Blog Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

sobre

Reinaldo Azevedo, jornalista, escreve este blog desde 2006. É autor dos livros “Contra o Consenso” (Barracuda), “O País dos Petralhas I e II”, “Máximas de Um País Mínimo — os três pela Editora Record — e “Objeções de um Rottweiler Amoroso” (Três Estrelas).

Por que o Ocidente ainda tem de pedir desculpas ao Islã? Ou: Vagabundos morais flertam com o terror. Ou ainda: “Islamofobia” uma ova!

Por: Reinaldo Azevedo

Volto ao trabalho na segunda, mas antecipo um texto que, dado o que leio por aí, me parece necessário. O terrorismo islâmico sequestrou boa parcela da consciência do Ocidente. Antes que se impusesse por intermédio da brutalidade e da barbárie, seus agentes voluntários e involuntários fizeram com que duvidássemos dos nossos próprios valores. Antes que matassem nossas crianças, nossos soldados, nossos jornalistas, nossos chargistas, nossos humoristas, atacaram, com a colaboração dos pusilânimes do lado de cá, os nossos valores. “Nossos, de quem, cara-pálida?”, perguntará um dos cretinos relativistas do Complexo Pucusp. Os do Ocidente cristão e democrático.

Mesmo gozando de merecidas férias, comprometido principalmente com o nascer e o pôr do sol, acompanhei o que se noticiou no Brasil e no mundo sobre o ataque covarde ao jornal francês “Charlie Hebdo”, que deixou 12 mortos na França. Na nossa imprensa e em toda parte, com raras exceções, a primeira preocupação, ora vejam!!!, era não estimular a “islamofobia”, uma mentira inventada pela máquina de propaganda dos centros culturais de difusão do Islã no Ocidente. Nota à margem: a “fobia” (se querem dar esse nome) religiosa que mais mata hoje é a “cristofobia”. Todo ano, mais ou menos 100 mil cristãos são assassinados mundo afora por causa de sua religião. E não se ouve a respeito um pio a Orientes e Ocidentes.

Uma curiosidade intelectual me persegue há tempos: por que cabe ao Ocidente cristão combater a suposta “islamofobia”? Por que as próprias entidades islâmicas também não se encarregam no assunto? Sim, muitas lideranças mundo afora repudiaram o ataque ao jornal francês, mas sugerindo, com raras exceções, nas entrelinhas, que se tratava de uma resposta injusta e desproporcional a uma ofensa que de fato teria sido desferida contra o Islã e o Profeta. E então chegamos ao cerne na questão.

Sou católico. As bobagens e ignorâncias que se dizem contra a minha religião — e já faz tempo que o ateísmo deixou de ser um ninho de sábios —, com alguma frequência, me ofendem. E daí? Há muito tempo, de reforma em reforma, o catolicismo entendeu que não é nem pode ser estado. A religião que nasceu do Amor e que evoluiu, sim, para uma organização de caráter paramilitar, voltou ao seu leito, certamente não tão pura e tão leve como nos primeiros tempos, maculada por virtudes e vícios demasiadamente humanos, mas comprometida com a tolerância, com a caridade, com a pluralidade, buscando a conversão pela fé.

Não é assim porque eu quero, mas porque é: o islamismo nasce para a guerra. Surge e se impõe como organização militar. Faz, em certa medida, trajetória contrária à do catolicismo ao se encontrar, por um tempo ao menos, com a ciência, mas retornando, pela vontade de seus líderes, ao leito original. Sim, de fato, ao pé da letra, há palavras de paz e de guerra, de amor e de ódio, de perdão e de vingança tanto no Islã como na Bíblia. De fato, também no cristianismo, há celerados que fazem uma leitura literalista dos textos sagrados. E daí? Isso só nos afasta da questão central.

Em que país do mundo o cristianismo, ainda que por intermédio de seitas, se impõe pela violência e pelo terror? Em que parte da terra a Bíblia é usada como pretexto para matar, para massacrar, para… governar? É curioso que diante de atos bárbaros como o que se viu na França, a primeira inclinação da imprensa ocidental também seja demonstrar que o Islã é pacífico. Desculpem-me a pergunta feita assim, a seco: ele é “pacífico” onde exatamente?

Em que país islâmico, árabe ou não, os adeptos dessa fé entendem que os assuntos de Alá não devem se misturar com os negócios de estado? À minha moda, sou também um fundamentalista: um fundamentalista da democracia. Por essa razão, sempre que me exibem a Turquia como exemplo de um país majoritariamente islâmico e democrático, dou de ombros: não pode ser democrático um regime em que a imprensa sofre perseguição de caráter religioso — ainda que venha disfarçada de motivação política, não menos odiosa, é claro!

Cabe às autoridades islâmicas, das mais variadas correntes, fazer um trabalho de combate à “islamofobia”. E a fobia será tanto menor quanto menos o mundo for aterrorizado por fanáticos. Ora, não é segredo para ninguém que o extremismo islâmico chegou ao Ocidente por intermédio de “escolas” e “centros de estudo” que fazem um eficiente trabalho de doutrinação, que hoje já não se restringe a filhos de imigrantes. A pregação se mistura à delinquência juvenil, atraída — o que é uma piada macabra — pela “pureza” de uma doutrina que não admite dúvidas, ambiguidades e incertezas.

Ainda voltarei, é evidente, muitas vezes a esse assunto, mas as imposturas vão se acumulando. Há, sim, indignação com o ocorrido, mas não deixa de ser curioso que a imprensa ocidental tenha convocado os chargistas a uma espécie de reação. Sim, é muito justo que estes se sintam especialmente tocados, mas vamos com calma! O que se viu no “Chalie Hebdo” não foi um ataque ao direito de fazer desenhos, mas ao direito de ter uma opinião distinta de um primado religioso que, atenção!, une todas as correntes do Islã.

É claro que um crente dessa religião tem todo o direito de se ofender quando alguém desenha a imagem do “Profeta” — assim como me ofendo quando alguém sugere que Maria não passava de uma vadia, que inventou a história de um anjo para disfarçar uma corneada no marido. Ocorre que eu não mato ninguém por isso! Ocorre que não existem líderes da minha religião que excitam o ódio por isso. Se um delinquente islâmico queima uma Bíblia, ninguém explode uma bomba numa estação de trem.

E vimos, sim, a reação dos chargistas, mas, como todos percebemos, quase ninguém se atreveu a desenhar a imagem do “Profeta” — afinal de contas, como sabemos, isso é proibido, não é? Que o seja em terras islâmicas, isso é lá problema deles, mas por que há de ser também naquelas que não foram dominadas pelos exércitos de Maomé ou de onde eles foram expulsos?

Tony Barber, editor para a Europa do “Financial Times”, preferiu, acreditem, atacar o jornal francês. Escreveu horas depois do atentado: “Isso [a crítica] não é para desculpar os assassinos, que têm de ser pegos e punidos, ou para sugerir que a liberdade de expressão não deva se estender à sátira religiosa. Trata-se apenas de constatar que algum bom senso seria útil a publicações como ‘Charlie Hebdo’ ou ‘Jyllands-Posten’ da Dinamarca, que se propõem a ser um instrumento da liberdade quando provocam os muçulmanos, mas que estão, na verdade, sendo apenas estúpidos”.

Barber é um vagabundo moral, um delinquente, e essa delinquência se estende, lamento, ao comando do “Financial Times”, que permitiu que tal barbaridade fosse publicada. Alguém poderia perguntar neste ponto: “Mas onde fica, Reinaldo, o seu compromisso com a liberdade de expressão se acha que o texto de Barber deveria ser banido do FT?”. Respondo: a nossa tradição, que fez o melhor do que somos, não culpa as vítimas, meus caros. Barber usa a liberdade de expressão para atacar os fundamentos da… liberdade de expressão.

Todas as religiões podem ser praticadas livremente nas democracias ocidentais porque todas podem ser igualmente criticadas, inclusive pelos estúpidos. Mas como explicar isso a um estúpido como Barber, um terrorista que já está entre nós?

Voltar para a home
TAGs:

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

  1. estrela

    os muçulmanos descendem de grupos que guerreavam entre si, como até hoje. Eles tem a raiva, a violencia em seu dna. A educação é extremamente repressiva. Na familia quem desobedece é duramente castigado. Morte a pedradas, mãos. pés, cabeças decepadas.
    O Corão fala em castigo mortal, sim. Como pode o Islão ser de paz, se os seus seguidores não tem paz interior?

  2. Ana Escaleira

    ReinaldoXXXXXXXX na cascuda!

  3. Cristiane Rodrigues

    O ocidente ñ deve pedir desculpas ao Islã, o Islã q deve pedir desculpas aos ocidentais por terrorismo e por impôr sua religião escrota. E tbm deve pedir desculpas ás mulheres por oprimi-las e diminuí-las.

  4. Edson

    O plano do islã, é dominar o mundo. se o ocidente não fizer nada, em breve , eles conseguirão, Estão ocupando espaço na Europa e América e ao mesmo tempo proíbem que o cristianismo ocupe espaço nos países muçulmanos. Não precisa ser pesquisador para entender essa lógica. Constituições ocidentais permitem outras religiões, a deles não permite. e isso é o fim.

  5. Vânia Souza Medeiros

    Porque eles ainda vivem como castas ou sociedades tribais. Não se integraram à civilizacao.A partir da civilizacao é que o homem começa a se tornar um animal social. A idéia de Estado é que faz o homem a sair da barbárie. Parece que eles estacionaram. Então não existe diálogo.A filosofia greco-romana poderia dar subsídio a eles. Mas como, se estão hermeticamente fechados?

  6. Wanderley Goulart

    Sr. ACORDA BRASIL >13/01/2015 às 11:00 am.
    Prezado Sr.
    Em nome de DEUS (?!) a Igreja Católica queimou muitas pessoas em fogueiras …!!!!
    O Sr. Com certeza conhece a história da Santíssima Joana Darc da França .
    E o Sr. saberia da razão deste ” modelo de sacrifício ” ?! . Se não eu lhe respondo ;; porque está na BÍBLIA AT que à NIGUÉM é permitido derramar o sangue alheio(!!!)
    A “Santa Igreja Católica ” foi quem inventou o jeitinho brasileiro …,,,

  7. areobaldo teruel

    Sempre me pergunto….esses fanaticos não tem um Pais??? TEM..então porque não ficam la rezando???porque querem nos obrigar a seguir ou respeitar aquele Deus deles??Eles não respeitam o nosso.-Tambeem achei uma falha terrivel OBAMA não comparecer na França…..mas tambem não acheinada terrivel a Dilma não comparecer…..acharia estranho se ela fosse….aafinal nós sabemos que tipo de ideologia é a do PT….se fosse ao contrario ela seria a primeira a ir……

  8. Augusto Paiva

    Os islamófilos tem que ser colocados no ostracismo (ou melhor seria na cadeia por condescenderem com o terror), esses mesmos que atacam o Cristianismo e o Ocidente por conseguinte, mas quando acontece atentado em nome do islamismo, saem logo atenuando e defendendo essa religião. Não tem cabimento!

  9. Augusto Paiva

    O islã é o que há de pior na humanidade. A jusrisprudência islâmica mostra que os terroristas de Paris estavam agindo de acordo com o islã: http://palestinalivree.blogspot.com.br/2015/01/jurisprudencia-islamica-mostra-que-os.html.

  10. Robson Nunes Da Silva

    Acredito que para todos os atos que os seres humanos podem praticar, tem de forçosamente haver um limite. O excesso de liberdade promove a falta dela. Claro que tal limite não precisa ser imposto. Pode ser autoimposto por meio da autoeducação. Por isso não concordo em gênero, número e grau com tudo o que disseste, caro Reinaldo Azevedo. Penso que o direito à liberdade de expressão termina quando falta o respeito a qualquer coisa que o outro considere sagrado. O jornal francês pecou pelo excesso, pecou pelo mau gosto e pecou pela falta de respeito àquilo que os adeptos do islamismo consideram sagrado. Pagaram, com as próprias vidas, um preço muito alto, é verdade, por sua teimosia e insensatez. Assista ao vídeo “especial de natal” do grupo “Porta dos Fundos” e você entenderá melhor o que exponho aqui. Não estou aqui a defender terroristas. Defendo apenas um valor (que deveria ser) muito caro à nossa civilização, algo que se chama respeito. “Portanto, assim como quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós”. Isto é a verdade.

  11. Leopoldo Morgado

    Obrigado Mestre Reinaldo Azevedo pela sua costumeira coragem e sensatez! Obrigado por dizer aquilo que anda enroscado na garganta de muitos de nós que não concordam com essa “teoria da vitimização” criada pelos esquerdopatas! Volte logo das férias!!!

  12. ACORDA BRASIL!

    Retificando
    Para – Rita Rafaeli- 12/01/15 – 1,37
    Concordo plenamente com sua idéia. Deveria haver regras para os imigrantes. “respeito é bom e todo mundo gosta, seu espaço termina quando começa o do outro e não se esqueçam, vocês estão em Terras de Santa Cruz!”

  13. Anónimo

    Rita Rafaeli- 12/01/15 – 1,37
    Concordo plenamente com sua idéia. Deveria haver regras para os imigrantes. “respeito é bom e todo mundo gosta, seu espaço termina quando começa o do outro e não se esqueçam, vocês estão em Terras de Santa Cruz!”

  14. ACORDA BRASIL!

    carlos alberto

    12/1/2015 às 9:21 am

    DISCORDO do seu pensamento “…na Irlanda alguns loucos católicos, também usaram do terror para impor suas crenças…. “ Sugiro ao Sr. que explique, apresentando provas documentais e cabais, uma vez que “disse me disse, fofocas e achismos” faz parte do repertório de desconhecedores de História geral, que nada lêem, portanto nada sabem, apenas repetem como papagaios as bobagens que escuta de hereges à procura de ibope !
    Essa estória de perseguição católica na Europa, é mais uma mentira estratégica forjada pelo protestante Casiodoro de Reina, que escreveu as mais diabólicas calúnias contra a Igreja sob pseudônimo de “Montanus”. Esse articulista foi quem mudou o termo inquisição, simples ato de inquirir, indagar, em “queimar pessoas”. Ele é o responsável pelas falsas mortes da inquisição, que apenas ao inquirir ou absolvia, ou excomungava católicos hereges e somente católicos; foi ele quem fantasiou em seus escritos sobre instrumentos de torturas que nunca existiram; mas foi sóbrio o bastante para omitir as 20 mil mortes de bruxas na fogueira ordenadas pelo luterano Benedict Carpzov; os milhares de camponeses mortos por Lutero e a queima do Médico Miguel Servet por Calvino. (Museum Plantin – Moretus, Antwerp), (Royal Library, The Hagur), (University Salamanca), (The Prado Museum), (Benedict Carpzov, Practica Nova Rerum Criminalium Imperialis Saxonica in Três Partes Divisão, Wittenberg, 1635.), ((“Tischredden”, Ed. Erlangen, Vol. 59, p. 284)
    A Igreja nunca perseguiu ninguém por ter credo diferente. Os ortodoxos se separaram da Igreja no século XI, muito antes do século XIII e jamais foram perseguidos. No século XIII na Europa não existiam protestantes, mas Judeus, ortodoxos e muçulmanos.

    O princípio do livre exame, idéia abominável, se esconde a negação da verdade objetiva, negação esta que é destruidora de toda religião e de toda inteligência. E dele, podemos perceber claramente que é controvertido essa coisa de “livre interpretação da bíblia” é por isso que existem tantas facções (sic) no cristianismo”. Ora, as divisões não são do cristianismo, e sim do protestantismo, pois a Igreja Católica é UNA.
    É preciso abandonar o relativismo do livre exame, que conduz à negação da razão, e depois conduzirá fatalmente à negação da própria Bíblia e de Deus mesmo, que não pode ser conhecido pelo homem. Veja as seitas protestantes mais radicais, que tiraram as consequências últimas deste princípio do herege Lutero, e veja se não é verdade o que digo.

    Estude um pouco de história e verá que o protestantismo não surgiu da pregação do Evangelho, mas do renascimento pagão do século XVI. E dele herdou a amoralidade e o orgulho. Onde estavam os protestantes nos 15 séculos depois de Cristo? Onde estava a Igreja?

    Não há senão uma Igreja na terra, Sr. pois só há um Deus!

    O resto é “vaidade das vaidades, tudo é vaidade”. (Eclesiastes, I, 2)
    E a divisão é própria do erro, e não da verdade. Lembre-se: a Igreja Católica é UNA, as seitas protestantes, são múltiplas.

    Negar, ainda que indiretamente, que podemos conhecer – e julgar – o certo e o errado é negar o dom que Deus nos deu, a própria inteligência, potência mais nobre da alma.

    E Deus Nosso Senhor nos deu a inteligência para que pudéssemos compreender as coisas criadas, e através delas compreender a Deus, como ensinou São Paulo (Romanos I, 20).

    Podemos sim conhecer a verdade, pois ela é objetiva, e a partir deste conhecimento, discernir o certo do errado, a virtude do pecado, o bem do mal. E escolher sempre o primeiro.

    A verdade não depende do que achamos. Cristo se disse “o caminho, a verdade e a vida” (S. João XIV, 6). Ao dizer que não sabemos o que é certo ou errado o herege inclui Cristo também?

    Eis um bom ponto de partida para leigos confusos. Siga a Cristo, pois com ele temos certeza da verdade.

    E para seguir Cristo, temos que ter verdadeira fé, e não apenas a “confiança” protestante na justificação. Crer e ser batizado (S. Marcos XVI, 16).

    Temos também que praticar boas obras, como ensinou São Tiago: “Que aproveitará, irmãos meus, se alguém diz que tem fé, e não tem obras? Porventura poderá salvá-lo tal fé?” (S. Tiago, II, 14-16).

    Temos ainda que obedecer a autoridade (e infalibilidade) do Papa na interpretação correta das Escrituras, e ser fiel à Santa Igreja, confiada a ele, conforme prometeu Cristo: “E eu te darei as chaves do reino dos céus. Tudo o que ligares na terra será ligado no céu, tudo o que desligares será desligado.” (S. Mateus, XVI, 18). Veja também o artigo O primado de Pedro (www.montfort.org.br/cadernos/primado.html) para tirar a dúvida de que Cristo deixou um legítimo intérprete da Bíblia e pastor único do rebanho.

    Devemos ainda honrar Nossa Senhora e os Santos, perfeitos imitadores de Cristo, que nos precederam na fé e na virtude. É a imitação deles, que receberam o prêmio da vida eterna, que nos faz semelhantes a Cristo. E eles podem interceder por nós, principalmente Maria Santíssima, Mãe de Deus, como no episódio das Bodas de Caná (S. João II, 1-12). Assim São Paulo pedia as orações e oferecia as suas (I Timóteo, II 1-3; Efésios, VI, 17-19; Romanos, XV, 30-31; I Tessalonicenses V, 25; II Tessalonicenses III, 1-2; Hebreus XIII, 18-19), e Moisés se dizia intermediário (Deuteronômio, V, 5).

    In corde Iesu et Mariae semper!

    http://armeniaeterna.com.br/genocidios-de-brancos-e-cristaos-e-a-impunidade-a-armenia/
    http://homemculto.com/2014/04/29/genocidios-de-brancos-e-cristaos-e-a-impunidade-a-armenia/

  15. ACORDA BRASIL!

    Sr. Wanderley Goulart – 12/1/2015 às 11:00 am
    O livro “Papa Negro” citado pelo senhor, é 100% herege e é justamente por isso foi proibido, sabia?
    A Igreja Católica sempre foi santa. Por isso também é odiada assim como Cristo. Quando todos gritaram para libertar Barrabás e para crucificar Cristo, poucos ficaram fiéis a Nosso Senhor.
    Hoje também, todos gritam calúnias contra a Igreja Católica, a única Igreja de Deus a única que não foi fundada por um homem, mas pelo próprio Jesus Cristo e fora da qual não há salvação ( bula Unam Sanctam, IV Concílio de Latrão, EXTRA ECCLESIAM NULLA SALUS- e Concílio Vaticano I, Constituição Dogmática Pastor Aeternus.) . Nosso Senhor fala para São Pedro : “Tu es Petrus et super hanc petram aedificabo Ecclesiam meam et portae inferi non praevalebunt “Bem-aventurado és tu, Simão filho de Jonas, pois não foi carne ou sangue que te revelaram isso, mas o meu Pai que está nos céus. E eu te digo: tu és PEDRA (em grego Petros; no original aramaico Kephas; em hebraico Sur); e sobre esta PEDRA (em grego “Petra”; em hebraico “Sur”; no original aramaico “Kepha”) edificarei MINHA Igreja, e as portas do inferno nunca prevalecerão contra ela.” (Mateus 16:18)
    Procure ler fontes idôneas, como por exemplo o livro do Prof. Bernardino Gonzaga e verá a verdade, como a Igreja foi e até hoje ainda é caluniada! Mas embora perseguida, jamais será vencida, porque essa foi a promessa de Jesus (Mt. 16:18)

  16. ACORDA BRASIL!

    Evidentemente ninguém tem o direito de tirar a vida de ninguém, somente Deus sabe o dia e hora certa de cada um e esta é inevitável, uma vez que todos nós somos miseráveis mortais. Porem usar humor negro como “brincadeira de mal gosto” com nosso semelhante não é aceitável, uma vez que ofende. E o espaço de cada um termina quando começa o do outro! Esse tipo de crítica travestido de “livre expressão” é um sofisma inadmissível, porque declara claramente que o “direito é apenas de quem ofende” e o ofendido não tem direito? Tanto tem que se observarmos todos aqueles que brincaram com o nome de Deus, pagaram, pagam e ainda vão pagar um preço muito alto! Mas a mente limitada do homem, miserável mortal não alcança evidentemente a grandiosidade de Deus, e por isso mesmo não percebe a sua pequenez! Chega ser ridículo! Ele tenta encontrar justificativas e/ou críticas para tudo o que é efêmero, até mesmo para suas futilidades!
    1-Lembram-se do famoso acidente ocorrido em Campinas em 2005? Foi muito divulgado na internet esse caso: uma turma de amigos já embriagados, foram buscar a última pessoa a ir para balada, parou em frente da casa da jovem chamou, e junto com a moça veio a mãe. A mãe com medo vendo todos embriagados e sua filha entrando naquele carro lotado, pegou na mão da filha que já estava dentro do carro e disse: “FILHA VAI COM DEUS QUE ELE LHE PROTEJA”, a filha pra tirar uma onda com a mãe disse: “SÓ SE ELE FOR NO PORTA-MALAS, , POIS AQUI JÁ ESTÁ LOTADO”.
    Algumas horas depois vieram as notícias aos familiares dos jovens, sofreram um acidente, morreram todos, o carro ficou irreconhecível, mas o porta-malas ficou intacto.
    A POLICIA TÉCNICA DISSE QUE PELA VIOLÊNCIA DO ACIDENTE SERIA IMPOSSÍVEL O PORTA-MALAS FICAR INTACTO, QUANDO O POLICIAL ABRIU O PORTA-MALAS, LÁ ESTAVA UMA BANDEJA COM 18 OVOS SEM NENHUM ARRANHÃO, E TODOS NOS LUGARES CORRETOS DA BANDEJA.
    2-E o navio Titanic? Todo mundo sabe disso é público e notório! O NAVIO TITANIC
    na ocasião em que foi construído, apontaram-no como o maior navio de passageiros da época. No dia de entrar em alto- mar, uma repórter fez a seguinte pergunta para o construtor: “O que o senhor tem a dizer para a imprensa concernente a segurança do seu navio?”
    O homem, com um tom irônico, disse: “Nem Deus poderá afundar meu Navio”.
    O resultado foi o maior naufrágio de um navio de passageiros do mundo!
    Outros casos emelhantes também ocorreram:
    JOHN LENNON:
    Alguns anos depois de dar uma entrevista a uma revista americana, John Lennon disse:
    “O cristianismo vai se acabar, vai se encolher, desaparecer. Eu não preciso discutir sobre isso. Eu estou certo.
    Jesus era legal, mas suas disciplinas são muito simples. Hoje, nós somos mais populares que Jesus Cristo. (1966)”. Lennon, depois de
    Ter dito que os Beatles estavam mais famosos que Jesus Cristo, recebeu
    Cinco tiros de seu próprio fã.
    TANCREDO NEVES
    presidencial, disse que se tivesse 500 votos do
    seu partido (PDS), “nem Deus o tiraria da presidência da república
    Os votos ele conseguiu, mas o trono lhe foi tirado um dia antes de tomar Posse
    BRIZOLA:
    No ano de 1990, quando houve uma outra campanha presidencial, disse “que
    aceitava até o apoio do demônio para se tornar presidente”.
    A campanha, quando acabou, apontou Collor como presidente e não mostrou Brizola nem em segundo lugar.
    CAZUZA:
    Em um show no Canecão ( Rio de Janeiro ), Cazuza deu um trago em um cigarro de
    Maconha, soltou a fumaça para cima e disse: “Deus, essa é para você!”
    Nem precisa falar em qual situação morreu esse homem.
    MARILYN MONROE:
    Foi visitada por Billy Graham durante a apresentação de um show.
    Ele, um pregador do evangelho, na época havia sido mandado pelo
    Espírito Santo àquele lugar, para pregar a Marilyn. Porém ela, depois de ouvir a mensagem do Evangelho, disse: “Não preciso do seu Jesus”
    Uma semana depois foi encontrada morta em seu apartamento.
    BON SCOTT:
    Ex-vocalista do conjunto AC/DC. Cantava no ano de 1979 uma música com a seguinte frase:
    “Don´t stop me, I´m going down all the way, wow the highway to hell”.
    (Não me impeça… Vou seguir o caminho até o fim, na auto-estrada para o inferno).
    No dia 19 de fevereiro de 1980, Bom Scott foi encontrado morto, asfixiado pelo próprio vômito.

    Mas o homem miserável mortal ainda não aprendeu!
    “A liberdade de expressão é apenas para ofender a Igreja e o Clero!? Porque? Porque estes representam Deus, ignoram e desprezam a mesquinhez humana! Porque não fazem piadinhas apenas com os humanos mortais conforme o citou o leitor sergio cihgral!
    “…brancos, amarelos e negros, sem ser processado por racismo; fazer piadas sobre “bichas desvairadas” sem ser criticado por homofobia; ser jocoso com os “nóias” sem ser reputado por fascista; satirizar o consumismo escravocrata sem ser perseguido pelo “sistema”, etc….” E eu ainda acrescento porque não satirizam os PTralhas, terroristas, ladrões, comunistas e hereges!
    Porque eles temem a leis dos homens mas não temem as leis de Deus! Agora meus caros, assumem as consequências.
    A verdade é nossa rainha, que nos impõe obrigações. Por isso, resistimos à verdade. E preferimos a mentira. Dai a verdade de Cristo ter produzido tanto ódio contra Ele e a sua Igreja.

    Na história, Cristo estabeleceu a sua Igreja, indefectível, perfeita e infalível, para ensinar a única verdade, e contra ela o demônio suscita sempre heresias, calúnias e mentiras.
    Como existe um só Cristo, também existe um só Corpo e uma só sua Esposa:” uma só Igreja Católica (Cristo) Apóstolica (apóstolos) e Romana (sede). Por outro lado, as promessas do Senhor de nunca abandonar a sua Igreja (Cfr. MT. XVI,18; XXVIII,20ss) e guia-la com o seu Espírito (cfr. Jo. XVI13) comportam que segundo a Fé católica, a unicidade e unidade, bem como o que concerne a integridade da Igreja , jamais virão a faltar” (Dominus Iesus, n. 16)

  17. Iane Kestelman

    Verdade verdadeira
    Muslims are not happy:
    They’re not happy in Gaza
    They’re not happy in Egypt
    They’re not happy in Libya
    They’re not happy in Morocco
    They’re not happy in Iran
    They’re not happy in Iraq
    They’re not happy in Yemen
    They’re not happy in Afghanistan
    They’re not happy in Pakistan
    They’re not happy in Syria
    They’re not happy in Lebanon
    SO WHERE ARE THEY HAPPY??
    They’re happy in Australia
    They’re happy in England
    They’re happy in France
    They’re happy in Italy
    They’re happy in Germany
    They’re happy in Sweden
    They’re happy in the USA & Canada
    They’re happy in Norway & India
    They’re happy in almost every country that is not Islamic!
    AND WHO DO THEY BLAME??
    Not Islam…

  18. Luis von

    Por que esses caras não ficam lá na terra deles …? Por que querem nos obrigar a sermos como eles? … eu não acredito em Maome, nem em Ala, …, esses malucos querem nos obrigar…

  19. Anónimo

    É uma questão de lógica. Estamos falando de outra cultura, outros modos e costumes. Trata-se de um lugar onde mulheres são tratadas quase como animais. Além disso, com o agravante de um fundamentalismo religioso extremado.Eu, sinceramente, não entendo como as pessoas podem querer que gente assim compreenda o que seja democracia e liberdade de expressão. Deve-se parar de fazer charges? Não. Nossos valores democráticos chegarão àquelas terras? Acredito que demorará bastante. O terrorismo deve ser combatido com firmeza.Contudo, devemos saber exatamente com quem estamos lidando. São tigres, não gatos.Não podemos medi-los com a nossa régua.

  20. Maria

    As teocracias estão colocando o mundo hebraico-cristão de joelhos! Por não haver separação entre religião e estado, vivem a intimidar, impor, constranger e violentar o Ocidente com o terror, a morte, a barbárie, o ódio, o primitivismo, a força. Almejam um Ocidente submetido às suas crenças e valores!!
    Após o terror e a barbárie, o ritual é se fazer de coitadinhos, vítimas, etc, etc.
    Não há palavras e nem entendimento para tamanha barbaridade.

  21. JACKSON

    Pergunto: de onde veio essa palavra e essa ideia – “Terrorismo”?
    Elá uma terminologia que criamos para definir àquilo que julgamos atos covardes e bárbaros em nome de uma causa, correto?
    E o que são estes atos covardes e bárbaros, de onde eles vem, onde acontecem e quais são as suas características, isto é, de que modos ele atuam?
    Caros amigos, o fato que vejo, é que temos atos covardes e bárbaros de ambos lados.
    O “Terrorismo” (este é nome inventado para este mostro que na verdade é desconhecido, que provoca o medo e temor e muitas almas humanas) acontecem tanto nas regiões do coração do Islã, como nas regiões da Europa, como vimos agora na França.

    Sim, são atos covardes e bárbaros que vemos. Acontecem de formas programadas e isoladas no ocidente e em regiões concentradas do mundo árabe, como o caso da invasão do Iraque, com milhares de vítimas, civis inocentes, que também eram fiéis ao islã.

    Esta região do mundo árabe, representava um berço histórico-arqueológico da antiga Mesopotâmia, destruído pela busca de armas química e nucleares, que nunca existiram… não sei qual foi o brinde; a morte dos civis inocentes ou a destruição dos templos históricos.

    Mas à esta covardia, à esta barbárie, não damos o nome de “Terrorismo”; talvez seja por causa da cor da pele do povo muçulmano ou se lá… Se os americanos e europeu que atacaram o Iraque, usassem, digamos, um turbante ou então chamassem o Deus de ALA, ou o Jesus de Maomé, ai chamaríamos o que foi feito com o Iraque de “Terrorismo”.

    E agora, criamos este estigma, e nos separamos… vemos a covardia, a violência, a barbárie ou “Terrorismo”, como outros preferirem.

    O povo Judeu ficou a terra prometida de Israel e o mundo quer calar a voz dos revoltados do Islã, certo?
    Há, esqueci… eles não tem voz, ele tem bombas.
    Ao menos não lembro de ter visto uma coluna deles na pagina do “Charlie Hebdo”

    Na minha humilde opinião, o simples fato de termos lados, já nos mostra o quanto somos bárbaros…

    Que Cristo, Maomé, Buda, etc.. nos salvem dessa demência.

  22. pericles

    Os judeus foram perseguidos durante séculos na Europa dita cristã. No século 20, os casos mais notórios foram Dreyfus na França, e a Alemanha nazista.
    Então eu pergunto: durante todos estes anos qual foi o terrorista judeu mais famoso? Vou me assentar para esperar pela resposta.
    Estamos precisando urgentemente de um Emile Zola!

  23. BIG UNCLE KING

    Que saudade Tio Rei!!Voltaste mais em forma do que nunca!! Sejas bem vindo!

  24. Frnando da Silva Guerra

    Em um estado democrático, a imprensa livre é: uma das garantia individuais dos cidadãos, tanto que depois do ataque terrorista,a França tomou uma atitude de dar inveja ao mundo, dando uma demonstração de unidade, educacional, político e cultural espetacular. a França demonstrou claramente, que continua firme com o base: Liberdade, Igualdade e Fraternidade. Agora volto ao Brasil, e pergunto: o que o Brasil precisa mais, Imprensa livre? ou Liberdade , Igualdade e Fraternidade?

  25. rere

    Tem gente que ama as charges de Charlie Hebdo e que morre de rir com suas publicações. Que continuem comprando e rindo e que façam bom proveito. Mas há pessoas que acham uma droga aquelas charges, estúpidas e provocativas. Que escolham outras publicações e que façam bom proveito. Acho que isso resolve o problema. Sem mais delongas.

  26. andré fernão

    Reinaldo,
    Discutíamos ontem, meu pai, meu irmão e eu, exatamente sobre esse assunto; ao ler seu artigo, pareceu-me ter resumido parte da nossa conversa. Na mosca (como sempre!). Que as férias tenham renovado essa bateria!

  27. Maria de Lourdes

    Estive por 2 semanas na Europa, vi e ouvi muita coisa. Por isso, apoio totalmente este artigo. E mais, temos terroristas aqui que matam muito mais gente nas filas do SUS e atualmente estão também tentando calar a imprensa. Precisamos fazer nossa lição de casa primeiro…

  28. marinho

    Perfeito

  29. ETS

    Reinaldo, cadê você homem?

  30. Fernando Crivelli

    Nem todos islâmicos são terroristas, mas TODOS terroristas são islâmicos.
    A única solução, é que esse povo fique na terra deles e não venham para o Ocidente.
    A tolerância não vale o perigo que eles oferecem.

  31. alvaro

    … No Oriente Médio,todos temiam Sadan Hussein por sua disposição de exterminar os terroristas Gaz Sarim neles Já.Também pode ser um Virus que tenha tratamento para os civis.

  32. Wanderley Goulart

    Reinaldo.
    Permita-me dizer sou um CRISTÃO devoto fervoroso de Nossa Sra. Santíssima Maria de Nazareth Divina Mãe de Nosso Senhor Jesus Cristo Filho de Deus e MAIOR MESTRE DIVINO que habitou este nosso pobre Planeta até este momento …!!!
    Sem me atrever inconveniente ,, apenas sugerir à Você que leia o livro O PAPA NEGRO de Ernesto Mezzabotta cuja última edição aconteceu em 1954 por ter sido proibido pela Igreja Católica.
    Todavia um Livro de fácil leitura e entendimento ,, com argumentações densa ,, absolutamente didático que o fará concluir A IGREJA CATÓLICA ,, durante um bom período da sua história e apesar dos profundos ensinamentos de Amor ,, Paz ,, Generosidade e Misericórdia do NOSSO MESTRE DIVINO JESUS ,, contou também com momentos iguais ou talvez ainda piores se comparado com estes demônios do Estado Islâmico .
    Procure na web …,,,,Você se surpreenderá (imagino) assim como eu …

  33. Kleiton

    Parabéns por seus comentários, aprendi a gostar do renomado jornalista através do pastor Silas Malafaia que muito o elogia . Sem duvidas , é um ótimo jornalista e imparcial .

  34. Marcos Paulo

    Eu eu lhe pergunto… Onde está a indignação mundial em face do atentado terrorista na Nigéria, onde uma menina de 10 anos, com uma bomba amarrada ao corpo, matou 20 pessoas, ou daquele outro ataque que matou 47 estudantes, também na Nigéria, em que um homem-bomba entrou disfarçado de estudante em uma escola? Tudo bem, na Nigéria acho que não tem problema, não é verdade? Não é Paris, não faz parte do tão evoluído quanto soberbo mundo ocidental. As pessoas mortas não eram cartunistas de um jornal (?) francês cujo conteúdo é de qualidade, no mínimo, duvidosa. Mas dirão que o cerne da questão fora o ataque à liberdade de expressão. Vida e liberdade são valores supremos da humanidade, mas pensava que aquela tivesse ligeira vantagem sobre a última, pois a liberdade tem como pressuposto a existência da vida. Tudo bem, quem disse que há vidas na Nigéria? Os nigerianos que se explodam. O mundo, a humanidade, com seus líderes e colunistas, continuam caminhando bem, de mãos dadas com a hipocrisia.

  35. carlos alberto

    Reinaldo….

    Também sou católico e o cristianismo é verdade, é muito mais tolerante…
    mas…na Irlanda alguns loucos católicos, também usaram do terror para impor suas crenças….

  36. jefferson

    Je ne Suis pa Charlie et Je ne Suis pa Jihadistas…..

  37. Maria Isabel Cañete

    Em tudo vejo confusão entre liberdade e abuso. Todos tem cometido abusos em nome de liberdade. Mas afinal o que é liberdade?

  38. Rossi

    Confesso a minha decepção com seu texto, caro Reinaldo.

    Justamente por seguir seu blog há tanto tempo não esperava ler um texto seu cheio de afirmações equivocadas (sob o meu ponto de vista) e que contradizem princípios que você mesmo, corretamente, tanto defende.

    Você critica o conceito e a necessidade de “bom senso” e se contradiz, justo você, ao sugerir o cerceamento da liberdade de expressão, mesmo tentando se justificar depois.

    Liberdade de expressão deve valer pra todos, inclusive para aqueles dos quais discordamos.

    Criticar o jornalista do FT é um direito seu e de qualquer outra pessoa (embora do meu ponto de vista não seja correto e juridicamente aceitável chamar alguém de vagabundo moral e terrorista), mas ao dizer que ele deveria ser censurado você se coloca na mesma posição daqueles que um dia o fizeram conosco (militares) e daqueles que aparentemente o querem fazer de novo (PT), mesmo que de forma diferente e camuflada. Ou: Você teria o direito de cercear a liberdade de expressão de alguém, mas os militares e o PT, não? Irônico e contraditório, não?

    Mais uma vez, a base de uma sociedade civil, livre e democrática é o respeito ao próximo (incluindo o respeito religioso), onde todos têm os mesmos direitos e responsabilidades. Nessa sociedade, chame de utópica se quiser, ninguém tem o direito de usar a violência contra o seu semelhante e o “bom senso” e a liberdade de expressão respeitosa deve existir sim, e sempre.

    E pra finalizar, embora católico praticante, posso te dizer que o Islamismo (ou Islã) não é sinônimo, ou melhor, nada tem a ver com terrorismo.

  39. Yaacov Keinan

    Coisa rara a visao inteligente e racional dos eventos exibida por o Dr.Azevedo.Tambem perigosa.Desejos de coragem e determinacao aos lucidos.

  40. O Comentarista

    Quantas pessoas morreram nesse fim/começo de ano ESMAGADAS EM ACIDENTES COM ÔNIBUS RODOVIÁRIOS NESSE BRASIL INTEIRO, Charlie hebdo É FICHINHA PERTO DISSO!!!!!
    NU BRAZIÚ ISSU NUM CAUSA COMOÇÃO.
    PORQUE os ônibus no braziú, PRINCIPALMENTE OS RODOVIÁRIOS, não tem cabine ROPS?????????
    Simplesmente por que aqui É BRAZIÚ.
    E NO BRAZIÚ É ASSIM MESMO!!!!!
    Vai braziú, vai, cada vez mais para o FIM DO MUNDO.
    Sindica PETISTA não é sindica, É CASTIGO.
    Vizinho PETISTA não é vizinho, É CASTIGO.
    PARENTE PETISTA NÃO É PARENTE, É CASTIGO.
    Fora psdb!
    FORA PMDB! FORA PMDB!
    FOTA PT! FORA PT! FORA PT!
    PERDEU!!!!! Brasil.
    ELES SÃO DUENDES ALUCINADOS, ESPÍRITOS ERRANTES PRATICANDO O MAL.
    Com o PT a FILA DA ROUBALHEIRA NÃO ANDA, VOA!!!!!!!!
    O PT É O VERDADEIRO LADRÃO DO POVO BRASILEIRO.
    O PT É O MUNDO DO CRIME que ASSUMIU STATUS TOTAL.
    O PT É A CENTRAL DO MUNDO DO CRIME QUE ASSUMIU O PODER NO GOVERNO FEDERAL.
    braziú, A ROUBALHEIRA, A INGUINÔRANÇA E A IMORALIDADE REINAM COM O PT, SEU REI (O CHEFE, vulgo BARBA), SUA RAINHA (A CHEFA GERENTONA) E SEUS SÚDITOS, SEUS COMPARSAS BANDIDOS, OS INGUINÔRANTES E OS IMORAIS.
    braziú, PAÍS PODRE É PAÍS DESTRUÍDO E DIZIMADO PELO PT E SEUS COMPARSAS.
    braziú, UM PAÍS DE TOLOS E BURROS QUE NÃO ENXERGAM UM PALMO ADIANTE DO NARIZ.

  41. O Comentarista

    PORQUE os ônibus no braziú, PRINCIPALMENTE OS RODOVIÁRIOS, não tem cabine ROPS?????????
    Simplesmente por que aqui

  42. Luiz Henrique

    Algumas pessoas escreveram que os jornalistas do satírico jornal francês propõem um choque cultural e serem atacados seria “o risco do negócio”, ou algo assim. Discordo. Penso exatamente como o Reinaldo. A meu ver, quem se sente ofendido por qualquer informação da imprensa tem o direito de recorrer á Justiça. Lembro que a própria Igreja Católica recorreu a Justiça em um evento de carnaval, onde Cristo era mostrado de forma agressiva aos olhos da Igreja. E negociou uma saída, com a imagem saindo coberta. O que não se pode admitir em hipótese alguma é que qualquer opinião seja respondida com mortes. Isso demonstra o atraso, a meu ver, em que o islamismo navega(mesmo na ala moderada, que oprime as mulheres), o que o torna efetivamente muito perigoso, nos 10% que seja de radicais que professam esta fé. O mundo deve reagir, como está reagindo…afinal, “se querem nos matar, temos que nos defender”. E a morte em questão é ainda maior: é a morte da livre expressão, por consequência, a morte da democracia.
    Estranhei a ausência de Obama na grande passeata de hoje e mesmo de seu vice. Existe por parte dos americanos um receio extremado de atentados, o que para mim não deve ser a postura de um verdadeiro líder. Bola fora do Presidente americano. Quanto a Dilma, não fecha com as ideias dela um combate rigoroso ao terrorismo. Ponto.
    Seria muito bom que não existisse confronto que envolvesse religiões, mas isso depende também de uma atitude firme da ala moderada dos muçulmanos em relação aos radicais. Parece que todos tem muito medo…e o medo é inimigo da vida democrática. Ponto para os chefes de Estado que estiveram na passeata deste domingo, com a presença do primeiro-ministro britânico. Nem tudo está perdido.

  43. O Comentarista

    O grande MARCO ANTONIO VILLA para a Joice Hasselmamm no “Aqui entre nós” da tveja, em 08/01/2015: O PT É UM ESTADO ISLÂMICO.
    PT, PCdoB, PSOL, PSTU são simpatizantes do ESTADO ISLÂMICO.
    Para que o Villa não possa ser contradito, O IMÃ LLULLA DETERMINOU A DECAPITAÇÃO DO PARTIDO DEMOCRATAS EM DISCURSO PROFERIDO EM SANTA CATARINA ANOS ATRÁS.
    O LLULLA PRATICAMENTE JÁ CONSEGUIU ESSA DECAPITAÇÃO LEVANDO PARA O MINISTÉRIO DO GOVERNO CENTRAL TOTALITÁRIO FASCISTA PETISTA O ELEMENTO “DEMOCRATA”, CRIADO PELO JOSÉ SERRA, KASSAB.
    Com o PT NÃO EXISTE DIÁLOGO, SÓ O MONÓLOGO ONDE SÓ O PT PREVALESCE.
    Vai braziú, Vai!
    Vai cada vez mais para o FIM DO MUNDO.
    Sindica PETISTA não é sindica, É CASTIGO.
    Vizinho PETISTA não é vizinho, É CASTIGO.
    PARENTE PETISTA NÃO É PARENTE, É CASTIGO.
    Fora psdb!
    FORA PMDB! FORA PMDB!
    FOTA PT! FORA PT! FORA PT!
    PERDEU!!!!! Brasil.
    ELES SÃO DUENDES ALUCINADOS, ESPÍRITOS ERRANTES PRATICANDO O MAL.
    Com o PT a FILA DA ROUBALHEIRA NÃO ANDA, VOA!!!!!!!!
    O PT É O VERDADEIRO LADRÃO DO POVO BRASILEIRO.
    O PT É O MUNDO DO CRIME que ASSUMIU STATUS TOTAL.
    O PT É A CENTRAL DO MUNDO DO CRIME QUE ASSUMIU O PODER NO GOVERNO FEDERAL.
    braziú, A ROUBALHEIRA, A INGUINÔRANÇA E A IMORALIDADE REINAM COM O PT, SEU REI (O CHEFE, vulgo BARBA), SUA RAINHA (A CHEFA GERENTONA) E SEUS SÚDITOS, SEUS COMPARSAS BANDIDOS, OS INGUINÔRANTES E OS IMORAIS.
    braziú, PAÍS PODRE É PAÍS DESTRUÍDO E DIZIMADO PELO PT E SEUS COMPARSAS.
    braziú, UM PAÍS DE TOLOS E BURROS QUE NÃO ENXERGAM UM PALMO ADIANTE DO NARIZ.

  44. Adnan

    Simplesmente há que se separar, o que é sátira, e o que é ridicularização. Não que eu esteja arrumando justificativas para o atentado aos jornalista, de forma alguma, porém, há limites que se devem seguir em prol de um sociedade pacifica, e com certeza, o “charlie” não seguia esses preceitos.

    Como fizemos criticas de forma contumaz quando surgiu a questão do “bulling” nas escolas pelo mundo afora. Ora, era apenas crianças brincando “inofensivamente” de ridicularizar seus amiguinhos. Não isso não é admissível, de um ser humano para com o outro, de uma instituição para com outra. Qualquer forma de ridicularização é condenável. Fazer jornalismo através do instinto é de uma idiotice plena.

  45. Necivaldo

    Completo. Absoluto. O que será que o futuro nos reserva?

  46. Jota Eme

    Esse é o velho Reinalo que eu aprecio. Volta mais afiado e certeiro do que nunca. Seja bem-vindo. Espero que tenha conseguido uns bons duas de descanso, sol e mar. Seu texto é um primor é muito necessário, sobretudo quando fala da islamofobia. E senta a pua porque a tigrada abjeta esta solta e à vontade, como nunca. Viu o fiasco do governicho brasileiro ante o espetáculo historico de ontem em Paris? Ali, o mundo viu uma pujante, incrível manifestação popular que traduzo como um verdadeiro e sublime hino de respeito e reverencia à liberdade e à democracia, o oposto do que pensa e quer esta corja que nos desgoverna. Desce a borduna neles como só você sabe fazer. Um feliz retorno é um feliz ano novo.

  47. Bruno

    Obrigado pela autógrafo e por ter voltado das férias!

    abçs!

  48. Veronica Ruzzi

    Assistindo a manifestação na França pelo lamentável Globo News, que cada marrador merecia um soco na boca para ficar impedido de falar lorotinhas como se entende-se profundamente o problema que povos civilizados tem a capacidade de se indignar com tudo aquilo que afete ou interfira na sua liberdade, estamos falando da França, berço da civilização da nova era quando o mundo dito pagão foi apagado da história da humanidade. Deveria sim aproveitar para demonstrar ao povo brasileiro que povos civilizados são perfeitamente capazes de se indignar e se manifestar sem a ajuda de arruaceiros destruidores de patrimônio publico para andar de graça em transporte publico, ao mesmo tempo festejando as festas de fim de ano como se este pais jamais cometeu qualquer ato ilicíto pelo nosso maravilhoso governo que consegue a façanha de roubar o povo até quando nós dormimos. Tudo é festa é bebedeira é bacanal regado com muitas drogas, roubos e assassinatos. somos piores que qualquer extremista terrorista pois conseguimos matar mais gente de fome, assassinatos, e acidentes fatais promovidos por motoristas bêbados que se não morrem continuam matando, pois a impunidade é a desgraça deste pais com total apoio da grande maioria da população incapaz de qualquer reação, vergonha mundial uma sociedade que infelizmente suja o mundo. Quanto a você meu caro Reinaldo, desta vez não concordo com a sua opinião em nada no que se refere as religiões, sejam elas quais forem, pois foi em nome de todos que mais se cometeu os piores atos sanguinários ao longo do processo civilizatório, todas sem exceção, são verdadeiros flagelos para humanidade em beneficio de muito poucos hàvidos pelo poder. Vale citar, o Discurso sobre a servidão voluntária de La Boétie.

  49. nena

    Sobre a jogadinha da martaxa suplício concordo com Celso Silva – 11/1/2015 às 12:26 pm – Ela não sabia o que era o seu partido de criação e de estimação, e o que ele fazia? Também não sabe de nada a inocente?! Como se não tivesse sido peça atuante em todos os lances!!! Já está em campanha para a prefeitura de São Paulo?

  50. O Comentarista

    Ei Reinaldo, cadê você?
    Não se preocupe em seu retorno à ativa.
    A coisa só piorou um pouco, atestando comentários que faço aqui no blog há algum tempo, desta vez o alquimim EM SEU SECRETARIADO E NA SABESP assinou O DIPLOMA que llullatizou e suplicizou ao mesmo tempo.
    O PT só fez mais do mesmo, sempre consegue se superar PIORANDO O QUE JÁ ERA RUIM, o ministério da dilma é RUIM, MAS MUITO RUIM MESMO. Para se juntar a eles só mesmo sendo MUITO PORCO para comer de seu farelo. JUNTE-SE AOS RUINS E AOS MEDIOCRES QUE SERÁ UM DELLES.
    Vai braziú, vai, cada vez mais para o FIM DO MUNDO.
    Sindica PETISTA não é sindica, É CASTIGO.
    Vizinho PETISTA não é vizinho, É CASTIGO.
    PARENTE PETISTA NÃO É PARENTE, É CASTIGO.
    Fora psdb!
    FORA PMDB! FORA PMDB!
    FOTA PT! FORA PT! FORA PT!
    PERDEU!!!!! Brasil.
    ELES SÃO DUENDES ALUCINADOS, ESPÍRITOS ERRANTES PRATICANDO O MAL.
    Com o PT a FILA DA ROUBALHEIRA NÃO ANDA, VOA!!!!!!!!
    O PT É O VERDADEIRO LADRÃO DO POVO BRASILEIRO.
    O PT É O MUNDO DO CRIME que ASSUMIU STATUS TOTAL.
    O PT É A CENTRAL DO MUNDO DO CRIME QUE ASSUMIU O PODER NO GOVERNO FEDERAL.
    braziú, A ROUBALHEIRA, A INGUINÔRANÇA E A IMORALIDADE REINAM COM O PT, SEU REI (O CHEFE, vulgo BARBA), SUA RAINHA (A CHEFA GERENTONA) E SEUS SÚDITOS, SEUS COMPARSAS BANDIDOS, OS INGUINÔRANTES E OS IMORAIS.
    braziú, PAÍS PODRE É PAÍS DESTRUÍDO E DIZIMADO PELO PT E SEUS COMPARSAS.
    braziú, UM PAÍS DE TOLOS E BURROS QUE NÃO ENXERGAM UM PALMO ADIANTE DO NARIZ.