Blog Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

sobre

Reinaldo Azevedo, jornalista, escreve este blog desde 2006. É autor dos livros “Contra o Consenso” (Barracuda), “O País dos Petralhas I e II”, “Máximas de Um País Mínimo — os três pela Editora Record — e “Objeções de um Rottweiler Amoroso” (Três Estrelas).

Políticos foram muito menos hostilizados do que se noticiou. Mas ainda que tivessem sido… E daí? É do jogo democrático

Políticos foram hostilizados? E daí? É do jogo. Eu vi petista hostilizar Ulysses Guimarães em 1984!!!

Por: Reinaldo Azevedo

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e o senador tucano Aécio Neves (MG) iriam discursar no carro do Movimento Brasil Livre. Acabaram desistindo. A chegada dos dois, até pelo excesso de pessoas que os acompanhavam, foi um pouco tumultuada. Mais a logística da operação de seus assessores do que a disposição de vaiar políticos acabou criando certa animosidade à beira do palco. Eles nem chegaram a subir.

Ali no empurra-empurra, acabaram ouvindo algumas ofensas e desistiram. Mas esteve longe de ser uma grande manifestação de repulsa como podem sugerir um texto ou outro.

Foi o que bastou para petralhas e imprensa apressadinha descerem o malho. Os primeiros ficaram satisfeitos porque isso provaria, então, que todos estão no mesmo barco. Os outros porque alimentam certo discurso contra a política que oscila da ignorância à má-fé. Ruim em qualquer caso.

E que se note: parlamentares já tinham discursado no carro de som do MBL, sempre aplaudidos. Cito alguns: deputados Mendonça Filho (DEM-PE), Bruno Araújo (PSDB-PE), Darcísio Perondi (PMDB-RS), Ônix Lorenzoni (DEM-RS), Carlos Marun (PMDB-MS), Bruno Covas (PSDB-SP), Raul Jungmann (PPS-PE), Roberto Freire (PPS-SP) e Pauderney Avelino (DEM-AM). Falou também o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO).

Assim, é falsa essa história de que o povo que vai à Paulista não quer saber de político nenhum. Sem os contratempos da chegada, creio que Alckmin e Aécio também teriam sido aplaudidos. Mas prestem atenção! Vou continuar este texto fazendo de conta que, de fato, foram todos vaiados. Essa questão me interessa.

Seria próprio do jogo político. E é claro que eu acharia um erro. Eu vi Ulysses Guimarães ser vaiado em comícios das Diretas — acreditem. E ele até havia ganhado a alcunha, à época, de Senhor Diretas. Quem vaiava? Militantes petistas e de extrema esquerda, que dispensavam o mesmo tratamento a Tancredo Neves.

Ainda que tivesse havido uma baita vaia generalizada desta vez, é perfeitamente compreensível que as pessoas demonstrem certo enfaro da política tradicional. Esse sentimento não existe só no Brasil. De algum modo, está no mundo inteiro e assume as faces mais diversas.

Um paspalho histriônico como Donald Trump não deixa de ser uma expressão muito pouco virtuosa dessa esfera de sensações. Poucos se dão conta, mas, em parte, ele repete o discurso que levou Barack Obama à Casa Branca: fala contra a burocracia de Washington, os políticos tradicionais, essa gente que está sempre metida em negociações obscuras… E olhem que os EUA são um convento das freiras dos pés descalços perto do Brasil.

A hostilidade aos políticos — não existe democracia sem eles, mas também não existe democracia só com eles — é própria desse regime. No Brasil, em parte, os petistas são duplamente responsáveis por isso. Por quê? O PT surgiu no mercado das ideias demonizado os partidos tradicionais, considerando-os a todos ilegítimos. Só ele encarnaria o jeito certo de fazer as coisas.

No poder, o partido montou uma máquina cleptocrata como nunca se viu. Ora, se eles se apresentavam como alterativa e fizeram o que fizeram, cria-se uma trilha fácil que conduz à conclusão de que política não tem jeito mesmo e será sempre assim.

Bem, aqui e mundo afora, esse discurso precisa ser assimilado e superado. Há que ser assimilado porque, de fato, a democracia tem de se conectar mais ativamente com movimentos da sociedade civil para se oxigenar. As atuais oposições já perceberam que só a militância congressual não dá conta da realidade. Urge estabelecer canais de diálogo com movimentos como o MBL. E não só em momentos como o vivido neste glorioso dia 13.

Mas esse discurso contra a política também precisa ser superado. Para que não se entenda a conquista e a gestão do poder como o espaço da intransigência, em que nada se negocia, e tudo se impõe segundo a lei do mais forte.

Afinal, meus caros, o petismo conduziu o país a uma crise inédita agindo justamente assim. Eles vão nos brindar com a maior recessão da história e com o sistema mais corrupto jamais visto como? Não ouvindo ninguém, hostilizando a diferença, demonizando a divergência, xingando primeiro para pensar depois.

Eu lamento muito que alguns jornalistas entrem nessa. É um desserviço à democracia e uma manifestação supina de ignorância. É preciso mudar a política, não destruir a política. Com ela, cuidamos das nossas diferenças. Sem ela, lutamos com armas. Com ela, fazem-se derrotados e vitoriosos temporários e circunstanciais; sem ela, produzem-se cadáveres aos montes. Qual caminho nós vamos escolher?

É muito importante que não se confunda a rejeição ao modo petista de fazer política com a rejeição à própria política. Pessoalmente, acho descabidas eventuais manifestações de hostilidade a Alckmin e Aécio, mas não acho ruim, do ponto de vista didático, que tenham acontecido. Elas estão deixando claro às atuais oposições que é preciso mudar o jeito de fazer política e que é preciso ampliar a interlocução.

O MBL e os outros movimentos todos têm de se manter independentes, sim! Mas é preciso que se reconheça que eles construíram um lugar próprio na política e que já não há democracia sem eles.

Voltar para a home
TAGs:

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

176 comentários
  1. LUCIA

    ReinadldoXXXXXXXX na cascuda!

  2. domenico

    Sigo o comentário de Marcos Lopes – 4:00 pm

  3. Jose Maria

    PT em desvantagem moral e política atira pra todos os lados, parecem doidos. O seu chefe, principalmente, é apenas e tão somente, um bárbaro.

  4. Ferrera

    Um figurão do PT disse que manifestantes hostilizaram os próprios organizadores chamaram de OPORTUNISTAS,
    Ao meu ver essa palavra não é de baixo calão, desmoraliza em que.
    Agora se esse Senhor estivesse lá.

  5. Tereza

    A oposição deveria ter sido recebida de braços abertos. Antes tarde do que nunca. O próprio movimento (MBL, Vem pra rua, e outros) gostaram da adesão deles, estiveram reunidos com a oposição… coisa de gente inteligente. Afinal, a união faz força. E quanto maior formos, mais sucesso teremos.

  6. Tereza

    Sabe o que eu acho pior, que acredito manchou um pouco a manifestação em SP? Foi o repúdio ao gov. Alckmin e ao Aécio, chamados de “oportunistas” por uma claque.
    Dá pra entender? Esse povo passava o tempo todo esculhambando a oposição, afirmando que ela era fraca (tem até um pouco de verdade nisso), que não apoiava o movimento, e tal e tal… Daí, na hora que o PSDB assume o protesto, dá todo apoio aos grupos, convoca abertamente para o movimento e mostra a cara, o pessoal vaia… Dá pra entender? O que eles queriam? O PT no palanque?
    Talvez quisesse só dar munição aos petistas, que agora arrotam que a insatisfação não é com o PT, mas com todos os políticos. Se não me afetasse, eu até ia dizer “bem feito”. Mas infelizmente, só me resta lamentar a idiotice dos babacas.

  7. Marcos Lopes

    Não se trata de rejeição à política, mas aos políticos e principalmente ao comportamento da oposição, que simplesmente inexistiu nestes 13 anos de governo do PT. Onde estava a oposição que não pediu o impeachment de Lula quando da descoberta do mensalão? O resultado é esse mesmo. O que precisamos é de partidos novos, com nova mentalidade, que rompam com esse passado de fisiologismo, de partidarismos e interesses pessoais. O Brasil em primeiro lugar. O bem estar do povo brasileiro em primeiro lugar.

  8. leandro

    A verdade dos números e dos xingamentos:
    Aécio e Alckmin foram xingados na Av. Paulista, talvez por uma meia dúzia de manifestantes, de OPORTUNISTAS.
    Dilma, Lula e o PT foram xingados no Brasil, talvez por seis milhões de pessoas, de CORRUPTOS e INCOMPETENTES.
    Tem comparação?

  9. Gustavo

    De acordo com a pesquisa do Paraná Pesquisas (a partir de dados coletados ontem na Avenida Paulista), 41,6% dos manifestantes acreditam que a oposição no Senado e na Câmara dos Deputados está sendo omissa em relação às denúncias que o governo está sofrendo e 37,6% acreditam que a oposição é passiva ou branda.
    Ou seja, quase 80% dos manifestantes consideram a pposição omissa, passiva ou branda!
    Alguém tem dúvida que muitos desses 80% consideram Aécio Neves omisso ou passivo como — pelo menos no papel — principal líder da Oposição? Isso não explica as vaias e a acusação de “oportunista”?

  10. Fábio Luís Inaimo

    Temos de tomar posição.
    A lógica (pelo menos a minha) é clara. Todos absolutamente concordam, é consenso geral da nação o FOORA PÊTÊ , daí, quem o PÊTÊ ataca, eu sou a favor, quem o PÊTÊ é contra, eu sou a favor, quem o PÊTÊ denigre, quem o PÊTÊ persegue, quem o PÊTÊ tenta desmoralizar, EU SOU A FAVOR !! Eu não vejo o PÊTÊ atacar o Maluf, porque na verdade são aliados, eu não vejo o PÊTÊ atacar o Collor, porque são aliados, eu não vejo o PÊTÊ atacar a Marina silva, PORQUE SÃO ALIADOS !! Tampouco vejo o PÊTÊ atacar Renan Calheiros, também não vejo o PÊTÊ atacar o PMDB,ou seria o PMDB de esquerda?! O PÊTÊ está onde está muito graças a direita, ou seria o PMDB, o Maluf, o Collor, o Delfim Neto de esquerda?? Quem o PÊTÊ ataca?? O PÊTÊ ataca quem tem reais chances de sucessão, o PÊTÊ ataca quem tem capacidade, O PÊTÊ ataca quem tem mais poder de destituí-lo!!
    Então essa conversa mole de esquerda e direita é pura balela, e o povo que sofre de falta de inteligencia, fica numa roda de sansara oscilando de uma ditadura à outra, de um extremo ao outro, sem noção nem direção!
    Vou te dizer caro eleitor NÓ CEGO, se o ilustríssimo senhor quer ajudar o PÊTÊ, faça oque ele faz, ataque a oposição, culpe o FHC, continue, ajude o PÊTÊ a desmoralizar, desmerecer, difamar a oposição assim o Sr ajuda muuuuuuuuito… O PÊTÊ !!
    O grande Exmo Juiz Sergio Moro, assim como oExmo Joaquim Barbosa, ainda que grandiosos em suas profissões, ajudam muito a justiça que é necessária e indispensável a uma democracia, mas esta ajuda não vai além, a constituição, como vimos, não permite, nem seria bom que um jurista tomasse partido ou se tornasse politico, senão, daí, quem cuidaria da Justiça, não se tornaria então a justiça um poder partidário, já não basta os TOGADOS VERMELHOS da vergonha, que compõe o STF ?! Quem então poderia, ou se responsabilizaria pela sucessão ? Se todos os políticos são FARINHA DO MESMO SACO como quer impor o PÊTÊ! Quem seguiria adiante?? O Zé da égua??o Vigário?? O delegado??
    É hora de tomar uma posição, a minha é a OPOSIÇÃO !!

  11. Nyo

    Sem duvida que a oposição ao governo petista, tem sido muito frouxa por parte dos partidos de oposição . Se a oposição tivesse realmente um posicionamento firme,o impeachment já teria acontecido no mandato de lula no escândalo do mensalão. O pt sim.Fez uma oposição ferrenha no governo FHC. Foi contra tudo no governo de Fernando Henrique Cardoso,para depois se apossar de tudo feito no governo anterior como sendo seu.So completando. E nem isso a oposição contestou.

  12. Nyo

    Sem duvida que a oposição ao governo petista, tem sido muito frouxa por parte dos partidos de oposição . Se a oposição tivesse realmente um posicionamento firme,o impeachment já teria acontecido no mandato de lula no escândalo do mensalão. O pt sim.Fez uma oposição ferrenha no governo FHC. Foi contra tudo no governo de Fernando Henrique Cardoso,para depois se apossar de tudo feito no governo anterior como sendo seu.

  13. J.B.CRUZ

    CARO REI:
    AÉCIO, ANASTASIA, e mais alguns políticos da oposição menos votados, tiveram tratamento de salvadores da pátria nas manifestações em BELO HORIZONTE..AÉCIO chegou a ser carregado por alguns metros e discursou no meio do povo…O povo MINEIRO de um modo geral, não ”engole” de jeito nenhum o resultado das eleições 2.014, tanto para PRESIDENTE como para GOVERNADOR DE MINAS GERAIS…Ainda mais depois de DIAS TÓFFOLLI negar a auditoria na contagem dos votos..
    Essa ‘turma’ que ‘vaiou’ ALCKMIN e AÉCIO aí em SÃO PAULO; é a famosa ala da imprensa petista e mais alguns apaniguados do jararaca..
    Podes crer..

  14. ANGÈLÌKA -

    AMEEEEI!!! Deveriam ter sido MAIS vaiados.
    Isso mostra que muitos brasileiros estão LIVRES do coronelismo e não AGUENTAM mais OPORTUNISTAS.
    Não é o “nominho” e nem a “pose” que conta. Não fazem nada!. Não servem para nada!.
    – Como chegamos até aqui, arruinados e desacreditados mundo afora?!
    Temos a obrigação de TIRAR da política QUALQUER senador e deputado que testemunham/vivenciam a governança PTista. São o que eu chamo de Safadistas.
    CHEGA! Que venha GENTE NOVA.
    De preferência, da mesma ESCOLA ÉTICA dos NOVOS JUÍZES e PROMOTORES da PF.
    – O BRASIL TEM FILHOS NOBRES, CORAJOSOS e CULTOS! ÉÉÉÉÉÉÉÉÉ!!!!!!

  15. MCAbbud

    Para mim o impeachment já era certo desde o meio do ano passado, de lá para cá só questões para desviar o foco e dar pseudo argumentos para um governo e partido moribundo, que um a um foram derrubados, primeiro a Presidente não havia cometido crime e era golpe, depois Cunha não tem legitimidade, ai Temer estava conspirando, então FHC tinha uma amante e não se podia culpar Lula, na sequencia não se deveria interrogá-lo sob vara, e tão pouco pedir a sua prisão preventiva, e ao fim Aécio e Alckmin foram vaiados, não entrem nessa da imprensa que quer gerar argumento e assunto aonde não se tem, acabou! o esquema criminoso de poder já era e já deveríamos discutir o pós Dilma e parar de dar trela para temas secundários que só interessam aos desesperados petralhas.

  16. MCAbbud

    Concordo plenamente com o texto , mas para mim Alckmin não deveria ir as manifestações, embora tenha o direito como cidadão, nesta hora deveria assumir apenas o papel de chefe do Executivo e da polícia do Estado, garantindo o direito e a segurança das manifestações, não só contra o Governo mas qualquer uma. Já Aécio e os demais Congressistas com certeza deveriam estar presentes, pois são eles o meio para se conseguir o impeachment e as reformas que tanto precisamos.

  17. José Antonio, de Olinda

    Reinaldo, aqui em Recife o deputado federal Jarbas Vasconcelos foi aplaudido quando chegou na avenida Boa Viagem para a manifestação de ontem. Muitos manifestantes fizeram selfies com ele, numa demonstração inequívoca de que eles são imprescindíveis para implementação do impeachment dessa doida que (des)governa o País. O resto é choro baixo e dor de cotovelo do PT e de seus apologistas que tremeram com o tisunami de gente que invadiu as ruas brasileiras pedindo Fora PT, Fora Lula ,Fora Dilma.

  18. Décio

    Sou sim, a favor da democracia, das instituições que a cercam e defendem, mas contra o desempenho dos congressistas em relação ao País. É péssimo não ter um partido sequer para vir a público declarar-se capacitado a consertar o que está errado. Postular ao cargo de presidente da República até eu posso. Não aparece nenhum provável substituto da Dilma à altura das necessidades da nação, do País, da Pátria. Não tem jeito. Todo partido tem um cacique, e pelo que sempre demonstram, usam os assentos de seus filiados eleitos para seus próprios interesses nos escritórios de luxo existentes ali e bancados pelo povo, como em eterna mordomia. O Lula no PT, e o Sarney no PMDB, são dois exemplos claros dessa eterna mordomia. Isso é humilhante, angustiante, e ninguém aceita mais.

  19. Kiko de la Rocha

    A ELITE BRANCA ESTA BEM REPRESENTADA!
    Você até pode ter outra linha política diferente da maioria, mas menosprezar uma nação indo para as ruas em tempo de crise pedindo pelo fim da corrupção alegando que somos RICOS? Antes fosse bom um País com tanta gente sem dificuldades protestando contra os “direitos sociais e impostos que temos que pagar aos nossos empregados”… Hipócritas! Preferem abraçar Figuras a todo preço protestando durante a semana pagos por uns trocados e pão com mortadela ou churrasco de “cochicha de frango”.
    Eu e minha família NÃO fomos de graça, pagamos pelos os bilhetes de metrô mesmo passando por uma situação finnaceira delicada em casa entendendo a importância deste ato cívico. EU estou desempregado e vivo de bicos, minha esposa esta da mesma forma e se não fosse pelo apoio de nossos familiares estaria muito pior.
    Todos queremos produzir com dignidade e dia a dia lutar contra a corrupção procurando por um trabalho em meio a tantos desempregados ou por mais um bico e ser exemplo para minha filha do que ter bens em nome de laranjas com reformas pagas por empreiteiras que financiam campanhas políticas.
    A corrupção no Brasil é como o diabetes, deve ser tratada diariamente com atitudes de todos desde devolvendo o troco a mais que você recebeu até prendendo e punindo todos os políticos envolvidos em desvio de dinheiro público. A manifestação de ontem acima de tudo foi sem partido ou melhor… o nosso partido é o Brasil.
    E pra quem acha que só devemos ficar em casa ou na igreja orando, deixo uma frase do Pastor Martin Luter King…
    “Quem aceita o mal sem protestar, coopera com ele.”
    Existem motivos sobre os protestos:
    1 Protestar conta a corrupção no governo e punição a todos.
    2 Apoiar a Polícia Federal e o ministério público.
    3 Propor uma reforma política geral.
    4 A manifestação não partidária.
    5 O Aécio eo Alkimim Foram foram impedidos de falar…
    6 ninguém recebeu pra ir (nem lanhe)
    7 foi a maior participação de todas superando as da diretas já.
    8 estamos pelas cores do Brasil.
    9 não ouve acidentes ou depredações
    10 a manifestação foi feita no domingo e não em um dia útil para não atrapalhar quem quer trabalhar
    Acho que são motivos mais do que suficientes e legitimos para no mínimo quem não concorde passe a respeitar quem o fez.

  20. Oswaldo

    ReinaldoXXXXXXXX na cascuda petralha!

  21. Jesiel Barros

    Concordo com tudo que foi dito pelo Reinaldo. E acredito que aquelas vaias foram de um grupo de petralhas disfarçados que estavam ali para esse fim ou de um grupo de eleitores que votaram no PT ( patologia transmissível) e agora estão decepicionados querendo mudança, porém não aceitam que erraram por colocarem uma quadrilha de ladrôes no poder e agora querem nivelar todos políticos por baixo. Foi injusto aquelas vaias. É bom lembrar que o senador Aécio foi um dos que se levantaram logo após as eleições, para confrontar os desmandos da Dima e mostrar para ao Brasil que ela é uma mentirosa, mentiu e eganou os eleitores. E se não fosse a força da oposição( diga-se de passagem o PSDB) não averiam tantos elementos de fomentação para essa mega e histórica manifestação. O Aécio não é, nunca se apresentou e jamais será a alma mais honesta do Brasil. Porém ele não merecia esse tratamento.

  22. Abreu:.

    É isso, Reinaldo! Você descreveu o que penso – e que pessoas com um mínimo de sensatez saberão refletir.

    Como de costume, um bom número delas (i) ou fará chistes ou (ii) não conseguirá raciocinar com calma/inteligência. Paciência!

    O que noto – e não sem um certo grau de preocupação – é que há companheiros seus, de “imprensa” (ora blogueiros, por falta de emprego), além de apenas criticarem insistente e “impiedosamente” os antigos empregadores (coisa feia!), comportam-se como líderes de manadas, exaltando o “liberalismo” (vez por outra até se esforçam em parecer ‘eruditos’), e vão levando de roldão uma “massa” ávida por líderes que em nada se diferem do radicalismo petralha… e confesso que me compadeço dessa fauna!

    Há um nicho de revoltados que está sendo “bem explorado” por colegas seus, de profissão (mas não de atitude e menos ainda de competência), que também estão aproveitando para disseminar o proposital dissenso entre leitores, de modo que não tarda e teremos um “novo petê”, com nova denominação, novo nome, novas cores, novos líderes, mas absolutamente as mesmas condutas.

    Quem viver, verá!

  23. zicou

    Alguns políticos tiveram coragem e passaram pela manifestação na Paulista, outros com o Haddad, prefeito-jr de São Paulo, preferiu se ausentar das manifestações. Aliás, qual a contribuição do Haddad e prefeitura durante a crise hídrica em São Paulo?

  24. Angela

    Também não achei ruim o clima em torno de alguns políticos. O recado, a meu ver, é: se aprumem!!!, se assumam!!! e abandonem o oportunismo!!!! Queremos políticos transparentes, objetivos e comprometidos com o bem da nação. Como pode o velho PMDB de guerra, manter o JOSÉ SARNEY como presidente de honra do partido?!?!?!?! Pode ter idade, o escambau, mas está todo enrolado, como toda a sua família, em maracutaias. Vão ter respeito por si próprios, para então serem respeitados. Até lá…é vaia e o pedido de renovação, com a esperança de mentes brilhantes e honradas na vida pública do nosso país.

  25. José Westie

    Daí a necessidade de partidos fortes, que passa obrigatoriamente pela reforma política que acabe com os partidos nanicos, sem representatividade, que só fazer vender espaço na TV. Falta é coragem aos políticos tradicionais e partidos irem às tribunas para defenderem sua Política e suas ideias e não ficar só atacando o dos outros.

  26. Chev Chelios

    O que a maioria da paulista e demais cidades durante o protesto menos queria ver lá é políticos. O brasileiro já está cansado dos políticos e suas alianças espúrias, discursos mentirosos e promessas vazias. O povo quer solução e solução a curto prazo.
    Chega de esperar.

  27. gabi

    Tem muito fascista no nosso meio que tem horror ao processo democrático. Ele acha que saindo nas ruas e sendo a favor do impeachment e é o dono da verdade. Firme AÉCIO, você tem raiz e estilo.

  28. FM

    O pt tem método muito democrático de fazer política. Basta lembrar a agressão covarde que Mario Covas adoentado sofreu de um bando de professores estrelados, e nunca se ouviu um gesto de mea culpa. Esses democratas farsantes são indignos de pelejar num regime democrático.

  29. luiza

    Estava bem perto do caminhão de som do MBL, quando os politicos chegaram, Alckmin, Aecio, Paulinho e CIA .Houve apenas uma pequena hostilizacão de mais ou menos 20 , ou no maximo 30 pessoas. Achei louvavel a presenca deles
    mostrando apoio a manifestacão. É pelo menos isso que se espera de uma oposicão e precisaremos deles nesta campanha contra o PT ! Não é o momento de hostilizar apoiadores, mas sim de juntarmos forcas! Depois resolveremos nas urnas quem queremos que nos representem, seja na prefeitura, no governo, na camara ou no senado.

  30. kaio morais

    ReinaldoXXXXXXXXXX na cascuda!

  31. wanda

    Reinaldo, bom dia. Apoio tudo o que você escreveu, o Aécio antes de vir para S.Paulo, participou da manifestação em Minas e foi muito bem recebido. Em S.Paulo como as esquerdas querem desgastar a imagem do PSDB e do governador Alckmin, aconteceu isso. Acredito que foi um minoria, que estava ali, quem sabe já preparada para fazer isso mesmo. Assim como tinha também um grupo que estava de verde amarelo mas estavam bebendo champanhe, a troco de quê? E a loira bêbada que enfrentou o carro da PM, jogou a garrafa de champanhe, vazia, e ela fala: O lula é ladrão, é ladrão. Não entendi nada. Um abraço.

  32. Álvaro

    Prezado Reinaldo,
    Alckmin aliou-se a Paulo Maluf e fez questão de ostentar, há poucos dias, o apoio do decano da corrupção paulista à sua candidatura em 2018. Tremenda falta de “timing” político, pra dizer o mínimo. Esperava o quê dos Paulistanos de bem?

  33. ROSANA CABRERA

    Reinaldo, que bom que eles foram vaiados, isso faz parte da democracia, mas pior seria se eles não tivessem isso, ai sim, não mereciam a menor credibilidade. Parabéns Senador Aécio, parabéns Governador Geraldo Alckimin, isso sim é DEMOCRACIA.

  34. levi

    O PSDB tem “n” defeitos, mas pelo menos os caras foram dar a cara a tapa. Não podemos cair na conversa do PT que diz, todos são iguais. Esses comunistas sabem enganar e mentir a uma nação como ninguém.
    Agora a minha indignação maior e o PMDB, numa convenção num salão chique com ar condicionado e tudo, dizer que é contra a Dilma, e não vai aceitar cargo durante um mês. Quer dizer “vou ficar aqui e esperar o que acontece dessa zorra toda”, e é o maior partido do congresso. Por isso o brasileiro merece sofrer por que, não sabe votar.

  35. FILOSOFANDO-

    QUE VERGONHA, tava tudo perfeito, em harmonia mas o brilho da festa foi ofuscado, ai pensei a petezada devem estar em extase com a sena dantesca, esforcei-me a crer no que via, fogo amigo, é isso ? Hostilização de politicos importantes, pior que estavam em nosso favor? Pensei, acho que estou no lugar errado, numa manifestação Petista, só pode ser. Dá proxima vez se for pra ver isso, já tenho minhas duvidas se vou, se for para ver fogo amigo, ver o que vi, fico em casa ou vou em manifestação Petista, lá não fazem isso com os seus, que lamentável…

  36. Luis

    O Aécio e Alckmin foram vaiados, bem feito quem mandou condenar as ações do ministério público de São Paulo?
    Se o MP- SP encontrou motivos para a prisão preventiva do Lula, este pessoal do PSDB deveria é dar apoio.
    Sabe o que vai acontecer: A juíza que vai julgar o pedido vai recusar , e recusando vai tirar todo apoio que o MP está precisando neste momento tão delicado.
    E as investigações do triplex do Lula vai ser encerrado, talvez por isto em BH foram apenas míseros 20mil pessoas nas manifestações ..

  37. Mario

    Eu tenho uma explicação para a condenação aos políticos da oposição: eles foram uns bananas e não se posicionaram contra o governo e o PT ao longo de todo o processo. Esta postura dá a pista para dupla interpretação, ou também são culpados, ou são cúmplices e solidários com os ladrões do povo brasileiro. Só isso.

  38. Maurício

    Concordo mas apenas uma observação; partidos como o PMDB, o PSDB, os socialista em gera e principalmente a Rede, não são solução. São mais do mesmo. Foram eles que nos puseram nessa situação.
    Onde estão os liberais? E os conservadores?
    Até quando a imprensa irá ignorar a existência desses partidos, pintando-os como caducos, retrógados, exóticos e outra coisas ainda mais pusilânimes?
    Até você é assim.
    Existe sim uma saída diferente dos PS da vida.

  39. Mari

    Sobre o PSDB, endosso os comentários da Sandra, do Laercio e principalmente do Adriano da Ilha (ver abaixo). Quanto à sua análise, Reinaldo, especialmente a segunda metade dela traduz com perfeição a atual relação das massas com a política contemporânea. O tema exige reflexão por parte desta ultima e por isso mesmo precisa ser amplamente divulgado para ser debatido. Acho que você, com sua natural didática, poderia colocar o assunto em pauta nos meios de comunicação mais populares (os pingos nos Is, por exemplo…). Que tal?

  40. João Batista

    A oposição deveria fazer uma meia-culpa pela situação que vivemos hoje. Se apequenou (com algumas exceções) diante do populismos petista. Não defenderam as políticas austeras implantadas por eles mesmos e que poderiam ter nos livrado disso tudo que aí está. Não dá para pousar de heróis agora.

  41. Guilherme

    Aqui,na Praça da Rodoviária,em Belo Horizonte,naquele comício pelas Direta,eu vi e ouvi alguém gritando para o Ulisses Guimarães, atrasado,correndo para subir no palanque,que era comandado por Osmar Santos:”correndo pra garantir o jeton,né Dr.?

  42. Jeferson

    ReinaldoXXXXXXXXXX na cascuda!

  43. Maria

    A manifestação popular não deve abrir mão do seu caráter de independência, jamais. Ela é do povo que banca a sobrevivência dos políticos, e esses devem, portanto, a sua vida, aos pagantes de impostos, considerando que nada ou quase nada produzem em troca (para justificar a fortuna que recebem em salários milionários e mordomias) que faça valer sua utópica auto-sustentação.
    Os políticos tem inúmeros locais e meios para expor seus discursos, como o monopólio das emissoras públicas que em nada servem a sociedade, senão para propagandas mentirosas do governo e campanhas permanentes de exaltação de uma elite política inútil e parasita, além de vetar o livre acesso da população que tem o direito constitucional de fazer suas reclamações e reivindicações na imprensa pública. Assim, o que resta ao povo são os espaços de vias públicas.
    É evidente a necessidade de somar forças e aceitar apoio de políticos nas manifestações contra governantes delinquentes e ociosos. Logo, sejam benvindos, e contribuam com suas presenças junto às massas, mas sem exigir destaque em palanques, pois esse espaço deve ser reservado, exclusivamente, aos autênticos líderes dos movimentos de representatividade popular, e não para políticos veteranos que compõem a base aliada do governo petista e que sempre permaneceram silenciados.

  44. Ronaldo

    Sou paulista e estive na megamanifestação na Av. Paulista.
    Sinto muito, Aécio é um FROUXO, Geraldo Alckmin é UMA TRANQUEIRA!!! (Minha opinião e de tantos outros que conheço!)
    Na verdade, estamos sem uma oposição legítima contra esse governo sujo e porco. Tenho a impressão (no íntimo, certeza!) de que essa “oposição” também faça parte de uma corrupção mais oculta. O certo seria RESETAR esse sistema político que está contaminado. São poucos os políticos que se salvam. ISSO É FATO! O negócio é equilibrar essa balança, CHEGA DE ESQUERDA E CENTRO ESQUERDA, AGORA TEM QUE SER DIREITA!!! VARREDURA JÁ!!!

  45. Olivia

    Adorei a cara de surpresa, pela recepção calorosa, de Ronaldo Caiado!

  46. Elizabeth

    ReinaldoXXXXXXXXX na cascuda petralho-pixuleca!

  47. Lola

    Se essa vaias aos tucanos servirem para o PSDB ser mais atuante como oposição terá valido a pena.

  48. Mack740

    O Domingo foi do povo Brasileiro, e não de qualquer político. A hostilidade mostrada servia apenas para deixar claro que não se misturariam as coisas – comício de pré-candidato com a manifestação da indignação de cada cidadão. Espero que seja um sinal da mudança mais necessária e urgente na sociedade: a de passar a ver políticos como servidores da sociedade, que devem ser cobrados para cumprirem suas obrigações, e não aplaudidos por oferecem quebra-galhos ou obras faraônicas.

  49. bh

    Em BH Aécio foi aplaudido, em São Paulo acrdito que vaiaram Alkmin. Penso que pode ser até petistas ( travestidos de oposição ao governo) que ali estavam para esse fim, mas isso não vem ao caso. O que importa é que os brasileiros entenderam que o PT tem que se retirar da sena politica para que o Brasil seja devolvido aos brasileiros de bem.

  50. djalma

    Alckmin exerce o cargo de governador e tem uma posição institucional que não lhe permite ficar entrado em atrito com o Presidente da República; precisa manter um certo equilíbrio sob risco que a população em geral seja prejudicada.