Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Segurança: uma proposta correta de Serra

O candidato do PSDB ao governo de São Paulo, José Serra, esteve em Dracena, a 647 km da Capital, nesta sexta, e lançou uma proposta corretíssima — “claro, Reinaldo, você vota nele”. Sim, voto, e isso não piora a idéia. Consiste em quê? Oferecer contrapartidas a municípios que contem com presídios ou com unidades da […]

O candidato do PSDB ao governo de São Paulo, José Serra, esteve em Dracena, a 647 km da Capital, nesta sexta, e lançou uma proposta corretíssima — “claro, Reinaldo, você vota nele”. Sim, voto, e isso não piora a idéia. Consiste em quê? Oferecer contrapartidas a municípios que contem com presídios ou com unidades da Febem. Seria criado um fórum de prefeitos para cuidar do assunto. Uma das áreas que mereceriam especial atendimento é a saúde. É assim que tem de ser. As cidades do interior do Estado abrigam, na maioria dos casos, presos que nem mesmo são da região. Em que isso as prejudica? Conto uma pequena história, que conheço bem. Quando vou a Dois Córregos, minha cidade natal, passo por Itirapina, na SP 225, a 220 km da capital. O município tem 13 mil habitantes, incluindo área rural. Não sei quantos estão na área urbana. Chuto alto: 80%. Pois um núcleo de pouco mais de 10 mil pessoas tem uma favela à beira da rodovia. Dois Córregos, com praticamente o dobro de habitantes (25,5 mil), não tem. Por quê? A favela é basicamente formada por familiares dos detentos do Presídio de Itirapina — sob a influência do PCC, diga-se. Os índices de violência ali não são alarmantes, mas são maiores do que o de cidades mais populosas da região. É claro que os cidadãos do interior se revoltam quando recebem um presídio. Ainda que houvesse recursos para fazer um programa eficiente de casas populares, essa população é volante. Presos saem, outros chegam; alguns saem e vão ficando com suas famílias, sem emprego, ampliando o problema social. Ainda em Dracena, Serra criticou a política de Saúde do governo Lula, que desviou R$ 1,6 bilhão da área para o Bolsa Família e o desprestígio a programas como o combate à AIDS e os mutirões da catarata. O que ele falou sobre Mercadante? Ignorou o assunto.
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s