Blogs e Colunistas

16/10/2010

às 7:33

Preparem-se para os 15 dias mais sujos da história política brasileira!

Esta já é a campanha eleitoral mais suja desde a redemocratização do país. Luiz Inácio Lula da Silva, com a sua falta de decoro e de apreço pela liturgia do cargo, é o seu comandante. As duas semanas que vêm pela frente vão fazer o país ferver. Na raiz da baixaria está uma concepção de poder que é essencialmente antidemocrática: o PT não admite a possibilidade de ser derrotado. Se vislumbra essa risco no horizonte, não tem nenhum receio de, com uma das mãos, fazer o jogo sujo e, com a outra, denunciar o jogo sujo dos adversários, reivindicando, assim, licença para enlamear ainda mais o processo. Vamos pensar um pouco.

Aqueles que decidem exercer o que chamo “poder da vítima” pretendem sempre uma de duas coisas: ou imaginam mesmo haurir algum benefício na esperança de que os outros sejam mais tolos do que eles próprios ou estão em busca de uma desculpa moral para recorrer à patifaria e, ainda por cima, culpar as vítimas: “Só agi assim fiz porque eles começaram; por mim, só faria coisas boas!” Nas relações pessoais, isso é muito comum; nas amorosas, é comuníssimo — em qualquer dos casos, afaste-se de gente assim: estamos falando de pessoas perigosas, sem limites.

No que concerne à política, o “poder da vítima” está na raiz psico-sociológica das duas tiranias do século passado. Socialismo e fascismo representam justamente a vingança do ressentido. Num caso, excita-se o ódio e o desejo de vingança “justa” (!) de uma “classe”; no outro, de uma nação. São construções ideológicas, que mobilizam, não obstante, ressentimentos individuais dos militantes. Ninguém se torna fanático de uma causa só porque foi convencido por um conjunto de valores ou porque se encantou com o corpo conceitual de uma doutrina. O fanatismo é só o casamento de uma falha psíquica ou de caráter — individual, privada — com o momento, que é coletivo. A paixão cega não é uma convicção, mas uma doença. Danton, goste-se ou não de suas idéias (eu não gosto muito, hehe…), era um convicto; Robespierre era um doente! Mas me desviei um tantinho. Volto ao leito.

Os que decidem exercer “o poder da vítima” delinqüem, mentem, trapaceiam, cometem crimes e tentam sempre nos convencer de que só o fazem premidos por circunstâncias — ou em nome da causa. Para eles, os limites da lei são imposições que impedem a justiça,  não instrumentos para discipliná-la. Peguemos, então, o exemplo de Luiz Inácio Lula da Silva. O partido que criou, com efeito, desafiou alguns limites da ditadura — já bastante enfraquecida, sejamos justos e precisos —, cresceu e se fortaleceu. Na ordem democrática, continuou a desafiá-los, por intermédio de seus “movimentos sociais”,  e não abandonou a prática mesmo depois de ter chegado ao poder. Na ditadura, a afronta à ordem tinha a justificativa plausível da justiça; na democracia, o desrespeito às instituições tem como objetivo único o fortalecimento do próprio partido. Nesse caso, se o partido prevalece, quem fenece é a sociedade.

Poderia fazer aqui o elenco das dezenas de vezes em que o PT mandou a democracia às favas em nome do seu próprio fortalecimento. Mas acho que vocês conhecem o roteiro. Quero me ater, como anunciei lá no primeiro parágrafo, à disputa eleitoral deste ano. Já na largada, ficou claro que o partido tinha voltado àquele costume que adquiriu no tempo em que estava na oposição: a mobilização de um verdadeiro exército de arapongas para atingir o adversário. Naquele tempo, como “vítimas”, os petistas tinham  uma boa desculpa: do outro lado, estariam os “reacionários”, que precisavam ser combatidos. A imprensa, infelizmente, colaborou bastante na construção dessa perversão.

No poder, os métodos continuaram os mesmos. Quando o bunker montado pela pré-campanha de Dilma Rousseff foi denunciado — o sigilo fiscal do tucano Eduardo Jorge estava com eles —, os petistas fizeram o quê? Denunciaram, vítimas eternas que são, uma grande conspiração do que chamam “mídia”!!! Passado algum tempo, surgiram evidências de que os sigilos de outros tucanos e da filha e do genro de José Serra também tinham sido violados. Uma investigação rasa foi o bastante para chegar à autoria: bateu nos petistas. Agora, a investigação se arrasta, no que tem todo o jeito de ser mais um crime sem criminosos nem culpados.

Flagrados, denunciados, expostos, qual foi a reação dos petistas? “Tudo não passa de uma tentativa desesperada de Serra de ganhar a eleição; ele está fazendo exploração eleitoreira do episódio”. O presidente da República, ninguém menos, foi à TV com essa mensagem, na fala em que Serra foi chamado de “candidato da turma do contra”. O tucano passou a ser tratado pelos petistas — e até por setores da imprensa — como responsável pelo mal que lhe impingiam. Esse é o jogo clássico do “vitimismo triunfante”. Descobre-se logo depois que uma verdadeira quadrilha atua na Casa Civil, o que custa a cabeça da ministra, braço-direito de Dilma Rousseff. O PT, inicialmente, denuncia o jogo sujo da oposição, em conluio com a mídia (!).

A religião
É claro que os escândalos, especialmente o de Erenice Guerra, abalaram a reputação do PT. Ainda que 80% dos eleitores realmente aprovassem o governo Lula, isso não significa endosso às lambanças. Dilma começou a cair nas pesquisas, e o PT decidiu descobrir os motivos. E então chegamos à pauta religiosa. A imprensa — os meus coleguinhas — sabe muito bem que os tucanos não estão na raiz da corrente “Dilma-aborto”. A sociedade existe, e esse nunca foi um tema muito popular no país. Os tucanos, ao contrário, até demoraram para se dar conta do fenômeno. Mas o PT, o “partido das vítimas”, precisava culpar alguém. Nesse particular, colheu mais efeitos negativos do que positivos.

Terrorismo
Como é mesmo? Quem se diz vítima, sem ser, só está buscando um motivo para delinqüir. E foi o que fez o PT. A exemplo de 2006, levou para a TV uma campanha sórdida, atribuindo aos tucanos a intenção de privatizar a Petrobras e o pré-sal — o que é mentira. E partiu para a desconstrução agressiva dos governos tucanos em São Paulo, especialmente em áreas em que o petismo não tem nada de bom a oferecer nos estados em que é governo: segurança e educação. A resposta no horário eleitoral de Serra é, a meu ver, até agora, muito tímida, fraca. O PSDB parece considerar ainda a máxima “quem bate sempre perde” — o que considero uma bobagem não-comprovada na prática. Mas deixo isso para outra hora.

Pesquisa Datafolha divulgada ontem aponta seis pontos de diferença entre Dilma e Serra  — sete nos votos válidos (o instituto diz que são oito, mas a conta não me convenceu). É pouco. É quase nada. O que a muitos parecia um delírio no dia 2 de outubro é uma possibilidade absolutamente plausível 14 dias depois: o risco de Dilma perder é real. E há mais 14 pela frente. É claro que aqueles “institutos”, vocês sabem, já estão prontos para, daqui a uns dois ou três dias, apontar um novo alargamento da diferença. Já antecipo o título: “Diferença volta a crescer” — ou algo assim. A imprensa que não vende, mas se vende,  mergulha na lama — lama que está no horário eleitoral e que chega aos palanques.

O PT prepara um cenário em que a eventual vitória será experimentada como o triunfo das vítimas contra os seus algozes — como se “os pequenos”, nessa disputa, não fossem os oposicionistas. E vai tentar se vingar depois. Em caso de derrota, essas mesmas “vítimas” acusarão, então, uma grande conspiração — sabe-se lá de quem — contra os “interesses populares” (aqueles a que se agregaram hoje patriotas como José Sarney, Fernando Collor e Renan Calheiros) e estarão prontas para fazer o que sempre fizeram: sabotar o governo sob o pretexto de exercer suas convicções.

Ganhando ou perdendo, eles não tem limites porque não têm princípios e consideram que mentira ou verdade são só exigências da necessidade.

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

684 Comentários

  • Henri Paiva

    -

    22/10/2010 às 11:32 pm

    Realmente está uma baixaria, dá vergonha de assistir o horário Político pela TV, será que não se sentem pequenos para quem quer governar o “NOSSO” Brasil que é tão grande.
    Só pensam em conseguir ficar no Poder, mas não estão nem aí com a situação do nosso País. Veja a situação que está chegando a nossa Amazônia, o descaso com a Saúde Pública em todos os Estados Brasileiros, as estradas, as escolas, só sabem é cobrar impostos e não se sentem acanhados em mostrar o que fizeram “DE BOM”, que é suas obrigações e o que não fizeram e que está em calamidade isso não falam, deviam ter vergonha de pedir votos a população que está cada vez mais sofrendo com a situação que está o País.

  • houstics

    -

    21/10/2010 às 1:46 pm

    A Dilma e o Lula são como Latas Vazias!
    Fazem um barulho tremendo!!!
    Justamente por não terem conteúdo…
    …O conteúdo do conhecimento
    …O conteúdo da moral
    …O conteúdo da humildade
    …O conteúdo do respeito ao povo Brasileiro!!!

    Sr.Houstics

  • Evela da Silva Magno

    -

    20/10/2010 às 4:15 pm

    ´Dilma fará um bom governo,esse partido melhorou tudo no Brasil,,,,o pior cego é aquele que não quer ver.

  • dora curvello

    -

    19/10/2010 às 9:25 pm

    Olha só … fui postar um comentario nos videos da Marilena Chaui e pasmem ,EU FUI BLOQUEADA pelo proprietario do video … deixa eu ver …. ah ! – > DILMANAWEB ( !!!) Minha resposta : kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk É esse o partido que se diz da “LIBERDADE DE EXPRESSÃO” mas na prática eles censuram todo mundo que não os agrada Qual é o medo deles ? Não sabem argumentar , só isso Fazem mensagensinhas prontas que não podem ser questionadas ? Tem medo de perder feio porque tudo o que não pode ser firme , cai até com simples ou pequenos argumentos Então respondo ao video
    ” Marilena Chaui 3: Serra é uma ameaça para o meio ambiente”

    Se o Fabio Feldmann , ecologista ROOOOXOO do PV vai apoiar o SERRA quem é essa mulher para achar que pode convencer alguém de alguma coisa ? Conversinha hein ! Que tal o MST invadir as terras do Lula , Dilma ( a mulher sempre foi rica ) e do Fernando Collor ? É ruim disso acontecer néh ? KKK

  • Lúcio Reis

    -

    19/10/2010 às 1:45 pm

    Reinaldo, circula na internet e ontem chegou ao meu correio eletronico, uma certidão de nascimento dando conta de que a Sra Dilma (Dilva)Rousseff, nasceu na Bulgaria e portanto, não é brasileira nata. Caso haja 100% de veracidade nesse documento, a consequencia é,creio, que ela contraria o dispositivo da CF que diz: para ser Presidente da República do Brasil há que ser brasileiro nato. Mas, não tenho meios de comprovar a autenticidade do documento. Todavia, onde há fumaça…..

  • Lúcio Reis

    -

    19/10/2010 às 1:37 pm

    Pertinente e com toda a verdade do embasamento é irrefutável. Quem é democratico, por certo aplaude e concorda – eu aplaudi e repassei – e, quem não é, usará o mesmo cliche de perseguição e papo de quem crer que democracia seja a politica do apenas “EU”. As cores partidárias devem ser respeitadas mas, os metodos condenáveis e ilegais são para serem reporváveis.

  • Robertasouza

    -

    19/10/2010 às 1:24 pm

    Para quem lutou a favor da redemocratização do país e agora que cercear a liberdade de imprensa o nosso presidente é bem contraditorio sem esquecer as grandes falhas de governo como blackout em quase todo país !!!!!

  • Dani

    -

    19/10/2010 às 12:11 pm

    Os petistas criticam a imprensa, exceto revistas que já se posicionaram a favor da Dilma, para eles essas são as únicas que falam a verdade, não sei não, mas isso não me parece muito coerente.

  • lvdovicvs

    -

    19/10/2010 às 12:10 pm

    Caro Reinaldo
    Dois comentários:1. A frase “Quem bate cai” é do brilhante publicitário delles, o Sr. D. Mendonça. Esta frase foi para o DEM e para o PSDB, que otários assimilaram isto até os ossos. Na verdade cai é quem não bate ou bate pouco. A Sra. Dama que odeia São Paulo está batendo a vontade. 2. Discordo da sua assertiva de que para eles “mentira ou verdade são só exigências de necessidade”; para eles é sempre a mentira, se se assemelhar com a verdade é mera coincidência.

  • Maria

    -

    19/10/2010 às 12:05 pm

    A Era da intolerância chegou, fico assustada com jornalistas que incitam o ódio quando deveriam usar a imparcialidade na discussão dos rumos que o país deve tomar ninguém é santo nessa história, a grande maioria parece hipnotizada não consegue raciocinar e fazer suas escolhas. Temo que o Brasil liderado por facções religiosas e pela mídia que se acha a dona da verdade faça o país mergulhar em trevas ameaçando todas as conquistas democráticas que tivemos a duras penas antes e no pós- ditadura.

  • NCHAVES

    -

    19/10/2010 às 11:56 am

    BRAVO!!!!
    E acertou sobre os instutos de pesquisa…hoje já estão dizendo que a diferença diminuiu…sei, sei…

  • willy matos

    -

    19/10/2010 às 10:36 am

    Reinaldo quando lí este artigo, até pensei que a sujeira era a eleição em sí, mas ao ver as notícias na net hoje, dei com esta notícia: “Banco público alemão de fomento Kreditanstalt für Wiederaufbau (KfW) acusou o presidente de uma subsidiária da estatal Eletrobrás e assessor da candidata à Presidência da República Dilma Rousseff, Valter Luiz Cardeal de Souza, de apadrinhar uma fraude milionária, informou hoje a imprensa”.
    São 157 milhões de EUROS, e a Dilma ainda defendeu seu acessor !Com certeza a sujeira é o próprio PT na sua lama corrupta, esta é a verdadeira sujeira e a outra grande sujeira é a maioria da mídia que está com o PT e nem tocou no assunto, preferiu ficar falando de folhetos da CNBB ! Diante desta sujeira toda do PT, mudei sou Serra 45 !

  • BOB SOLO

    -

    19/10/2010 às 1:52 am

    Excelente texto. Parabens sr. Reinaldo, disse tudo e mais um pouco.

    O “presidente” (está mais para chefe de facção) disse ha algum tempo que “faria qualquer coisa” para eleger o fantoche que ele criou e nos está enfiando goela abaixo.
    Quem diz que fará qualquer coisa para atingir um objetivo é capaz de tudo, o que realmente significa um grande perigo para o pais.

  • G G Oliveira

    -

    18/10/2010 às 11:30 pm

    Reinaldo, voltei! Mas com uma história verdadeira,curta e muito apropriada( não apropiada com diz a Dilma)Quando o Lulla visitou minha cidade para apoiar seu candidato do PT, ao echer na gravata do dito cujo, disse claramente que Pelotas era um Pólo exportador de viados. O video vasou e a oposição usou como propaganda. Mas pasme amigo! No dia seguinte, uma ordem judicial, vetou a inserção no horario eleitoral, com ameaça de pesada multa e cadeia se fosse desobedecida a ordem. Sabendo que a intenção do PT é acabar com a midia contrária,(inclusive no caso dos diplomas para exercer o cargo) por que nada está sendo feito para tirar o Lulla da propaganda eleitoral? Espero ouvir teu comentário se assim merecer.

  • Juan

    -

    18/10/2010 às 11:12 pm

    Uma das maiores sujeiras que consegui ver nestas eleições foi o jornalismo partidário… Muita desinformação… Campanha eleitoral descarada…

  • G G Oliveira

    -

    18/10/2010 às 11:07 pm

    Levantei-me da cadeira e aplaudo em pé a tão brilhante e coerente comentário Reinaldo. Essa é a visão de muitos que puderam; mesmo que com muito sacrificio,estudar e ler um pouco sobre a história do mundo nos conceitos ditatoriais. O PT, tenta ser aquele bandido psicótico que mata em série; Serial Killer,por ter tido uma infãncia infeliz e os mortos representam os causadores de sua infelicidade. Mata com justificativa, pois a vitima maior é sempre ele. Sabedor que a maior parte da platéia(povo) torce pelo bandido, leva essa máxima como bandeira.

  • Riva Mendes

    -

    18/10/2010 às 10:23 pm

    Parabéns Reinaldo! Você com sofisticação expressou tudo o que sempre pensei: “No que concerne à política, o “poder da vítima” está na raiz psico-sociológica das duas tiranias do século passado. Socialismo e fascismo representam justamente a vingança do ressentido. Num caso, excita-se o ódio e o desejo de vingança “justa” (!) de uma “classe”; no outro, de uma nação. São construções ideológicas, que mobilizam, não obstante, ressentimentos individuais dos militantes.”
    Com as minhas palavras, sp achei q a grande maioria dos radicais e não tão radicais na militância de esquerda são frustrados por não terem poder e/ou riqueza, e quando a tivessem, não estariam nem aí para àqueles que dizem defender – os pobre injustiçados. Sempre enxerguei isso em Lula.
    De visão maniqueísta (compartilhadas com os freis boffs) os pobres são sempre bons, e quando erram a tudo pode-se perdoar e justificar, e ricos são sempre maus (menos àqueles cumpadres de mesma ideologia que foram pobres e se enriquecem, claro!). Sempre de “visão social”, perdem o senso crítico em relação ao caráter intrínseco do ser humano, suas virtudes e defeitos.
    E nisso encontram muitos simpatizantes eleitores que se julgam lúcidos, cultos e bem informados.

  • Valter

    -

    18/10/2010 às 10:18 pm

    Pra derrubar “Dilma” a árvore do mal, basta um machadinho.
    Mas vamos de SERRA, que épra não sobrar nem uma lasquinha.
    Só serragem que servirá para forrar o caixão do PT.

  • edmilson oliveira

    -

    18/10/2010 às 9:54 pm

    Parabéns Reinaldo.

  • miguel da silva cabral

    -

    18/10/2010 às 7:11 pm

    O medo da imprensa em geral, não é a vitória da DILMA, mas sim o poder que o José Dirceu terá a partir de 2011. A imprensa (principalmente a veja) se caga de medo do Zé Dirceu, pois ele não é complacente como o LULA. Ele vai botar pra quebrar em cima de voces seus hipócritas.

  • Anónimo

    -

    18/10/2010 às 6:47 pm

    marci jose serra vai vence no dia 31 se deus quize eu voteu evoto de novo e estor mostrnto para muitos que ela nao eboa para povo brasiliro

  • Roberto Barrozo

    -

    18/10/2010 às 6:34 pm

    Para mim quem vota no pt e’ inimigo da democracia

  • Roberto

    -

    18/10/2010 às 6:18 pm

    Infelizmente muitas pessoas da missa não sabem um terço e são facilmente manipuladas por mentirosos e propaganda enganosa.
    Brasileiros, vamos limpar esta falta de ética e muita sujeira que aí está.
    Devemos esclarecer estas pessoas simples com dificuldade de entendimento dos fatos.

  • Cecilia Kanno

    -

    18/10/2010 às 6:01 pm

    Ednildo, Antes tarde que nunca. Sua atitude deveria ser copiada por outros ptistas que, mesmo cientes dessa situação, não conseguem se desvencilhar do PT, pois, é uma lavagdem cerebral o que eles fazem. Tente convencer um ptista por dia a mudar de lado, e verá que sua missão estará cumprida. Boa sorte e SERRA PRESIDENTE! 45 45 45 45 45 45 45 45 45 45 45 45 45 45 45 45 45 45

  • Herbert F

    -

    18/10/2010 às 5:20 pm

    Procurem nos sites da petrobras,e verifiquem qual é o salario recebido pela D Dilma, como membro do conselho de administração
    o Link e:
    http://www2.petrobras.com.br/ri/port/InformacoesAcionistas/pdf/ATA_AGO_08abr09_port.pdf

  • Marcelo Jr.

    -

    18/10/2010 às 4:36 pm

    Os roedores da bandeira estão no poder
    http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/historia-em-imagens/os-roedores-da-bandeira-estao-no-poder/
    Depois de Erenice Guerra, a oposição deveria divulgar a peça publicitária no horário eleitoral sem mencionar o nome de quem a encomendou. O Brasil inteiro vai saber associar os bichos às pessoas, Lula vai berrar no palanque que, com inveja do sucesso do metalúrgico que virou presidente sem estudar, FHC resolveu compará-lo a um roedor. Dilma Rousseff vai gaguejar que o adversário agora usa factoides para baixar o nível da campanha. O PT vai pedir ao Tribunal Superior Eleitoral que proíba a exibição da ignomínia. E Duda Mendonça vai ficar com fama de vidente: em 2002, adivinhou como estaria o Brasil no fim de 2010.

  • Marcelo Jr.

    -

    18/10/2010 às 2:57 pm

    Pensamento do dia: “O segundo turno das eleições é dia 31/10, Halloween. Não perca a chance de queimar uma bruxa.”

  • Evela da Silva Magno

    -

    18/10/2010 às 2:56 pm

    Sabe Reinaldo,eu acho um absurdo termos que ouvir o que os outros dizem e as pessoas não poderem expressar sua opinião,ainda bem que este é um espaço democrático e eu posso dizer o que eu acho…parece que tem gente que se acha dono da verdade e não aceita a opinião alheia,sou brasileira eleitora e concordo com as políticas do atual governo…é a minha opinião..respeito a de vocês só peço que respeitem a minha.

  • Cws Multiradio

    -

    18/10/2010 às 2:55 pm

    Enquanto isso,nas caladas do poder:

    >>”FESTA DE 15 ANOS DA NETA DO LULA

    Aos gastos, cuja origem desconhecemos, do Aniversário, deve-se acrescentar uma significativa “estrutura de apoio”, com recursos pagos por todos os contribuintes, que transportou, numa aeronave, dezenas de convivas alegres e felizes de Brasília e São Paulo para, no silêncio e escárnio dos corruptos e corruptores, comerem, beberem,
    se divertirem e gargalharem as nossas custas.

    Coisa de nababo -

    Na sexta-feira, 18 de junho, noticiamos que o presidente Luiz Inácio da Silva desembarcou na capital catarinense para participar da festa de quinze anos sua neta Maria Beatriz da Silva Sato, filha de Lurian Lula da Silva e Marcelo Sato.

    O rega-bofe organizado pela filha do presidente Lula, em São José, cidade ao lado de Florianópolis, reuniu nada menos que 400 convidados, todos nababesca e confortavelmente recebidos no salão de um hotel à beira da BR-101.

    Envergando um caro e bem cortado terno Armani, Lula, o representante do povo, dançou com Maria Beatriz tendo como cenário uma produção que é uma afronta à ideologia comunista. O salão ostentava nas paredes imagens que remetiam aos balés que fizeram a alegria dos czares da Rússia.

    Como a festa esbanjou detalhes típicos de ousadia financeira, a reportagem consultou uma das mais respeitadas e requisitadas profissionais de eventos sociais da cidade de São Paulo. Com mais de dois mil casamentos realizados e acostumada a atender presidentes de bancos e empresários poderosos, essa profissional analisou as informações repassadas e estimou que a festa de Maria Beatriz, a primeira-neta, não saiu por menos de R$ 100 mil.

    Com direito a apresentação de balé da própria debutante, o evento contou, inclusive, com equipe dedicada ao cerimonial, mestre de cerimônia, cenógrafo e coreógrafo. Além de outras sandices.

    Considerando que a mãe, Lurian Lula da Silva, e o pai, Marcelo Sato, são assalariados, não há calculadora capaz de fechar a conta de uma festa que, no país de todos, apenas uma minoria é capaz de realizar.

    Por outro lado, como a história recente do presidente-metalúrgico é ponteada por benevolentes pagadores de contas alheias (é o caso de Paulo Okamotto e Jorge Lorenzetti, aloprados que financiam dossiês – Freud Godoy é um deles – e ocultistas que escondem dinheiro na cueca), sentimo-nos na obrigação de ressuscitar a teoria popular que, desde tempos pretéritos, diz que à mulher de César não basta ser honesta, mas é preciso, também, parecer honesta.

    Não se trata de duvidar da idoneidade dos Lula da Silva e de todos os penduricalhos familiares que carregam, mas nessa história ainda é preciso descobrir quem fez o papel de Grigori Rasputin da corte “luliana”, pois só um charlatão como o milagreiro oficial da dinastia Romanov seria capaz de desvendar o mistério dessa empreitada festiva dos mais importantes “da Silva” de nossa amada Botocúndia.
    Mas a concorrida e rica festa pode não ter custado coisa alguma. O que configura um escandaloso tráfico de influência.

    E tudo com nosso dinheiro …

    ISSO É UMA VERGONHA!!!!!!!!

  • Batista

    -

    18/10/2010 às 2:48 pm

    Para “limpar” a campanha basta mandar o ET que serra a verdade parar de fabricar boatos.

  • Anónimo

    -

    18/10/2010 às 2:38 pm

    VIDEO OFICIAL QUE DILMA DEFENDE A LEGALIZAÇÂO DO ABORTO AO DIZER: ACHO UM ABSURDO NÃO SER LEGALIZADO
    http://www.youtube.com/watch?v=JscPm6urqZw
    DIVULGUEM

  • Almir Bonifácio

    -

    18/10/2010 às 2:37 pm

    Nenhum politico é tão bom quanto diz,mas está passando a hora de trocar…E o PT é a pior coisa que já existiu nesse país…Quem matou Celso Daniel e o Toninho do pt.
    Só pode ser coisa do lula.

  • Oliveira

    -

    18/10/2010 às 2:29 pm

    Reinaldo penso que está na hora de alguém entrar com uma representação pública contra este aulturado do “lula”, por estar abertamente fazendo campanha eleitoral em prol desta ladra, guerrilheira, assassina, o que é proibido pela Constituição.
    Este é um bom motivo para derrubar este aculturado, cachaceiro.

  • Gilmar

    -

    18/10/2010 às 2:27 pm

    Infelismente, a grande maioria que vota neste país não tem acesso as informações e não sabe o que realmente esta acontecendo em função de um bom Marketing Poulítico feito pelo PT usando a maquina estatal. O aparelhamento do esta esta ai, até o 4ª escalão. Espero que para o bom deste pais isto possa mudar.

  • Marcelo

    -

    18/10/2010 às 2:19 pm

    Para ‘Economist’, ida de Dilma ao 2º turno mostra ‘limites’ do poder de Lula

  • Marcelo

    -

    18/10/2010 às 2:16 pm

    #

    Querem escolher o seu candidato. Avalie os lados.

    Dilma – Lula, Collor, Sarney, Jader Barbalho, Renan Calheiros, Zé Dirceu.

    Serra – Fernando Henrique, Aecio Neves, Beto Richa, Alvaro Dias, Itamar Franco, Geraldo Alckmin.

  • Márcia Negreiros

    -

    18/10/2010 às 2:16 pm

    Caro Reinaldo que coisa maravilhosa o que escreveu. É exatamente o que penso mas não sabia expressar. Tenho um adolescente (14 anos)que está achando o horário político altamente “sujo” e “agressivo”. Palavras dele. Tb penso que o Serra está indo muito “de leve” nas respostas.
    Que sujeirada!!!!!

  • Apparecida Moreira

    -

    18/10/2010 às 1:54 pm

    Reinaldo Azevedo, eu te adoro.
    Um artigo claro, profundo, esclarecedor. O terceiro parágrafo é brilhante.
    Parabéns!

  • Antonio

    -

    18/10/2010 às 1:21 pm

    Você disse tudo, dizer mais o que que o Presidente deixeou a bandeira asteada para dizer que ele estava lá, porem foi gravar programa para Dilma? ESPERAR o que desse povo faminto e pobre e trocam sua dignidade por uma bolsa familia que nem foi o PT quem criou? TOMARA que os votos do sul mude a realidade de um “pobre” e “desprotegido” nordeste. VAI MUDAR o Brasil não é tão BURRO assim não!

  • João B.Bittencourt

    -

    18/10/2010 às 1:15 pm

    Reinaldo,parabéns pelo seu artigo.faço minhas as palavras postadas por THIENNA RAYKA.

  • ednildo

    -

    18/10/2010 às 12:08 pm

    Fui filiado ao pt do início da década de 80 até 2004, quando ficou evidente para mim os verdadeiros ideais dos “companheiros”, tanto a nível municipal, estadual e federal, onde a prática e os meios são os mesmos para chegar e se manter no poder. Não tenho dúvida da minha culpa por tudo o que assistimos acontecer.Hoje, sinto que fui manipulado em prol de interesses personalistas para favorecer a alguns “espertos e oportunistas”. Ao menos, estou fora.
    Não poderia tão bem expressar a minha opinião sobre o pt. Parabéns Reinaldo pela sua eloquência e capacidade de informar.

  • Sidnei

    -

    18/10/2010 às 12:03 pm

    Os cães estão acostumado a comer filé mignon mas quem sabe voltarão a morder ossos .

  • Alexandre Luiz Nass

    -

    18/10/2010 às 11:26 am

    A falta de cultura do povo brasileiro é o motivo principal da existencia do PT. Por outro lado, gostaria de ver os dois candidatos discutindo outros temas,tipo reformas política e tributária, voto não obrigatório, idem para serviço militar, enfim, temas de interesse da sociedadde. Os debates estão muito aquém do desejado.

  • Zala

    -

    18/10/2010 às 10:25 am

    SÓ UMA NOJEIRA DO LULA JÁ BASTARIA!!!!! O ENRIQUECIMENTO DE SEU FILHO.ONTEM,(APENAS 8 ANOS ATRÁS, FUNCIONÁRIO DO ZOO)HOJE,MILIONÁRIO!!!!

  • Erick

    -

    18/10/2010 às 10:23 am

    Reinaldo,
    lembre aos seus eleitores que o José Serra se apropria do que os outros fizeram. A todo custo, ele tenta mostrar capacidade em realizar, porém, somente tomando para sí a obra alheia. Exemplo: Genéricos não foi obra dele e sim do Jamil Haddad. Programa de combate a AIDS, foi do Adib Jatene. Plano real, governo Itamar Franco. O que foi dele: Privatização da Vale e da Nossa Caixa. Lei do aborto. Não permanecer nos seus mandatos até o final.
    Então, quando o Serra afirma com veemência que não vai privatizar nada, posso acreditar? Ele assinou um documento afirmando que terminaria o mandato de Prefeito de São Paulo, se comprometeu publicamente a não ser mais votado caso não terminasse o mandato, não terminou.

  • Rafael Brasoloto

    -

    18/10/2010 às 9:15 am

    As palavras de Alberto do dia 18/10/2010 às 0:37, logo abaixo, me faz lembrar da época em que falavam do Maluf: “Meu voto é do Maluf, porque ele rouba, mas faz”.
    Gente, se ele rouba, não deve nunca mais ser eleito…

    ACORDA BRASIL!

  • Ricardo

    -

    18/10/2010 às 8:51 am

    Ótimo artigo. Quem estuda entende o lixo que o PT é. Não é questão de ser pobre ou rico para apoiar ou não o PT, é questão de LER, ESTUDAR e ESTUDAR! Mas brasileiro é folgado, não adianta.

  • Louis

    -

    18/10/2010 às 8:43 am

    “Nunca na história desse país ” se viu tanto assalto aos cofres públicos, mensalões, cuécas e meias recheadas com dinheiro, enriquecimentos espantósos de Lulinha e cia e pior ainda um presidente que acha a formação academica desnecessária…Pergunto se queremos essa repetição agora com uma boneca de mamulengo !!!!!??????

  • Breno

    -

    18/10/2010 às 7:39 am

    Parabéns pelo Inteligente e oportuno artigo. Temos que exterminar esta corja do PT do Governo.

  • edvaldo silva contador,de joão pessoa pb.

    -

    18/10/2010 às 6:20 am

    Acho eu, que na verdade essa política suja, e imunda desse nosso pais numca vai pra frente, pois se gasta cinco ou até dez milhões,para se eleger durante quatro anos se na verdade não se vai receber nem mesmo um terço desse valor, não dar para entender,vcs, não achan também no dia em que se pagar um sálario mínimo, ai sim eu quero ver á política dar certo nesse brasil velho,obrigado! a todos por compartilhar commigo, esse momento.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados