Coluna do Ricardo Setti

Ricardo Setti

Boas histórias, bastidores e opinião independente.

Fotos e vídeos: já viram um pavão voando?

Por: ricardosetti

Ver comentários (6)
pavao

Um pavão se prepara para voar, em algum lugar da Turquia

Por Rita de Sousa

De tão lindas que são suas penas, os pavões são considerados aves ornamentais. Originários da Ásia (Paquistão, Sri Lanka e Índia), os machos são mais vistosos, brilhantes e cheios de penas, e é com sua cauda, como se sabe, que cortejam a fêmea.

Briguentos por natureza, não aceitam outro macho em seu território. Passam as noites nos topos das árvores, e seus gritos no acasalamento são extremamente desagradáveis. Vivem cerca de 30 anos.

Para voar – sim, pavões voam – precisam de muito espaço, e seu voo é desajeitado, apesar de permanecerem belos, comparáveis à mitológica fênix.

Confiram:

pavao1

pavao2

pavao3

pavao4

Voltar para a home
TAGs:

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

  1. Mari Labbate *44 Milhões*

    Adoro pavões, mas conheço dois que não conseguiram aprender a voar, e continuam rastejando, insistindo em convencer os outros de que são pavões, verdadeiramente… Ih! Mas as penas são de galo! PENA!

  2. Tico Tico

    Rita de Sousa. No more?

  3. Carlão

    Ricardo, meu caro
    Só para acrescentar, pavões são galiformes e da mesma família que as galinhas. É natural esperar que os machos sejam mais vistosos que as fêmeas e que ambos os sexos voem mal (as pavoas voam um pouco melhor porque não têm aquela cauda enorme atrapalhando).
    A cauda vistosa do pavão é um exemplo clássico do que em Ecologia se chama princípio do handicap. Um macho que possua uma característica que atrapalhe tanto sua sobrevivência deve ser muito forte e portanto possuir bons genes. Logo, caudas grandes são atributos de boa saúde e boa linhagem. Obviamente, pavoas não pensam dessa maneira. A coisa funciona assim, porém.

    Abração do Carlão

  4. sandra d'agostini

    Caro Ricardo. Mais uma vz Paulo Henrique Amorim tenta desqualificar o PGR. Dê uma olhada atenta!Abs

    http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/68588/Tucano-tentou-orientar-Gurgel-contra-Agnelo.htm

  5. Marcos Veloso

    Espetacular! Nunca tinha visto, nem sabia que voavam.
    Parabéns. Seu blog é de muito bom gosto. Você seleciona com apuro, traz publicações inusitadas e imagens sofisticadas. Vou recomendá-lo aos amigos.

  6. nei Brasil lindo

    Umas das fotos mais bonitas que já vi.
    Parabéns.
    Aproveito para divulgar que o Orquidário de Santos, onde há vários pássaros e pavões, reabriu após longa reforam!
    http://www.santos.sp.gov.br, bem como no recém zoológico de S. Vicente http://www.destinosaovicente.com.br , vale a pena visitar.