Blogs e Colunistas

18/07/2007

às 3:52

A ORDEM É MORRER CALADO E FICAR DE LUTO EM SILÊNCIO

O que vocês esperam? Que alguém venha a público dizer que o agora maior acidente aéreo brasileiro (o nosso último “maior” tinha apenas 10 meses) foi causado, entre outros fatores, pela pista inadequada, sem as devidas ranhuras? Isso não vai acontecer. Até hoje, na tragédia dos 154 mortos da Gol, não se deu o devido peso à coisa mais óbvia do mundo: o Boeing tinha comunicação com a torre, e sabia-se que o Legacy poderia estar na contramão. Bastava ordenar então ao avião da empresa brasileira: “Suba, desça ou vá para o lado”. E aquelas pessoas estariam vivas. Em vez disso, as responsabilidades se diluem nas repisadas “múltiplas causas” que provocam um acidente aéreo. O estado sempre livra a própria cara.

Reitero o que escrevi ontem em muitos posts: ainda que se venha a provar — é o que está para acontecer — que o piloto praticou uma barbeiragem, a Infraero demorou 50 minutos para divulgar o nº do vôo. Não! Não se tratava de uma informação que estava presa em algum filtro, em algum mecanismo de controle. Era desconhecimento mesmo. Tanto é assim, que se chegou a divulgar que o vôo era o de nº 5018. Em seguida, outra informação: seria uma pequena aeronave, não um avião grande. E, finalmente, quase uma hora depois, a informação correta do vôo ao menos.

Ora, isso é indício de um estado de coisas, não fosse suficiente a balbúrdia que se verifica diariamente nos aeroportos em razão da falta de comando, da infra-estrutura precária, de um controle aéreo completamente rendido à militância sindical. Lula tem alguma coisa com isso? Ele também deve achar que sim, não é? Ou não teria reunido o tal “Gabinete da Crise”. Reunião para quê?

Julio Redecker
Evidentemente, estou consternado com a tragédia. A imagem da mulher desfalecendo no aeroporto ao saber que dois filhos seus estavam no avião é dessas coisas sem par. Como pai, pressinto a extensão dessa dor. Ademais, conhecia o deputado Julio Redecker (PSDB-RS), líder da minoria na Câmara, com quem tinha um relacionamento cordial, amigo. Era um político dedicado, trabalhador, de caráter — um excelente quadro do tucanato, pessoa hoje rara no Brasil, que tinha mais futuro político do que passado.

É o aspecto sempre apavorante das tragédias: vidas interrompidas que, por sua vez, interrompem outras vidas. Os familiares colhidos por esses acontecimentos, não raro, sentem-se roubados, traídos, abandonados. Minha solidariedade às famílias de todos os mortos, em particular à mulher e aos filhos de Redecker. Os que perdem entes queridos em situações como essa têm dificuldades até mesmo para viver o luto, que está presente em todas as culturas e que é uma necessidade.

Soma-se a essa consternação pelo conjunto e à tristeza em particular por Redecker um outro e enorme desconforto: eu detesto aviões. Todas as certezas muitos racionais e muito científicas sobre “o mais seguro meio de transporte” podem até me convencer, mas não me pacificam. Não consigo deixar de considerar que se trata de um “tudo ou nada”. Sei que o número de acidentes é ínfimo se levarmos em conta os pousos e decolagens no mundo. E só se chegou a esse desempenho, entendo, justamente em razão daquele “tudo ou nada”. Todas as áreas envolvidas com o vôo passaram por revoluções tecnológicas consideráveis. O medo, quando é virtuoso, pode gerar ciência e prudência. O meu medo de voar não tem nada de virtuoso. Só me causa contratempos e sensações desagradáveis. E é pior quando viajo com a família. Gosto é de ficar aqui, quieto, no meu canto. A rotina me basta.

Civilização
Por mais experiente que seja o viajante, noto sempre, há em todo passageiro um quê de desafio no olhar. Por algumas horas, dezenas de pessoas partilham de um destino. Com raras exceções, o clima nos aviões é de certa camaradagem complacente; as pessoas fazem algum esforço para ter uma risonha confiança — desconfiada, acho eu — no futuro. Temos a noção de que aquilo é mesmo um atrevimento e tanto. Confiamos nosso destino à expertise dos pilotos, das empresas aéreas, das torres de comando. Entregamos, enfim, nossa vida ao conhecimento acumulado que faz com que voemos, que nos mantém no ar, que nos devolve à terra, à nossa rotina, ao nosso destino: seres feitos para caminhar sobre duas pernas.

A tragédia com o avião da TAM, dez meses depois do acidente da Gol, provocou um estranho misto de incredulidade misturada a frieza até mesmo nos jornalistas que estavam de cara para as chamas. Durante alguns minutos, via-se a cauda de um avião enterrado no depósito — sim, era, inequivocamente, a cauda de um avião —, e os repórteres falavam no “incêndio do prédio”. No máximo, mesmo com aquele rabo da tragédia exposto, especulava-se sobre um “possível” acidente. Um avião derretia numa impressionante bola de fogo, e ninguém queria acreditar.

Mas não era daquelas resistências sofridas diante da tragédia. Talvez fosse outra coisa. Talvez fosse a manifestação de uma descrença generalizada na lógica. Ora, dados nove meses de caos, quanto tempo demoraria para que um novo acidente nos assombrasse? A perplexidade fria, creio, tinha a ver justamente com isto: a gente se dava conta de que, vejam só, é mesmo verdade; se fizermos as coisas erradas, colheremos desastres. Na aviação ou em qualquer lugar.

Morrer calados
Os petistas logo ficaram assanhados. Aqueles mesmos que estão certos de que César Maia organizou a vaia contra Lula logo correram para decretar: “Lula não tem nada com isso”. Mais: resolveram me botar na sua rede de demonização, afirmando que eu estava explorando politicamente a tragédia. Explorando politicamente?

São os tempos petistas. Chegou a hora de morrer calado. Chegou a hora de sofrer em silêncio. O curioso é que o próprio Lula, a despeito do que dizem os seus puxa-sacos, sentiu à distância o calor das chamas e se apressou em reunir o tal gabinete de crise. É claro que ele sabe ter tudo a ver com isso. Com isso o quê? Com a tragédia? Em certa medida, sim. Os brasileiros passaram a voar com muito menos segurança no seu governo. E as respostas ficaram todas entre a inércia e o cinismo.

Não, eu não inventei que a pista estava insegura. É o que pilotos estão dizendo ao se comunicar com a torre. Sem as tais ranhuras para escoar a água — e estava chovendo em São Paulo —, as aterrissagens são muito mais perigosas. Anteontem, um avião já havia rodado na pista.

Mas os petistas não querem que falemos nada. Afinal, eles não querem saber, como é mesmo?, da classe média que vaia Lula em estádio e protesta contra o governo nos aeroportos. Se depender da ministra do Turismo, devemos “relaxar e gozar”. Se depender do ministro da Fazenda, devemos é lhe ser gratos: ele acha que é o preço que se paga pela pujança da economia. Se depender de José de Alencar, devemos ter não mais do que paciência.

Cobram de nós que morramos calados; que vivamos nosso luto em silêncio. Sugiro a vocês que leiam os comentários dos colunistas petralhas quando o garoto João Hélio foi barbaramente assassinado. A síntese era esta: “Só estão fazendo esse barulho porque era um menino de classe média”. No Brasil de Lula, a classe média não tem direito nem de chorar os seus mortos. Nas ruas ou nos aviões. Nos estádios, é para aplaudir.

Atenção!
É puro raciocínio místico a suposição de que, havida esta tragédia, outra não pode acontecer. Pode, sim. O fato de o governo Lula ser tão incompetente não quer dizer que o imponderável, que está em todos os lugares, tenha nos abandonado. Esse imponderável é sempre menor quanto maior é a capacidade de resposta técnica, é fato. Essa nossa capacidade de resposta, no setor aéreo, nunca foi tão precária. Tudo o mais constante — incluindo o silêncio dos inocentes —, mais acidentes virão. É matemático.

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

428 Comentários

  • Anônimo

    -

    23/7/2007 às 9:31 am

    Parab?ns Roge?rio precisamos de algu?m que fale por n?s. Assino embaixo e desejo que o aeroporto mude de lugar e que a TAM v? a fal?ncia.

  • Celso

    -

    22/7/2007 às 2:31 am

    Reinaldo

    o mesmo alienado petista
    1:36 e 2:01
    certamente recebendo dinheiro na infraero…

  • Anônimo

    -

    20/7/2007 às 11:10 am

    Caro Reinaldo,parabéns pelo seu comentário!O brasileiro de bem já está explodindo em REVOLTA e INDIGNAÇÃO!Fora já,comunulha!Voltem ao inferno!

  • Direitista

    -

    18/7/2007 às 10:33 pm

    Reinaldo, por favor, não deixe passar essa

    Aqui no Sul a comoção é geral.

    Somos a região que mais detesta esse governo, que mais é achincalhada por esse governo.

    Reinaldo, seja nossa voz

    abraço

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 7:58 pm

    Não podemos fazer NADA. Lula tem 60 milhões de votos…Nem 1/5 de todo eleitorado de 120 milhões de votantes é composto por contribuintes que fazem declarações de IR e pagam impostos sustentando o PETISMO. Obviamente, a maior parte dos 60 milhões do lula estão se lixando com a corrupção, pois não pagam impostos, vivem de esmolas oficiais pagas pelos outros brasileiros que pagam impostos. O que eles mais querem é que tudo continue do jeito que está. Eles não usam avião, não pagam tarifas bancárias. Quantos bilhões são gastos no bolsa-família e outros projetos sociais sem contraprestação de serviços para a Sociedade, o beneficiado apenas saca dinheiro no caixa, NADA é exigido em prol da coletividade, esse bolsista ainda ganha: remédio, desconto de quase 90% na tarifa de energia elétrica, mais benesses na água, gás, transporte,vagas nas universidades, e tantas outras imoralidades sem fim…Os brasileiros que pagam impostos sofrem com a maior e pior carga tributária do mundo, até 27,5% de IR para assalariado compondo a carga de 53% do PIB, mais CPMF e tarifas bancárias, estas aumentaram quase 1000% com o PETISMO no poder.

    Muitos poderiam pensar, e a ONU poderia pedir um julgamento internacional(crimes contra a humanidade) para apurar esses crimes financeiros de desvios de dinheiro público pelos petistas ( BB-VISANET, saques nos fundos de pensão, okamorttoduto, valerioduto, desvios na INFRAERO para a política retirando da aviação, gautamaduto, rendimentos agropecuários de políticos, dossiê de US$1700000, desvios para a corrupção das obras públicas de R$ 40 BILHÕES-ano/preços superfaturados de remédios carimbados nas embalagens/ taxa de crescimento econômico humilhante e PAC para dar isenção de impostos aos mais ricos/a maior taxa de juros do planeta/etc…). Vale lembrar que os paises poderosos e que mandam no ONU investem dinheiro no BRASIL, o lula isentou investidores estrangeiros de pagarem imposto de renda e CPMF, ninguém vai querer tirar o lula do poder, pois dinheiro é dinheiro, os brasileiros que se danem!

    Os próprios petistas achacam a Nação com pensões milionárias ISENTAS DE IMPOSTO-DE-RENDA. Elles vivem viajando às custas dos contribuintes recebendo MILHARES de reais como indenização de diárias-de-viagens e transporte, SEM COMPROVAÇÃO DAS DESPESAS REPUBLICANAS, dinheiro que acaba engordando salários SEM IMPOSTOS. INDENIZAR deveria ser pagar por uma despesa republicana comprovada pelas notas fiscais de compra ou pagamento de serviços( diária seria para alimentação e pousada). Como ninguém controla essas despesas isentas de impostos…É uma festa. Pior, viagens inúteis que só servem para turismo-oficial(relaxa e goza, o contribuinte paga). Aliás, falando em contribuinte, lula disse em 1999 que quem pagasse 27,5% de IR não tinha vergonha na cara, dá para entender isso, hoje!

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 7:42 pm

    Caro Reinaldo,

    O título deste seu texto é muito profundo e eloquente!

    BASTA DE SILÊNCIO RESPEITOSO E OBSEQUIOSO COM ESTE GOVERNO INCOMPETENTE E IDIOTA!

    VAMOS RESPEITAR SIM A INTELIGÊNCIA DO SR. LULA, SR. VALDIR PIRES E OUTROS, DESTE GOVERNO CRIMINOSO! ELES SÃO É COMPROVADAMENTE INEPTOS, PREGUIÇOSOS E COVARDES.

    DAR DINHEIRO PÚBLICO PARA TERRORISTA COVARDE COMO SR. LAMARCA PODE!

    MANTER O SISTEMA DE TRANSPORTE AÉREO SEGURO NÃO PODE! FALTA DINHEIRO!

    FORA LULA!
    FORA MANTEGA!
    FORA MARTA SUPLICY!
    FORA VALDIR PIRES!
    PRIVATIZEM A INFRAERO!
    PUNAM AS COMPANHIAS AÉREAS PELOS ABUSOS!!

    ENFIM SENHORES, FAÇAM AQUILO PARA O QUE FORAM ELEITOS E AINDA SÃO MUITO BEM PAGOS!

    GOVERNEM ESTE INFELIZ PAÍS!

  • Estir

    -

    18/7/2007 às 4:28 pm

    Eu nem comentei os posts de Reinaldo sobre o caso. Restringi-me lamentar os mortos e pedir amparo e consolo aos parentes e amigos que ficaram. É uma dor imensa.
    Mas olhando os comentários de alguns partidários do atual governo, fiquei maravilhada com a falta de memória deles. PELAMORDEDEUS, gente, foram vocês mesmos que, ainda antes de se saber quem e quantos morreram no
    desmoronamento daquela obra do metrô de S. Paulo começaram a apontar o governador Serra como responsável pelo desastre,responsabilidade, alíás, colocada nos ombros de todos os anteriores governos tucanos.
    Tudo bem, tudo certo.Aos acusados, cabia enfrentar as acusações,madura e tranqüilamente.
    Pergunto:
    À época, algum de vocês, agora tão sensíveis,chamaram o senador Mercadante de urubú?Disseram que os vários blogs pró- Lula estavam “urubuzando” a tragédia?
    Reclamaram da cobertura “sensacionalista” de vários programas de TV ?
    NÃO!!!
    Portanto, naõ me venham com sentimentalismos agora. E vão destilar seu ódio mesquinho nos inúmeros blogs que estão defendendo o presidente Lula e acusando o livre mercado.
    FORA DAQUI, POIS NÃO É POSSIVEL DISCUTIR COM FANÁTICOS.

    PS- a todos os parentes que restarãm sós, solidarizo-me, sinceramente. Aos mortos, que repousem em paz.
    Elstir

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 4:10 pm

    Laert, eu chamo o “seu” presidente do que eu quiser pq meu ele não é e nunca será. Não sou obrigada aceitá-lo, como meu presidente, só pq esse povinho burro, da qual vc faz parte, colocou-o lá na Banânia!
    Tio Rei, esse cara é petralha e dos gdes!

    Lou

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 4:03 pm

    Ao Laert das 2.01h e congêneres,

    Compreendo o seu drama.

    Devemos “respeito ao nosso Presidente”: vcs estão de brincadeira ou gostam de ser enganados?

    A preocupação maior do PT é, no momento, “proteger” o Presidente de vaias intempestivas. O resto é o resto…

    Vamos celebrar os atletas nacionais, diz Dirceu.

    Que raça de pulhas! Trouxas. Bananas. Tolos. Parvos. Estou tentando moderar o meu vocabulário.

    L.

  • Fernando Araújo

    -

    18/7/2007 às 4:03 pm

    A situação não é tão extraordinária quanto parece. Brasileiro é leviano, egoísta, preguiçoso. O mesmo princípio do sujeito que fura fila, joga lixo na rua e pára na faixa de pedestres está aí, intacto, apenas em um cenário extremo, no qual as ações têm consequências magnificadas. Por que achar que a turminha envolvida nessa história não agiria conforme o que vemos nas ruas, todos os dias? A podridão vem do berço, endêmica, alimentada por um círculo vicioso de valores e práticas inconsequentes, de pai para filho, de colega para colega, de patrão para empregado.

    Tento fazer a minha parte, todos os dias, sem exceções. Não roubo, não mato, não tiro vantagem, respeito as pessoas, trabalho para ganhar o meu dinheiro, poluo pouco, reciclo. Até pago os impostos, mesmo contrariado. No Brasil, país dos espertos, sou o chamado “tonto”. Mas bastava saber que estava provavelmente certo na minha postura. Não mais.

    Hoje, quero ir embora desse país. Quero que esses ufanistas do Pan fiquem aqui, para trás, levando bala perdida, caindo de avião, pagando imposto para nada, enquanto cantam o Hino Nacional, bebem uma caipirinha e acham que deus é brasileiro.

  • Léo

    -

    18/7/2007 às 3:56 pm

    Caro Reinaldo e leitores,

    Subscrevo desta maneira o comentário, pois, quero chamar atenção não só do Reinaldo, mas, também dos leitores, por considerar importante que todos possam tomar conhecimento de fatos que aqui trarei.

    Tenho notado nos comentários dos leitores a respeito dos mais variados posts, crescente preocupação sobre o caráter censório do atual governo. Este fato fica evidente, lembrando apenas casos recentes – se fosse para relacionar todos os casos, este comentário não teria fim- como, a retirada do ar da propaganda da Peugeot, ao patrulhamento da mídia quanto das vaias à lulla e, como uma espécie de, “vaticínio coletivo”, estamos antevendo que, se seguirá uma nova onda de intimidação à imprensa em relação ao acidente da TAM.

    Neste sentido, encaminho o endereço de um artigo, que considero importantíssimo – tendo a ousadia de pedir que leiam- pelo que tem de revelador do momento que estamos vivendo em nosso país.

    Farei apenas um breve comentário.

    Trata-se de um brasileiro que vem sendo perseguido sistematicamente, ao largo do conhecimento da grande mídia, por forças que se juntam às mesmas que efetivam os casos acima citados, e de que tanto temos desprezo, sempre com uma só intenção. Censura.

    Peço encarecidamente, que você Rei, dê uma atenção especial a este caso, quem sabe, fazer um alerta, uma crítica a respeito. Acho relevante, inclusive, para se evitar que um dia, tal fato escandaloso, possa acontecer com qualquer um de nós.

    O endereço segue abaixo:

    http://www.midiasemmascara.com.br/artigo.php?sid=5917&language=pt

    Cordialmente

    Léo

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 3:47 pm

    Rei,
    o problema é da área do governo federal, mas o SERRA esteve lá pra dar apoio às pessoas que trabalhavam no local e demonstrar aos brasileiros sua comoção. E não venham argumentar que é porque é problema federal: no acidente do Metrô ele foi da mesma forma ao local do acidente, consciente dos riscos de ser rejeitado ou mesmo agredido, mas foi dar apoio e solidariedade à população de São Paulo. Por isso, cabe perguntar: e o Lulla, onde está? Inventou uma cirurgia no olho pra se escafeder.
    E o povo? Aqui ó, pro povo! Uma banana federal pra todos é o que elle manda.

    COVARDE! MIL VEZES COVARDE!

    FORA LULLA! FORA LULLA! FORA LULLA!FORA LULLA! FORA LULLA! FORA LULLA!FORA LULLA! FORA LULLA! FORA LULLA!FORA LULLA! FORA LULLA! FORA LULLA!
    FORA LULLA! FORA LULLA! FORA LULLA!

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 3:43 pm

    Augusto dos Anjos

    Ceticismo

    Desci um dia ao tenebroso abismo,
    Onde a dúvida ergueu altar profano;
    Cansado de lutar no mundo insano,
    Fraco que sou, volvi ao ceticismo.

    Da Igreja – a Grande Mãe – o exorcismo
    Terrível me feriu, e então sereno,
    De joelhos aos pés do Nazareno
    Baixo rezei, em fundo misticismo:

    - Oh! Deus, eu creio em ti, mas me perdoa!
    Se esta dúvida cruel qual me magoa
    Me torna ínfimo, desgraçado réu.

    Ah, entre o medo que o meu Ser aterra,
    Não sei se viva p’ra morrer na terra,
    Não sei se morra p’ra viver no Céu!

  • Luiz

    -

    18/7/2007 às 3:25 pm

    Fragmento da coluna da Rosane de Oliveira, Zero Hora de hoje:

    Um homem obstinado
    Líder da minoria na Câmara, o deputado Júlio Redecker era um dos maiores críticos do governo Lula em geral e do caos no setor aéreo em particular. Foi um dos principais defensores da criação da CPI do Apagão Aéreo e, por ironia, perdeu a vida em um acidente que pode ter sido causado pelas más condições da pista do Aeroporto de Congonhas.

    Seis meses depois do acidente do avião da Gol que matou 154 pessoas, Redecker fez um discurso que terminava assim:

    - Passados seis meses daquela tragédia, a sociedade ainda aguarda por respostas do governo, que insiste em não ver fato determinado para a instalação de uma CPI. Agora, cabe a esta Casa agir para que possamos voltar a voar com segurança, para que mais famílias não sofram a mesma dor e para que negócios e empregos possam ser retomados.

    …………

    Reinaldo,

    Já pensou se esta tragédia tivesse ocorrido no governo FHC e quem tivesse morrido no acidente fosse um figurão do PT? Certamente em poucas horas a internet estaria repleta de blogs e e-mails com teorias conspiratórias das mais absurdas.

    Agora o que se presencia é esse silêncio indecente por parte dos resposáveis ou tentativas ainda mais indecentes de justificar o injustificável.

    Ao que tudo indica, mais uma vez estás coberto de razão; A ORDEM É MORRER CALADO E FICAR DE LUTO EM SILÊNCIO

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 3:08 pm

    Reinaldo,

    O Lula vai tirar partido do acidente. Ele já sabe que as limitações da pista estavam, técnicamente, dentro dos padrões internacionais estabelecidos. Que o piloto foi informado das condições e, decidiu pelo pouso. Sabe também que não houve derrapagem (não existe derrapagem em linha reta). Vai explorar a “transparência das investigações”, e mostrar nos seus discuros como ele é vítima de quem ? Da imprensa que julgou e acusou o “excelente governo”, blá, blá, etc

  • lf

    -

    18/7/2007 às 3:06 pm

    E aí, Martha Suplicy: os mortos também gozam no seu divã?

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 3:05 pm

    Este tal de Laert tem dupla personalidade. Quem tiver paciencia procure os comentarios dele. Em questao de horas e muda completamente o discurso. Cara louco meu!!!!!

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 2:52 pm

    Petralha Laert à 1:36 PM!
    Petralha Laert à 1:36 PM!
    Petralha Laert à 1:36 PM!

  • Losfer

    -

    18/7/2007 às 2:52 pm

    Será necessário outro acidente aéreo para proibirem vôos de aeronaves de grande porte em Congonhas? Será que esses governantes não aprendem com erros anteriores? Por que não constroem outro aeroporto mais distante e limitam Congonhas para aeronaves pequenas? Se bem que até elas correm perigo, como aconteceu na semana passada.
    Santa inteligência petralha hein !!

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 2:48 pm

    Alguns ficam indignados porque petralhas estao comemorando a morte do deputado do PSDB. Mas isto e mais do que previsivel, ja que fizeram o mesmo quando NY foi atacado em 11 de setembro. Sao pessoas completamente loucas, insensiveis, desumanas, nao dava para esperar por outra coisa.

  • caravaggio

    -

    18/7/2007 às 2:47 pm

    Digo, expiatório, para não usar a “gramática achada na rua” dos petralhas…

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 2:47 pm

    APÓS A LEITURA DE TODOS OS COMENTÁRIOS POSTADOS REFERENTES A SEU TEXTO “A ORDEM É MORRER CALADO E FICAR DE LUTO EM SILÊNCIO” UMA CONSTATAÇÃO FICA EVIDENTE: AINDA HÁ VIDA INTELIGENTE NESTEPAIZ.

    FELIZMENTE HÁ PESSOAS AUTÔNOMAS, INDEPENDENTES E SÁBIAS CAPAZES DE PRODUZIR ANÁLISES COERENTES E LÚCIDAS DOS FATOS(REINALDO AZEVEDO).

    FELIZMENTE HÁ PESSOAS SENSATAS, PRODUTIVAS E RESPONSÁVEIS CAPAZES DE SE INDIGNAR COM A INCOMPETÊNCIA E INGERÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL.(OS 366 LEITORES INDIGNADOS QUE POSTARAM SEUS COMENTÁRIOS E OUTROS MAIS INCÓGNITOS)

    FELIZMENTE HÁ PESSOAS DE VISÃO QUE NÃO ENGOLEM AS MENTIRAS FABRICADAS E AS FALÁCIAS VENDIDAS A PESO DE OURO POR JORNAIS SIMPATIZANTES DO PETISMO.

    PORÉM, INFELIZMENTE, ESSES SEGMENTOS NÃO SÃO CAPAZES DE ORGANIZAR UM MOVIMENTO DE REPÚDIO E DE INSASTIFAÇÃO COLETIVA CONTRA ESSE PALHAÇO CHAMADO LULLA E SEUS VASSALOS.

    TALVEZ NOS FALTE AQUELE COMPORTAMENTO IRRESPONSÁVEL E INCONSEQUENTE QUE SÓ OS PETISMO TEM. OU AQUELA DESAVERGONHADA CARA DE PAU DE DISTORCER OS FATOS. OU A IMPRENSA CAMARADA E COMPANHEIRA QUE REVESTE OS FATOS DE CORES SIMPÁTICAS À IDEOLOGIA DOMINANTE QUE NO MOMENTO SE CHAMA “LULLISMO”.

    OU TALVEZ NOS FALTE APENAS A CORAGEM DE ASSUMIR QUE NA ATUAL CONJUNTURA SOMOS A EXCEÇÃO, A OPOSIÇÃO E O BODE EXPIATÓRIO ENFRAQUECIDA PELO PATRULHAMENTO COLETIVO QUE SE INSTAUROU NO BRASIL.

  • Eduardo Silva

    -

    18/7/2007 às 2:43 pm

    Lula se esconde,

    O covarde já se comporta como o esperado: SE ESCONDE. Não quer ser “associado” com a responsabilidade do descaso de meses que ajudou a provocar a tragédia. A imagem pra ele é o mais importante. Se fosse um presidente de verdade e não um opostunista ele ficaria à frente das decisões. Ia lá no local do acidente, tomava decisões perante os jornalistas.

    Ao contrário, foge, faz de conta que não é com ele. Manda mensagens para as tvs fingindo que está no comando. Não sabe de nada. Se fôssemos um país tão banana, ele estaria encostado na parede.

  • mineirin

    -

    18/7/2007 às 2:37 pm

    Cadê o Lula, ele que gosta tanto de palanques, platéias e comícios?

    Cadê o governante do país? Cadê? Cadê? Passei boa parte da madrugada rodando todos os canais a ver se pelo menos um porta-voz do governo, unzinho que fosse, se apresentaria ao público com explicações, pedido de desculpas e consolo às famílias enlutadas depois do “assassinato” coletivo de Congonhas. Uma voz oficial qualquer, mesmo que fosse o “PORRA” tão do agrado do Presidente. Mas não. Preferiram fantasiar-se de avestruz e meter a cabeça na terra esperando a pulverização da notícia para, aí sim, posando de contrito, esbravejar medidas futuras (sempre futuras) e anunciar degola de algumas cabeças governamentais na esperança de que o sangue delas contenha a sede de brio e honra TODOS os brasileiros.
    Até o locutor da BAND esta manhã lamentava a ausência das autoridades nos grandes palcos televisivos.

    Até quando, meu Deus, a grande mídia será cúmplice na derrama do sangue de tantos inocentes em nada contribuindo para a cura do desmemoriamento crônico nacional?

    É preciso aprender com os judeus: falar todos os dias no holocoausto para que ele jamais seja esquecido e não vender o seu esquecimento.

    Covardia, irresponsabilidade, leviandade são o seu nome delle.
    Há algo diferente disto?

    Alguém se lembra das recentíssimas denúncias de desvio de dinherio público nas obras dos aeroportos brasileiros, ou isto também já foi esquecido? No que deram as investigações? Alguém se lembra? A mídia esqueceu? Ou, melhor: será que o esquecimento teve um preço?

    Oremus todos pelos mortos. Batalhemos todos pelos vivos. Unidos venceremos.

    CHEEEEGGGGAAAA desse governo!!!!!

  • Claudio

    -

    18/7/2007 às 2:35 pm

    Pois é.
    A primeira fala dos petistas tinha que ser: “O Lula não tem nada a ver com isso”.
    É sempre assim. A primeira ação é proteger o apedeuta.
    Há anos isso acontece e por isso Lula se sente um semi-Deus, nada é com ele, ele nunca tem culpa de nada e ele nunca sabe de nada!
    É isso aí reinaldoEles querem que morramos calados.
    Bando de cafajestes!!!

  • Caravaggio

    -

    18/7/2007 às 2:33 pm

    Não é difícil saber de quem é a culpa do acidente com o avião da TAM em Congonhas. É dos pilotos americanos do Legacy. Malditos americanos!

    Ooppss, talvez nesse acidente seja necessário encontrar um outro bode espiatório. A não ser que a Abin consiga provar que eles estavam infiltrados na Infraero.

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 2:32 pm

    Bombardeia 1:36. Pleo amor de Deus Reinaldo tira logo este comentario, nao e possivel que alguem consiga pensar assim diante dos fatos.

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 2:22 pm

    alcoolatras são assim mesmo.
    incompetentes em suas ações logo buscam uma desculpa que justifique as vítimas de seu vicío.

    FORA PUDIM DE CACHAÇA,ARREMEDO DE DITADOR DE FOLHETIM,E SUA GANG DE FACÍNORAS IDEOLOGICOS!

    derrubar lula e seu governo de corruptos pela democracia não é golpe;é legítima defesa da pátria!

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 2:20 pm

    Eu queria saber agora de onde vêm os 60% de aprovação do governo.

    Onde é que estão essas pessoas?

    Elas sabem o que é um avião?
    Elas já ouviram falar no caos aéreo?

    Essas pesquisas de opinião são tão furadas quanto as teorias apocalípticas do aquecimento global, onde vamos todos morrer congelados, de tanto frio.

  • Maria de Oliveira

    -

    18/7/2007 às 2:20 pm

    Vivendo nos Estados Unidos por alguns anos e vendo uma tragedia deste tamanho,muito me revolta nenhuma autoridade aparecer para dar consolo e uma palavra aos parentes das vitimas.Nen mesmo o Presidente Lula eleito pelo povo teve coragem de disser algo e sem contar a demora da Tam para dar uma satisfacao ao publico e como sempre eles falharam.Aqui sempre alguem aparece dando alguma explicacao mas enfim como sempre os politicos e alguns empresarios com o rabo preso preferem ficar na moita e o que vier e lucro.Minha obrigacao como brasileira e evitar viajar na Tam porque provou que e incompetente para arcar e responder em tempo o problema surgido.Os jornais internacionais falam da incompetencia brasileira nesta area e a problematica pista terminada a pouco tempo mas com cheiro de podre? Vejamos de quem e a culpa

  • incompetência

    -

    18/7/2007 às 2:20 pm

    Incompetência é a inabilidade de alguém de desempenhar adequadamente uma determinada tarefa ou missão.

    “Noves fora”

    FORA lula !

    Impeachment

  • Mário Soares - Portugal

    -

    18/7/2007 às 2:19 pm

    Nenhuma “otoridade” da área apresentou demissão ainda? Se fosse um país governado por gente séria, isso já teria acontecido! Como a bandidagem petista reina e acoberta tudo, mais um escândalo criminoso vai passar impune! Ou elles esperam que o “piloto” assuma a culpa que lhe tentam jogar conveniente em cima e peça demissão? No Brasil é assim, os culpados são as próprias vítimas!

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 2:18 pm

    OS DESASTRE DA TAM E DA GOL SÃO A PROVA CONCRETA DO DESASTRE DO DESGOVERNO DO PT DE LULA DA SILVA ONDE A PRIORIDADE É SE LOCUPLETAR E ATENDER AS MÁFIAS DE CORRUPTOS E ABUTRES, QUE SE DANEM INVESTIMENTOS PUBLICOS DE INFRAESTRUTURA, QUE SE DANE A SAÚDE PUBLICA. QUE SE DANE A SEGURANÇA QUE SE DANE O POVO DO BRASIL… O PT E LULA DA SILVA SÓ QUEREM É LITERALMENTE USUFRUIR E ENRIQUERCER COM AS BENESSES DO PODER. ESSAS MORTES TRAGICAS ESTÃO COMPUTADAS NO KARMA ESPIRITUAL IMUNDO DE LULA E DA GANG DE LADRÕES DA INFRAERO QUE SÃO OS UNICOS RESPÓNSAVEIS POR TAMANHA TRAGEDIA E IRRESPONSABILIDADE.

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 2:13 pm

    Quem sabe o mundo agora veja esse acidente e repense se o Brasil merece mesmo sediar uma Copa do Mundo, ou uma Olímpiada, ou qualquer outra coisa.

  • André - SC

    -

    18/7/2007 às 2:12 pm

    Reinaldão…

    Segue trecho de um post do Blog do Dirceu: “O momento é de tristeza e solidariedade. Vamos esperar as informações da caixa preta do Airbus e as investigações da Aeronáutica sobre as causas do trágico acidente para que, a partir daí, possam ser adotadas novas medidas urgentes e necessárias para aumentar ainda mais a segurança de nossos aeroportos e do nosso tráfego aéreo e evitar a repetição de tragédias como essa.”

    Caramba… Aumentar ainda mais a segurança!!!

    Pelo amor de Deus!!! O que vimos diariamente, é justamente o inverso!!! Onde chegaremos com essa segurança toda!!!

    Forte Abraço

  • Marta Suplicy

    -

    18/7/2007 às 2:10 pm

    Relaxa e morre!

  • Marcos Guerson Jr

    -

    18/7/2007 às 2:10 pm

    Nem terminaram de retirar os corpos da aeronave e já está se divulgando a causa do acidente. O piloto. A pista não foi responsável pela tragédia. É inocente.

    Volto ao tempo, precisamente 10 meses. Um outro acidente, um avião da GOL. Durante semanas sustentou-se a estória de que os pilotos americanos teriam causado a tragédia ao “voar” na contra-mão. Eu engoli esta, como um perfeito idiota.

    Revelado a situação do controle(?) aéreo brasileiro já se sabe que pelo menos 2 controladores tiveram parte ativa no acidente. Mas nossas autoridades ainda insistem em colocar nos americanos a responsabilidade pelo que aconteceu. Já se sabe também que, naquele dia, os controladores já sabiam que a aeronave estava em altitude errada, tanto que desesperados tentaram o contato. Mas não orientaram o GOL a realizar uma manobra evasiva.

    Conversando com meu irmão tive uma idéia do motivo. A aerovia não é uma linha, é uma faixa. E de alguns quilômetros de extensão, ou seja, mesmo em direções contrárias é ainda remota a chance de uma colisão. O que aconteceu, depois de todos os erros, foi que esta chance remota aconteceu. A impressão que tenho é que jogaram com a sorte. Apostaram e perderam.

    Volto ao dia de ontem. Consigo imaginar um funcionário da INFRAERO na pista do aeroporto. Há condições de pouso? No dia anterior __ por que ninguém escuta estes avisos? __ uma aeronave derrapara. A pista tem 1900m, sem área de escape. Há condições de pouso?

    Pode nem ter sido consciente, mas se sabe que a INFRAERO está sobre intensa pressão. Tem uma CPI em andamento, escândalos acontecendo. O que representaria umas 4 horas de Congonhas fechado? Mais inferno nos aeroportos. Sobreturo mais questionamentos. Mas não tinham reformado a pista? Não gastaram alguns milhões? Por que parar o aeroporto?

    Fizeram a mesma coisa 10 meses atrás. Jogaram com a sorte, e teimosamente perderam novamente. O que me leva a mais um pensamento: será estas as duas únicas ocasiões em que jogaram com a sorte?

    Quantas vezes se confiou na estatística das viagens aéreas para encobrir a incompetência? Quantos vôos já trafegaram na mesma faixa? Quantos aviões já pousaram sem a certeza de sua segurança?

    A culpa é do piloto? Já caí uma vez nesta, não mais. Pode vir a maior autoridade do governo para dizer que a pista não influiu. A opinião dele vale o tanto quanto a do chefe do executivo. Contem esta para outro. Desafio o vaiado a ir dar condolências pessoalmente a todos os familiares e garantir a cada um deles que a pista estava segura. Só não o desafio a pousar em dia de chuva, com a mesma aeronave, nas mesmas condições, pois ele não seria capaz de fazê-lo sozinho.

    Esta é a marca verdadeira deste governo: a irresponsabilidade com a vida humana.

    Não vê quem não quer.

  • Érico

    -

    18/7/2007 às 2:10 pm

    Mais um otimo texto, Reinaldo. Expressa em palavras meu misto de raiva e sensação de impotencia diante dessa situação e de outras que essa logica do “empurra com a barriga”, está pra nos aprontar

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 2:09 pm

    Reinaldo:
    Sugestão: abra uma enquete para saber quantos companheiros serão demitidos
    por essa tragédia anunciada e amplificada pela gestão competente deste governo. Meu voto: -1 (será admitido alguém para reforçar a base aliada). Nélio

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 2:09 pm

    Se existiam dúvidas de que Lula pretendia exterminar a classe média, agora não há mais.

    E como também é notório o ódio de Lula aos americanos, tenho quase certeza que ele fará tudo que estiver ao seu alcance para derrubar um avião cheio de americanos.

    Se eu fosse da delegação técnica americana, não ficaria nem mais um segundo no país.

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 2:08 pm

    Reinaldo,

    Eliana Cantanhêde (Folha,hoje)
    quer tirar um pé do barco.
    Os apoiadores desta m. instalada
    no país , fiquem onde estão .

  • Profeta do Apocalipse

    -

    18/7/2007 às 2:08 pm

    Gustavo das 12:42 PM

    Também sou catarinense e vi o Prates hoje no JA. Se puderes, manda mesmo o vídeo. Foi ótimo!

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 2:06 pm

    O acidente também foi “orquestrado”? A quem os petralhas atribuirão a culpa desta vez?

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 2:05 pm

    Reinaldo,
    Estádio de Futebol em Ganranhus ´
    já.
    Movimento para o Vaia Zero!

  • Rose

    -

    18/7/2007 às 2:05 pm

    Lula se calou até agora. Depois dessa total omissão, é melhor ele evitar aparecer em público. Porque desconfio que a vaia agora não será de apenas 90 mil não!

    Hoje num programa de TV o apresentador, falando sobre o trágico acidente, perguntou a um comandante:
    - o que tem que mudar?
    e ele respondeu de pronto:
    - De cima pra baixo: TUDO!
    e prosseguiu dizendo:
    “Nós chegamos no fundo do poço, agora tem que raspar e tirar toda a sujeira lá de dentro…”

  • Rose

    -

    18/7/2007 às 2:05 pm

    Lula se calou até agora. Depois dessa total omissão, é melhor ele evitar aparecer em público. Porque desconfio que a vaia agora não será de apenas 90 mil não!

    Hoje num programa de TV o apresentador, falando sobre o trágico acidente, perguntou a um comandante:
    - o que tem que mudar?
    e ele respondeu de pronto:
    - De cima pra baixo: TUDO!
    e prosseguiu dizendo:
    “Nós chegamos no fundo do poço, agora tem que raspar e tirar toda a sujeira lá de dentro…”

  • Stefano

    -

    18/7/2007 às 2:04 pm

    CaroReinaldo

    A asquerosa TV Globo, que preferiu passar novela e casseta & planeta durante a tragédia lulista de ontem, já começou a fazer seu servicinho sujo. No Jornal Hoje foi entrevistado um único “especialista” que disse, categoricamente, que o acidente nada teve a ver com as condições da pista. Lulla e Globo, tudo a ver. Que morram ambos.

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 2:04 pm

    Gente, fica assim não. Vamos fazer o que a Marta Suplicy falou:
    Relaxar e Gozar… de nós mesmos.

  • Anônimo

    -

    18/7/2007 às 2:03 pm

    Não existe partido de oposição no Brasil.

    Se não nos moblizarmos para derrubar o governo petista agora, mais tragédias ocorrerão.

  • laert

    -

    18/7/2007 às 2:01 pm

    vocês estão pegando pesado com o presidente…. é até desleal…primeiro que vocês não sabem o que aconteceu, pode ter sido um erro do piloto. Temos que esperar os peritos colocarem a mão na massa e avaliarem, não adianta ficar atirando no escuro… e outra chamar o presidente de “fdp” é uma completa falta de respeito… ele é nosso presidente, temos que ter um pouco de respeito por ele.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados