Blogs e Colunistas

27/05/2012

às 6:37

Vadia invade igreja no Rio com os seios à mostra e aos berros. É que ela é contra a violência, entenderam?

Por Rômulo Pereira, no Globo:
A Marcha das Vadias, evento contra a violência sexual que levou cerca de 400 pessoas às ruas de Copacabana neste sábado, acabou em confusão. Ao passar em frente à Igreja Nossa Senhora de Copacabana, na Rua Hilário Gouveia, uma mulher que estava com os seios à mostra entrou na congregação. Ela foi seguida por parte dos manifestantes, que passaram a gritar pela liberação do aborto. Alguns fiéis sairam da igreja revoltados, e um bate-boca começou. Rapidamente, a polícia interveio e usou spray de pimenta para retirar os manifestantes do local.

O protesto começou pacificamente. Por volta das 13h, os manifestantes se concetraram em frente ao Posto 4 e passaram a pintar o corpo e a confeccionar cartazes com frases de efeito contra o estupro e o machismo. Às 15h30m, elas começaram a marchar pela Avenida Atlântica em direção a Rua Hilário Gouveia. Depois da confusão na igreja, elas seguiram para a 12ª Delegacia de Polícia, onde realizaram um ato-protesto, uma alusão ao policial canadense que deu origem ao movimento.

A organizadora Indianara Siqueira, vestida de freira, chamou a atenção para os casos em que a própria mulher violentada é vista como culpada por causa de suas roupas, ou profissão. A marcha também é a favor da legalização da profissão de prostituta e da descriminalização do aborto. “Já denunciamos o triste índice de dez mulheres estupradas por dia no Rio de Janeiro. E isso são só as que dão queixa! Então, esta marcha é um basta contra qualquer tipo de violência às mulheres”, esclarece Indiara, que justifica a fantasia afirmando que até as freiras sofrem com a violência contra as mulheres.

Outros dois pontos abordados pelas manifestantes foram a legalização do aborto e a suspensão da Medida Provisória nº 557, de dezembro do ano passado, que instituiu o Sistema Nacional de Cadastro, Vigilância e Acompanhamento da Gestante e Puérpera (mulher que deu à luz recentemente) para Prevenção da Mortalidade Materna, no âmbito do SUS.
(…)

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

71 Comentários

  1. Renato

    -

    05/11/2012 às 16:47

    Eis as “vítimas” pregadoras da tolerância, do amor e do respeito ao próximo; prostituição é coisa de gente preguiçosa que gosta de uma grana rápida, sem precisar estudar e batalhar na vida. Legalização do aborto é mentalidade de homicida psicopata, e na cadeia já existem muitos. Carnaval, parada gay e a marcha das vadias ociosas, todo mundo nu, aonde vamos chegar assim?
    Vão cuidar de uma casa, cambada de feministas desocupadas!

  2. Anna Flávia

    -

    25/07/2012 às 8:50

    Um movimento que ousa se denominar de reacionário e ser contraria o preconceito é o primeiro a se contradizer com a intolerância religiosa. A Igreja católica não obriga ninguém a nada se não gostasse simplesmente passasse na frente e não entrasse, e ninguém condenaria ninguém por isso, mas daí querer ir contra com tamanho desrespeito é absurdo! poderia ser também numa evangélica, num templo budista, num islã, tanto faz vivemos num estado laico eé indispensável respeitar as leis da sociedade.

  3. Francisco

    -

    17/07/2012 às 13:29

    Não é ser contra o feminismo, em si, aquele verdadeiro, que busca ir em igualdade de direitos, como trabalho, voto, uma relação melhor e contra a violência.Porém, o feminismo moderno,como essa coisa ridicula, está comprometido em destruir essa imagem boa.Ela quer fazer a mulher um ser ignorante e estúpido, igual ao homem, em seus erros.Aborto, sexo, enfim, quero falar que esse movimento se tornou algo ignorante e grotesco hoje em dia, seguindo um sonho utópico.Ah, e os meios de comunicação, como sempre, a maioria ligados a ONGS liberais, aplaudem.

  4. maria lucia

    -

    15/06/2012 às 18:27

    Como a marcha diz ser contra violência contra mulher se querem legalizar a exploração sexual da prostituição,que por si só,já é uma violência contra todas nós? E depois reclamam que os homens nos tratam,hum,como objeto sexual??è,realemnte sair semi-nua e lutar pela prostituição vai nos acrescentar e muito!De repente,a Dilma chegou á presidência tendo estes tipos de atitudes,não é?
    Não é a toa que feminismo virou piada neste país,e presta mais um desserviço a todas nós do que promover empoderamento!

  5. Stephen

    -

    11/06/2012 às 19:36

    Desisto desse país! Estou indo definitivamente para os EUA próximo semestre. Lá, viverei em uma cidade onde a moral, a honra e os bons costumes ainda prevalecem. Onde a corrupção é minima. Desisto daqui! Vou para um lugar onde me valorizaram… Morei 2 anos lá, podem falar mal de Obama, e o escambau, mas eu sei o que vivi lá e é real, vivi muito bem… bem mais do que vivi toda minha vida aqui. Esse país esta sendo tomados por esquerdopatas e feminazis militantes. Não é mais um pais propicio para eu criação de meus filhos. Se puderem, façam o mesmo!! Vão para algum país de primeiro mundo!

  6. Stephen

    -

    11/06/2012 às 18:40

    Faça me o favor, pare com esse discursinho de que “a marcha é contra a violência mimimi” Sabemos que essa marcha é uma marcha de grupos feministas que fazem p elas mesmas, com a intenção de impor suas doutrinas a sociedade. Ai ficam se fazendo de vitimas…O real objetivo dessa marcha ficou lá no Canadá!

  7. Jaciara

    -

    11/06/2012 às 13:35

    Nem todas as pessoas que estão na marcha são pro-abortistas. A marcha é especificamente contra a violência à mulher. E pede que as autoridades não culpem as vitimas de estupro pelo crime e sim o agressor. Em manifestações assim sempre tem algumas pessoas que se excedem e fazem alguma merda que não condiz com o movimento, mas não justifica julgar o grupo todo pq um ou outro fez algo errado.

  8. Lucimar

    -

    31/05/2012 às 18:01

    Qual é realmente o proposito dessa marcha? Parece coisa do diabo.

  9. Francisco Alves

    -

    30/05/2012 às 19:54

    Acontece que, a maioria desses movimentos que gostam de se intitular ‘minorias perseguidas’, afirmam buscar o direito à liberdade de expressão e tais e quais, mas, se formos ver sua ação, são em sua maioria grupelhos fascistas que procuram esmagar qualquer opinião contrária à sua, embora gostem de encher a boca para falar de democracia, não chegam nem perto de entender o direito à liberdade de expressão… Ora faz-me rir…

  10. Paulo

    -

    29/05/2012 às 19:42

    Ah é.. CLARO q sempre tem a “minoria errada” q apóia pra ser apoiada: gays, pró-abortistas, eutanásia, os q sofrem preconeitos d outros tipos, etc… ai no próximo protesto d um destes, eles vão chamar as “vadias” pra apoiar.. e assim vai…

    desperdiçando energia e tempo pra coisas do tipo

  11. Paulo

    -

    29/05/2012 às 19:38

    “A falta d formação não se supre com nada”… e dá pra ver q sobra informação (certas e erradas) e FALTA formação…. No dia q o brasileiro SOUBER fazer protestos (motivo pode at´ser justo, mas o modo não), aí sim é q TALVEZ haja alguma mudança…

    outra coisa: concordo com um comnetário q li ai.. falta d homem pra estas ‘mulheres’… pq MULHER q É MULHER MESMO, não vai em uma MARCHA das VADIAS… mulher q é MULHER protesta com seu BOM MODO d agir..

    Com estes’protestos’ elas acham q tão melhorando o mundo e anestesiando a consciência

  12. Leo Philalethes

    -

    29/05/2012 às 13:01

    Quando o macho heterossexual toma uma atitude despropositada ou atroz, a mídia alardeia o fato aos quatro cantos e a justiça logo se encarrega de processar o indivíduo.

    Mas quando é uma mulher ou um gay, a coisa muda de figura. Minimizam a gravidade do fato, buscam justificativas ou então não falam nada.

    Nesses dias, devido a repercussão do caso Xuxa, pipocaram na TV reportagens sobre abusos sexuais perpetrados por homens contra mulheres. Tudo bem, é realmente algo funesto!Mas por que também não fizeram reportagens acerca de abusos perpetrados por gays contra meninos, o que também acontece muito? Não pode né, é preconceito!

    Você diz uma verdade inconveniente sobre os gays ou as mulheres e já querem te denunciar ao ministério público. Mas o livro “SCUM Manifesto – Uma proposta para a destruição do sexo masculino” foi republicado no Brasil e ninguém nem ligou, o MP não fez nada. Um livro que afirma que:

    “Todo homem sabe, no fundo, que é só um pedaço de m… desprezível.”

    Sociedade e justiça com dois pesos e duas medidas, igualdade é o caramba!

  13. Carlos

    -

    29/05/2012 às 12:39

    Quanta mulher feia! hajá DEUS! As do Canadá ao menos são bonitas!
    Vem ai a marcha: “Barangas – me poupem disso!” Ai meu DEUS – ninguem merece!

  14. André

    -

    29/05/2012 às 10:52

    Reinaldo,

    Sei que as nossas atenções estão votladas para assuntos muito importantes para nosso país, mas isso que aconteceu nessa igreja foi muito mais grave que o que dão a entender as reportagens. Pelo que escreveram parece que a marcha estava seguindo tranquilamente e que apenas uma vadia saiu dela e gritou na frente da igreja. Não foi isso que acotneceu e você pode conferir em vídeos que estão no youtube. Essas desgraçadas ocuparam a escadaria da igreja, ficaram na entrada pintadas e gritando como a horda que são (muitas tinham os rostos cobertos, e garanto que não era só por causa da feiura), e só não invadiram porque os fiéis que estavam na Missa ocuparam a entrada. Essa marcha tem organizadores e dizerem que foi manifestação espontânea é uma mentira absurda. Se fosse manifestação espontânea a marcha teria seguido, mas não, elas pararam em frente à igreja e avançaram sobre ela.

    .
    A maioria das pessoas que tomam conhecimento disso fica indignada. Será que as pessoas sabem que é possível fazer uma denúncia ao Ministério Público pela internet?
    http://www.mp.rj.gov.br/portal/page/portal/Internet/Cidadao/Ouvidoria_Geral
    .
    Peço que você considere a conveniência de informar isso a seus leitores.
    .
    Lembrando o Artigo 208 do Código Penal:
    .

    Art. 208 – Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso:

    Pena – detenção, de 1 (um) mês a 1 (um) ano, ou multa.

  15. André

    -

    29/05/2012 às 10:41

    Reinaldo,

    Sei que no momento outros assuntos atraem muito mais a atenção de todos nós devido a sua imensa gravidade, mas isso que aconteceu nessa igreja também não é qualquer coisa não. As notícias sobre o assunto deram a entender que apenas uma dessas mulheres saiu da marcha no meio da rua e gritou na frente da igreja. Não foi isso. Essas desgraçadas ocuparam toda a escadaria da igreja e a entrada e ameaçaram entrar na igreja, pintadas e gritando como a horda que são. Só não fizeram porque as pessoas que estavam na Missa foram para a entrada. Tem vídeos sobre isso no youtube, onde você pode conferir. É óbvio que isso foi premeditado, já que se não fosse assim, a marcha não teria parado na frente da igreja, teria continuado e no máximo algumas das vadias teriam tentado entrar lá (mas nem isso fariam porque são covardes e só sabem agir em grupo – inclusive muitas cobriam os rostos, e garanto que não era só por causa da feiura).
    Onde se fala sobre isso a maioria das pessoas fica indignada. Será que as pessoas sabem que é possível denunciar isso ao Ministério Público através da internet?
    http://www.mp.rj.gov.br/portal/page/portal/Internet/Cidadao/Ouvidoria_Geral
    Peço que você considere a possibilidade de lembrar isso a seus leitores.
    Lembrando o artigo 208 do Código Penal brasileiro:
    Art. 208 – Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso:

    Pena – detenção, de 1 (um) mês a 1 (um) ano, ou multa.

  16. Anónimo

    -

    28/05/2012 às 17:14

    Alexandre Zambelli – 27/05/2012 às 19:31, fazer o quê, não é? Se esses militantes que você tanto defende são movidos por tão boas intenções, estão disfarçando bem. Como entendê-los, então?

  17. MarceloF

    -

    28/05/2012 às 16:17

    Reinaldo,
    isso é um atentado contra liberdade de manifestação religiosa, ou liberade de culto. Deveriam ter registrado a ocorrência policial, com a indicação dos profanadores. É um crime de intolerância, igual ao racismo.
    Inadmissível!
    Sds.,
    de MarceloF.

  18. NANA

    -

    28/05/2012 às 0:09

    Acontece que o que aconteceu lá foi bem mais violento do que O globo apresentou como fato ocorrido. Estamos vivendo uma crise institucional, guerra civil, e aqueles que poderiam ajudar estão acomodados.

    Haviam crianças na Igreja e a fúria dessas mulheres contra as mulheres que lá estavam com seus filhos foi uma verdadeira violência. Inclusive uma das católicas se machucou. QUAL VEÍCULO VAI APURAR DE VERDADE O QUE ACONTECEU LÁ E POR QUÊ?

    NESSA IGREJA ACONTECE A ORAÇÃO DO TERÇO CONTRA O ABORTO ÀS 16:00HS. ENQIANTO MULHERES MÃES E AVÓS REZAM, ONGS INTERNACIONAIS COMO “A MARCHA DAS VADIAS”, APOIADAS PELA SECRETARIA DAS MULHERES, INVESTEM CONTRA AS MULHERES BRASILEIRAS NÕ FINANCIADAS PELO GOVERNO NEM PELO CAPITAL INTERNACIONAL.

    OU A IMPRENSA INDEPENDENTE ARREGAÇA AS MANGAS, OU PODEM ESPERAR PARA O GOLPE TOTAL DAQUI A ALGUNS MESES. A AGENDA DA ONU COMUNISTAS ESTÁ QUASE CUMPRIDA. SÓ FALTA O PL 122 E A APROVAÇÃO DO NOVO PROJETO DO CÓDIGO CIVIL COM COMISSÃO APARELHADA PELA ONU.

    E AÍ, REINALDO, CADÊ VOCÊ? DE CATÓLICA PARA CATÓLICO: PRECISAMOS, AS FAMÍLIAS, DE VOCÊ.

  19. Tuca

    -

    27/05/2012 às 23:42

    alexandre 27/05 19:31 Sabemos sim, o porque desta marcha que teve inìcio no Canadá. O que você difere dos leitores deste blog com certeza é que nós quando temos pontos de vista diferentes, nós discutimos e não saímos por aí desrespeitando e agredindo pessoas que não pensam como nós.A marcha “original” tinha como tema o estupro, pergunto à você – Por que entrar numa igreja católica que estava realizando cultos de orações inclusive com crianças, manifestantes aos gritos e com seios a mostra?
    Realmente pessoas como você, que não tem o mínimo de edusação e respeito, está no blog errado.
    Reinaldo, me perdoe pelo desabafo.

  20. Marcos F

    -

    27/05/2012 às 23:22

    Estava tudo armadinho.
    Aí, a vítima, “sem querer” acabou entrando na igreja.
    Ela não queria ofender os fiéis, só a mãe de cada um.
    Indianara deve ter muita mágoa … até do próprio nome!

  21. Layssa

    -

    27/05/2012 às 23:00

    Eu acho que é válido protestar a forma como as vítimas de estupro são tratadas. Mas invadir uma igreja com os peitos de fora? É uma agressão idiota e irracional! No que isso contribui para o protesto? Mas uma vez fica exposta a intenção por traz de todo pretenso “movimento social” oriundo da esquerda: impor a força os seus pensamentos e destruir os valores ocidentais.

  22. Paula Costa

    -

    27/05/2012 às 22:59

    Tio Rei, aposto o meu salário como a paróquia agredida não vai fazer o q deve: processar a vadia por crime de atentado a culto. E, se a paróquia não fizer isso, aposto q mais e mais vadias invadirão igrejas…

  23. Affonso Sampaio

    -

    27/05/2012 às 22:39

    É cada vez mais tênue,a linha que divide a loucura da “normalidade”.Peçamos ao Divino que Ele nos norteie.Que Ele descortine nossa estrada.Que Ele nos aponte o zênite de nossos destinos.Que a horizontalidade da matéria,se transforme na verticalidade do espírito.

  24. duduvieira10

    -

    27/05/2012 às 22:24

    Esculhambação geral meu prezado!
    Kit Gay, marcha da maconha, marcha da vadias, Lula que não desencarna, CPMI dirigida, e o que mais?

  25. Thomas

    -

    27/05/2012 às 22:14

    Isso me parece mais desculpa para mulher malcuidada andar sem roupa na rua, sem ser vaiada. Ah… Ucrânia… Aquilo sim é que é protesto.

  26. Miguel

    -

    27/05/2012 às 21:54

    Se são mulheres tão “modernas” e “inteligentes”, já devem saber como usar contraceptivos pra não precisar cometer a barbárie do aborto, correto?

  27. -

    27/05/2012 às 21:34

    Refaço o comentário, solicitando-lhe o obséquio de desconsiderar o que postei anteriormente.

    Ao protestarem invadindo uma igreja com seios ä mostra ou vestindo hábitos religiosos essas vadias, como elas mesmas se autodenominam, ou como são conhecidas no Canadá (em inglês: slutwalk) mostram seu preconceito religioso. aliado a tremenda falta de educação e respeito E agora?
    Os Promotores de Justiça, alinhados com o partido do ApeDelta vão se manifestar como no caso da Cracoländia e outros similares ou a coisa só vale para um lado? Como fica o vilipêndio e o deboche da igreja e da crença que eu professo?

  28. Clayton Moreira

    -

    27/05/2012 às 20:46

    “Frases de efeito contra o estupro.” Será que alguém em sã consciência é a favor?

    Por que também não saiu à rua com uma faixa contra o consumo de drogas lícitas ou ilícitas durante a gravidez?!

    Essa porralouquice toda me parece falta de homem…

  29. Ellen

    -

    27/05/2012 às 20:29

    Marchas é marca registrada deste partido anticristão: todos os valores são atacados,porque são imorais e vagabundos! É, marcha para aborto,é marcha dos lésbicos, gays e outras coisas, é retirada de crucifixo do Tribunais, é Marcha da Maconha, é Xuxa com mensagens Sublinhares, como apontou Cristian Derosa em seu escrito: “A polêmica envolvendo a entrevista de Xuxa servirá muito bem à causa da descriminalização da pedofilia”…

  30. paula

    -

    27/05/2012 às 20:26

    Meu Deus que coisa doída, onde é que a sociedade vai chegar com isso.Elas querem legalizar o aborto, matar inocentes.Com os governantes, dá nisso. Só lágrimas.

  31. Anónimo

    -

    27/05/2012 às 19:33

    feminista a favor da prostituicao?
    pois e!!!

  32. Alexandre Zambelli

    -

    27/05/2012 às 19:31

    já não me surpreende o teor deste blog, quanto mais dos comentários. Em geral todos machistas, que refletem a completa ignorância de não saber os motivos da marcha. Tapam os olhos e ouvidos, mas abrem a boca cheios de preconceitos. Sugiro que se informem melhor sobre a marcha, sobre o que os militantes de todos estes movimentos fazem no dia a dia. São os mesmos que diariamente estão lutando contra a corrupção e em defesa de um país mais justo e igualitário, não se limitando à reclamações facebookeanas.

  33. Juliano Souza

    -

    27/05/2012 às 18:51

    Essa gentalha que faz protesto mostrando os seios, a bunda e até a perereca se acha o máximo em criatividade. Tanto que até virou moda…

  34. Ed

    -

    27/05/2012 às 18:38

    Os muçulmanos também são contra o aborto.

    Porquê elas não entram com os peitos de fora gritando palavras de ordem em uma mesquita? Aqui no Rio temos a Mesquita da Luz, fica na Tijuca, bairro bem populoso, pertinho do metrô… Tem também a Sociedade Beneficente Muçulmana, no centro da cidade…

    Se a implicãncia é com os cristãos, porqu~e só com católico? Quero ver entrar em uma dessas igrejas modernas, onde ao invés de padre idoso tem aqueles pastores fortões que tiram o capeta do seu corpo na base do tapa… Que tal?

  35. Laerte Rodrigues

    -

    27/05/2012 às 18:03

    Queria ver se fosse o contrário! Um grupo de católicos que invadisse a tal marcha para reafirmar as posições da Igreja sobre estes mesmos assuntos seria tido como fanático e obscurantista. Todos querem ser respeitados, mas são incapazes de respeitar quem não concorda com eles!!!!!

  36. ricardo

    -

    27/05/2012 às 18:02

    mas andar nu não eh crime? não eh exibicionismo, atentado ao pudor, sei la?…um mês atras prenderam um francês em Fernando de Noronha por estar tomando banho pelado em uma praia…essa ai anda em pleno centro da cidade com os peitos de fora, invade uma igreja e fica tudo por isso mesmo?

  37. -

    27/05/2012 às 17:56

    Ao protestarem invadindo uma igreja com seios ä mostra ou vestindo hábitos religiosos essas vadias, biscates, vagabundas como são conhecidas no Canadá (em inglês: slutwalk) mostram seu preconceito religioso. E agora?
    Os Promotores de Justiça, alinhados com o partido do ApeDelta vão se manifestar ou a coisa só vale para um lado? Como fica o vilipêndio da crença que eu professo?

  38. junes marta paris

    -

    27/05/2012 às 17:36

    Olha, esses mulheres me deixaram envergonhada , de verdade! bem que poderiam dar um outro nome ao movimento….Vadias? vadiagem é crime! ficar de top less nos átrios de um templo religioso? que vergonha, que escândalo! isso é absolutamente desnecessário, se eu pudesse falar com essas mulheres, tentaria convencê-la a parar com isso….. é por essas e outras que muitos homens não nos respeitam mais.

  39. eu

    -

    27/05/2012 às 17:00

    Marcha das vadias? Eu, heim?
    E entrar com os peitos de fora numa igreja?
    Por mais justo que seja o movimento acaba de perder a credibilidade.

  40. Charles A.

    -

    27/05/2012 às 16:55

    Protestar contra estupros e a favor do aborto ao mesmo tempo é uma insanidade total.O absurdo dos protestos contra o estupro é que a sociedade sempre foi contra esse crime hediondo . Os militantes deveriam dirigir seu protesto aos estupradores e a quem os apóia e tolera;quem é a favor de bandidos é o PT e seus aliados.Do meu ponto de vista,estupradores deveriam receber a pena máxima da lei.Mas, o que isso tem a ver com a descriminalização do aborto e com a Igreja Católica?Por acaso, a igreja elabora as leis e as aplicam?Não, é claro.Só assume uma posição a favor da vida e mais nada. Seios à mostra nem sempre valem a pena;eles, que são os mais belos símbolos da feminilidade e da maternidade,quando usados como armas de agressão à vida tornam-se a antítese da mulher,do amor e da paz.Usá-los como instrumento do ódio é um disparate e uma ofensa à humanidade ,especialmente às mulheres.

  41. O Asno

    -

    27/05/2012 às 16:18

    parace que lhes falta uma razão para viver…
    parece que lhes falta uma causa para viver…
    Como
    conselho e caldo de galinha nunca fizeram mal à ninguém, como dizem os mais prudentes,
    talvez fosse mais prudente,
    de em vez de mostrarem os seios dentro das igrejas para dizer o óbvio,
    que mostrassem e apresentassem seus seios e/ou mamas,
    em consultórios médicos e clínicas especializadas,
    em exames periódicos, aos mastologistas.
    Talvez fosse mais prudente, viu?
    Mais prudente… mais prudente… mais prudente…
    Ei! Por prudência vou ali tomar água fria de quartinha, depois volto para dizer mais asnices.
    Ei! Cavilação é o que não falta, viu?
    Falta não… tem cavilação toda hora… toda hora tem…
    cavilação… cavilação cavilosa…
    seio mais de nada não, viu? Seio não… seio não…

  42. Anónimo

    -

    27/05/2012 às 15:21

    Ué, não entendi nada. Afinal, o que tem a igreja e a polícia a ver com as reinvindicações psicóticas das vadias?

  43. Luiz Fernando

    -

    27/05/2012 às 14:50

    Amim não me surpreende o ato desse membro das marchas das vadias. Tem alguns movimentos que ganham força e adeptos pela natureza da causa, pela força dos argumentos enquanto outras ganham força e adeptos denegrindo outros movimentos. O que busca essa marcha das vadias ? Protestar contra o estrupo ? Mas isso é mais antigo do que andar para frente. Na verdade querem, no fundo, no fundo, criar uma ONG e conseguiur uma “boquinha” na secrataria de direitos da mulher.

  44. bpistelli

    -

    27/05/2012 às 14:41

    As religiões mandam as pessoas ( homens e mulheres ) terem vestimentas DECENTES, incluso o alcorão, ele não exige roupa especial, recomenda a quem teme a Deus oculte suas curvas e use vestimentas que cubram os joelhos, os cotovelos e para o homem roupas decentes e folgadas que oculte o seu corpo.
    Judeus e cristãos têm a mesma recomendação do seus livros sagrados e todos mandam NÃO SE EXIBIR EM PÚBLICO.
    A pessoa que anda com muito pouca roupa e de forma que chame o sexo oposto para o relacionamento, A MULHER NÃO PODE CHAMAR O HOMEM DE MACHISTA pois é apenas macho.
    As feministas de verdade queimaram os sutiãs mas não ficam VULGARIZANDO SEUS CORPOS COMO SE OUTDOOR FOSSEM, este ato é de EXTREMO MACHISMO.
    Se as mulheres quisessem o fim do machismo, elas que têm os filhos ( homens e mulheres ) os educariam de maneira a respeitarem a igualdade dos sexos. Se a mulher quiser se portar como homem, NÃO TERÁ OLHARES MASCULINOS pois 95% dos homens NÃO SÃO HOMOSSEXUAIS. Não é à toa que ouço os lamentos de feministas quando paqueram, que os homens que elas atraem “É TUDO VIADO”. sic

  45. Anónimo

    -

    27/05/2012 às 14:38

    Noto que há uma escalada de agressão às Igrejas cristãs principalmente a Católica. Refiro-me aqui, no Rio de Janeiro, de modo absurdamente gratuito como foi esse caso. Em forma de deboche então já é demais.O pessoal da mídia acompanha mais discretamente o achincalhe na tentativa de levar ao descrédito e à desmoralização. Realmente esse pessoal está apavorado com os cristãos, que não vão se iludir nas eleições como nas vezes anteriores.

  46. Elah

    -

    27/05/2012 às 14:16

    Marcha de vadias = falta de propósito.
    Contra político bandido que rouba o dinheiro dos impostos que pagamos, nada.

  47. Didi Iashin

    -

    27/05/2012 às 14:16

    Queria ver tamanha coragem nos países islâmicos ou em Cuba, a grande fazenda dos hermanos castro. Borrachada seria pouco … Como querem respeito se não respeitam de volta??

  48. Maurício (MG)

    -

    27/05/2012 às 14:02

    Reinaldo

    Indianara para “presidenta”. O Brasil certamente, com ela, seria um país melhor para se viver; com muita paz e tolerância. O Brasil perde muito com ela e suas companheiras de luta apenas mostrando os peitos em praça pública e interrompendo cultos religiosos, quando têm muito dentro de si para mostrar e ajudar a melhorar este Brasil horrível em que, atualmente, não se pode nem mesmo matar crianças nos ventres maternos e no qual há aqueles que teimam, contra todas as evidências, em crer em Deus e a Ele adorar em paz.

  49. ELOUQUISA

    -

    27/05/2012 às 13:36

    São realmente vadias!!!Respeito é uma coisa que anda passando longe do Brasil!

  50. RPCS

    -

    27/05/2012 às 13:10

    O QUE PODERÍAMOS ESPERAR DE UM BANDO DE VADIAS.

  51. Kelly

    -

    27/05/2012 às 12:56

    Pois, é! Que tipo de democracia é essa onde uma instituição não pode mais expressar sua opinião? Por acaso, alguém é obrigado a ser católico? Por acaso, a Igreja Católica está impondo sua opinião à sociedade? Será que o artigo 5o da nossa Constituição deixou de valer? Todos tem tido o direito de “protestar”: homossexuais, prostitutas… A Igreja Católica não pode sequer expressar sua opinião, por que? Acaso isso não seria discriminação também? Ou será que temos todos de pensar igual?

  52. Nilton

    -

    27/05/2012 às 12:55

    Pelas vadias que vi na marcha, elas podem ficar descansadas, Nenhuma tem mínimas condições físicas e morais para atrair um estuprador……

  53. Nina

    -

    27/05/2012 às 12:31

    Não dá para entender Marcha das Vadias??? O que elas querem? Que aceitemos que a prostituição é um trabalho normal e que ainda seja regularizado com carteira assinada?
    Uma pessoa que se propõe a um trabalho deste, precisa de tratamento, porque está se agredindo e deixando outros a agredirem também.
    Outra coisa:longe de mim tentar defender os estupradores, que deveriam ser castrados para nunca mais fazerem mal a ninguém, mas, algumas mulheres se vestem de forma tão vulgar que acaba sendo um convite ao estupro mesmo…

  54. rere

    -

    27/05/2012 às 12:30

    Com uma mulherada completamente imbecilizada como essa como podemos esperar mudar esse país para melhor ? Que desânimo, meu Deus…

  55. ClaudioM

    -

    27/05/2012 às 12:11

    Temas da passeata são justos, mas infelizmente alguns manifestantes não primam pela tolerância, e jogam na lata do lixo o ato dos demais. Queria ver apenas essa moça entrar de seis nus em uma mesquita na capital iraniana.

  56. Angelo

    -

    27/05/2012 às 11:43

    Senhores,Porque não se faz a Marcha para a Mudança de Leis
    nestePaís que só beneficia bandidos,Leis mais duras para
    esses réus confessos,que contam com saída em dias das Mães,
    Natal e Ano Novo,e outras saídas mais,que alguns se
    aproveitam para não voltar,é a desmoralização da cadeia
    nestepaís,e o povo tem que se manter preso em suas casas.

  57. Cris Azevedo

    -

    27/05/2012 às 11:31

    Eu não quero ser estuprada, gente! Aí, eu ando na rua com os peitos de fora e entro em uma igreja para fazer uma baixariazinha. É…faz sentido… (????)

  58. Cris Azevedo

    -

    27/05/2012 às 11:30

    Esperaí! Ela quer ser..respeitada, é isso? Ah…

  59. Cris Azevedo

    -

    27/05/2012 às 11:29

    Vadia. É o que ela é, Rei. O nome já diz.

  60. Orlando

    -

    27/05/2012 às 11:25

    É MUITO triste assistir ao que acontece no Brasil do século 21.Todos querem que suas neuras, perversões, parafilias e outros casos psiquiátricos tenham o respaldo estatal para prosperar.
    É triste e ridículo.Isto não é democracia.É puro descontrole mesmo.

  61. joao araujo

    -

    27/05/2012 às 11:01

    Quero ver e esta vadias invadir uma Mesquita…

  62. richard smith - indignado e avisando II

    -

    27/05/2012 às 10:43

    Aliás ainda ontem na VEJA SÃO PAULO, li interessante artigo acerca das congregações “evangélicas” (ou seja, protestantes de cariz pentescostal) formadas por policiais civis e por militares. Todas visando unir na oração e na reflexão cristã os profissionais envolvidos na violência do dia-a-dia de suas profissões.
    .
    Mas não é que no final, vem um …, “fessô” de-não-sei-o-quê dizer que aquilo era absurdo e “perigoso”, pois “violava o estado laico da prestação de serviço público”! E ainda completava: vai que o policial vai atender uma ocorrência de desinteligência entre pessoas e começa a falar da Bíblia e tenta convertê-los! (OH, mas que grave ofensa! se bem que eu acho um pouco duvidoso que algum brigão possa se converter de imediato apenas com algumas BOAS palavras, mas, Deus é que sabe, pois “aonde abundou o pecado, superabundou a Graça”).
    .
    Mas observe-se o absurdo! Principalmente, na minha opinião, do “pontificar” (que engraçado, não?!) da alimária e do recurso ao “Laicicismo” (idiotice anti-clerical e anti-católica criada pela Revolução Francêsa – aquela, sabem? do UM MILHÃO de mortos! e tida como DOGMA hoje em dia) de forma impugnatória e até virulenta, contra os valores cristãos!
    .
    Não demorará um “isto” para que os católicos e até os protestantes sejam caçados nas ruas!
    .
    QUEM AVISA, AMIGO É!

  63. richard smith - indignado e avisando

    -

    27/05/2012 às 10:30

    PQP! Se eu estivesse lá… não iria precisar nem de gás de pimenta e nem de cassetetes (isto, apesar de o meu saudoso pai ter-me ensinado que “homem que bate em mulher é viado!”). Há coisas para as quais, não há jeito “macio” possível!
    .
    Quanto tempo mais vamos aguentar a DITADURA (há algum termo mais suave?) desta verdadeira putada que nos assola e que se desdobra, metastatica e sitematicamente, no que há de pior e em todos os segmentos da vida política social?!!!
    .
    Em 1963/64 eu tinha três para quatro aninhos, mas lembro-me claramente das notícias que meu pai ouvia na rádio e dos subsequentes comentários em casa e posso assegurar que nem de longe, malgrado a inflação e a agitação, a coisa era tão grave como hoje!
    .
    Quer dizer que não se pode mais ir à Igreja em paz? Ou repreender um “casal” de lésbicas ou viados que estejam se “amassando” e “chupando” em público e defronte aos nossos filhos?! Ah, tá!…
    .
    Que mensaleiros e seus cumplices haverão de sair impunes?!
    .
    Então não há que se chamar quem se revolte imensamente com esta situação de “vivandeiras de quartel” (sei que o termo foi aplicado ao políticos “pescadores de águas turvas”, mas depois generalizou-se), mas alguém tem de assumir responsabilidades e por côbro nesta situação!
    .
    Para mim, neste particular momento: MÃOS NAS CHAVES DOS TANQUES! ATEEENÇÃO…CONTATO!
    .
    O PT tem de ser dissolvido e todos os seus membros principais e associados levados às barras dos tribunais e condenados a severíssimas e exemplares penas!
    .
    É o único jeito antes da rebelião popular e de uma tenebrosa e sanguinolenta guerra civil!
    .
    Os descrentes, PeTelhos inocentes úteis e outros idiotas da objetividade, lastimavelmente, ainda irão lembrar das minha palavras!

  64. PT a SAÚVA do Brasil

    -

    27/05/2012 às 10:14

    … É esse tipo de “gente” que tem assento no governo do Pt e que quer mudar a educação, a cultura e os bons costumes do povo brasileiro. Desde que o lula chegou no governo quem tem poder e direitos são os Terroristas, os pretos, os quilombolas, o mst e suas variantes, os índios, os gays e lésbicas e afins, os Maconheiros, as Vadias, as aborteiras, e os petistas…………

  65. Mariazinha

    -

    27/05/2012 às 10:13

    Invadir uma igreja fazia parte do roteiro da marcha? Acho que a tal manifestação não teve a repercussão que esperava e então decidiram apelar para ter seus minutos no JN.

  66. Adriano

    -

    27/05/2012 às 9:27

    Irmandade Muçulmana do Egito manteria tratado com Israel, diz Jimmy Carter http://noticias.br.msn.com/mundo/irmandade-do-egito-manteria-tratado-com-israel-diz-carter-1 Mas é um gênio esse Carter, hein?

  67. ALGUEM ME AJUDA AI...

    -

    27/05/2012 às 8:51

    Marcha das vadias? Pelo que eu sei vadiagem eh crime.Isto mostra para onde esta indo nosso Brasil onde o apedelta deita e rola jogando no lixo a constituicao e toda a base da sociedade.Gostaria de saber o que essas vadias fazem de util para a sociedade.Num pais serio ja estariam todas numa delegacia de policia sendo fichadas(novamente).

  68. jgomes

    -

    27/05/2012 às 8:25

    Reinaldo,
    Este é só mais um exemplo da falta de limites que atinge o
    “noçupais” neste pós LULLA. A coisa já passou da fase do ridículo e entrou no agressivo. Estas cambadas tem todo o apoi
    o dos cumpanhêros que mandam atualmente,como se fossem os maio
    res coitadinhos do mundo. Não sou nenhum radical islâmico, mas
    acho que os limites já foram ultrapassados há muito,que cada
    um seja o que quiser ser,tudo bem, mas por sua conta e risco e
    que não queiram nos obrigar a aceitar pacificamente estas agressões ou ser como eles. Em nome da CIVILIDADE,vamos ten-
    tar de outro modo:cada um no seu espaço,sem abusos ou agressões.

  69. PARTIDO - PÊQUÊPÊ

    -

    27/05/2012 às 8:24

    .
    CARISSIMO REINALDO,
    .
    NINGUEM VAI QUERER ESSA VADIA, ELA NAO CORRE RISCO. NO MAXIMO, ELA VAI ARRUMAR UM ESCROTINHO COMO ELA E AI É QUE ESTA O PIOR PROBLEMA; ELES PODEM TER FILHOS, APESAR DO GOSTO QUE NUTREM PELO ABORTO
    .
    SAO TAO VIGARISTAS , QUE ACOPLAM A UMA CAUSA JUSTA, OUTRAS HORRIPILANTES. “ah ! entao voce é contra a proposta da nao violencia a mulher” ? CLARO QUE NAO, SOU APENAS TOTALENTE CONTRA A VIOLENCIA CONTRA FETOS, BEBES, IGREJAS E COISAS DO TIPO
    .
    UMA COISA É DEFENDER CAUSAS JUSTAS. OUTRA É SER ESCRÔTA
    .
    .
    PERGUNTE AO PIOR ESTUPRADOR SE ELE IRIA QUERER UMA MULHER QUE FAZ UM NEGOCIO DESSES. NEM UM BANDIDO LATROCIDA IRIA QUERER

  70. Nemerson

    -

    27/05/2012 às 7:42

    Deveriam mudar o nome para “Marcha das Barangas”. Credo, só tem jaburú com as muxibas de fora!

  71. ClaudioSP

    -

    27/05/2012 às 7:20

    Essa é vadia, em amplo sentido, e merecia tomar uns tapas na orelha por não respeitar as pessoas. Fosse na igreja que frequento essa vadia ia sair de lá literalmente voando. Neguinho tá perdendo o respeito e precisa entender que não é todo mundo que aceita passivamente provocações não. Uma hora dessas, alguém afunda os dentes de uma palhacinha dessa e ela vai reclamar da vida. Gozado que nenhuma maconheirinha como essa reclama quando o traficante vende maconha misturada com bosta pra ela, né? A vagabundinha sabe onde pisa, não?! Ela vai incomodar na igreja porque sabe que lá estão pessoas pacíficas, pois se fizesse ela uma trapalhada dessas com um traficante ia ser arrombada com um cabo de vassoura além de ter os seios cortados. Vagabunda! Mas a alerto: cuidado que dentro das igrejas existem muitos ex-traficantes, ex-homicidas etc. Pro seu bem, tomara que eles nunca esqueçam são convertidos.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados