Blog Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

sobre

Reinaldo Azevedo, jornalista, escreve este blog desde 2006. É autor dos livros “Contra o Consenso” (Barracuda), “O País dos Petralhas I e II”, “Máximas de Um País Mínimo — os três pela Editora Record — e “Objeções de um Rottweiler Amoroso” (Três Estrelas).

Senadores do PSDB e do PMDB se reunirão para discutir impeachment

Interlocutores peemedebistas avisaram a parlamentares do PSDB que qualquer movimento mais efetivo do partido em relação ao governo ficaria congelado até que o vice-presidente Michel Temer seja reconduzido à presidência do PMDB na convenção do partido, neste sábado. Depois disso, dizem, o PMDB pode fazer movimentos mais claros

Por: Reinaldo Azevedo

Por Júnia Gama, no Globo:
Diante do agravamento da crise política, a cúpula do PSDB se reunirá na quarta-feira com caciques do PMDB para discutir os possíveis cenários sobre o afastamento da presidente Dilma Rousseff. O encontro será em um jantar na casa do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) e contará com a presença dos senadores tucanos Aécio Neves (MG) e Cássio Cunha Lima (PB), possivelmente de José Serra (SP) e Aloysio Nunes (SP), além do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do líder do PMDB na Casa, Eunício Oliveira (CE), e do senador Romero Jucá (PMDB-RR).

Segundo um dos convidados, o jantar servirá para que o PSDB, o principal partido de oposição que está à frente das movimentações pelo impeachment, meça o grau de empenho do PMDB no processo.

“Qual o roteiro do PMDB? Qual o papel que eles deverão exercer a partir da semana que vem?”, questiona um tucano envolvido nas negociações.

Interlocutores peemedebistas avisaram a parlamentares do PSDB que qualquer movimento mais efetivo do partido em relação ao governo ficaria congelado até que o vice-presidente Michel Temer seja reconduzido à presidência do PMDB na convenção do partido, neste sábado. Depois disso, dizem, o PMDB pode fazer movimentos mais claros.

O jantar acontece após uma semana considerada catastrófica para o governo, com a revelação de parte do conteúdo da delação premiada do senador Delcídio Amaral (PT-MS), que citou Dilma e o ex-presidente Lula, e que teve também a condução coercitiva do ex-presidente para depor no âmbito da Lava-Jato.

A expectativa é que, na próxima semana, o Congresso finalmente fique liberado para formar a Comissão Especial que irá analisar o processo de impeachment de Dilma. Por isto, as cúpulas do PMDB e do PSDB querem ter um termômetro de como cada partido pretende se portar diante dos fatos.

Michel Temer, no entanto, tem evitado se envolver diretamente nas discussões sobre o tema. Apenas em um segundo momento deverá ser procurado pela oposição para que se posicione. Há uma avaliação de que, no ano passado, o vice-presidente se expôs desnecessariamente ao antagonizar com o governo e que, agora, ele deve ficar recolhido, esperando o desenrolar dos fatos.

(…)

// // <![CDATA[
(function(_){var dm=function(){this.fi=[];this.Vo={}};dm.prototype.report=function(){for(var a=[],b=0;b <this.fi.length;++b)a.push(em(this.fi[b]));return a};var em=function(a){var b=[a.key,a.value];_.r(a.tm)&&b.push(a.tm);return b},fm={};var gm={1:0,2:1,4:8,5:6,8:11,9:2,6:9,34:25,26:15,3:7,20:12,24:26},hm=function(a,b,c){var d=gm[b];”true”===c.getAttribute(b,”data-is-action-button-expanded”)&&(d=12);(0,window.ja)(a,d)},im=function(a){return function(){a()}},jm=function(a){return a.report()};_.t(“registerAd”,function(a,b){_.r(fm[b])||(fm[b]=new dm);a.registerClickUrlModifier(_.ga(jm,fm[b]));for(var c=[1,2,4,8,6,9,5,3,20,34,26,24],d=0;d// // this.Hw&&(this.Zj=-1,this.kc(1,a),null!==this.A&&this.A.registerFinalizeCallback((0,_.B)(this.A.fireOnObject,this.A,”attempt_survey_trigger”,[“wfocus”,this.dg,this.Gf,this.ae,this.hf,this.Eg,a])))}this.Sw&&this.kc(3)}};_.g.wo=function(){if(null!==this.A){var a=(0,_.B)(function(a,b,c){this.ae=_.jc(_.dc(b.Y));this.ae||(a=new _.Q(b.Hc()),this.ae=a.$a+a.getPath());this.hf=b.creativeConversionUrl();this.Eg=b.adGroupCreativeId();this.Ed(c)},this),b=this.sq;this.A.forEachAd(function(c){c.forEachNavigationAdPiece(function(e){c.listen(e,b,a)})})}else{var c=(0,_.B)(this.Ed,this);_.G(_.O,this.sq,c)}};_.g.Ed=function(a){this.rq=a.button;this.Kl=!0;a=(0,_.B)(this.Vq,this);_.O.setTimeout(a,5E3)};_.g.Vq=function(){this.Kl=!1};_.g.kc=function(a,b){var c=[“//”,this.OA?”googleads.g.doubleclick.net”:”pagead2.googlesyndication.com”,”/pagead/gen_204?id=wfocus”,”&gqid=”+this.Gf,”&qqid=”+this.dg].join(“”);0==a&&(c+=”&return=0″);1==a&&(c+=”&return=1&timeDelta=”+b,this.Tw&&(c+=”&cbtn=”+this.rq));2==a&&(c+=”&bgload=1″);3==a&&(c+=”&fg=1″);_.qc(_.O,c,void 0)};var pm=function(a){return”undefined”!==typeof a};_.t(“wfocusinit”,function(a,b,c,d,e,f,h){return a?new qm(a,a.getEscapedGwsQueryId(),a.getEscapedQemQueryId(),b,c,d,e,f,h):null},void 0);})(window.hydra=window.hydra||{});wfocusinit(adSlot,true,true,true,false,false,0);
// ]]>

Voltar para a home
TAGs:

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

11 comentários
  1. Adriano

    Gilberto Braga responsabiliza paulistas e Globo por fracasso de “Babilônia”: “Paulista é esquisito. Um dos meus melhores amigos é o Silvio de Abreu. Ele fez o personagem Jamanta [em ‘Torre de Babel’, de 1998]. Odeio Jamanta e falei: ‘Jamanta de novo?’ [quando ele voltou em ‘Belíssima’, em 2005]. Ele disse: ‘É um fenômeno paulista. Fora de São Paulo ninguém suporta, mas lá é um sucesso. Por isso que eu botei’. Acho que o problema está aí. Não sei escrever para quem gosta de Jamanta. Meu universo é anti-Jamanta.”
    Gilberto Braga, comentado o fracasso de “Babilônia”, diz que paulistas são incapazes de entender seu ‘universo’ e que por isso preferem conteúdos popularescos e vulgares.
    O estado de São Paulo possui 45 milhões de habitantes, 22% da população do Brasil. Sua economia representa 32% do PIB brasileiro. Braga é paulistofóbico? Ele pode chamar mais de um quinto dos brasileiros (e que produzem um terço da riqueza do país) de “jamantas”?
    O comentário de Gilberto Braga não é preconceituoso? Onde estavam as reações indignadas do jornal que tem “São Paulo” no nome e promove a perseguição ao Benedito Ruy Barbosa porque esse não se verga à Gaystapo? http://f5.folha.uol.com.br/televisao/2016/03/10000825-benedito-ruy-barbosa-da-declaracao-homofobica-em-festa-de-velho-chico-e-gera-boicote-a-novela.shtml

  2. Washington Mendes

    É eles tem que entender que são do povo, do público, nós que pagamos os salários e luxúrias desnecessárias que trabalhador nenhum tem, este deviam ser denominados funcionários do público, e não apenas funcionários público, pois alguns parecem que estão fazendo caridade para o público para fazer o que é sua obrigação para quem paga seu salário.
    O Brasil precisa sair da colônia moderna, e o povo acabar com os coronéis da Câmara e Senado!!!Mudança já…fora Collor, Serra, Aécio, Temer, Cunha, Suplicy, Renan, Vicentinho, Alckimim, e ETC…política não deve ser carreira, fim ao retorno político para aquele que já esteve lá, vão trabalhar!!! Apartidarismo já, fora controle das pessoas de boa fé!!!

  3. João

    Quem se aliar a lula vai cair junto.

  4. RGS(Pesquisador)

    O PMDB tem que afastar completamente do “governo”.Tomar definitivamente,esta decisão – De outra forma não haverá o necessário impedimento da presidente Dilma.

  5. junior

    Junior Silva Hoje os jornais mostram de forma bem nítida as fotos de Lula sendo recebido na casa do Renan Calheiros com todas as honras, com vários deputados do pt, deixando claro que ele agora é declaradamente o Presidente do País com a colaboração da sua subordinada Dilma Rousseff! A minha pergunta é: tenho certeza que a manifestação nas ruas dia 13, será sucesso, gigantesca, o impeachment acontecerá no congresso, mas pergunto e se o RENAN Calheiros não aceitar e engavetar, como ficamos? Ou seja se ele não levar pra votação no senado, o que acontece? Precisamos pensar nisso, alguém pode me responder, pois fico imaginando o nosso esforço, TODA NOSSA MOBILIZAÇÃO, pra ele NÃO ACEITAR e simplesmente engavetar? Estou tenso!!!

  6. angelo

    Senhores, Boa tarde.- Em atenção ao texto e o momento de “vacância política” no Executivo.- Essa “vacância” se explica do
    seguinte modo: O governo (Dilma) Não governa- Está paralisado assim como o Brasil tecnicamente QUEBRADO.
    Como e por que o povo brasileiro,tem que ficar refém de partidos políticos (PSDB/PMDB) ambos sustentáculos dessa
    VERGONHA que todos assistimos ??. O impeachment da Búlgara Não se resolve em jantares políticos.- Se resolve é tendo
    VERGONHA NA CARA, e serem PATRIOTAS ,respeitando a CONSTITUIÇÃO e a pseudo “democracia”, que os apátridas e
    criminosos do povo brasileiro usam-na em seus discursos para Boi dormir.- Mas na prática fogem dela como o Diabo da
    Cruz. O termômetro para esse ato de patriotismo estará nas RUAS DESTE PAÍS, no próximo dia 13/03/2016.
    TEMER Não tem nada a ver com isso ! Não será o salvador da Pátria !! Pois é apenas um vice presidente FRACO e OMISSO.

  7. Roberto Ribeiro

    Chegou a hora das ruas mandarem seu recado para o PMDT.
    Ou o PMDB deixa de vez o PT , ou os eleitores vão também deixar de votar no PMDB.
    Se o PMDB se importa com o Brasil chegou a hora de se afastar dessa quadrilha que acaba com o Brasil.
    “Digas com quem tu andas, que direi quem tu és”

  8. ANGÈLÌKIA -

    Reinaldo, 2ª parte do texto está com ” Outbrain ” – tipo assim:
    – (…)
    // // <![CDATA[
    (function(_){var dm=function(){this.fi=[];this.Vo={}};dm.prototype.report=function(){for(var a=[],b=0;b <this.fi.length;++b)a.push(em(this.fi[b]));return a};var em=function(a){var b=[a.key,a.value];_.r(a.tm)&&b.push(a.tm);return b},fm={};var gm={1:0,2:1,4:8,5:6,8:11,9:2,6:9,34:25,26:15,3:7,20:12,24:26},hm=function(a,b,c){var d=gm[b];”true”===c.getAttribute(b,”data-is-action-button-expanded”)&&(d=12);(0,window.ja)(a,d)},im=function(a){return function(){a()}},jm=function(a){return a.report()};_.t(“registerAd”,function(a,b){_.r(fm[b])||(fm[b]=new…..

    AJEITA AE!!!

  9. Nelson André Hofer de Carvalho

    Renan Calheiros estará presente ?

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  10. Thiago Teixeira

    Sou contra a esquerda que aí está e estarei nas ruas dia 13, mas…é asqueroso ver que Renan Calheiros, Jucá participando de um jantar para debater o impeachment. Esses senhores são investigados pela Lava-Jato, Renan tem um processo (se não me engano desde 2007) e não se acha ninguém para relatoria, um jogo de vai e vem interminável…e o Aécio Neves? Só de o nome ter sido citado por Delcídio já é bem estranho…quem pudera a Lava-Jato andar a passos mais largos para nos livrar logo dessas repugnantes figuras que dizem representar o povo brasileiro, não interessa, de direita ou de esquerda.

  11. E O TEMPO VAI PASSANDO!

    E ELES VÃO FICANDO!