Blogs e Colunistas

03/03/2012

às 5:45

Quando Dilma e Amorim decidiram punir militares da reserva, havia 98 assinaturas em documento; agora, já são 361 de militares e 124 de civis; havia 13 oficiais-generais; agora, há 44, dois ex-ministros do STM

Então… Da próxima, em vez de a presidente Dilma Rousseff dar ouvidos a Celso Amorim, o Megalonanico, escuta o Tio Rei, que não é nanico… Eu bem que chamei a atenção da Soberana para o direito que têm os militares da reserva de se manifestar. Há uma lei a respeito, conforme deixei claro aqui. Mais: reservistas não têm armas, não podem ameaçar ninguém. No caso em questão, os dois textos que deixaram a presidente brava não traziam e não trazem incitamento à indisciplina ou algo parecido. Expliquei tudo direitinho aqui e aqui.

Quando Amorim e Dilma decidiram dar um chilique, contrariando o conteúdo da lei 7524/86, o segundo manifesto contava com 98 assinaturas — 13 generais. No começo da manhã deste sábado, havia 361 adesões confirmadas, 44 oficiais-generais, dois deles ex-ministros do Superior Tribunal Militar. Quem está incitando o confronto é Amorim, que é dado a demonstrações ociosas de autoridade. Há ainda o apoio de 124 civis.

Que se reitere: ninguém aqui ou fora daqui está incitando indisciplina militar. Ao contrário: entendo que os militares da ativa, os da reserva, o ministro da Defesa e a presidente da República estão obrigados a cumprir a lei. Ponto final. Caso Dilma e Amorim insistam, as advertências serão aplicadas, e os punidos podem recorrer à Justiça. Havendo o triunfo da lei — que é explícita a mais não poder —, terão todos a devida reparação. No Estado de direito é assim.

Eis, em suma, uma crise inútil. Lula é quem é, mas se diga uma coisa em seu benefício. Jamais teria caído nessa roubada. Quando menos, Nelson Jobim lhe teria dito que o confronto era uma desnecessidade e que os efeitos do primeiro documento seriam mínimos. Tudo teria sido resolvido na conversa. Amorim, o megalonanico belicoso, resolveu agir de modo diferente: “Pega eles, Soberana; pega eles! Estamos sendo desrespeitados!” Eis aí o resultado.

Leiam texto de Tania Monteiro no Estadão online. Volto para encerrar.
Não será fácil para os comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica resolverem o imbróglio criado pela presidente Dilma Rousseff por ter decidido punir com advertência todos os militares que assinaram o manifesto “Alerta à nação – Eles que venham, por aqui não passarão”, que endossa as críticas a ela por não ter censurado suas ministras que pediram a revogação da lei de anistia.

A presidente já havia se irritado com o manifesto dos Clubes Militares, lançado às vésperas do Carnaval, e depois retirado do site, e ficou mais irritada ainda com o novo documento, no qual eles reiteram as críticas e ainda dizem não reconhecer a autoridade do ministro da Defesa, Celso Amorim, para intervir no Clube Militar.

Inicialmente, o manifesto tinha 98 assinaturas. Na manhã da quinta-feira, após terem tomado conhecimento da decisão de puni-los, o número de seguidores subiu para 235 e no fim de sexta-feira chegou a 361 adesões, entre eles 44 oficiais-generais, sendo dois deles ex-ministros do Superior Tribunal Militar. A presença de ex-ministros do STM adiciona um ingrediente político à lista, não só pelo posto que ocuparam, mas também porque, como ex-integrantes da Corte Militar, eles têm pleno conhecimento de como seus pares julgam neste caso.

O Ministério da Defesa e os comandos militares ainda estão discutindo internamente com que base legal os militares podem ser punidos. Várias reuniões foram convocadas pelo ministro da Defesa, Celso Amorim, e os comandantes militares nos últimos dias para discutir o assunto. Mas há divergências de como aplicar as punições. A Defesa entende que houve “ofensa à autoridade da cadeia de comando”, incluindo aí a presidente Dilma e o ministro da Defesa. Amorim tem endossado esta tese e alimentado a presidente com estas informações. O ministro entende que os militares não estão emitindo opiniões na nota, mas sim atacando e criticando seus superiores hierárquicos, em um claro desrespeito ao Estatuto do Militar.

Só que, nos comandos, há diferentes pontos de vista sobre a lei 7.524, de 17 de julho de 1986, assinada pelo ex-presidente José Sarney, que diz que os militares da reserva podem se manifestar politicamente e não estão sujeitos a reprimendas. No artigo primeiro da lei está escrito que “respeitados os limites estabelecidos na lei civil, é facultado ao militar inativo, independentemente das disposições constantes dos Regulamentos Disciplinares das Forças Armadas, opinar livremente sobre assunto político, e externar pensamento e conceito ideológico, filosófico ou relativo à matéria pertinente ao interesse público”. Esta legislação acabou dando origem a Súmula 56 do Supremo Tribunal Federal.

Esta zona cinzenta entre as legislações, de acordo com informações obtidas junto a militares, poderá levar os comandantes a serem processados por danos morais e abuso de autoridade, quando aplicarem a punição de repreensão, determinada por Dilma. Nos comandos, há a preocupação, ainda, com o fato de que a lista de adeptos do manifesto só cresce, o que faria com que este tema virasse uma bola da neve, já que as adesões são cada vez mais consistentes.

Há quem ache que o assunto precisasse ser resolvido de uma outra forma, a partir de uma conversa da presidente com os comandante militares, diretamente, para que fosse costurada uma saída política para este imbróglio que parece não ter fim já que a determinação do Planalto é de que todos que já assinaram e que venham ainda a aderir ao manifesto sejam punidos. O Planalto, no entanto, descarta esta possibilidade.

Até agora nenhum militar da ativa assinou o documento. Se isso ocorrer, a punição será imediata e não será com advertência, mas poderá chegar a detenção do “insubordinado”. Quanto ao general Rocha Paiva, que deu entrevista para o programa da Miriam Leitão, lançando suspeita sobre participação de Dilma em atentado e duvidando que ela tenha sido torturada, a princípio, nada será feito contra ele porque a entrevista já teria sido concedida muito antes da atual crise e o contexto é considerado outro.

Encerro
E pensar que tudo isso nasceu porque uma ministra do Estado, Maria do Rosário, resolveu fazer uma exortação contra a letra da lei e contra decisão do Supremo e porque outra, Eleonora Menicucci, resolveu contar, no discurso de posse, uma história falsa como nota de R$ 3. Proibidos de se manifestar, os militares da ativa se calaram. E fizeram bem. Autorizados por lei a falar, os reservistas falaram.

Dilma tem de se conformar com as regras do estado democrático e de direito. Os militares, da ativa e da reserva, felizmente, já se convenceram de que este é o melhor caminho para o Brasil: o triunfo da lei. Que os civis agora façam o mesmo.

Texto publicado originalmente às 22h42 desta sexta
Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

452 Comentários

  • Zappa

    -

    7/8/2014 às 6:38 pm

    Após a vitória de Mao Tsé-Tung em 1949, os donos do dinheiro em todo o mundo, diante de uma suposta expansão comunista que lhes deixariam em miséria absoluta (rs) elaboraram planos, acordos e dentre os tantos vários alinhavos e consequentes alinhavados estava o Brasil, que com o triunfo de Fidel e os soviéticos em Cuba fez Washington dar um basta e depor primeiramente em forma indireta Jânio e sequentemente Jango. A atual presidente é oriunda da chamada classe média, a mesma gente que caminhou em marchas extremistas por todo o país clamando a tomada do poder pelos militares e um ano depois percebendo o erro que cometera, quis voltar atrás mais aí era tarde. Romantizados com as narrativas heroicas de Castro e Guevara, seus filhos e irmãos sonharam em promover uma revolução e tornar o Brasil uma mega Cuba e deu no que deu. A atitude da presidente é revanchista. Rousseff está sendo tão totalitária e absurda como sempre foi e sempre serão os milicos e as elites tupiniquins e já que bradar que vivemos uma democracia plena é moda, porque não possibilitar aos milicos, desde que não deem um “GOLPE COMO FIZERAM HÁ CINQUENTA ANOS” e parece ser o pretendido e tomara não seja, o direito de manifestação?

  • mateol

    -

    25/2/2014 às 12:06 pm

    Quem diria! combateu tanto a ditadura, e agora que fazer uso dela para calar aqueles que estão sendo vítimas do mais alto revanchismo.Não a mal que dure para sempre!

  • Alessandro

    -

    10/8/2013 às 1:04 am

    Sou civil e apoio totalmente os militares!!!

  • Gabriel

    -

    5/5/2013 às 7:51 pm

    A minha opinião é a seguinte: Só daremos um fim na corrupção dos politicos brasileiros, com a volta dos militar ao poder… Treme Terra… Brasil… Brasil acima de Tudo, abaixo somente de Deus….

  • arnaldo wrublevski

    -

    1/5/2013 às 11:23 pm

    Como brasileiro, me embrulha o estomago cada vez que vejo um corrupto na TV dando risada de nossa servidão e passivismo. Temos Projetos de Leis que se implementadas, poderiam mudar nosso País. Reforma Tributária, Reforma do Código Penal CIvil, Reforma da Previdencia, Servidores Públicos e o povo brasileiro sob as mesma Leis Trabalhistas. Este último seria fantástico, mas não é do interesse deles nenhum destes projetos. Um Tribunal Especial para julgar crimes de corrupção, que de cara, já seria tratados como Crimes Hediondos. Não é preciso tomar o poder, pegar em armas. Só os Três Ministros das Forças Armadas lembra-los ( em Brasilia ) que acabou a festa. A Democracia segue em frente, defendida pelos Militares. É o que eu penso e torço que a miopia das Forças Armadas acabe. Só eles podem nos ajudar.
    Arnaldo Wrublevski

  • João Brasil

    -

    15/11/2012 às 8:04 pm

    Eu também assino o manifesto… O Brasil está vivendo uma guerra civil, a presidente não faz nada, as formas armadas está sendo amordaçada a amarrada. O Brasil está a cima de qualquer coisa, se ninguém fizer nada e as coisas continuarem no caminho que está indo, pode escrever, o Brasil caminhará para um caos. Por favor façam alguma coisa, pois, a única coisa que os que estão comandando o país quer, é pisar e humilhar os militares e estão se esquecendo de governar o país que está desgovernado.

  • JORGE TERRA

    -

    12/8/2012 às 12:38 am

    ESSE AMORIM DEVIA OCUPAR UM CARGO CIVIL, ELE NÃO TEM CABEÇA PARA LIDAR COM MILITARES !!! COMUNISTA ACHA QUE TODOS DEVEM OBEDECE-LO COMO CACHORROS MANSOS, COM O RABO ENTRE AS PERNAS !!!! AMORIM É NOSSO ISTALIN DAS AMÉRICAS, JUNTO COM HUGO CHÁVEZ PSICOPATA !!!!

  • Pedrosa

    -

    1/5/2012 às 3:35 pm

    Eu também quero assinar este manifesto, e gostaria de manifestar-me contra este governo da Dilma que roubam os aposentados e os trabalhadores, transformaram a CUT em um covil de puxa-sacos e de petistas pilantras que nunca seque trabalharam na suas vidas, prefiro mil vezes o Governo militar que tinham respeito pelo trabalhador e segurança nas ruas. Dilma esta mais interessada em enviar dinheiro para ajudar a saúde e educação de Cuba, os militares não deveriam se enganar pois Dilma e Amorim são os dois maiores inimigos da Forças Armadas e pretendem ridicularizar todas as três forças, há boatos de ficarem 8 anos sem aumento d salário, de cortes de orçamentos, além de punição exemplar para todos aqueles que se rebelarem, inclusive os reservistas e o Clube Militar do Exército. Isto sim é que é uma vingança com gostinho de revanchismo!

  • Alexandre Costa

    -

    22/3/2012 às 11:01 pm

    Eu gostaria que a Exma. Sra. Presidente da República Dilma Rousseff, explicasse sobre a participação dela na GUERRILHA e nos movimentos revolucionários e que fossem apurados se no seqüestro dos embaixadores que aconteceu no Rio de Janeiro, a morte de alguns militares, os atentados a bomba, bem como, assaltos a banco e da casa do Governador de São Paulo, salvo engano, se houve ou não participação dela no fato criminoso.

    Saliento também que, caso seja comprovado os crimes dos militares que a lei de anistia os perdoaram, assim como perdoaram os participantes da guerrilha, dos movimentos revolucionários e dos exilados, na hipótese do Governo Federal sob o Comando da Presidente Dilma Rousseff, punir os ex – militares, hoje, todos idosos, que se comprovado a participação da Presidente Dilma Rousseff nesses episódios criminosos como está sendo acusada, que sente junto com os ex – militares no banco dos réus, pois, se os ex – militares forem punidos apesar de terem autorizado a aprovação da lei de anistia, então não seria justo a Presidente ficar impune se comprovado que a mesma cometeu crime. Cabe ressaltar, que o crime cometido passou a ser considerado como crime político e que político não havia nada, por que segundo relatos, boa parte do dinheiro dos assaltos, não foram utilizados para financiar o movimento revolucionário e sim, para uso pessoal. Isso pode ser considerado crime político?

  • Anônimo

    -

    14/3/2012 às 10:08 am

    “Que os historiadores imparciais- e não, os ideológicos- contem a verdadeira história da época,pois são para isto os mais habilitados”(Ives Gandra da Silva Martins).

    http://upecbrasil.blogspot.com/2012/03/por-ives-gandra-da-silva-martins.html

  • Anónimo

    -

    11/3/2012 às 4:45 pm

    Vejo um lado bom nisso. Após tomar conhecimento do fato começei a pesquisar sobre o mesmo e assim pude chegar a um site na qual expõe o outro lado da história da era militar que náo partisse de algum crítico dessa era. Lá pude ver quem é quem e quem são esses nossos governantes e cia. ilimitada.
    Os fatos, se verdadeiros, são fortes e preocupantes.
    Estou enviando o link para alguns amigos e espero que estes reenviem para seus amigos e assim sucessivamente.
    Quanto a minha opinião sobre o ocorrido fica claro que pessoas como o Sr. Amorim, Dona Dilma e essas duas companheiras paracem estar vivendo em uma verdadeira ditadura. Onde os mesmos querem impor o poderio que lhes foi dado para calar e reprimir qualquer pessoa que lhes imporam ou impõem abstáculos até mesmo passando por cima da lei.
    Já que querem apurar fatos do passado sobre os militares que apurem também fatos relativos a Dona Dilma e companheiras. Pois nós da sociedade queremos também saber de tim tim por tim quem são essas mulheres. E se realmente o que estiver escrito por lá for verdade que as punam também.

  • Sankler Brasil

    -

    9/3/2012 às 1:22 pm

    Sinceramente, fico absmado com tamanho despreparo do nosso governo, vemos um ministro da defesa que se precipita em aplicar punições aos oficiais generais da reserva sem se quer antes consultar nossa constituição, que seria sua obrigação como ministro conhecê-la.Porque seria tal desrespeito?. O Brasil tem uma falsa informação quanto a essa geração de generais, homens integros que deram suas vidas pela pátria e mesmo na reserva eles se preocupam com nosso Brasil. Antes de o PT assumir o governo eu tinha um pensamento que era:”O PT poderia ter uma chance no governo”, e o PT entrou…mas que arrependimento…quantos escandalos…quantos roubos…quantas impunidades para com sua cúpula de corruptos…todos milionáááários com o dinheiro suado do povo, onde vamos parar? O que fazer?. Ainda falam de um palhaço que virou deputado,com todo respeito…e nosso ministro da defesa que nunca foi militar e comanda generais e imitando Fidel inventou uma insígnia para ele por em sua farda, é isso mesmo, farda!Reaviva nosso Brsil!!! e FORA PT!!!PARA O BEM DA NAÇÃO.

  • Anonimo

    -

    8/3/2012 às 7:14 pm

    Gostaria de desejar a Senhora IVONE LUZARDO, muitas felicidades, pela determinação, coragem e respeito pelos militares em geral e conseguir representar uma classe que está necessitando de um apoio, para ter um salário digno, para moradia e sustento dos nossos famíliares, conforme determina a nossa Constituição Brasileira, que o Congresso Nacional IGNORA E SÓ É VÁLIDA PARA ELES.Exmº Sr. Ministro da Defesa é vergonhoso para nós não termos uma autoridade que tenha respeito pela nossa classe, para solicitar um reajuste de no mínimo 50% de uma vez só. Alegam que não há recursos, mas para corrupção existe. A partir de 01/02/2011. Todos os políticos de Brasília tiveram seus salários equiparados e recebem R$ 26.700,00 só de salários cada um. Agora nós teremos que realmente nós unirmos e lutar pelos nossos direitos, estamos errados.

  • Anonimo

    -

    8/3/2012 às 6:33 pm

    Corrupção engoliu 40 bilhões de reais da infraestrutura
    inShare19
    (3)
    Alexa Salomão
    O economista Marcos Fernandes da Silva, professor e pesquisador da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo, um especialista em corrupção, decidiu calcular o custo econômico da roubalheira no Brasil. Ele levantou nos relatórios do Tribunal de Contas da União e da Controladoria Geral da União casos de superfaturamento em serviços e contratos prestados ao setor público nos últimos 10 anos e somou cada real que as duas instituições identificaram como perdas para a corrupção.
    O resultado foi estarrecedor.
    Ao longo de uma década, os esquemas consumiram dos cofres públicos 40 bilhões de reais, a maior parte deles por meio de superfaturamento em obras de infraestrutura – justamente um dos maiores gargalos do país. “O Brasil é um eficiente produtor de alimentos, mas estima-se que quase 10% dos grãos de soja colhidos no país caem dos caminhões por causa do péssimo estado das estradas, da falta de ferrovias e do estrangulamento dos portos”, diz Silva. “Os 40 bilhões fizeram muita falta – e o que o mais me preocupa é imaginar que essa cifra é apenas a ponta de um enorme iceberg.”
    Na edição que chega nesta quinta-feira (18/8) às bancas, a revista EXAME traz uma estimativa atualizada de quanto dinheiro a corrupção consome anualmente no Brasil. Esse dado, estimado por outro estudo, feito pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, é ainda maior. A reportagem mostra também o que seria possível fazer caso o dinheiro desviado fosse aplicado onde deveria – na educação, no saneamento, em estradas, ferrovias e aeroportos. Haverá punição para a corrupção Celso Amorim, então seja V. Exa. realista, faça justiças nós de um reajuste decente, não reposição sem fundamentos.

  • Paulo Vieira

    -

    7/3/2012 às 7:44 pm

    Vivemos hoje em uma DITADURA BRANCA. Corrupção generalizada em todos os poderes, licitações fraudulentas em todos os órgãos, ministros corruptos, principalmente os STF, que sóltam amigos com o poder da caneta. Mas, enquanto ficarem colocando pão na boca dos vagabundos será assim. Agora, não apertem muito o parafuso, dona Dilma, senão a porca espana. E dos militares está por um fio.

  • jhony walker

    -

    7/3/2012 às 6:09 pm

    QUALQUER UM PODE SER MINISTRO DA DEFESA. ATÉ O DEPUTADO TIRIRICA . SABE PORQUE? R: DEFENDER O QUE?. NÃO EXISTE GUERRA TÃO POUCO AMEAÇA… E AGORA ESSA TEMPESTADE EM COPO D`ÁGUA.
    VIVA PRES DILMA…PAU NELES

  • joao batista felis

    -

    6/3/2012 às 3:30 pm

    esse governo da Dilma não cumpre as leis Brasileira,e faz tudo o que pode para colocar os militares como sidadãos de segunda classe,governo que não cumpre as leis é fora da lei.

  • luiz

    -

    5/3/2012 às 8:50 pm

    VIVI NOS TEMPOS DO REGIME MILITAR, FUI ESTUDANTE E LIDER ESTUDANTIL NA EPOCA E CONHEÇO TODA ESSA CORJA QUE ESTÁ PASSANDO POR GENTE BOA. CRIMINOSOS TREINADOS EM CUBA E NA UNIÃO SOVIETICA. FOI LA QUE APRENDERAM DEMOCRACIA, NAQUELA EPOCA NINGUEM FALAVA EM DEMOCRACIA SOMENTE EM FORMAR UMA REPUBLICA SOCIALISTA COMANDADA PELA URSS. ESSAS ERA CONVERSA E A LUTA DE TODOS AQUELES QUE AGORA FALAM QUE LUTARAM PELA DEMOCRACIA. ISSO É RIDICULO. E TEM GENTE DA IMPRENSA = COMPRADA = QUE FALA DISSO COMO VERDADE ABSOLUTA. VÃO SE CRIAR E CRIAR VERGONHA CORJA DE COMUNISTAS DISFARÇADOS DE GENTE BOA…O ERRO DO REGIME MILITAR FOI NÃO AGIR COMO O FIDEL FEZ EM CUBA QUE ACABOU COM OS INIMIGOS E HOJE NÃO TEM ADVERSARIOS E ELES ADORAM O FIDEL DEVIAM TER COPIADO ELE QUE HOJE ELES ESTARIAM COMENDO GRAMA PELA RAIZ…

  • Márcio A. Silva

    -

    5/3/2012 às 4:19 pm

    PUNIÇÃO?????????? KKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!! Que piada!!!!!!!!!!!! Quem tem medo de punição? Se a cada mês já sofremos uma ao abrirmos nossos contracheques????????

    Veja só que matéria interessante: “Até o presidente do CFR vem aqui para pregar que Brasil precisa decidir sobre sua capacidade militar
    A presente crise militar, evidenciando o desprestígio das Forças Armadas no atual governo, já chama a atenção de um dos mais notórios centros de estudos na linha do globalitarismo. Até o presidente do Council on Foreign Relations, Richard Hass, defende que o Brasil precisa elevar seu poderio militar para ter um papel mais relevante, inclusive na possibilidade de maior cooperação com os EUA. Se até o líder do CFR está dizendo, só falta nossa cúpula militar concordar e tornar tal desejo uma realidade.

    Em viagem de estudos ao Brasil, inclusive com encontro programado com a Presidenta Dilma Rousseff e seu chanceler Antonio Patriota, Richard Hass concedeu uma entrevista à repórter Claudia Antunes, da Folha de São Paulo. Doutor em Filosofia (Oxford), ex-diretor de Planejamento do Departamento de Estado (2001 a 2003) no governo George W. Bush, ex-assessor especial e membro do Conselho de Segurança Nacional na gestão de George Bush, pai (1989-1993), Richard Hass discorda da posição “soft power” adotada pelo Brasil, alegando que “há épocas em que a economia e a diplomacia não funcionam, e você precisa usar a força militar”.

    O presidente do CFR foi claro e direto sobre qual deveria ser o papel do Brasil, melhorando seu poderio militar, como fator fundamental para a estabilidade política na América Latina. Ao afirmar que não acredita na rivalidade Brasil-EUA, Richard Hass fez uma previsão: “Ou teremos sucesso juntos ou fracassaremos juntos, no hemisfério ou além”. Hass resumiu bem o dilema do Brasil: “Economicamente, já é potência. Diplomaticamente, assume papel maior. Militarmente, ainda é modesto e tem que decidir que tipo de capacidade quer”.

    Até os EUA já estão se ligando no assunto. Será um recado ao nosso “punitivo” governo????

    Parece que há coisas mais importantes com que se preocupar do que punir quem FALA A VERDADE!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • JOSE PATROCÍNIO S. FILHO

    -

    5/3/2012 às 4:11 pm

    Caro Ricardo, este imbróglio seria hilário se não fosse cômico. Os ministros da defesa anteriores possuiam mais dicernimento que o atual. Também pudera, a ocupação dos cargos atualmente se dá objetivando agradar esse ou aquele partido e não por capacitação técnica. Haja vista o ministro pescador de almas, substituto de um outro que nada entendia de pesca e que substituiu outra que sequer sabe abrir uma lata de sardinhas. Deus nos ajude.

  • Armando

    -

    5/3/2012 às 4:09 pm

    O Celso Amorim vai dançar…..

  • Alex Mamed

    -

    5/3/2012 às 3:07 pm

    Esse povo não tem mesmo limites. Já disse que andam cutucando onça com vara curta! Estou pronto para o chamado da nação. Na hora em que for preciso.

  • Rombo

    -

    5/3/2012 às 9:01 am

    Te cala Amorim você enfiou a Dilma num beco sem saída .Ela agora tem de dizer se era terrorista de metralha .

  • Anônimo

    -

    5/3/2012 às 8:58 am

    TROCARAM A ECONOMIA DO PAÍS PARA PIOR ESTA SEM RUMO .LULA I DIZ PODE VIR COM DÓLARES OU QUALQUER MOEDA QUE NÃO TEM PROBLEMA .AGORA A MARIONETE RECLAMA CONTRA A CHEGADA DE DÓLARES .O SARGENTO GARCIA MANDA NO BANCO CENTRAL DIZENDO QUE O JUROS VÃO ABAIXAR.O PAISINHO SEM VERGONHA !.NEM A COSTITUIÇÃO QUEREM RESPEITAR .AGORA BATERAM NA CASERNA OS MILITARES COM SALÁRIOS DE GARI OU MEGANHA COMO VAI FICAR .SÃO MILARES DE MILITARES DESCONTENTES

  • sem paciência......

    -

    4/3/2012 às 8:50 pm

    Caro Reinaldo.
    A quadrilha está assanhada e pensando que estamos todos dormindo. Não sabem êles, que desperto estamos há longo tempo. Os pensamentos e vozes lançadas através do manifesto, são sinais de que o despertar de uma longa hibernação terminou e doravante não iremos mais tolerar os urros chulos desses petralhas. Êsses energúmenos estão tentando solapar nossa Constituição, jogá-la no lixo e plantar cubas e venezuelas desvairadas aqui no rincão brasileiro.Mas, não conseguirão. Desta vez, foi sinalizado até onde pudemos aguentar. Iremos confrontá-los onde for preciso. Infelizmente não pude transmitir essas palavras ao site “verdadesufocada”. Não consegui entrar.

  • Não passarão

    -

    4/3/2012 às 8:34 pm

    Ricardo
    - 03/03/2012 às 21:34

    Caso de Reinaldox ou ignorância? Que eu saiba, a sociedade, inclusive os jornais, pediram que os militares tomassem o poder em 64. Esse papo de influência dos EUA é mais uma das mentiras que os esquerdopatas contam.

  • chagas

    -

    4/3/2012 às 7:56 pm

    O governo da dilma está cheio de refugo… e se não cuidar o próprio governo com tempo pode tornar um refugo, pois, abrigo já é….

  • renato

    -

    4/3/2012 às 6:33 pm

    está na hora dos militares tomar uma atitude. tendo em vista a bagunça em que se encontra o brasil na mãos dessas pessoas que não tem condições nenhuma de governa um pais da grandesa do brasil.

  • Marco Cesar

    -

    4/3/2012 às 5:22 pm

    Não são os militares que devem explicações à nação. Eles exerceram o direito de opinião. É DILMA que deve explicar as razões que levaram a sua prisão e o que ela andava fazendo nos velhos tempos. Explicar porque nomeou 6 ministros para depois os demitir por problemas anteriormente conhecidos. Explicar porque apoia nos bastidores o que publicamente não assume. Explicar porque abusa do poder humilhando e tratando mal as pessoas. Explicar porque apoia o governo totalitário e criminoso dos Castro. Explicar sobre o processo de escolha dos caças. Explicar sobre a inflação, sobre a lei da copa, sobre o PAC travado e sobre os salários defasados dos professores e militares. Explicar o aparelhamento da Petrobras, a PREVI, o BB, etc. Enquanto não faz o que deveria fazer, ameaça o direito dos militares. talvez por isso chore tanto ultimamente.

  • anonimo

    -

    4/3/2012 às 3:41 pm

    tenho vergonha de ter sido ex petista. estou com os militares.

  • anonimo

    -

    4/3/2012 às 3:37 pm

    nunca vi tanta robalheira na minha vida fora tp partido dos trambiqueiros.

  • arnaldo rubens soldi

    -

    4/3/2012 às 1:51 pm

    Isso é manobra conhecida, irão dizer que os militares querem tomar o poder contra essa falsa democracia e assim preparando o povo para um golpe de esquerda, essa escola é bem dos ditadores da venezuela, bolivia, equador,argentina etc…

  • osvaldo

    -

    4/3/2012 às 12:47 pm

    NA ELEIÇÃO QUEM VOTAR CONTRA VAI PRESO ACABOU A DEMOCRACIA?O GOVERNO VAI FRUDAR A ELEIÇÂO ESTOU EM DUVIDA.

  • A selva nos une!

    -

    4/3/2012 às 12:33 pm

    Reinaldo,

    Parabens pela materia.
    Sugiro que entreviste o General Enzo, para saber qual a posicao dele quanto a isso.
    Que Comandante omisso, fraco…
    Vai deixar os companheiros na mao.
    Ai eu me pergunto, qual o motivo de tanta omissao, covardia ?
    Nao se ve esse General falar nada, so se omite.
    A tropa ta sucateada, sem motivacao, pisada, massacrada
    Todo mundo sabe disso.
    Por que sera que esse General DNIT, que acha que o Exercito e empreiteira de estrada, nada faz?1
    SERA QUE TA COM O RABO PRESO COM A PETRALHADA!!
    Vamos ter dignidade, vergonha, respeito a sua tropa!!

  • Pinga

    -

    4/3/2012 às 10:40 am

    Agora  um novo manifesto  assinado por militares, reafirmando as críticas do inicial. Com  tantos problemas realmente importantes para serem cuidados pelo governo, na hora que estamos recuperando a economia e a credibilidade financeira perante o MUNDO suas ministras querem transformar o BRASIL NUMA REPUBLIQUETA  .Elas  acabam de acordar um gigante que estava quieto mesmo com salários baixos  há algum tempo e agora iniciaram um confronto cujo desfecho ninguém tem condições de prever – e que poderá não ser feliz.Os anos nos ensaiam estudantes,padres e militares não se brincam .Lula era mais malandro e não entrava nessa

  • gilberto sp

    -

    4/3/2012 às 10:17 am

    No sindicato dos pianistas estão registrados os que tocam e os que carregam, a marionete precisa escolher auxiliares não pelos músculos, mas pela inteligência.
    Aliás coisa que ela também não tem, por isso talvez ela cometa essas gafes.

  • José Augusto - BH

    -

    4/3/2012 às 10:09 am

    Vamos simplificar?
    .
    O Governo Federal tem autoridade para interferir em site de Clube Particular, Empresa, Pessoa Jurídica ou Física sem vínculos com a administração federal, na internet?
    .
    Estou perguntando “no Brasil”, ou seja, considerando a Constituição da República Federativa do Brasil, de 1988.
    E se a Secretaria de Imprensa da Presidência da República mandar nosso querido Reinaldo Azevedo retirar uma postagem julgada pela Presidanta Dilma como ofensivo, e um Diretor da Editora Abril o retirasse? Qual seria a reação (não digo do Titular) de seus leitores, admiradores e comentaristas?

  • Andre

    -

    4/3/2012 às 9:56 am

    DISCURSEIRA DILLMISTA EM RECIFE: UM AMONTOADO DE FRASES DESCONEXAS, INCOERENTES TRAGICÔMICAS, ILÓGICAS, DISLÉXICAS, ESTAPAFÚRDIAS, DESCONCATENADAS, DESCONJUGADAS, DESARRUMADAS, LINGUÍSTICAMENTE DESPATRIADAS E SONORAMENTE DESCANIFRADAS…. DILLMA DEVERIA BAIXAR IMEDIATAMENTE UMA MEDIDA PROVISÓRIA SE AUTO-PROIBINDO DE ABRIR A BOCA ATÉ O FIM DE SEU MANDATO! …. COMO BRASILEIRO ME SINTO ENVERGONHADO, COMO ELEITOR ME SINTO ULTRAJADO, COMO CIDADÃO ME SINTO VILIPENDIADO E COMO MÉDICO, SÓ ENCONTRO UMA EXPLICAÇÃO CIENTÍFICA PARA JUSTIFICAR TAMANHA TEMPESTADE NEURO-LINGUÍSTICA: A ÁREA DE BROCA (GIRO DO CÓRTEX CEREBRAL RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA FALA) DE DONA DILLMA SOFREU UMA GRAVE RAREFAÇÃO DE CÉLULAS NEURONAIS, AS QUAIS FORAM SUBSTITUÍDAS POR CÉLULAS ESTRUMAIS…..

  • Andréa

    -

    4/3/2012 às 7:59 am

    Pois é… Essa é a visão torta que eles tem de democracia: liberdade de expressão é só pra falar bem do governo…. E ai de quem discordar deles: já querem punir, já querem meter em cana. Isso é o que entendem por democracia estado de direito. Igualzinho aos seus pares chineses…

  • lavinia

    -

    4/3/2012 às 7:55 am

    OS PETISTAS DEITARAM EM “BERÇO ESPLÊNDIDO” HÁ TEMPOS!
    A MAIOR BANDEIRA QUE CARREGAM É DE DIZER QUE LUTARAM CONTRA A DITADURA.ELES SIM SÃO DITADORES!AMIGOS INCONDICIONAIS DE PAÍSES COMO CUBA E VENEZUELA NÃO PODEM SER LIBERAIS.E SÓ “ATACANDO” O ANTIGO REGIME MILITAR BRASILEIRO É QUE CONSEGUEM SER AO MESMO TEMPO,VÍTIMAS E HERÓIS.SÃO PESSOAS AMARGAS,DISSIMULADAS,CÍNICAS E VINGATIVAS.
    DEVAGAR ELES FORAM MINANDO A CREDIBILIDADE NAS FORÇAS ARMADAS PARA QUE ELES SE TORNASSEM OS “COMANDANTES SUPREMOS” DA NAÇÃO.
    A DITADURA MILITAR É UM CAPÍTULO QUE DEVE SER ENCERRADO,POIS UMA GRANDE MAIORIA DA POPULAÇÃO NEM SE LEMBRA DELA.SÓ OS MAIS VELHOS.
    OS PETISTAS MESCLAM FATOS QUE REALMENTE ACONTECERM COM DESVARIOS HERÓICOS.
    ESPERO QUE ESSE MOVIMENTO DE MILITARES DA RESERVA SIRVA PARA CONTER E DESMENTIR ARGUMENTOS FALSOS USADOS EM BENEFICIO PRÓPRIO DOS PETISTAS E AMIGOS EM GERAL.
    QUEM SABE A MÁSCARA PETISTA ESTÁ COMEÇANDO A CAIR??????

  • Paulo Roberto

    -

    4/3/2012 às 7:54 am

    Nossa, quanto medo!quem será agora que dará o porradão na messa? quem não deve não teme,diz o ditado.

  • Almirante Kirk

    -

    4/3/2012 às 6:08 am

    “Carlos E. Balbinot
    -
    03/03/2012 às 17:54

    O povo brasileiro é frouxo, os deputados e senadores uma piada e os MILITARES deveriam tomar conta novamente. Nenhum militar que esteve à frente na Presidência do País, saiu milionário.
    ” Nunca antes da história deste paiz ” houve tanta corrupção, roubalheira,etc…
    Vergonha brasil, vamos tirar esta quadrilha do poder.”

    SUBSCREVO IPSIS LITTERIS, caro “Carlos E. Balbinot”!
    Abraços!

  • anonimo

    -

    4/3/2012 às 4:46 am

    Estou achando cômico esse negócio de adesão. Adesão pra que?Quem gosta de ditadura, vai morar na China, Cuba, Síria, etc. Aqui pode-se chamar os governantes de ladrões. Vão fazer isso numa ditadura.

  • Renata

    -

    4/3/2012 às 3:40 am

    Vivi o governo militar. Apesar dos pesares. Mil vezes o governo militar do que este desgoverno descarado, podre, ladrão. Nunca vivi uma época tão ruim como esta. Por mim devería haver um GOLPE DE ESTADO. SÓ ASSIM ACABARÍAMOS COM ESSA PODRIDÃO PETRALHA> TENHO NOJO DA ANTA, APEDEUTA, DE TODOS OS PETRALHAS. O POVO FOI AVISADO. A CULPA É DELE POR TER VOTADO NO PT.

  • eu hem...

    -

    4/3/2012 às 1:46 am

    Reinaldo, e amigos do blog :- Escrevi um e mail para averdadesufocada@terra.com.br e dei meu nome completo e RG para ser incluido na lista dos militares da reserva. Civis tb podemos assinar a lista. Quem quizer ai está o endereço de e mail. Obrigada

  • Massaki Shinohara

    -

    4/3/2012 às 1:20 am

    Me desculpe meus amigos vcs ainda viven nun pais de terceiro mundo, so depende de vcs ok abrs.

  • sheila

    -

    4/3/2012 às 1:00 am

    Não estão deixando entrar em contato no Fale Conosco.Tentei entrar no site averdadesufocada e não consegui.

  • Pedro Geyer dos Santos

    -

    4/3/2012 às 12:47 am

    Por que essa Comissão da Mentira não faz uma devassa na vida dos corruptos do PT e dos governos Lula/Dilma?

  • Marcos Silva

    -

    4/3/2012 às 12:28 am

    2ª atualização do dia 03/03 – às 18:20 h
    Total 647 adesões , sendo:
    61 generais, 1 desembargador TJ/RJ, 258 coronéis , 55 ten coronéis, 11 majores, 17 capitães, 20 tenentes, 15 subtenentes, 1 5 sargentos, 2 cabo, 1sd e 191 civis
    “ELES QUE VENHAM. POR AQUI NÃO PASSARÃO!”

  • José Emilio de Castro

    -

    4/3/2012 às 12:12 am

    Já repararam em uma coisa? Não há UMA NOTÍCIA SEQUER envolvendo a presidente na qual não haja alguma citação de referência sobre o fato dela ter ficado irritada. Irritada aqui, irritada, acolá, porque ficou irritada com A, B C, etc. etc. Irritada porque falou. Irritada porque não falou… Como alguém pode viver assim? Fila demorada…!

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados