Petista descobre: MBL e Sérgio Moro foram treinados pelos EUA para destruir o Brasil

Segundo deputado companheiro, petroleiras americanas estão querendo destruir as empresas nacionais

 

Vejam este vídeo. Volto sem seguida.

Como se dizia antigamente, “Parem as máquinas!” O deputado petista Paulo Pimenta (RS), com a clareza e o tirocínio habituais, descobriu tudo. Caiu a máscara do juiz Sérgio Moro. Caiu a máscara do Movimento Brasil Livre (MBL). Eu mesmo mal consigo manter a minha colada ao rosto. Já conto tudo.

Pimenta e um homem sábio. É aquele senhor que assinou uma petição, encaminhada à Reitoria da Universidade Federal de Santa Maria — E ELA FOI ACOLHIDA, ACREDITEM; DEPOIS, HOUVE O RECUO — pedindo que fossem identificados todos os alunos e todos os professores de origem judaica da instituição…

Agora, ele vem a público com uma denúncia bombástica. Segundo Pimenta, jovens do Movimento Brasil Livre já estudaram e tiveram treinamento nos EUA. Mas isso ainda é pouco. Ele vai fundo. Também o juiz Sérgio Moro teria passado pelo mesmo processo.

Pra quê? Ora, para destruir a empresa nacional, segundo ele. E foi específico: as petroleiras americanas, em particular, estariam envolvidas na tramoia. Como a gente sabe, há uma fila querendo se apropriar do nosso pré-sal, não é mesmo?

É o que restou a essa gente para justificar o atual estado de coisas. E o curioso é que eles não mudam. Há coisa de uns 10 anos, Moniz Bandeira, um professor de esquerda próximo do petismo, descobriu que eu, Reinaldo Azevedo, era agente da CIA… Tou esperando o cheque até hoje.

Pimenta também está interessado em saber quem financia os movimentos pró-impeachment. Não há segredo nenhum nisso! Mas noto que Pimenta nunca quis saber quem financia o MST, o MTST, os ditos movimentos sociais contra o impeachment ou os blogs sujos.

Afinal, nem é preciso investigar, né? Quem financia somos nós, contra a nossa vontade. É assalto me

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s