Vídeo: Cinegrafista da Band apenas se defende; valentão que faz ameaça se esconde atrás de mulher; coragem mesmo só em bando e com máscara na cara

Ah, eu não tinha visto! E quero dar os parabéns ao cinegrafista! Todos têm direito à autodefesa! É da lei. Mais: Que patético ver o valentão se escondendo atrás das mulheres! Olhem aqui: eu sou contra qualquer forma de violência. Não acho que cinegrafistas ou qualquer outra categoria devam fazer justiça com as próprias mãos […]

Ah, eu não tinha visto! E quero dar os parabéns ao cinegrafista! Todos têm direito à autodefesa! É da lei. Mais: Que patético ver o valentão se escondendo atrás das mulheres!

Olhem aqui: eu sou contra qualquer forma de violência. Não acho que cinegrafistas ou qualquer outra categoria devam fazer justiça com as próprias mãos ou com a própria câmera. Mas o fato é que este vídeo é muito eloquente. Já foi visto por milhares de pessoas. Eu só tomei conhecimento dele agora há pouco — estou atrasado, eu sei. Assistam. Volto em seguida.

Atenção! Santiago Andrade estava morto, e esses patriotas foram lá prestar solidariedade a um de seus assassinos. O cinegrafista que bate com a câmera na cabeça do rapaz havia sido ameaçado pelo “corajoso”: “Vocês são os próximos”. É mesmo? “Próximos a quê?” Considerando que Santiago estava morto, tratava-se de uma ameaça de morte. E, por isso, acho que o cinegrafista apenas reagiu de modo proporcional.

Carniceira
Ali a gente vê a tal “Sininho”, esta estranha personagem, como uma espécie de porta-voz da turma. Há outros aspectos do vídeo que nos escapam. Um outro cara, que aparece ao fundo, visivelmente mais velho, é quem? Observem que ele parece ser uma espécie de chefe. Quem é? Tem filiação política? É ligado a algum grupo ou partido?

“Sininho”, a amiga de pelo menos um dos assassinos — ou não é? — acha a imprensa “carniceira”.Os da sua turma explodiram a cabeça de Santiago Andrade, mas, para ela, “carniceiros” são os jornalistas e cinegrafistas.

Há uma diferença entre agressão e autodefesa. O cinegrafista se defendeu, e o machão, que talvez seja muito corajoso quando mascarado e atuando em grupo, foi pedir penico para as mulheres.

Ironicamente, uma delas olha o ferimento em sua cabeça — com a cabeça de Santiago, já não havia mais o que pudesse ser feito.

Para encerrar
Essa gente vive do quê? Qual é a ocupação de “Sininho”? Qual é a ocupação daquele que se esconde atrás de mulher? Qual é a ocupação daquele mais velhusco com ar enfezado? Quem garante a boa vida dessa gente? Os cinegrafistas, tanto Santiago como o que aparece se defendendo, estavam trabalhando.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s