -

    19/01/2014 às 18:17

    Pois eu tenho é admiração por essa jornalista, que mesmo diante de tanta hipocrisia jornalística instaurada neste país, manteve uma postura firme e honesta, defendendo o que REALMENTE acha correto, em vez de se render a discursos vazios e românticos. Ela realmente deu a cara a tapas. Que sirva de exemplo a outros jornalistas.

  342. ricardo

    -

    19/01/2014 às 18:16

    os fascistas progressistas da esquerda pensam que o mundo eh só deles…eh impressionante o grau de boçalidade dessa turma, sempre com as suas certezas “prafrentex” que consideram ser inquestionáveis…

  343. Jenifer Lawrence

    -

    19/01/2014 às 18:15

    inveja. isso mostra o baixo nível do jornalismo brasileiro. fofoqueiros e chapas-branca.

  344. Matt Damon

    -

    19/01/2014 às 18:14

    inveja. raquel, rezo por vc todos os dias. vc tem lugar na terra prometida.

  345. Gil Diniz

    -

    19/01/2014 às 18:04

    Rodrigo Constantino, recentemente recebi entre outras frases de um esquerdista radical essa pérola que reproduzo:

    “Pobre e ou trabalhador que apoia e ou vota na direita é uma contradição histórica, ideológica e genética.”

    O rótulo de “pobre de direita é só no Brasil” me remete a frase de Tim Maia, amplamente explorada por esses “iluminados”. Acontece que sou pobre, trabalhador (proletariado como eles gostam de dizer) e porque não de direita? Assim como milhares (ou milhões) iguais a mim na origem social e que também identificam-se com o pensamento que você e a Rachel Sheherazade defendem, entre outros mais, proponho aqui (na verdade peço) que tentem desmistificar essa falácia que essas pessoas repetem aqui na periferia em forma de mantra: “Pobre é de esquerda”, pois a população humilde e que ainda é conservadora (contra toda sorte de gente que aparece por essas bandas) fica até coagida a repetir esse tipo de coisa! Existem sim pobres de esquerda, da mesma forma que existem pobres de direita! Porém, o rótulo “de direita” soa pejorativo e creio que precisamos “desmistificar” essas fraudes intelectuais que andam tão presentes por aqui.

    Peço alguma referência bibliográfica que questione esse conceito (pobre é de esquerda, rico é de direita) ou até mesmo um artigo seu! Ainda somos e fazemos uma pequena frente de resistência aqui na periferia contra a manipulação escancarada desses que se dizem nossos amigos, e defensores do povo (dos pobres), mas, já sabemos seus interesses reais: O poder!

  346. João Cândido

    -

    19/01/2014 às 18:02

    And, last but not least, ele é muito bonita! Gozado, as esquerdistas que eu tenho visto por aí são arrepiar cabelo. Não estou dizendo que Rachel é de direita pois não sei sua opinião sobre isto mas seria ótimo se fosse.

  347. João Cândido

    -

    19/01/2014 às 17:58

    Normalmente eu não vejo tv aberta, apenas alguns jornais mas passei a assistir o jornal do SBT justamente por causa da Rachel Sheherazade. Gosto quando um jornalista emite sua opinião, quando podemos ver que a opinião é sua e absolutamente independente. Quando não está nem aí para a patrulha principalmente está patrulha nojenta da esquerda. Uns dinossauros!!!

  348. Ana Souza

    -

    19/01/2014 às 17:52

    Essa Rachel é uma ótima jornalista, a minha jornalista preferida, ela sim me representa como mulher, nao aquelas feministas que ficam saindo na rua mostrando as tetas. se as pessoas estão incomodadas com ela, isso quer dizer que ela está CERTÍSSIMA, pois nao se deixa levar pela opiniao dos outros, e é capaz de expressar a sua propria opiniao. esses que ficam com vergonha dela sao é invejosos. Parabéns Rachel, por voce ser uma das melhores jornalistas no Brasil (se nao a melhor) voce tem o respeito e admiraçao de muitos brasileiros (inclusive eu) e nao precisa da aprovaçao desses esquerdinhas!!! PARABÉNS RACHEL por ter incomodado a esquerda!!!!

  349. Isaias

    -

    19/01/2014 às 17:46

    Rachel Sheherezade é um ‘oásis’ do telejornalismo, e os acomodados têm muito o que aprender com ela, ou: o limite entre o jornalismo e a militância.

  350. Isilda

    -

    19/01/2014 às 17:44

    Quanto eu compartilho as noticia da Veja aparece as fotos diferentes da reportagem e tambem uma foto de (MAX HOJE)…..Tem rato neste mato????Será que é meu computador???gostaria de uma resposta por favor se possivel for..

  351. Hugo

    -

    19/01/2014 às 17:43

    Eu tenho muito orgulho da Rachel Sheherazade. Oxalá o Brasil tivesse mais jornalistas como ela e o Paulo Martins.

  352. Fábio Egidio

    -

    19/01/2014 às 17:43

    Está renascendo a ave fênix da direita brasileira

  353. rafinha

    -

    19/01/2014 às 17:39

    eu já não gostava desse canal e de alguns jornalistecos de lá agora então só confirma minhas convicções

  354. Clint Eastwood

    -

    19/01/2014 às 17:39

    inveja. mulher culta e conservadora. a única coisa q o brasileiro não perdoa q o outro tenha é sucesso, daí a cultura da mediocriade. fabiola o quê? fofoqueira. fica com deus raquel. o brasil te admira.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados