Blogs e Colunistas

19/07/2012

às 18:30 \ Tema Livre

Vídeo comovedor que estourou no Youtube: O poder das palavras

Mude suas palavras, mude o mundo

Mude suas palavras, mude o mundo

Os publicitários não cansam de bater na mesma tecla: o poder das mensagens não está necessariamente em seu conteúdo, mas na forma com a qual as transmitimos.

Obcecada por este conceito, a agência inglesa especializada em conteúdo para internet Purple Feather, ativa desde 2000, produziu o pequeno filme-portfólio The Power of Words (“O Poder das Palavras”), que estourou no YouTube. A sugestão ao blog partiu do leitor José Carlos Bolognese.

O minivídeo, que foi dirigido por Seth Gardner e musicado pelo compositor escocês Giles Lamb (autor da trilha do recém-lançado videogame Resident Evil: Operation Racoon City), defende a tese do primeiro parágrafo apelando à emoção, presente tanto no argumento quanto na bonita melodia de piano escrita por Lamb.

Roteiro

Em uma praça pública vemos um deficiente visual, que pede esmolas tendo a seu lado cartaz de papelão com os dizeres “Sou cego, ajude-me”; os transeuntes até colaboram, mas sem muito entusiasmo, deixando mirrados centavos a cada passagem.

Tudo corre na mais tediosa normalidade até o surgimento de uma mulher, que se detém na frente do cego e escreve algo em outro pedaço de papelão. Ela parte misteriosamente, e logo em seguida dá-se início a uma verdadeira chuva de moedas sobre o perplexo pedinte.

A dama retorna e ouve do mendigo a pergunta: “o que você escreveu?”. Ao que ela responde “a mesma coisa, mas com outras palavras”. Só aí, então, a câmera mostra a mensagem redigida por ela: “É um lindo dia, e eu não posso vê-lo”.

Assistam:

Ideia reciclada

A ideia a respeito do “poder das palavras”, e de como uma simples alteração no texto pode fazer uma enorme diferença, é velha conhecida na rede. Inclusive quando associada à cegueira. Já nos anos 1990, um viral percorria o mundo via e-mail – sim, naquela longínqua década ainda propagava-se informação digital desta maneira – com o mote “é primavera em Paris, e eu não posso ver”.

Satisfeita com a repercussão, a Purple Feather tratou de rodar este ano uma espécie de sequel menos inspirada, na qual um pobre trabalhador assiste ao filme original e resolve alterar a mensagem de voz de seu despertador, passando a acordar feliz da vida diariamente. O vídeo foi utilizado por Andrea Gardner, diretora da agência, para divulgar seu livro Change Your Words, Change Your World (Tradução: “Mude suas Palavras, Mude seu Mundo”).

Chuva de moedas mesmo é o que deve estar ocorrendo agora na conta bancária de Gardner.

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

7 Comentários

  1. Mel

    -

    23/07/2012 às 9:17

    …muito bom Ricardo! Como sempre, puxando pelo lado mais positivo desta vida, buscando bons exemplos e torcendo por dias melhores…
    Vamos juntos!
    abração

  2. Osvaldo Aires Bade - Comentários Roubados na "Socialização"

    -

    21/07/2012 às 0:26

    Setti, como o Reynaldo-BH falou de choro rsrrs, resolvi apelar, e acrescentei dois vídeos poderosos na tua postagem.
    .
    Vídeo comovedor que estourou no Youtube: O poder das palavras:
    http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2012/07/video-comovedor-que-estourou-no-youtube.html
    .
    Abração
    Osvaldo Aires
    PS: Espero que ele veja

  3. Luiz Pereira

    -

    20/07/2012 às 22:18

    Setti, boa noite,
    É isso aí, maravilha!
    Vou me lembrar desse video quando, em uma próxima oportunidade tiver de expressar minha indignação com palavras.
    Sem deixar de passar a mensagem devida, vou lapidá-las um pouco mais.
    abs

  4. Reynaldo-BH

    -

    20/07/2012 às 15:59

    Setti, segue um link que tenho certeza que você vai gostar.
    Selecione sua rua e insira no campo solicitado. (São Paulo, Barcelona, qualquer lugar…)
    Não se impressione com a quantidade de janelas que serão abertas. Todas serão necessárias. And enjoy…
    Abraços ao Daniel!
    http://www.thewildernessdowntown.com/

    Muito obrigado, caro Reynaldo. Darei o abraço ao Daniel, antes de ele viajar com a família por uns dias.

    Outro grande abraço pra você.

  5. maria luiza guião bastos

    -

    20/07/2012 às 1:20

    Caríssimo Jornalista: na Paris dos anos 30 havia um poeta de esquerda que enfatizava muito…. o Amor! o que causava certa estranheza em meio àquela época, pós e pré guerras terríveis. Ele protagonizou esta história, que foi sendo contada através dos tempos. Houve até um pps a respeito, nos anos 90, muito lindo. Seu mais belo poema era ”Pour faire le portrait d’un oiseau”, devastador. O que ele escreveu no cartaz do cego?”A Primavera está chegando e não vou vê-la”. EScrevi com detalhamento porque…… não consigo lembrar o nome dele, arrgh diria o Calvin! Foi a emoção, foi a emoção, rssss…. Abraços!

  6. Reynaldo-BH

    -

    20/07/2012 às 0:55

    Setti, não vale. Fazer um homem de 52 anos chorar é sacanagem! Rsrsrs. Para quem , como eu , acredita na força das palavras (hoje e sempre!) para mudar o que vivemos e tem uma filha que está aprendendo a usar esta força, foi um toque de fim de noite maravilhoso.
    Thanks a lot, my dear friend!!!!!

    Nâo há o que agradecer, caro amigo Reynaldo.

    E chorar é bom.

    Um abraço forte.

  7. Marco

    -

    19/07/2012 às 21:45

    Dom Setti: Perfeito, mostra q a genialidade não é recusada nem no exílio ou a margem e q tbm pode ser reconhecida!
    Abs.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados