Um caso escandaloso de censura à imprensa no Tocantins; decisão de desembargador joga a Constituição no lixo! Coligação de Gaguim aplaude censura

O governador do Tocantins, Carlos Gaguim (PMDB), candidato à reeleição, enroscou-se numa história cabeluda (ver abaixo). O Ministério Público de São Paulo começou a investigar a ação de uma máfia em cidades do estado e acabou descobrindo um esquema que se estende a outros estados. No Tocantins, segundo a apuração, em associação com Gaguim, a […]

O governador do Tocantins, Carlos Gaguim (PMDB), candidato à reeleição, enroscou-se numa história cabeluda (ver abaixo). O Ministério Público de São Paulo começou a investigar a ação de uma máfia em cidades do estado e acabou descobrindo um esquema que se estende a outros estados. No Tocantins, segundo a apuração, em associação com Gaguim, a tal máfia se preparava para um esquema que poderia chegar a R$ 1 bilhão. As conversas gravadas, vejam ali, revelam outros detalhes sórdidos.

Muito bem! Estão preparados agora uma ocorrência típica da Sucupira de Odorico Paraguaçu? Então vamos lá.

A coligação Força do Povo, pela qual Gaguim concorre à reeleição, convocou uma coletiva de imprensa para exibir uma LIMINAR concedida pelo desembargador José Liberato Costa Póvoa QUE PROÍBE A IMPRENSA DO TOCANTINS  — jornais, rádio, TV e Internet — de fazer qualquer menção ao caso e à investigação.

A justificativa do desembargador é que a investigação corre em segredo de justiça e que “as informações que circulam nos vários meios eletrônicos e jornais, valem-se de informação obtida de forma ilegal”.

A vírgula entre sujeito e verbo é de autoria de Liberato.

À imprensa não cabe guardar sigilo de coisa nenhuma! A ela cabe publicar o que apura. Os artigos 5º e 220 da Constituição garantem a liberdade de expressão e de informação e vedam qualquer forma de censura prévia.

É escandaloso que coisas como essas continuem a acontecer no país. É um acinte que seja justamente a coligação beneficiada pela censura a fazer praça da medida, que viola abertamente o que está disposto na Constituição.

Sabem o que é realmente formidável? Liberato, que deveria mudar o nome para “Censurato”, tem uma página pessoal na Internet, demonstrando ser um homem que realmente gosta de falar com o público. Não deveria tentar impedir que outros o fizessem,

Saiba mais sobre Gaguim nos posts abaixo:
24/09/2010
“Vão botar para f… Vão fazer o Estado inteiro, vão fazer R$ 1 bilhão”. O que é isso, leitor? É uma conversa no Tocantins. MP diz que governador integra organização criminosa

24/09/2010
Mais Tocantins de Gaguim – Segundo investigação, lobista pagou hotel, helicóptero, garota de programa…

21/09/2010
Justiça quebra sigilo de lobista amigo de governador do Tocantins

20/09/2010
Investigação liga lobista a governador de Tocantins

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s