Blogs e Colunistas

05/11/2013

às 2:05

STF retoma julgamento do mensalão na próxima semana

Por Laryssa Borges, na VEJA.com:
O Supremo Tribunal Federal (STF) deve retomar na próxima semana, nos dias 13 e 14, o julgamento de uma nova leva de recursos dos condenados no escândalo do mensalão. Nesta segunda-feira, o presidente da corte, Joaquim Barbosa, confirmou aos demais ministros a data em que levará osembargos de declaração de dez mensaleiros para apreciação em plenário. Esses recursos servem para esclarecer omissões ou contradições que existam na sentença de condenação, mas, caso os considere meramente protelatórios, o STF pode determinar a prisão imediata de parte dos mensaleiros.

Durante a sessão de julgamento da nova leva de embargos de declaração, os ministros da mais alta corte do país deverão debater o momento exato para o início do cumprimento das penas dos mensaleiros, decidindo, por exemplo, se os condenados que não têm direito a um novo tipo de recurso, chamado embargo infringente, já devem cumprir as penas que receberam. Essa interpretação está baseada em uma decisão do próprio Supremo, que em junho determinou a execução imediata da pena do deputado afastado Natan Donadon (RO), condenado a mais de 13 anos de prisão, após considerar que os apelos que a defesa encaminhava à corte tinham função exclusivamente de protelar o fim do processo.

Na próxima semana, além do julgamento dos embargos de declaração apresentados pelos advogados de dez réus do mensalão, também é possível que os magistrados discutam se os 25 réus condenados, independentemente da natureza da sanção, devem aguardar ou não o julgamento de todos os recursos, inclusive os embargos infringentes dos outros mensaleiros, antes de cada um ser encaminhado para cumprir a sentença de punição.

Depois da análise dos embargos de declaração na ação penal do mensalão o STF vai abrir novo prazo, desta vez de 30 dias, para os réus que têm direito aos embargos infringentes (aqueles que tiveram pelo menos quatro votos favoráveis). Estão nessa categoria o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, apontado como o chefe da quadrilha do mensalão, e os petistas Delúbio Soares e José Genoino.

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

25 Comentários

  1. Anônimo

    -

    05/11/2013 às 23:52

    Rrrrrrrrrrrrpeitavel Púbilicoooooo! O espetáculo vai começar!

  2. Armagedon

    -

    05/11/2013 às 21:18

    Isso já está parecendo um velório. Longo, claro. Lá, deitada no caixão, a Justiça “desspaiz”. Prontos para pegar nas alças da urna funerária e leva-lá para o sepultamento, com um cínico sorriso, junto a ela estão Lewandowski, Toffoli, Rosa Weber, Barroso, Zavascki e Bandeira de Mello.

  3. rhbs

    -

    05/11/2013 às 19:52

    acho que os mequetrefes vão pagar, para dar aquele arzinho de “está sendo feita a justiça”. Como sempre, os amigos do rei vão sair ilesos. O STFAPT devia é ter vergonha de condenar os mequetrefes e não os mandantes, o chefe da bandidagem. Este julgamento é uma VERGONHA, a certeza, recém reafirmada pelos doutos de toga, que no Brasil quem pode mais, não apenas chora menos, mas tem permissão para continuar roubando e gargalhando nas nossas costas.

  4. Curt

    -

    05/11/2013 às 18:43

    perdí a fé no Brasil e no STF também. 0s mensaleiros comandados por Zé Dirceu, Genuino etc, deitam e rolam – e os bobos lendo as suas peripécias. êles ainda serão condecorados.

  5. Anhangüera®

    -

    05/11/2013 às 17:27

    Proponha um bolo embora não esportivo. Ou uma enquete…

    Quantos dos condenados do mensalão estarão no Brasil para serem presos no momento em que for expedida a ordem de prisão?

  6. Alex

    -

    05/11/2013 às 17:21

    O STFAPT (Supremo Tribunal Federal Alienado do PT)vai retorna os julgamentos pra que ,ninguém vai preso mesmo.

  7. jose

    -

    05/11/2013 às 16:06

    Como imagino qual vai ser o resultado, não devo perder mais tempo com isso.

  8. J.B.CRUZ

    -

    05/11/2013 às 15:19

    Depois dos embargos infringentes, perdi a confiança na justiça brasileira..Claro que tem exceções;pouquíssimas !!!

  9. Marcos F

    -

    05/11/2013 às 13:59

    Era Setembro, eu estava na Europa com minha família da Italia e da Belgica, num casamento. Chamei a todos para seguirem o nosso STF “Vão decidir o futuro do Brasil – se sério ou corrupto”. Deu no que deu. Voltei amortecido ou morto. Ainda estou … …
    Vamos ver! Quero um STF com óleo de barbosa! Doído!

  10. claudia

    -

    05/11/2013 às 13:52

    A FARSA acabou. O supremo(com minúscula) já mais que tripudiou com a esperança dos brasileiros honestos. O espetáculo tornou-se grotesco, e o mínimo que poderiam fazer é devolver-nos o ingresso. Pizza requentada ninguém aguenta, e é isso o que querem nos oferecer?

  11. anônimo

    -

    05/11/2013 às 13:42

    R$ 1.164.877,41 (2002-2008) foi quanto o advogado Dr Luís Barroso ganhou de Ricardo Teixeira CBF conforme descobriu a PF . A “grobo” vai dar essa noticia?

  12. Alex Wie

    -

    05/11/2013 às 13:14

    Depois dos embargos deprimentes, estou mais pra acreditar em Duende.

  13. AbuCarnib

    -

    05/11/2013 às 12:39

    Caro Rei:
    Os ministro vão debater o “início do cumprimento das penas”? Quando? Onde? Vai haver argumentos protelatórios barozísticos e mellísticos, lewandovísticos e teorístiocs, até o fim de 2013, 2014, 2015 … “ed ad aeternum”. Ai … o mundo vai e se acaba. Isto é Brasil!

  14. Sísifo

    -

    05/11/2013 às 12:30

    Dirceu já ganhou e ri de nossa cara. As consequências já são sentidas no tecido social;baderna,trapaças e tudo o que é de pernicioso está em alta,afinal,o Zé tái para confirmar…

  15. olinda

    -

    05/11/2013 às 12:21

    Esse julgamento já me traumatizou, não quero mais assisti-lo. Lerei apenas seus comentários a respeito.

  16. gustavo

    -

    05/11/2013 às 11:34

    Espero a volta dos debates com você, Augusto Nunes, Marco Antonio Villa e outros.

  17. sergio

    -

    05/11/2013 às 10:34

    só vou acreditar na nossa JUSTIÇA, depois dos resultados do mensalão. Cuidado para não termos DITADURA, os nossos filhos e netos é que vão sofrer.

  18. Andre M. Andrade Jr

    -

    05/11/2013 às 9:49

    Nosso Supremo está mais para supremo de frango.Vai copiar a Argentina e aprovar o que a Kitchiner decidir.Chegou um barroso lá que transformará o STF em lamaçal.

  19. Amâncio

    -

    05/11/2013 às 9:44

    Vai ser difícil sair a prisão, se alguns forem presos, fica mais escancarada a proteção aos amigos da corte.

  20. Marcos

    -

    05/11/2013 às 9:37

    Vai começar a novela de novo. Enquanto os vilões não se safarem não vai terminar, mas o show não pode parar. Os juízes já sabem que vão absolver os réus , o único trabalho é achar a justificativa. Tá ficando irritante esse teatro já.

  21. esther correa

    -

    05/11/2013 às 9:10

    Tio
    Não tenho mais vontade e nem paciência para ver o julgamento. Estou infringida. Lerei aqui os seus comentários a respeito e nada mais. Não aguento ver a cara do Barroso, Zavasky e daqueles já manjados. É muita hipocrisia e empulhação para o meu gosto.

  22. Gione oigen

    -

    05/11/2013 às 9:07

    O que é STF? Nunca ouvi falar. Ah, é aquele escritório de advocacia que defende o Zé Dirceu?

  23. josé reis barata

    -

    05/11/2013 às 8:16

    Chatice…
    Mitos, hipocrisias, cinismos e inverdades insuflando e libertando, pelo efeito exemplo, a violência que há no homem.

  24. Siará Grande

    -

    05/11/2013 às 8:04

    Julgamento do Mensalão! A piada de salão do século…

  25. A.

    -

    05/11/2013 às 7:11

    Ué… mas não vai começar o recesso natalino??????

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados