Sexo

Fiz um comentário até bem-humorado no post “O que pode essa língua”. Vejam lá. Aí o petralha me manda a seguinte pergunta: “Por acaso vc tem alguma fobia ao sexo?” Não sendo com uma viúva negra, não. Não acho boa idéia esse negócio de comer o macho depois do coito. A fêmea do louva-a-deus, vi […]

Fiz um comentário até bem-humorado no post “O que pode essa língua”. Vejam lá. Aí o petralha me manda a seguinte pergunta:

“Por acaso vc tem alguma fobia ao sexo?”

Não sendo com uma viúva negra, não. Não acho boa idéia esse negócio de comer o macho depois do coito. A fêmea do louva-a-deus, vi outro dia no Discovery, também é uma ingrata. Vacilou, “nhoc!”, o coitado vira reserva de proteína da mocinha. Huuummm. O feminismo sonha transformar os homens no macho da viúva negra e da louva-a-deus? Acho que sim.

Se vocês lerem Cerimônia do Adeus, em que Simone de Beauvoir relata os últimos dias de Sartre, verão o que é vingança. Simone injeta seu suco gástrico no moribundo e o engole, a pretexto de contar memórias. Podem imaginar o autor de O Ser O Nada — impenetrável por muito chato — a fazer digressão sobre os embutidos? Eu, hein! É por isso que escolhi um amor necessário e sosseguei o facho. Ela se vinga de cada “amor contingente” que o vesguinho arrumou na vida.

Essa gente tem a certeza de que faz sexo mais gostoso do que aqueles a quem considera seus adversários. Não tenho nada contra a que se pense, na hora “h”, na queda da Bastilha ou na tomada de Moscou pelos bolcheviques. Sexo supõe a mímica de uma sujeição. Mas eu vibro é com o “canto de vitória” da adversária. Sexo só é bom com a “vitória do oprimido”. Ou com Camões: “é servir a quem vence o vencedor”.

Fui claro para quem sabe. Petralha não sabe.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Juca

    Quer apostar como eles ainda vão te acusar de racismo por depreciar uma viúva negra?

    Curtir

  2. Comentado por:

    Mel

    Reinaldão,Você é mesmo um ilumindado.É isso aí, o que vale é o “canto da vitória”, a “vitória do oprimido”
    ” É servir a quem vence o vencedor”
    Acontece que para chegar ao tal entendimento do sexo é preciso entender o que é fazer amor. Petralha jamais conseguirá entender. Petralha faz sexo,e come um prato de mocotó com a mesma intenção e resultado.Petralha sobe em árvore ou faz de conta que é o galho…

    Curtir

  3. Comentado por:

    Clap, clap, clap

    Nessas horas é que se ouve a frase: “Me oprime, que eu gosto”…

    Curtir

  4. Comentado por:

    marilene

    Orfeu querido, vc está coberto de razão. Vai que as amebas são protegidas pelo IBAMA. Sou nada não, sou apenas bem vivida, o bastante pra não deixar o meu menino na mão, se é que me entende.Bjs

    Curtir